Get Adobe Flash player

Outras

CASCAVEL (PR) – Milton Sperafico, candidato à presidência da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), em pleito a ser realizado no dia 20 de março, visitou hoje (quinta-feira), o Kartódromo Delci Damian, em Cascavel, Oeste do Paraná, onde está sendo realizada a 18ª Copa Brasil de Kart, com a participação de pilotos de 16 estados.

Sperafico conversou com pilotos, comissários, dirigentes e jornalistas. Ouviu muitas sugestões para que possa melhorar o automobilismo, caso seja eleito pelos presidentes de federações  para comandar a CBA no quadriênio 2017/2021.

Falando aos jornalistas que cobrem a Copa Brasil, Sperafico ressaltou, que como presidente da CBA, irá trabalhar para atrair mais jornalistas para o automobilismo. Para o ex-piloto, campeão sul-americano da Fórmula 3 B em 1993, o número de jornalistas especializado está diminuindo, com a aposentadoria de muitos da velha-guarda ou mesmo porque aqueles que nos deixaram. “Diminuir muito o número de jornalistas especializado em automobilismo nos últimos 20 anos. Precisamos atrair mais profissionais que se dedicam exclusivamente ao automobilismo. Só atraindo uma nova geração, conseguiremos mais espaço nos órgãos de comunicação. Precisamos de maior cobertura no dia a dia do esporte motor em todas as competições de diversas categorias”, acentua Sperafico.

………………………………………………………………………………………………………….

Milton Sperafico conversa com jornalistas durante sua visita ao Kartódromo Delci Damian. onde está sendo disputada a Copa Brasil de Kart

Milton Sperafico conversa com jornalistas durante sua visita ao Kartódromo Delci Damian. onde está sendo disputada a Copa Brasil de Kart

Crédito da foto: Mario Ferreira/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

CASCAVEL (PR) – A Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) homenageou domingo o piloto cascavelense Pedro Muffato, que está completando 50 anos de automobilismo e encerra a carreira no fim da atual temporada. Muffato disputou domingo sua última corrida em Cascavel, a sua cidade, quando participou a 8ª etapa da temporada de Fórmula Truck.

A homenagem foi no grid da Fórmula Truck, minutos antes da largada. Rubens Gatti entregou uma placa a Pedro Muffato, alusiva aos seus 50 anos de automobilismo. “O Pedro é um exemplo a ser seguido por todos que amam automobilismo. São 50 anos de pista e competindo em alto nível. Ao homenageá-lo, estamos reconhecendo a sua contribuição para que o automobilismo paranaense evoluísse ao longo de meio século”, acentua Rubens Gatti.

Gatti também informa que a Federação Paranaense irá homenagear todos os paranaenses que completarem 50 anos de automobilismo. Estão credenciados para receberem a láurea nos próximos anos Luciano Borghesi e Gastão Weiger.

………………………………………………………………………………………………………….

Crédito da foto: Luciana Flores/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

 

TOLEDO (PR) – Milton Sperafico será candidato a presidente da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) em pleito que será realizado no dia 20 de janeiro, na sede da entidade, no Rio de Janeiro. O ex-piloto confirmou sua candidatura na manhã de hoje (quarta-feira), ressaltando que ela nasceu de um convite de presidentes de diversas federações, que querem mudança na administração da entidade máxima do automobilismo brasileiro.

Milton Sperafico tem experiência dentro e fora das pistas. Como piloto, disputou competições de monopostos e de turismo no Paraná. A nível nacional competiu na Fórmula Ford de 1985 a 1987, período em que a categoria escola revelou pilotos como Rubens Barrichello, Gil de Ferran e Christian Fittipaldi. Foi companheiro de equipe de Gil de Ferran. Em 1993, sagrou-se campeão sul-americano de Fórmula 3 B, tendo como vice-campeão o argentino Gastón Mazzacane, que chegou a competir mais tarde na Fórmula 1.
Como dirigente, Milton Sperafico presidiu o Automóvel Clube de Toledo por diversas gestões e foi vice-presidente da FPrA (Federação Paranaense de Automobilismo) de 1990 a 1997. É o atual vice-presidente da CBA.

Pilotos valorizados

Milton Sperafico enfatiza que como presidente da CBA irá trabalhar por maior valorização dos pilotos, conforme deseja os presidentes das federações que o apóiam. “Estabeleceremos uma linha de ação que tem como prioridade, valorizar os pilotos e na sequência os clubes e as federações. Este é o caminho para que possamos fazer um automobilismo forte e que atraia mais público as praças esportivas. Serei um presidente que estarei em constante contato como pilotos, dirigentes, promotores, patrocinadores. Temos que ouvir dos pilotos o que eles desejam e temos que saber dos promotores o que eles precisam para trabalhar pelo nosso esporte. Temos que estar a disposição dos clubes, que fazem o automobilismo de base, onde revelam os pilotos, e temos que apoiar e incentivar as federações”, destaca Sperafico.

Clã tradicional

Milton Sperafico é advogado e empresário; casado com Suzan Formighieri Sperafico, ex-jogadora de handebol; pai de quatro filhos. É de família tradicional, pioneira de Toledo, no Oeste do Paraná. No automobilismo, integra um clã de 10 pilotos.

A história dos Speraficos com o automobilismo começou nos anos 70 do século passado. Em 1973, Dilso Sperafico disputou provas de Turismo Divisão 3 no Paraná e a nível nacional competiu na Super Vê, confrontando-se com pilotos como Nelson Piquet, Alex Dias Ribeiro, Alfredo Guaraná Menezes, entre outros. Em 1986 Dilso sagrou-se campeão da Cascavel de Ouro, prova destaque do automobilismo paranaense ganha em 1976 por Nelson Piquet, que premia o vencedor com um troféu em ouro puro. No ano passado, a família voltou a vencer a Cascavel de Ouro com Natan e Ricardo Spreafico.
Depois de Dílson, ingressaram no automobilismo Milton, Elói, Fabiano, Ricardo, Rodrigo, Alexandre, Rafael, Guilherme e Natan.

Milton é tio dos gêmeos Ricardo e Rodrigo Sperafico, que competiram na F-3.000 Internacional e na Stock Car; e pai de Guilherme, que atualmente compete na categorias Marcas no Paraná.

Milton também é tio de Rafael Speafico, que morreu em um acidente da Stock Car Light em 2007, em Interlagos.
………………………………………………………………………………………………………….

Milton Sperafico tem experiência como piloto e como dirigente e como presidente da CBA irá valorizar os pilotos

Milton Sperafico tem experiência como piloto e como dirigente e como presidente da CBA irá valorizar os pilotos

Crédito da foto: Cleocinei Zonta/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

………………………………………………………………………………………………………….

Rubens Gatti foi reeleito presidente por aclamação sábado para mais um mandato de quatro anos na Federação Paranaense de Automobilismo

………………………………………………………………………………………………………….

 

CURITIBA (PR) – Por aclamação, Rubens Gatti foi reeleito presidente da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) no último sábado para o quadriênio 2015/2019. O pleito foi realizado na sede da entidade, à rua Engenheiro Niepce de Silva, 100, em Curitiba. Gatti terá como vice-presidente Valmor Weiss, de Curitiba; e como segundo vice-presidente Bento Tino, de Foz do Iguaçu. O novo mandato tem início em janeiro.

O Conselho Fiscal será formado por Roberto Cirino (Francisco Beltrão), Delso Bertasso (Apucarana) e Nelson Fernandes (Rolândia). Já os suplentes do Conselho Fiscal serão Adalberto Monteiro (Curitiba) e Fernando Pinto (Londrina),

Para o TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) a nova diretoria da FPrA indicou Odivaldo Alves, de Ponta Grossa. Ele terá a incumbência de escolher outros cinco membros, que se juntarão aos três indicados pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Ao falar sobre a sua reeleição, Rubens Gatti agradece a confiança dos clubes do Paraná e destaca ser importante a união dos clubes, pilotos e Federação para enfrentar os desafios de 2015, que se desenha como um ano adverso ao automobilismo. “O cenário econômico não é dos melhores para o próximo ano e este quatro é adverso ao automobilismo na medida em que diminui o investimento de patrocinadores. Mas o trabalho continuar e temos que nos dedicar muito mais para reverter a situação. Vamos nos empenhar para aprimorar a gestão e dar continuidade ao trabalho de base”, completa Rubens Gatti.

………………………………………………………………………………………………………….

Legenda:

 

Bento Tino, Rubens Gatti e Valmor Weiss comandarão o automobilismo paranaense até 2019

 

Crédito da foto: Mario Ferreira/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

Assessoria de imprensa da Federação Paranaense de Automobilismo

Jornalista Responsável: Luiz Aparecido da Silva

Reg. Sind. Jorn. Prof. Pr sob nº 1.131

Morreu ontem no hospital Vita e foi sepultado no início da tarde de hoje no cemitério vertical do Tarumã, em Curitiba, o jornalista Antônio Cipriano Bispo, que por quase 50 anos editou o suplemento de automóveis do jornal o Estado do Paraná. Bispo, de 80 anos, também era contador, advogado e coronel aposentado da Polícia Militar do Paraná.

Bispo integrou o grupo formando por Joemir Beting, Luiz Carlos Secco e J. J. Bitencourt como os primeiros jornalistas a escrever exclusivamente sobre automobilismo no Brasil. Secco, como editor de esportes do jornal O Estado de São Paulo, passou a dar destaque para um jovem que brilhava nas pistas. Este jovem era Émerson Fittipaldi, que em 1972 viria a se tornar o primeiro brasileiro a ser campeão mundial de Fórmula 1.

Bispo era amigo para todas as horas e tinha história que renderiam livros, filmes, minisséries. Uma delas, foi em 1987. Os principais jornalistas do Brasil estavam no Rio de Janeiro para cobrir o GP Brasil de Fórmula 1, em Jacarepaguá, quando Antônio Carlos da Silva, do então Jornal Indústria e Comércio, de Curitiba, teve o pedido de credenciamento negado. Calmamente, Bispo disse que resolveria. Pediu uma procuração para Antônio Carlos e foi ao fórum entrar com uma ação. Resultado, sua petição foi tão bem feita, que o juiz de Plantão lhe deu ganho de causa e determinou que ele mesmo levasse seu despacho aos representantes do já todo poderoso da Fórmula 1 Bernie Ecclestone. Clóvis Maia Mendonça e Marco Antônio Lellis, que trabalhavam para Ecclestone, até tentaram se esquivar, mas a decisão era clara. Ou credenciavam Antônio Carlos ou não teria Fórmula 1 no Rio. E assim foi feito. O primeiro treino da sexta-feira, uma Sexta-Feira da Paixão, só começou quando colocaram a credencial no peito de Antônio Carlos. A ordem para o comandante do policiamento era colocar um cancela na saída dos boxes e impedisse que pilotos como Nelson Piquet, Ayrton Senna, Maurício Gugelmin, Alain Prost e muitos outros mais talentosos do que os de hoje, fossem à pista. Bernie Ecclestone, baixinho arrogante, dava pulos. Neste tempo, a Fórmula 1 não era a chatice de hoje e Bernie e todos iam a todos os cantos do autódromo. Bernie descobriu que de acordo com a Constituição Brasileira, um jornalista não pode ser impedido de exercer a sua profissão. Este fato tornou-se referência mundial.

Bispo foi um dos primeiros jornalistas do Brasil a dar importância ao automobilismo

Bispo foi um dos primeiros jornalistas do Brasil a dar importância ao automobilismo

CURITIBA (PR) – Atendendo as exigências prevista em estatuto, a Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) realiza assembléia de prestação de contas sábado, em sua sede, à rua Niepce da Silva, 100, em Curitiba, O encontro será a partir das 13 horas, e foram convocados os presidentes de clubes.

CASCAVEL (PR) – A história dos 50 anos do automobilismo de Cascavel será mostrada na “1ª Mostra da História do Automobilismo de Cascavel”, que será realizada de 17 a 20 deste mês, no Centro de Convenções do município. O evento é a primeira realização do recém-criado Instituto Jaci Pian.

Quem visitará a exposição terá a oportunidade de conhecer a historia do esporte que encantou os cascavelenses e faz parte da história do município. Serão expostos carros de competições atuais e do passado, fotos, painéis com reportagem das primeiras corridas realizadas nas ruas da cidade, troféus e acervos particulares de muitos pilotos. Muitos pilotos estarão no evento, recebendo os visitantes e contando suas proezas nas pistas, como o próprio Jaci Pian, que venceu a primeira corrida realizada no Autódromo de Cascavel.

Instituto Jaci Pian

O Instituto Jaci Pian foi criado oficialmente no dia 20 do mês passado, em solenidade que contou com a presença de pilotos, ex-pilotos, autoridades municipais, desportistas e empresários. A CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) foi representada pelo seu vice-presidente Milton Sperafico.

O objetivo do Instituto Jaci Pian é resgatar a história do automobilismo em Cascavel, que está completando 50 anos de existência na cidade, além de dar suporte às atividades desenvolvidas na área, inclusive ajudando a captar recursos para futuros projetos, que inclui a construção de um museu no interior do Autódromo Zilmar Beux, e a criação de uma escola para a formação de novos pilotos.

………………………………………………………………………………………………………….

Legenda:

 

Jaci Pian, com Juraci Massoni, presidente do Automóvel Clube de Cascavel; e Milton Sperafico, vice-presidente da CBA

 

Crédito da foto: Cadini Fotos/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….Jaci Pian01

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

julho 2020
S T Q Q S S D
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!