Get Adobe Flash player

Luiz Aparecido

Wagner Monteiro, presidente do Kart Clube de Cascavel (Foto: Mario Ferreira/Divulgação)

Wagner Monteiro, presidente do Kart Clube de Cascavel (Foto: Mario Ferreira/Divulgação)

CASCAVEL (PR) – A Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) e o Kart Clube de Cascavel divulgaram o Adendo 01 do Open do Campeonato Brasileiro de Kart, reduzindo valores das inscrições antecipadas. A competição será disputada de 27 a 29 de junho, no Kartódromo Delci Damian, em Cascavel, no Paraná.

Wagner Monteiro, presidente do Kart Clube de Cascavel, destaca que a partir de agora as inscrições serão em três fases, duas delas de forma antecipada.

A primeira fase das inscrições vai até o dia 7 de junho, com a taxa de R$ 480 para as categorias Mirim e Cadete; e de R$ 1.280 para as categorias Júnior Menor, Júnior, Graduados, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, F-4, Codasur, Codasur Júnior, Internacional OK e KZ.

De 8 a 17 de Junho, a taxa será de R$ 600,00 para as categorias Mirim e Cadete; e de R$ 1.620 para as categorias Júnior Menor, Júnior, Graduados, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, F-4, Codasur, Codasur Júnior, Internacional OK e KZ.

Após 17 de Junho e na secretaria da prova, a taxa será de 900,00 para as categorias Mirim e Cadete; e de R$ 1.920,00 para as categorias Júnior Menor, Júnior, Graduados, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, F-4, Codasur, Codasur Júnior, Internacional OK e KZ.

Para a categoria F-4, a locação do motor está inclusa no valor da inscrição.

As inscrições antecipadas poderão ser feitas pelo site www.kartclubecascavel.org.br ou pelo e-mail cleo_lunardi@hotmail.com. Cada competidor deverá enviar a ficha de inscrição preenchida (disponível no site: www.kartclubecascavel.org.br) juntamente

com comprovante de pagamento.

Wagner Monteiro salienta que a redução no valor das inscrições antecipadas só foi possível em função de algumas parcerias. “Todas as nossas ações visam beneficiar os pilotos. Como conseguimos alguns apoios, transferirmos os frutos para os pilotos”, completa Wagner.

Mailson Araújo, diretor financeiro do Kart Clube, diz que Cascavel está preparada para receber bem kartistas de todo o Brasil (Foto: Mario Ferreira)

Mailson Araújo, diretor financeiro do Kart Clube, diz que Cascavel está preparada para receber bem kartistas de todo o Brasil (Foto: Mario Ferreira)

CASCAVEL (PR) – O Kart Clube de Cascavel abriu as inscrições para o Open do Campeonato Brasileiro de Kart, a ser disputado de 27 a 29 de junho, no Kartódromo Delci Damian, em Cascavel, no Paraná. Já o Campeonato Brasileiro será de 15 a 27 de julho.

O Open será disputado em etapa única, com três baterias para cada categoria. A promoção e organização são do Kart Clube de Cascavel, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA),

As inscrições antecipadas serão realizadas até o dia 17 de junho, através do site www.kartclubecascavel.org.br ou pelo e-mail: cleo_lunardi@hotmail.com com desconto de R$

300,00 (trezentos reais) para todas as categorias. Os inscritos devem enviar a ficha de inscrição preenchida (disponível site www.kartclubecascavel.org.br), juntamente com comprovante de pagamento. As inscrições também poderão ser feitas na secretaria da prova nos dias 26 e 27 de junho, porém, sem o desconto de R$ 300,00.

As taxas de inscrições serão de R$ 900,00 para as categorias Mirim e Cadete; de R$ 1.920,00 para as categorias Júnior Menor, Júnior, Novatos, Graduados, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, Codasur, Codasur Júnior, Internacional OK e KZ. A F-4 terá taxa de inscrição de R$ 1.920,00, já incluído o aluguel do motor.

O aluguel dos motores custará R$ 450,00 para as categorias Mirim e Cadete. Já para as categorias Codasur, Codasur Júnior e Internacional OK o aluguel será de R$ 1.600,00.

O regulamento do Open, bem detalhado, está disponível nos sites www.fpra.com.br e www.kartclubecascavel.org.br

Convite

O Kart Clube de Cascavel vem se preparando para o Campeonato Brasileiro de Kart desde o ano passado. Mailson Hailer Araújo, diretor financeiro do clube, convida kartistas de todo o Brasil a participarem do Open e do Brasileiro. “Nos preparamos para receber bem a todos. Estamos finalizando o pacote de obras solicitadas pela CBA e o resultados delas poderão ser auferidos já no Open. A programação foi elaborada de acordo com horários do Brasileiro. Queremos que todos sintam o clima do Brasileiro já no Open”, acentua Mailson.

Disputa por posição e capotagem na mesma curva. Isto é a Super Chevy no Metropolitano de Terra de São José dos Pinhais (Foto: Victor Lara)

Disputa por posição e capotagem na mesma curva. Isto é a Super Chevy no Metropolitano de Terra de São José dos Pinhais (Foto: Victor Lara)

Com o apoio da Associação dos Pilotos de Chevette de Velocidade na Terra (APCVNT), a categoria Super Chevy fez sua estreia na 1ª etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinais, no autódromo de São José dos Pinhais, que teve organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). A Super Chevy foi o destaque da etapa, com 26 participantes e realizou duas baterias repletas de disputas, que movimentou a torcida presente ao autódromo nos dois dias da competição, com as derrapagens na curvas, batidas e capotes, mas sem risco para os pilotos.

Com o maior grid da etapa, com 26 carros, as categorias Super Chevy foram para a pista querendo dar seu show costumeiro, com bons pegas e muitas ultrapassagens, na primeira bateria realizada no sábado. O pole position Lucas Machado (B) perdeu a liderança na primeira volta para Hamilton Morsch da categoria “A”, que não perdeu mais a primeira posição. Cleverson Petrich assumiu a segunda posição na 10ª volta depois de um bom “pega” com Lucas Machado. A prova teve ainda duas intervenções do safety car, para a retirada de carros acidentados. Após 10 voltas, a vitória na Geral e na Super Chevy “A” foi de Hamilton Morsch, com o tempo total de 14m08s591, com Cleverson Petrich em segundo, a 1s643; Ricardo Smanhoto em terceiro, a 5s729; Dário Ribeiro, a 9s940; Rogério Torres, a 10s984; e, Pedro Everaldo dos Santos, a uma volta. Na Super Chevy “B” a vitória foi de Lucas Machado, com o tempo de 14m11s359, vindo a seguir Brendon Gabardo, 0s860, Edson Pilatti, a 1s006; Roberto Minatoya Jr, a 1s756; Roberto Santos, a 2s268; e, Fábio Aramis, a 3s599.

Hamilton Morsch largou mais uma vez na pole position da segunda bateria da Super Chevy e venceu de ponta a ponta, sem ser incomodado por seus adversários. Destaque para Pedro dos Santos, que largou da 12ª posição e recebeu a bandeirada final em segundo lugar. Bruno Lopes capotou logo após a largada, mas sem problemas para o piloto, que saiu andando do carro. Nessa prova, sete pilotos abandonaram por quebras: Marcantoni Júnior, com uma volta, Saulen Souza e Ironei Jesus, com três voltas, Gabriel Gonçalves, com quatro voltas, Ricardo Smanhoto, com cinco voltas, e, Alisson Moraes e Celso Gabardo com nove voltas. Ao fim de 18 voltas, a vitória na Geral e na Super Chevy “A” foi de Hamilton Morsch, com tempo total de 20m39s335, tendo Pedro dos Santos em segundo, a 13s853; Cleverson Petrich em terceiro, a 33s827; Flávio Mendes em quarto, a uma volta; Rogério Torres em quinto, a uma volta; e, Dário Ribeiro em sexto, a uma volta. Na Super Chevy “B” a vitória foi de Brendon Gabardo, com tempo de 21m24s999, seguido de Lucas Machado, a 4s697; Edson Pilatti, a uma volta; Roberto Santos, a uma volta; Gabriel Ferreira, a uma volta; e, Roberto Minatoya Jr, a duas volta.

O resultado final ficou assim: SUPER CHEVY “A” – 1º) Hamilton Morsch, com 41 pontos; 2º) Cleverson Petrich, 27; 3º) Pedro dos Santos, 21; 4º) Rogério Torres, 16; 5º) Dario Pereira, 16; 6º) Ricardo Smanhoto, 12. SUPER CHEVY “B” – 1º) Lucas Machado, 36; 2º) Brendon Gabardo, 35; 3º) Edson Pilatti, 24; 4º) Roberto Santos, 18; 5º) Roberto Minatya Jr, 16; 6º) Gabriel Ferreira, com 11 pontos.

A 2ª etapa do Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais está marcada para os dias 22 e 23 de junho.

A categoria Turismo 1.600 tem bom início da temporada (Foto: Divulgação)

A categoria Turismo 1.600 tem bom início da temporada (Foto: Divulgação)

O fim de semana foi movimentado no Autódromo de São José dos Pinhais, com a realização da 1ª etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra, que contou com organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos, disputada por 72 carros, nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.600 “I” e “C”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Fusca Velocidade “A” e Light, Super Chevy “A” e “B”, e, Auto Cross. O evento contará com o patrocínio da Militec-1, Pelikano e Toyota Barigui, o apoio da Monster Energy, Só Carrão, Auto Peças Kobber, Alvo Plotagens, CSM Comércio, Sítio Bela Vista e Piteco Park, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante as tomadas de tempos, realizadas no sábado, os três primeiros por categoria foram: AUTO CROSS- 1º) Alisson Marçal, 1m01s618; 2º) Luiz Camargo, 1m04s862; 3º) Rafael Schuhli, 1m05s253. SUPER CHEVY “B” – 1º) Lucas Machado, 1m06s866; 2º) Erondi Fagundes Jr, 1m07s625; 3º) Brendon Gabardo, 1m09s178. SUPER CHEVY “A” – 1º) Hamilton Morsch, 1m07s169; 2º) Flávio Mendes, 1m08s300; 3º) Cleverson Petrich, 1m08s876. TURISMO 1600 “C” – 1º) Diego Lino, 1m02s385; 2º) Richardson Andrade, 1m12s155; 3º) Mateus Prado, 1m14s346. TURISMO 1600 “I” – 1º) Pietro Wegbecher, 1m04s308; 2º) Geovane Ciesielski, 1m05s407; 3º) Carlos Kavilhuka, 1m05s438. AUTO CROSS “A” – 1º) Carlos Eduardo, 1m04s852; 2º) Juliano dos Anjos, 1m04s991; 3º) Douglas Rodrigues, 1m05s006. AUTO CROSS LIGHT – 1º) Thiago Andolhe, 1m09s400; 2º) Marcos, 1m12s434; 3º) Alexandre, 1m13s931. MARCAS “A” – 1º) Gian Gans, 1m01s403; 2º) Leonardo Kovalski, 1m01s824; 3º) Gefferson de Lima, 1m01s995. MARCAS “B” – 1º) João Stabach, 1m02s789; 2º) Ricardo Pamplona, 1m04s768; 3º) Wilson Kavilhuka, 1m05s054. TURISMO 5000 Omega: 1º) Willian Frederico, 59s639; 2º) José Franzoi, 1m00s824; 3º) Marcelo Tatschi, 1m00s999. TURISMO 5000 OPALA – 1º) Márcio Chimentão, 1m04s628; 2º) Brendon Gabardo, 1m06s239; 3º) Frederico Neto, 1m06s432.

Auto Cross –

A categoria Auto Cross foi a primeira a ir para a pista, no sábado, reunindo quatro participantes, que se esforçaram para fazer bonito nessa primeira bateria. O pole position Alisson Marçal manteve a primeira posição na largada, seguido de perto por Luiz Camargo, Rafael Schuhli e Debrair Pinheiro. Mas logo na primeira volta, o carro de Luiz Camargo teve problemas técnicos e o piloto abandonou a prova. A corrida foi se desenvolvendo e os carros se espalharam na pista. Ao fim de 15 voltas, a vitória foi de Alisson Marçal, com o tempo de 15min35s902, seguido de Rafael Schuhli, a 18s569, e, Debrair Pinheiro, a uma volta.

Na segunda bateria, mais uma vez o domínio foi de Alisson Marçal, que largou na pole position e liderou até a 15ª volta, quando teve problemas no seu fórmula e foi ultrapassado por Rafael Schuhli. Luiz Camargo não teve sorte novamente e quebrou na primeira volta. E Rafael Schuhli travou bom duelo com Debrair Pinheiro pela segunda posição. Schuhli foi o segundo até a quinta volta e Pinheiro assumiu o segundo lugar na sexta volta, onde ficou até a 12ª passagem, quando foi superado novamente por Schuhli. Depois de 16 voltas, a vitória foi de Rafael Schuhli, com tempo de 18m50s296, tendo Alisson Marçal em segundo, a 8s286; e, Debrair Pinheiro em terceiro, a 42s615. RESULTADO FINAL – 1º) Alisson Marçal, 36 pontos; 2º) Rafael Schuhli, 35; 3º) Debrair Pinheiro, 24.

Super Chevy

Com o maior grid da etapa, com 26 carros, as categorias Super Chevy foram para a pista querendo dar seu show costumeiro, com bons pegas e muitas ultrapassagens, na primeira bateria realizada no sábado. O pole position Lucas Machado perdeu a liderança na primeira volta para Hamilton Morsch da categoria “A”, que não perdeu mais a primeira posição. Cleverson Petrich assumiu a segunda posição na 10ª volta. A prova teve ainda duas intervenções do safety car, para a retirada de carros acidentados. Após 10 voltas, a vitória na Geral e na Super Chevy “A” foi de Hamilton Morsch, com o tempo total de 14m08s591, com Cleverson Petrich em segundo, a 1s643; e, Ricardo Smanhoto em terceiro, a 5s729. Na Super Chevy “B” a vitória foi de Lucas Machado, com o tempo de 14m11s359, vindo a seguir Brendon Gabardo, 0s860, e, Edson Pilatti, a 1s006.

Hamilton Morsch largou mais uma vez na pole position da segunda bateria da Super Chevy e venceu de ponta a ponta, sem ser incomodado por seus adversários. Destaque para Pedro dos Santos, que largou da 12ª posição e recebeu a bandeirada final em segundo lugar. Bruno Lopes capotou logo após a largada, mas sem problemas para o piloto, que saiu andando do carro. Ao fim de 18 voltas, a vitória na Geral e na Super Chevy “A” foi de Hamilton Morsch, com tempo total de 20min39s335, tendo Pedro dos Santos em segundo, a 13s853, e, Cleverson Petrich em terceiro, a 33s827. Na Super Chevy “B” a vitória foi de Brendon Gabardo, com tempo de 21m24s999, seguido de Lucas Machado, a 4s697; e, Edson Pilatti, a uma volta. RESUTLADO FINAL – SUPER CHEVY “A” – 1º) Hamilton Morsch, 41 pontos; 2º) Cleverson Petrich, 27; 3º) Pedro dos Santos, 21. SUPER CHEVY “B – 1º) Lucas Machado, 36; 2º) Brendon Gabardo, 35; 3º) Edson Pilatti, com 24. pontos.

Turismo 1600

Na primeira bateria das categorias Turismo 1600, no sábado, o pole position Diego Lino manteve a liderança até a bandeirada final, seguido de Pietro Wegbecher e Geovane Ciesielski. Mateus Prado e Antonio Carvalho quebraram com seis voltas, e, Norival Kavilhuka abandonou a corridas após oito voltas. Depois de 14 voltas, a vitória na Geral e na categoria Turismo 1600 “C” foi de Diego Lino, com tempo total de 15min13s112, vindo a seguir de Leandro dos Santos, a 47s857, e, Richardson Andrade, a uma volta. Na Turismo 1600 “I”, a vitória foi de Pietro Wegbecher, com o tempo de 15m25s228, tendo Geovane Ciesielski em segundo, a 6s812, e, Carlos Kavilhuka em terceiro, a 25s293.

Largando na pole position novamente, Diego Lino faturou também a segunda bateria da Turismo 1600, vencendo de ponta a ponta, na Geral e na Categoria “C”. Nessa prova tivemos quatro quebras, com Mateus Prado na quarta volta, Richardson Andrade e Carlos Kavilhuka na sexta volta, e, Pietro Wegbecher na 12ª volta. Após 17 voltas o vitória na Geral e na Turismo 1600 “C” foi de Diego Lino, com tempo de 18m21s527, com Leandro dos Santos em segundo, a uma volta. Na Turismo 1600 “I”, a vitória foi de Geovane Ciesielski, com tempo de 18min32s874, seguido de Antonio Carvalho, a 19s284, e, Denizard dos Santos, a uma volta. RESULTADO FINAL – Turismo 1600 “C” – 1º) Diego Lino, 41 pontos; 2º) Leandro dos Santos, 30; 3º) Richardson Andrade, 12. Turismo 1600 “I”: 1.º) Geovane Ciesielski, 35; 2.º) Pietro Wegbecher, 29; 3.º) Antonio Carvalho, 15.

Fusca Velocidade –

A primeira bateria da Fusca Velocidade foi realizada no domingo de manhã, às 9 horas, reunindo 13 carros. Carlos Eduardo que largou na pole position manteve a liderança até a sétima volta, e, na volta seguinte foi superado por Juliano dos Anjos, que a manteve até a bandeirada final. Apenas o carro de Nickolas Lima abandonou a corrida com ima volta e não completou 75% da prova. Ao fim de 18 voltas, a vitória na Geral e na Fusca Velocidade “A” foi de Juliano dos Anjos, com tempo total de 20min14s458, com Carlos Eduardo em segundo, a 4s468, e, Fabiano dos Anjos em terceiro, a 1m02s776. Na Fusca Velocidade Light a vitória foi de Marcos, com tempo total de 20min28s807, seguido de Thiago Andolhe, a 2s757, e, Alexandre, a três voltas.

Na segunda bateria, o pole position Juliano dos Anjos perdeu a liderança na largada para Carlos Eduardo, que a manteve até a 12ª volta, pois na volta seguinte quebrou o carro e abandonou a corrida. Nessa prova quatro carros não completaram 75% da prova, Marcos, Alexandre, Maycon e Nickolas Lima. Depois de 16 voltas, a vitória na Geral e na Fusca Velocidade “A” foi de Juliano dos Anjos, com tempo de 18m09s435, vindo a seguir Douglas Rodrigues, a 25s854, e, Fabiano dos Anjos, a 26s462. Na Fusca Velocidade Light a vitória foi de Thiago Andolhe, com tempo de 19min00s243. RESULTADO FINAL – FUSCA VELOCIDADE “A” – 1º) Juliano dos Anjos, 40 pontos; 2º) Fabiano dos Anjos, 24; 3º) Douglas Rodrigues, 21. FUSCA VELOCIDADE LIGHT – 1º) Thiago Andolhe, 36; 2º) Macos, 20; e 3º) Alexandre, com 1 pontos.

Marcas –

Os 12 participantes das categorias Marcas foram para a primeira bateria às 9h44 de domingo, com boa expectativa de mais uma bela corrida e os pilotos deram show de pilotagem. O pole position Gian Gans teve problemas técnicos e teve que largar dos boxes, com isso Leonardo Kovalski liderou de ponta a ponta, mas com boa disputa pela liderança com Gefferson de Lima, enquanto Stive Tokarski superava Arlei Tucholski e Juca Lisboa vinha numa boa prova de recuperação. Após 20 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Leonardo Kovalski, com tempo de 20min40s416, com Gefferson de Lima em segundo, a 4s101, e, Stive Tokarski em terceiro, a 4s314. Na Marcas “B” a vitória foi de Arlei Tucholski, com tempo de 21min09s056, seguido de Wilson Kavilhuka, a 28s636, e, Ricardo Pamplona, a uma volta.

A segunda bateria das categorias Marcas também foi muito movimentada, onde os três primeiros se mantiveram em suas posições, com um pouco de disputa no início da prova. Destaque para Gian Gans, que largou da décima posição e chegou em quarto lugar na Geral. Depois de 17 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi novamente de Leonardo Kovalski, com tempo de 17m32s681, tendo Gefferson de Lima em segundo, a 2s006, e, Stive Tokarski em terceiro, a 4s323. Na Marcas “B” a vitória foi de Cláudio Tucholski, com tempo de 18m31s625, vindo a seguir Wilson Kavilhuka, a 2s347, e, João Stabach, a uma volta. RESULTADO FINAL –MARCAS “A” – 1º) Leonardo Kovalski, 40 pontos; 2º) Gefferson de Lima, 30; 3º) Stive Tokarski, 24. MARCAS “B” – 1º) Arlei/Cláudio Tucholski, 40; 2º) Wilson Kavilhuka, 30; 3º) João Stabach, 13.

Turismo 5000

Para a alegria do publico presente ao Autódromo de São José dos Pinhais, as categorias Turismo 5000 deram show na pista, com os Omegas (4), Opalas (5) e Dojão (1) sendo os mais rápidos de todas as categorias. A primeira bateria foi realizada às 10h18 deste domingo, com o Opala de Willian Frederico largando na frente e vencendo de ponta a ponta, mas recebendo uma pressão no início do Omega de José Franzoi. Ao fim de 19 voltas, a vitória foi de Willian Frederico, com o tempo de 19m18s980, seguido de José Franzoi, a 14s384, e, Paulo Stelle, a uma volta.

Na segunda bateria da Turismo 5000, José Franzoi assumiu a liderança na largada da prova e liderou por duas voltas, mas o Opala de Frederico estava muito forte e na terceira volta reassumiu a liderança para não mais perdê-la. Na volta seguinte Marcelo Tatschi também superou Franzoi, assumindo o segundo lugar. Depois de 18 voltas, nova vitória de Willian Frederico, com o tempo de 18m28s371, tendo Marcelo Tatschi em segundo, a 11s778; e, José Franzoi em terceiro, a 12s321. RESULTADO FINAL – OPALA – 1º) Willian Frederico, 41 pontos; 2º) Brendon Gabardo, 30; 3º) Márcio Chimentão, 12. OMEGA – 1º) José Franzoi, 36; 2º) Marcelo Tatschi, 30; 3º) Paulo Stelle, 27.

A 2ª etapa do Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais está marcada para os dias 22 e 23 de junho.

As categorias Super Chevy iniciam a temporada com 26 carros no grid (Foto: Divulgação)

As categorias Super Chevy iniciam a temporada com 26 carros no grid (Foto: Divulgação)

Com a realização de treinos oficiais, tomadas de tempos e primeiras corridas, teve início hoje e termina amanhã a etapa de abertura do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais. O campeonato tem organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos, nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.600 “I” e “C”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Fusca Velocidade “A” e Light, Super Chevy “A” e “B”, Auto Cross. O evento contará com o patrocínio da Militec-1, Pelikano e Toyota Barigui, o apoio da Monster Energy, Só Carrão, Auto Peças Kobber, Alvo Plotagens, CSM Comércio, Sítio Bela Vista e Piteco Park, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante as tomadas de tempos, os três primeiros por categoria foram: AUTO CROSS – 1º) Alisson Marçal, 1m01s618; 2º) Luiz Camargo, 1m04s862; 3º) Rafael Schuhli, 1m05s253. SUPER CHEVY “B” – 1º) Lucas Machado, 1m06s866; 2º) Erondi Fagundes Jr, 1m07s625; 3º) Brendon Gabardo, 1m09s178. SUPER CHEVY “A” – 1º) Hamilton Morsch, 1m07s169; 2º) Flávio Mendes, 1m08s300; 3º) Cleverson Petrich, 1m08s876. TURISMO 1600 “C” – 1º) Diego Lino, 1m02s385; 2º) Richardson Andrade, 1m12s155; 3º) Mateus Prado, 1m14s346. TURISMO 1600 “I” – 1º) Pietro Wegbecher, 1m04s308; 2º) Geovane Ciesielski, 1m05s407; 3º) Carlos Kavilhuka, 1m05s438. AUTO CROSS “A” – 1º) Carlos Eduardo, 1m04s852; 2º) Juliano dos Anjos, 1m04s991; 3º) Douglas Rodrigues, 1m05s006. AUTO CROSS LIGHT – 1º) Thiago Andolhe, 1m09s400; 2º) Marcos, 1m12s434; 3º) Alexandre, 1m13s931. MARCAS “A” – 1º) Gian Gans, 1m01s403; 2º) Leonardo Kovalski, 1m01s824; 3º) Gefferson de Lima, 1m01s995. MARCAS “B” – 1º) João Stabach, 1m02s789; 2º) Ricardo Pamplona, 1m04s768; 3º) Wilson Kavilhuka, 1m05s054. TURISMO 5000 OMEGA – 1º) Willian Frederico, 59s639; 2º) José Franzoi, 1m00s824; 3º) Marcelo Tatschi, 1m00s999. TURISMO 5000 OPALA – 1º) Márcio Chimentão, 1m04s628; 2º) Brendon Gabardo, 1m06s239; 3º) Frederico Neto, 1m06s432.

As corridas

A categoria Auto Cross foi a primeira a ir para a pista, reunindo quatro participantes, que se esforçaram para fazer bonito nessa primeira etapa. O pole position Alisson Marçal manteve a primeira posição na largada, seguido de perto por Luiz Camargo, Rafael Schuhli e Debrair Pinheiro. Mas logo na primeira volta, o carro de Luiz Camargo teve problemas técnicos e o piloto abandonou a prova. A corrida foi se desenvolvendo e os carros se espalharam na pista. Ao fim de 15 voltas, a vitória foi de Alisson Marçal, com o tempo de 15m35s902, seguido de Rafael Schuhli, a 18s569; e, Debrair Pinheiro, a uma volta.

Com o maior grid da etapa, com 26 carros, as categorias Super Chevy foram para a pista querendo dar seu show costumeiro, com bons pegas e muitas ultrapassagens. O pole position Lucas Machado perdeu a liderança na primeira volta para Hamilton Morsch da categoria “A”, que não perdeu mais a primeira posição. Cleverson Petrich assumiu a segunda posição na 10ª volta. A prova teve ainda duas intervenções do safety car, para a retirada de carros acidentados. Após 10 voltas, a vitória na Geral e na Super Chevy “A” foi de Hamilton Morsch, com o tempo total de 14m08s591, com Cleverson Petrich em segundo, a 1s643; e, Ricardo Smanhoto em terceiro, a 5s729. Na Super Chevy “B” a vitória foi de Lucas Machado, com o tempo de 14m11s359, vindo a seguir Brendon Gabardo, 0s860, e, Edson Pilatti, a 1s006.

Na primeira bateria das categorias Turismo 1600, o pole position Diego Lino manteve a liderança até a bandeirada final, seguido de Pietro Wegbecher e Geovane Ciesielski. Mateus Prado e Antonio Carvalho quebraram com seis voltas, e, Norival Kavilhuka abandonou a corridas após oito voltas. Ao fim de 14 voltas, a vitória na Geral e na categoria Turismo 1600 “C” foi de Diego Lino, com tempo total de 15m13s112, seguido de Leandro dos Santos, a 47s857, e, Richardson Andrade, a uma volta. Na Turismo 1600 “I”, a vitória foi de Pietro Wegbecher, com o tempo de 15m25s228, tendo Geovane Ciesielski em segundo, a 6s812, e, Carlos Kavilhuka em terceiro, a 25s293.

Programação

As atividades no Autódromo de São José dos Pinhais neste domingo (5/5), acontecem das 8 às 18 horas. Começando com as primeiras baterias das categorias Fusca Velocidade, Marcas “A” e “B” e Turismo 5000 (Omega Opala e Dodge). Em seguida, vem as segundas baterias. Na sequencia, as segundas baterias da Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas e Turismo 5000. Espaço promocional para as voltas rápidas dos pilotos com o público, patrocinadores e convidados. Encerrando com a festa do pódio para premiação com troféus do 1° ao 5° em as categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1600 “I” e “C”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Fusca Velocidade “A” e Light, Auto Cross e Super Chevy “A” e “B”. Os ingressos para o público custarão R$ 20,00 no domingo. Essa programação poderá ser alterada de acordo com as condições do tempo e pista.

Renato Pompeu deu show com sua Kombi com motor V8 na categoria Slick (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

Renato Pompeu deu show com sua Kombi com motor V8 na categoria Slick (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

TOLEDO (PR) – A arrancada tem um bom início de temporada no Paraná. A 1ª etapa do Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 Metros de 2019, também válida pelo Campeonato Sul-Brasileiro, foi disputada no último fim de semana, em Toledo, na região Oeste do Estado. A pista do Autódromo Rafael Sperafico recebeu 90 pilotos de vários estados. A promoção e organização foram do Automóvel Clube de Toledo, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

O Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 Metros deste ano será disputado em cinco etapas. Além da prova de Toledo, as demais serão realizadas nos dias 27 e 28 de julho, em Maringá; 31 de agosto e 1º de setembro, em Cascavel; 19 e 20 de outubro, em Campo Mourão; e 16 e 17 de novembro, em Maringá.

 

Resultados da 1ª etapa do Paranaense de Arrancada de 201 Metros

Categoria Extreme 10,5

1º) Anselmo Sepp (Opala), 5s883

2º) Cris Júlio (Opala), 10s263

 

Arlindo Pamelli , de Guarapuava, estreou novo carro na categoria Pro Mod (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

Arlindo Pamelli , de Guarapuava, estreou novo carro na categoria Pro Mod (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

Categoria Turbo Traseira A

1º) Cristian Cordeiro Júlio (Opala), 5s787

2º) Alvir Froza (Caravan), 6s684

3º) Rafael Palma Geraldo (Opala), 59s996

 

Categoria Turbo Street Traseira

1º) Maycon Araújo (Fusca), 6s497

2º) Sandro Dalla Valle (Marão), 6s557

3º) Emerson Lima (Chevette), 7s048

4º) Márcio Júlio (Chevette), 22s014
Categoria Traseira Super

1º) Renato Cruz (Dodge), 7s607

 

Categoria Traseira Original

1º) Márcio Valmor Júlio (Opala), 7s417

2º) João A. Carniel (Caravan), 9s139

 

Categoria Street Tração Traseira

1º) Artur Xavier Neto (Opala), 7s426

2º) Christiano Julio (Opala), 7s728

3º) Rafael Palma Geraldo (Opala), 7s829

4º) Cristiano Pistoia (Opala), 7s831

 

Categoria Standart

1º) Ricardo Zancanaro (Gol Vermelho), 7s729

2º) Tiago Lemos (Gol), 7s809

3º) José Leonel (Gol), 7s966

4º) Alfredo Lemos (Gol), 8s255

 

Cristian Cordeiro Julio, de Imbituva, conquistou a vitória na categoria Turbo Traseira A (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

Cristian Cordeiro Julio, de Imbituva, conquistou a vitória na categoria Turbo Traseira A (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

Categoria  Slick

1º) Daniel Galvan (Saveiro), 6s806

2º) Júnior Oscar Pulga (Gol), 6s882

3º) Renato César Pompeu (Kombi), 7s166

4º) Juliano Brusco (Gol), 7s682

5º) Adriano Maiorki (Gol), 10s342

 

Categoria Pro Mod

1º) Arlindo Pereira da Costa (SS10), 5s849

 

Categoria Força Livre Traseira

1º) Alberto Aires (Chevette), 4s968

 

Categoria Desafio Turbo Rua Light

1º) Willian Kuni (Gol), 8s271

2º) Fernando Silva (Chevette), 8s462

3º) Mauricio Bioni (Gol), 15s023

 

Categoria Desafio Turbo Rua

1º) Guilherme Victor Mensch (Chevette), 7s734

 

Categoria Dianteira Turbo A Light

1º) Diego Marcelo da Silva (Gol), 6s542

2º) Fabiano Busato (Gol), 7s198

3º) Victor Hugo (Gol), 7s213

4º) Rogério Cardoso (Gol), 7s364

 

Categoria Dianteira Turbo C

1º) Dalmo Abreu (Gol), 7s144

2º) Anderson Casanova (Gol), 7s285

3º) Rogério Cardoso (Gol), 7s638

 

Categoria Dianteira Turbo B

1º) Rodrigo Oliveira (Gol), 6s757

2º) Marco de Paula (Gol), 6s855

3º) Sandro Almeida (Gol), 6s939

4º) José Kim (Gol), 7s017

5º) Evandro Mantovani (Gol), 7s312

 

Categoria Dianteira Turbo A

1º) Leandro Silvestre (Gol), 6s191

2º) Acácio de Oliveira (Gol), 6s554

3º) Luiz Paulo (Gol), 6s945

4º) Ivan Possamai Júnior (Gol), 7s536

5º) Ademar D’Agostini (Gol), 59s996

 

Categoria Drag Ligth

1º) Josemar Hudema (Dragster), 5s182

 

Categoria Desafio 9 Segundos

1º) Jonatas Torno (D20), 9s385

2º) André Valério (Silverado), 9s564

3º) André L. Maiorki (Gol), 9s747

4º) Isolete Pain Dutra (Celta), 10s131

5º) João Victor Pompeu (Gol), 12s028
Categoria Desafio 8 Segundos

1º) Rodrigo Parodi (Audi), 8s348

2º) Jurian Lotherman Alves (Chevette), 8s375

3º) Deivide M. de Oliveira (Voyage), 8s476

4º) Helikson Bruno Marcondes (Gol), 8s749

5º) Ricardo (Gol), 8s971

 

Categoria Desafio 8,5 Segundos

1º) Moisés Magneto (Gol), 8s937

 

Categoria Desafio 7,5 Segundos

1º) Henrique Mancini (Gol), 7s725

2º) Ronaldo H.  (Gol), 7s808

3º) Anderson Valério (Gol), 8s545

4º) Sandro Bartholo (Gol), 8s695

5º) José Leonel (Gol), 8s749

A categoria Fusca Velocidade é sempre um show na terra (Foto: Divulgação)

A categoria Fusca Velocidade é sempre um show na terra (Foto: Divulgação)

Devido às chuvas no fim de semana passado, a 1.ª etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais, será realizada neste sábado e domingo, com organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos. O evento contará com o patrocínio da Militec-1, Pelikano e Toyota Barigui, o apoio da Monster Energy, Só Carrão, Auto Peças Kobber, Alvo Plotagens, CSM Comércio, Sítio Bela Vista e Piteco Park, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

A primeira etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais será realizada nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.600 “I” e “C”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Fusca Velocidade “A” e Light, Super Chevy “A” e “B”, Auto Cross “A” e “B”, Kart Cross Força Livre e Kart Cross CBA, com duas baterias de cada categoria, sendo uma no sábado e outra no domingo, no Autódromo de São José dos Pinhais. Os ingressos para o público custarão R$ 10,00 no sábado e R$ 20,00 no domingo.

Programação –

As atividades no Autódromo de São José dos Pinhais no sábado (4/5), acontecem das 8 às 18 horas. A finalização das inscrições será às 8h30. Os treinos livres de todas as categorias iniciam às 8h30. Na sequência, serão realizados o 1° e 2° treinos oficiais, na seguinte ordem: Kart Cross, Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas, Turismo 5000 e o Briefing com os pilotos. Os treinos classificatórios vêm a seguir, na mesma ordem dos trenos oficiais. Depois vem as primeiras baterias de sábado das categorias Kart Cross, Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas e Turismo 5000. Após as 22 horas de sábado, fica proibida a entrada e saída de pessoas no Autódromo de São José dos Pinhais.

No domingo (5/5), o evento acontece das 8 às 18 horas, iniciando com os treinos livres para todas as categorias às 9 horas. Na sequencia, o terceiro treino oficial, na seguinte ordem: Kart Cross, Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas e Turismo 5000. Seguido do warm up da Kart Cross, Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas e Turismo 5000. Espaço promocional, com visitação aos boxes, distribuição de brindes, apresentação de carros e pilotos. A segunda bateria da Kart Cross, seguida da premiação. Na sequencia, as segundas baterias da Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas e Turismo 5000. Espaço promocional para as voltas rápidas dos pilotos com o público, patrocinadores e convidados. Encerrando com a festa do pódio para premiação com troféus do 1.° ao 5.° em as categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1600 “I” e “C”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Fusca Velocidade “A” e Light, Super Chevy “A” e “B”, e, Auto Cross “A” e “B”.

Essa programação poderá ser alterada de acordo com as condições do tempo e pista.

Calendário

O calendário do Metropolitano de Velocidade na Terra 2019 é o seguinte: 1ª etapa – 04 e 05 de maio; 2ª etapa – 22 e 23 de junho; 3ª etapa – 27 e 28 de julho; 4ª etapa – 21 e 22 de setembro; e 5ª etapa – 09 e 10 de novembro.

A categoria Superfórmula será uma com maior grid na 1ª etapa do Metropolitano de São José dos Pinhais (Foto: Divulgação)

A categoria Superfórmula será uma com maior grid na 1ª etapa do Metropolitano de São José dos Pinhais (Foto: Divulgação)

Vai ter início no fim de semana o Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais, com organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos. A primeira etapa terá o patrocínio de Militec-1, Pelikano e Toyota Barigui, o apoio da Monster Energy, Só Carrão, Auto Peças Kobber, Alvo Plotagens, CSM Comércio, Sítio Bela Vista e Piteco Park, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

As inscrições antecipadas se encerraram terça-feira, mas as inscrições ainda podem ser feitas no sábado, antes dos treinos livres, na secretaria da prova. A primeira etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais será realizada nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.600 “I” e “C”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Fusca Velocidade “A” e Light, Super Chevy “A” e “B”, Auto Cross “A” e “B”, Kart Cross Força Livre e Kart Cross CBA, com duas baterias de cada categoria, sendo uma no sábado e outra no domingo, no Autódromo de São José dos Pinhais. Os ingressos para o público custarão R$ 10,00 no sábado e R$ 20,00 no domingo.

Programação –

As atividades no Autódromo de São José dos Pinhais no sábado, acontecem das 8 às 18 horas. A finalização das inscrições será às 8h30. Os treinos livres de todas as categorias iniciam às 8h30. Na sequência, serão realizados o 1° e 2° treinos oficiais, na seguinte ordem: Kart Cross, Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas, Turismo 5000 e o Briefing com os pilotos. Os treinos classificatórios vêm a seguir, na mesma ordem dos trenos oficiais. Depois vem as primeiras baterias de sábado das categorias Kart Cross, Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas e Turismo 5000. Após as 22 horas de sábado, fica proibida a entrada e saída de pessoas no Autódromo de São José dos Pinhais.

No domingo, o evento acontece das 8 às 18 horas, iniciando com os treinos livres para todas as categorias às 9 horas. Na sequencia, o terceiro treino oficial, na seguinte ordem: Kart Cross, Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas e Turismo 5000. Seguido do warm up da Kart Cross, Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas e Turismo 5000. Espaço promocional, com visitação aos boxes, distribuição de brindes, apresentação de carros e pilotos. A segunda bateria da Kart Cross, seguida da premiação. Na sequencia, as segundas baterias da Auto Cross, Super Chevy, Turismo 1600, Fusca Velocidade, Marcas e Turismo 5000. Espaço promocional para as voltas rápidas dos pilotos com o público, patrocinadores e convidados. Encerrando com a festa do pódio para premiação com troféus do 1° ao 5° em as categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1600 “I” e “C”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Fusca Velocidade “A” e Light, Super Chevy “A” e “B”, e, Auto Cross “A” e “B”.

 

A programação poderá ser alterada de acordo com as condições do tempo e pista.

João Eugê4nio “Nico” Plersch irá competir em casa na abertura do Paranaense e do Sul-Brasileiro (Foto: Juliano Julio/Divulgação)

João Eugê4nio “Nico” Plersch irá competir em casa na abertura do Paranaense e do Sul-Brasileiro (Foto: Juliano Julio/Divulgação)

TOLEDO (PR) – O Paraná abre a temporada de arrancada neste fim de semana, quando Toledo, na região Oeste do Estado, sedia a 1ª etapa do Campeonato Paranaense e do Sul-Brasileiro de Arrancada de 201 Metros. As provas serão na pista do Autódromo Rafael Sperafico, com promoção e organização do Automóvel Clube de Toledo e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

O Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 Metros deste ano será disputado em cinco etapas. A temporada será aberta em Toledo, neste fim de semana e termina nos dias 16 e 17 de novembro, em Maringá, na pista do Race Park.

 

Calendário do Paranaense de Arrancada de 201m

27 e 28 de abril, Toledo

27 e 28 de julho, Maringá

31 de agosto e 1º de setembro, Cascavel

19 e 20 de outubro, Campo Mourão

16 e 17 de novembro, Maringá

Guilherme Ragnini e Carlos Schilipak garantiram em Cascavel direito de disputar o Brasileiro de Velocidade na Terra (Foto: Bispo Neto/Divulgação)

Guilherme Ragnini e Carlos Schilipak garantiram em Cascavel direito de disputar o Brasileiro de Velocidade na Terra (Foto: Bispo Neto/Divulgação)

CURITIBA (PR) – O Paraná tem definido mais dois classificados para o Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra, que será disputado de 14 a 16 de junho, em Cordeirópolis, interior de São Paulo. Eles foram conhecidos na etapa de abertura do Campeonato Paranaense de Velocidade, disputada nos dias 13 e 14 deste mês, em Cascavel, na região Oeste do Paraná.

Guilherme Ragnini venceu a categoria Marcas A e Carlos Schilipak a Marcas B e garantiram participação no Brasileiro como representantes do Paraná. Os outros representantes do Paraná já conhecidos são Leonardo Kowalski, para categoria Marcas A, e Mário Broering para a categoria Terra Marcas B. Eles conquistaram as vagas no Metropolitano de Curitiba, no mês passado.

O Paraná terá direito a seis vagas no Brasileiro de Cordeirópolis. Os dois últimos classificados serão conhecidos no próximo domingo, quando será disputada a Copa Paraná de Velocidade na Terra, em São José dos Pinhais.

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

maio 2019
S T Q Q S S D
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!