Get Adobe Flash player

Luiz Aparecido

Manoel Queiroz garantiu um dos oito títulos do Paraná ao ser campeão da Super Sênior (Foto: Mario Ferreira)

Manoel Queiroz garantiu um dos oito títulos do Paraná ao ser campeão da Super Sênior (Foto: Mario Ferreira)

CASCAVEL (PR) – O Open do Campeonato Brasileiro de Kart, encerrado sábado, no Kartódromo Delci Damian, em Cascavel, na região Oeste do Paraná, contou com a participação de pilotos de 16 estados. Os estados representados na competição promovida e organizada pelo Kart Clube de Cascavel, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), foram Paraná, Distrito Federal, Goiás, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Rio grande do Sul, Pernambuco, Mato grosso, Rio de Janeiro, Maranhão, Tocantins, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Bato Grosso do sul e Bahia.

Os paranaenses ficaram com o maior número de títulos, com oito campeões. São Paulo levou três títulos, enquanto que Maranhão, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal ficaram com um campeão cada um.

Alfredinho Ibipaina conquistou o título da categoria Cadete para o Paraná (Foto: Mario Ferreira)

Alfredinho Ibipaina conquistou o título da categoria Cadete para o Paraná (Foto: Mario Ferreira)

Os campeões do Open foram Cadu Bonini (PR), na categoria Júnior Menor; Alfredinho Ibiapina (PR), na Cadete; Pedro Aizza (MA), na Júnior; Manoel Queiroz (PR), na Super Sênior; Jedson Vicente (PR), na Sênior Máster; Luiz Fernando Berbel (PR), na Codasur; Júnior Flores (PR), na Novatos; Fernando Dias (SC), na Sênior B; Júlio Conte (PR), na Sênior A; Roberto Wuthstrack Júnior (SC), na F-4 Graduados; Flaviano Ramos (SC), na F-4 Sênior; Marcos da Silva (RJ), na F-4 Super Sênior; Luiz Pinheiro (MG), na F-4 Super Sênior Máster; Théo Salomão (GO), na Mirim; e André Nicastro (DF), na categoria Graduados.

O Campeonato Brasileiro de Kart começa no próximo dia 15. A primeira fase vai até o dia 20 e a segunda do dia 22 a 27.

 

Confira os resultados das baterias e a classificação final:

Categoria Júnior Menor

1º) Cadu Bonini (PR), com 27,5 pontos

2º) João Pinheiro Filho (DF), 20,5

3º) Vinícius Mercez (GO), 19,5

4º) Maria Eduarda Nienkotter (SC), 18,5

5º) Gabriel Bonilha (PR), 18

6º) Enzo Marins (SC), 17

7º) Pedro Clerot (DF), 10

8º) Breno Moraes (SP), 8

9º) Eduardo Araújo (SC), 7,5

10º) Erick Schotten (SC), 3

11º) Lucas Simões (MG), 2,5

12º) Rafael Vasco (PR), 0

13º) Felipe Falk (PE), 0

14º) Aurélia Nobels (SP), 0

15º) Mateus Farias (SP), 0

16º) Ethan Nobels (SP), com 0 ponto

 

Categoria Cadete

1º) Alfredinho Ibiapina (PR), com 25,5 pontos

2º) Akyu Myasava (PR), 24,5

3º) Pedro Lins (DF), 20

4º) Enzo Nienkotter (SC), 16

5º) João Pedro Jo (RS), 13,5

6º) Wagner Santilli (SP), 13

7º) Firás Fahs (PR), 12,5

8º) Lucas Medeiros (DF), 12

9º) Murilo Rocha (SP), 10

10º) Christian Mosimann (SC), 10

11º) Gabriel Koenigkan (DF), 8,5

12º) Gabriel Moura (SC), 6

13º) Heitor Dall’Agnol (RS),  4

14º) Luca Waltrick (SC), 1,5

15º) Lucas Moura (MG), 0

16º) Romullo Ribas (PR), 0

17º) Gabriel Ribeiro (GO), 0

18º) Guilherme Favarete (MT), 0

19º) João Netto da Costa (GO), 0

20º) Nicolas Loretti (RJ), 0

21º) Gabriel Rabelo (SP), 0

22º) Pietro Nalesso (RJ), 0

23º) Chloe Dimalanta (SC), 0

24º) Caio Lacerda (GO), 0

25º) Mateus Fortunato (RJ), 0

26º) Júlio Pinto (PR), 0

27º) Augusto Toniolo (SC), 0

28º) Rafael Diniz (SP), 0

29º) Alexandre Mota Filho (PR), com 0 ponto

 

Categoria Júnior

1º) Pedro Aizza (MA), com 27,5 pontos

2º) Gabriel Gomez (SP), 21

3º) Nicolas Fabris (MA), 20,5

4º) Luís Trombini Neto (PR), 17,5

5º) Samuel Cruz (PR), 17

6º) Idilson Branco (PR), 13,5

7º) Raphael Futsuki (PR), 11

8º) Lucas Staico (MG),  9

9º) Rafael Dias (SP), 7

10º) Bruno Pierozan SP), com 3 pontos

 

Categoria Super Sênior

1º) Manoel Queiroz (PR), com 27, 5 pontos

2º) Márcio do Lago (PR), 21

3º) Fernando Pastro (SC), 19,5

4º) Fernando Scotti (PR), 18,5

5º) Antônio Oliveira (PR), 16

6º) Carlos Saderi (PR), 13,5

7º) Gonçalo Allage (PR), 11

8º) Júnior Pinto (MA), 11

9º) Doglas Pierosan – 8,5

10º) Edivan Monteiro (PR), 4,4

11º) Sandrei Silva (TO), com 4 pontos

 

Jedson Vicente, do Paraná, conquistou o título da categoria na Super Sênior Máster (Foto: Mario Ferreira)

Jedson Vicente, do Paraná, conquistou o título da categoria na Super Sênior Máster (Foto: Mario Ferreira)

Categoria Super Sênior Máster

1º) Jedson Vicente (PR), 27,5 pontos

2º) Osvaldo Drugovich Júnior (PR), 24,5

3º) Everson Aquino (PR), 20

4º) Munir Aboissa (SP), com 19,5 pontos

 

Categoria OK Internacional

1º) Pedro Saderi (PR), com 27,5 pontos

2 Ariel Varella (ES), com 24,5 pontos

 

Categoria Codasur

1º) Luiz Fernando Berbel (PR), com 27,5 pontos

 

Categoria Novatos

1º) Júnior Flores (PR), com 27,5 pontos

2º) Gabriel Hanel (PR), 22,5

3º) Gabriel Carrer (PR), 19

4º) Gustavo Vascelli (PR), 16,5

5º) Gustavo Moura (SC), com 16 pontos

 

O catarinense Fernando Dias conquistou o título da categoria Sênior B (Foto: Mario Ferreira)

O catarinense Fernando Dias conquistou o título da categoria Sênior B (Foto: Mario Ferreira)

Categoria Sênior B

1º) Fernando Dias (SC), com 27,5 pontos

2º) Danilo Chiaratti (SC), 21,5

3º) Ademir Garcia Júnior (SP), 20

4º) Kevin Nobels (SP), 19,5

5º) Diego Balem (PR), 18

6º) Tiago Schweiger (PR), com 9 pontos

 

Categoria Sênior A

1º) Júlio Conte (PR), com 27,5 pontos

2º) Leonardo Torres (PR), 21,5

3º) Carlos E. Souza SG (PR), 20

4º) Ernandes Onassis (SP), 18

5º) Júnior Pinto (MA), 14,5

6º) Rafael Paiva (PR), 13

7º) Fernando Scotti (PR), 12,5

8º) Mauro Carvalho Júnior (PR), 11

9º) Maurício Zaffari (PR), 10,5

10º) José Pontalti Júnior (PR), 10

11º) Rodrigo Piquet (DF), 5

12º) Marcos dos Santos (PR). 4

13º) Weldes Campos (SP), 3

14º) Manoel Queiroz (PR), 3

15º) Márcio do Lago (PR), 0

16º) Luiz Eduardo Salau (RN), 0

17º) Victor Brochado (RN), com 0 ponto

 

Categoria F-4 Graduados

1º) Roberto Wuthstrack Júnior (SC), com 27,5 pontos

2º) Rafael Smaniotto (PR), 22,5

3º) Gustavo Marques (PR), 20

4º) Clederson Cruz (SC), 18,5

5º) João Coelho (SC), 13,5

6º) Lucas Trancozo (PR), 13

7º) Leandro Santos (SC), 10

8º) Rodrigo Vicente (PR), com 9 pontos

 

Flaviano Ramos levou o título da categoria F-4 Sênior para Santa Catarina (Foto: Mario Ferreira)

Flaviano Ramos levou o título da categoria F-4 Sênior para Santa Catarina (Foto: Mario Ferreira)

Categoria F-4 Sênior

1º) Flaviano Ramos (SC), com 27,5 pontos

2º) Luciano Garcia (MS), 21,5

3º) Carlos Mallorquin Júnior (PR), 18

4º) Renato Cavalcante (PR), 18

5º) Azor Toniolo (SP), 16,5

6º) Diego Ramos (SC), 14,5

7º) Rodrigo Santos (PR), 10

8º) Tick Saliba (SC), com 9 pontos

 

Categoria F-4 Super Sênior

1º) Marcos da Silva (RJ), com 27,5 pontos

2º) Paulo Sant’Anna (SP), 22,5

3º) Ronaldo Oliveira (PR)– 20

4º) Edewardo Tanabe (PR), com 15 pontos

 

Categoria F-4 Super Sênior Máster

1º) Luiz Pinheiro (MG), com 25,5 pontos

2º) Valdemiro Oliveira (BA), 24,5

3º) Nestor Ferens (SC), com 21 pontos

 

Categoria Mirim

1º) Théo Salomão (GO), com 27,5 pontos

2º) Augustus Toniolo (RS), 20

3º) Alexandre Leal Filho (PE). 19

4º) Miguel Rossi (SC), 18,5

5º) Pedro Capobianco (PR). 18

6º) Regys Matos Filho (MT), 17,5

7º) Lucas Pontual (PE), 12,5

8º) Vitor Campos (GO), 12

9º) Miguel Gazzineo (SP), 7,5

10º) Isaque Bueno (DF),  5

11º) Artur Motta (SC), 4

12º) Matheus Ramalho (SP), 1,5

13º) Raphael Gebara (ES), 0

14º) João Pedro Bonadiman (ES), 0

15º) Eric Yang (PR), com 0 ponto

 

Categoria Graduados

1º) André Nicastro (DF), com 27,5 pontos

2º) Bruno Bertoncello (RS), 24,5

3º) Stefano Marins (SC), 18

4º) José Muggiati Neto (PR), 15

5º) Murilo Barcellos (PR), 15

6º) Ernandes Onassis (SP), 14

7º) Enrico de Lucca (SP), 13,5

8º) Pedro Ferro (SP), 10,5

9º) George Crispim Filho (PB), 8

10º) João Luís Pocay (PR), 4,5

11º) Vinícius Papareli (SP), 4

12º) Guilherme Lioi (PR), 3,5

13º) Augusto Fontanella (RS), 3

14º) Ayrton Gil (MG), 2

15º) Nicolas Zaparolli (PR), 0

16º) Mateus Barella (PR), com 0 ponto

A categoria Super Chevy A teve o maior grid da 2ª etapa do Metropolitano de Velocidade na Terra (Foto: Divulgação)

A categoria Super Chevy A teve o maior grid da 2ª etapa do Metropolitano de Velocidade na Terra (Foto: Divulgação)

Com boas provas, foi disputada no último fim de semana a 2ª etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais. A organização e promoção foram de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos, com 37 carros em duas provas nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.600 “I” e “C”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), e Super Chevy “A” e “B”. O evento teve o patrocínio da Militec-1, Pelikano e Toyota Barigui, o apoio da Monster Energy, Gasoline, Alvo Plotagens, CSM Comércio e Só Carrão, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante as Tomadas de Tempos, os cinco primeiros por categoria foram: SUPER CHEVY “A” – 1º) Hamilton Morsch, 1m05s038; 2º) Cleverson Petrich, 1m05s101; 3º) Pedro dos Santos, 1m06s523; 4º) Flávio Mendes, 1m06s609; e 5º) Rafael Wilevski, 1m07s644. SUPER CHEVY “B” – 1º) Júnior Fagundes, 1m05s307; 2º) Brendon Gabardo, 1m06s147; 3º) Edson Pilatti, 1m06s394; 4º) Lucas Machado, 1m06s875; e 5º) Gabriel Ferreira, 1m07s173. NOVATOS “I” – 1º) Geovane Ciesielski, 1m04s842; e 2º) Jackson Carvalho, 1m15s801. TURISMO “C” – 1º) Leandro dos Santos, 1m06s529; 2º) Richardson Andrade, 1m07s739; 3º) Mateus Correa Prado, 1m08s139; e 4º) Leandro Stadler, 1m10s911. MARCAS “A” – 1º) Leonardo Kovalski, 1m00s267; e 2º) Jean Gans, 1m00s356. MARCAS “B” – 1º) Ricardo Pamplona, 1m04s584. TURISMO 5000 OMEGA – 1º) Marcelo Tatschi, 1m00s073; 2º) Paulo Stedle, 1m03s627; e 3º) Flávio Mendes, 1m03s680. TURISMO 5000 OPALA – 1º) Bernardo Kava, 1m03s816; e 2º) Brendon Zonta Gabardo, 1m03s935.

Super Chevy “A”

Reunindo o maior grid da etapa, com 14 carros, a categoria Super Chevy “A” foi para a primeira corrida, com a promessa de bons pegas e muitas ultrapassagens. O pole position Hamilton Morsch manteve a liderança da largada e liderou as primeiras voltas, seguido de perto nas primeiras voltas por Cleverson Petrich, Pedro dos Santos, Flávio Mendes e Rafael Wilevski. Mas na “briga” pela liderança, Hamilton acabou sendo superado por Cleverson e Pedro, na 11ª volta. Após 15 voltas, a vitória na Super Chevy “A” foi de Cleverson Petrich, com o tempo total de 20m38s681, com Pedro Everaldo dos Santos em segundo, a 0s345, Hamilton Morsch em terceiro, a 9s990, Erivelto Krassotu em quarto, a 11s999, e, Fábio Aramis em quinto, a 12s973.

Cleverson Petrich largou na pole position da segunda corrida da Super Chevy “A”, onde se manteve até a quarta volta. Destaque para Hamilton Morsch, que largou da 3.ª posição, na primeira volta assumiu o segundo lugar e na quinta volta já era o líder. Mas a disputa foi boa entre Hamilton, Cleverson e Erivelto durante toda a prova. Ao fim de 14 voltas, a vitória na Super Chevy “A” foi de Hamilton Morsch, com tempo total de 15min36s818, seguido de Cleverson Petrich, a 4s958, Erivelto Krassotu, a 6s937, Pedro dos Santos, a 21s786, e, Flávio Mendes, a 27s624. A volta mais rápida das corridas disputadas foi de Pedro dos Santos, na 10.ª passagem da primeira prova, com tempo de 1m03s878, à média de 94,117 km/h. FINAL: SUPER CHEVY “A” – 1º) Cleverson Petrich, 35 pontos; 2º) Hamilton Morsch, 33; 3º) Pedro dos Santos, 25; 4º) Erivelto Krassotu, 22; e 5º) Dário Ribeiro, 12.

Super Chevy “B”

Contando com 9 carros em seu grid, a categoria Super Chevy “B” foi para a primeira corrida às 13h55, realizando uma prova muito equilibrada entre os participantes. O pole position Júnior Fagundes manteve a liderança da largada e passou a abrir vantagem para os demais, comprovando a superioridade do seu carro nessa etapa. Mas a “briga” foi boa entre Edson Pilatti, Brendon Gabardo e Gabriel Ferreira pela segunda posição. Depois de 11 voltas, a vitória na Super Chevy “B” foi de Júnior Fagundes (Chaveirinho), com o tempo total de 14m14s353, tendo Edson Pilatti em segundo, a 1s075, Brendon Gabardo em terceiro, a 2s352, Gabriel Ferreira em quarto, a 6s073, e, Dorival do Valle em quinto, a 8s391.

Júnior Fagundes (Chaveirinho) largou também na pole position da segunda corrida da Super Chevy “B”, e venceu mais uma vez de ponta a ponta. Na disputa pela segunda posição, mais uma vez o “pega” foi bom entre Edson Pilatti, Gabriel Ferreira e Brendon Gabardo. Ao fim de 14 voltas, a vitória na Super Chevy “B” foi de Júnior Fagundes, com tempo total de 15m43s736, seguido de Edson Pilatti, a 2s641; Gabriel Ferreira, a 17s042; Brendon Gabardo, a 26s109; e, Daniel do Valle, a uma volta. Brendon Zonta Gabardo marcou a volta mais rápida das corridas disputadas, na 7ª passagem da primeira prova, com tempo de 1m05s540, à média de 91,730 km/h. FINAL: SUPER CHEVY “B” – 1º) Júnior Fagundes (Chaveirinho), 41 pontos; 2º) Edson Pilatti, 30; 3º) Gabriel Ferreira, 22; 4º) Brendon Zonta Gabardo, 22; e 5º) Dorival/Daniel do Valle, 16.

Turismo “C”/Novatos “I”

Na primeira prova das categorias Turismo “C”/Novatos “I”, com seis participantes, o pole position Geovane Ciesielski manteve a liderança na largada, onde se manteve até a bandeirada final, seguido de perto por Leandro dos Santos e Mateus Correa Prado na primeira volta. Leandro dos Santos teve problemas e caiu para a última posição na segunda volta, abandonando na nona volta, enquanto Mateus Prado também quebrou e abandonou com oito voltas. Ao fim de 13 voltas, a vitória na Geral e na categoria Novatos “I” foi de Geovane Ciesielski, com tempo total de 17m07s695, vindo em segundo Jackson Carvalho, a 42s284. Na Turismo 1600 “C”, a vitória foi de Leandro Stadler, com o tempo de 17m20s284, tendo Richardson Andrade em segundo, a 5s757, e, Leandro dos Santos em terceiro, a quatro voltas.

Largando novamente na pole position, Geovane Ciesielski faturou também a segunda prova da Turismo “C”/Novatos “I”, vencendo de ponta a ponta, sem dar chances a seus adversários. Destaque para Leandro dos Santos, que largou em quinto e chegou em segundo, e, de Jackson Carvalho, que assumiu o segundo lugar na largada, mas terminou em terceiro. Após 14 voltas, a vitória na Geral e na Novatos “I” foi de Geovane Ciesielski, com tempo de 15m08s758, com Jackson de Carvalho em segundo, a uma volta. Na Turismo “C”, a vitória foi de Leandro dos Santos, com tempo de 16m04s799, seguido de Richardson de Andrade, a uma volta, Leandro Stadler, a uma volta, e, Mateus Prado, a quatro voltas. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Geovane Ciesielski, na 3ª passagem da primeira prova, com tempo de 1m03s241, à média de 95,065 km/h. FINAL: TURISMO “C” – 1º) Leandro dos Santos, 33 pontos; 2º) Leandro Stadler, 32; e 3º) Richardson Andrade, 30. NOVATOS “I” – 1º) Geovane Ciesielski, 41; e 2º) Jackson Carvalho, 30.

Marcas

Os três heróis participantes das categorias Marcas “A” e “B” foram para a primeira bateria às 10h22 de domingo, com a intenção de proporcionar belas disputas ao público presente ao Autódromo de São José dos Pinhais. O pole position Leonardo Kovalski manteve a liderança na largada, mas perdeu a posição para Jean Gans na primeira volta e ficaram numa bela disputa até a bandeirada final. Após 15 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Jean Gans, com tempo de 15min27s147, com Leonardo Kovalski em segundo, a 1s626. Na Marcas “B” a vitória foi de Ricardo Pamplona, com tempo de 15m58s765.

Na segunda bateria das categorias Marcas, as posições se mantiveram as mesmas do início ao fim, mas com mais um bom “duelo” entre Jean e Leonardo pela primeira posição. Depois de 15 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi novamente de Jean Gans, com tempo de 15m34s333, tendo Leonardo Kovalski em segundo, a 1s001. Na Marcas “B” a vitória foi de Ricardo Pamplona, com o tempo de 15m58s341. Jean Gans marcou ainda a volta mais rápida das baterias disputadas, na 2ª passagem da primeira corrida, com tempo de 1m01s324, à média de 98,037 km/h. FINAL: MARCAS “A” – 1º) Jean Gans, 40 pontos; e 2º) Leonardo Kovalski, 31. MARCAS “B” – 1º) Ricardo Pamplona, 41.

Turismo 5000

Mais uma vez as categorias Turismo 5000 deram show na pista, com os Omegas (3) e Opalas (2), os mais rápidos de todas as categorias, fazendo duas belas corridas. A primeira corrida foi realizada às 13 horas do domingo, com o Omega de Marcelo Tatschi largando na frente e vencendo de ponta a ponta, mas recebendo uma pressão no início de Paulo Stelle e Flávio Mendes. O Opala de Bernardo Kava abandonou a corrida com duas voltas. Ao fim de 15 voltas, a vitória foi de Marcelo Tatschi, com o tempo de 15m12s652, seguido de Paulo Stelle, a 33s027; Flávio Mendes, a 42s634; e, Brendon Zonta Gabardo, a uma volta.

Na segunda corrida da Turismo 5000, Marcelo Tatschi manteve a liderança na largada da prova e novamente passou a abrir vantagem para os demais participantes. O Omega de Paulo Stelle e o Opala de Bernardo Kava tiveram problemas e abandonaram a corrida com quatro voltas completadas. Depois de 15 voltas, nova vitória de Marcelo Tatschi, com o tempo de 15m22s091, tendo Flávio Mendes em segundo, a 47s529; e, Brendon Zonta Gabardo em terceiro, a uma volta. A volta mais rápida das provas realizadas foi de Marcelo Tatschi, na 5ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 59s865, à média de 100,426 km/h. FINAL: OMEGA – 1º) Marcelo Tatschi, 41 pontos; 2º) Flávio Mendes, 27; 3º) Paulo Stelle, 15. OPALA – 1º) Brendon Zonta Gabardo, 40 pontos; e 2º) Bernardo Kava, 1.

A 3ª etapa do Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais está marcada para os dias 27 e 28 de julho.

Paulo Bento e Gustavo Magnabosco travaram em Londrina um dos melhores duelos da temporada do ano passado na categoria Marcas A (Foto: Victor Lara)

Paulo Bento e Gustavo Magnabosco travaram em Londrina um dos melhores duelos da temporada do ano passado na categoria Marcas A (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – O Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina, sedia sábado e domingo a 3ª etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade, com provas nas categorias Marcas A, Marcas B, Turismo A, Turismo B e Turismo C. A competição será válida também pela 2ª etapa do Metropolitano de Londrina, com o acréscimo da categoria Speed Fusca. A promoção e organização serão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), com apoio do Hotel London e do Posto de Combustível Vitória.

A etapa do Norte do Paraná marca o encerramento da primeira fase do campeonato. Depois das etapas de Cascavel e Curitiba, Gustavo Magnabosco na categoria Marcas A; Sextilio Hans Júnior, na Marcas B;  Leonardo Kovalski, na Turismo A; Carlos Eduardo Schilipack, na Turismo B; e Roberto Bonato/Evandro Maldonado na categoria Turismo B.

 

Programação para o sábado:

07:30 às 11:30 – inscrições

08:00 às 08:30 – 1º Treino Oficial – Turismo

08:35 às 09:05 – 1º Treino Oficial – Marcas

09:10 às 09:40 – 1º Treino Oficial – Speed

09:45 às 10:15 – 2º Treino Oficial – Turismo

10:20 às 10:50 – 2º Treino Oficial – Marcas

10:55 às 11:25 – 2º Treino Oficial – Speed

11:30 às 12:00 – 3º Treino Oficial – Turismo

12:00 às 12:30 – Intervalo de Almoço

12:35 às 13:05 – 3º Treino Oficial – Marcas

13:10 às 13:40 – 3º Treino Oficial – Speed

13:45 às 14:15 – 4º Treino Oficial – Turismo

14:20 às 14:50 – 4º Treino Oficial – Marcas

14:45 às 15:15 – 4º Treino Oficial – Speed

15:20 às 15:35 – Treino Classificatório – Categoria Turismo

15:40 às 15:55 – Treino Classificatório – Categoria Marcas

16:00 às 16:15 – Treino Classificatório – Categoria Speed

1ª Prova – Turismo

16:40 – Volta de Apresentação + Largada (30 minutos + 2 voltas)

 

Programação para domingo

08:10 às 08:20 – Warm-up – Marcas

08:25 às 08:35 – Warm-up – Speed

08:40 às 08:50 – Warm-up – Turismo

1ª Prova – Marcas

09:15 – Volta Apresentação + Largada (30 minutos + 2 voltas)

1ª Prova – Speed

10:15 – Volta de Apresentação + Largada (30 minutos + 2 voltas)

2ª Prova – Turismo

11:15 – Volta de Apresentação + Largada (30 minutos + 2 voltas)

12:00 às 12:40 – Intervalo de almoço e pódio da Turismo

2ª Prova – Marcas

13:05 – Volta Apresentação + Largada (30 minutos + 2 voltas)

13:45 – Pódio da categoria Marcas

2ª Prova – Speed

14:20 – Volta de Apresentação + Largada (30 minutos + 2 voltas)

15:00 – Pódio da Speed

 

 

Classificação do Paranaense de Velocidade após duas etapas

Categoria Marcas A

1º) Gustavo Magnabosco, com 64 pontos

2º) Rafael Barranco, 57

3º) Paulo Bento, 47

4º) Wanderlei Berlanda Júnior, 43

5º) Stive Augusto Tokarski, 36

6º) Romulo Molinari/Alexandre Frankemberger, 32

7º) Edson Bueno/Marcel Sedano, 28

8º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta, 26

9º) Gefferson Luís de Lima, 21

10º) Augusto Baldo Neto, 20

11º) Thiago Klein, 19

12º) Valmor Emilio Weiss, 15

13º) Marcelo Beux, 14

14º) Edoli Caus Júnior, 3

14º) Edson Luiz Campana Sita, com 3 pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Sextilio Hans Júnior, com 74

2º) Antonio Amorim Carvalho, 48

3º) Emerson Grochoski/Rodrigo Kostin, 38

4º) Gefferson Luís de Lima, 34

5º) Gustavo Camilo dos Santos, 33

6º) Marco Antonio Cortina/Marcelo Raul Marcellos, 27

8º) Geison Eduardo Tureck, 11

9º) Lúcio Seidel, com 3 pontos

 

Categoria Turismo A

1º) Leonardo Kovalski, com 67

2º) Guilherme Ragnini, 61

3º) José Pederneiras, 38

4º) Jorge Augusto Silva, 33

5º) Karl Rauscher, 30

6º) Peterson Calixto de Andrade/Carlos Vaz, 24

7º) Amauri Lisboa Junior, 23

Afonso Bastos/Alexandre Bastos, 23

9º) Eduardo Berlanda/Dirceu Luis Rausisse, 19

10º) Marcelo Cordeiro, 9

Luís Cláudio Chyla/Bernardo Chyla, 9

12º) Geovane Ciesielski, 8

13º) Juliano Dutra, 7

14º) Leonardo Nascimento/Henrique Schmitz Basso, 3

Luiz Fernando Tatsch, 3

Thiago Rubert Brandt, 3

Gedson Gonçalves, com 3 pontos

 

Categoria Turismo B

1º) Carlos Eduardo Schilipack, com 62

2º) Marcelo Cancelli/Ezequiel Dall Asta Vieira, 46

3º) Naor Petry, 44

4º) Rafael Balestrin1, 36

5º) Henrique Schmitz Basso, 35

6º) Emerson Szwed, 34

7º) Mário Diego Broering, 31

8º) Sérgio Francisco Bucco Júnior, 19

Elton Antunes de Oliveira, 19

10º) Brendon Julian Zonta Gabardo, 15

11º) Luciano Vinicius Fracaro, 13

12º) Artur Bailo Neto, 11

Aleksander Versalli/Nilton da Silva Filho, 11

14º) Marcelo Kroth da Silva, 9

15º) Ivécio de Almeida, 7

Vinicius Kavilhuka Metzger, 7

Carlos Kavilhuka/Luiz Kavilhuka, 7

17º) Paulo Barboza, 6

Roberto Barboza, 6

Ricardo Pamplona/Jakson Marques Carvalho, 6

20º) Wilson Kavilhuka, 4

21º) Narciso Antonio Verza, 3

Marcelo Bonato, 3

Fernando Kasmirski Zatta, 3

Airton Guilherme dos Santos/Airton Lima dos Santos, 3

José Henrique Kavilhuka, 3

Juliano Kasmirski Zatta, 3

Silvano Ricardo de Brito/Nelson Eugenio dos Santos, 3

Octavio Augusto de Oliveira, 3

João Manoel Teixeira Godoy, 3

Marlon Galikoski Rodrigues, 3

Hadari Saeson Furtado, 3

Rui Batista dos Santos Júnior, com 3 pontos

 

Categoria Turismo C

1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado, com 88

2º) César Ribas de Lima, 40

3º) Luiz Otavio Brambila Rodrigues, 36

3º) José Seabra Santos/Rafael Hilgemberg, 36

4º) James Schwerdtner, 30

5º) Johnis Toniolo, 25

6º) Jean Carlo Laeffer de Lima, 23

7º) José Luis Cavassin, 20

8º) Helinson Pampuch/Christian Robert Pampuch, 19

9º) Ronaldo Cesar da Silva, 13

10º) Thiago Parizotto, 6

11º) Diego Lino, 3

12º) Maycon Alexandre de Oliveira, sem pontos

O Kartódromo Delci Damian, em Cascavel, sediará no próximo fim de semana o Open do Campeonato Brasileiro de Kart (Foto: Mario Ferreira)

O Kartódromo Delci Damian, em Cascavel, sediará no próximo fim de semana o Open do Campeonato Brasileiro de Kart (Foto: Mario Ferreira)

CASCAVEL (PR) – De quinta-feira a sábado, será disputado o Open do Campeonato Brasileiro de Kart, em Cascavel, na região Oeste do Paraná. Uma das novidades será o televisionamento em TV aberta. A Catve, afiliada a TV Cultura, irá mostrar as competições no sábado, a partir das 13h15. Também será mostrada no Portal Catve.com e nas redes sociais da emissora.

A programação oficial do Open começa na quinta-feira, dia 27 de junho, com treinos pela manhã e à tarde. A programação para sexta-feira e sábado é seguinte:

 

Sexta-feira – dia 28 de junho

06:30 – Abertura dos portões

07:00 – Abastecimento liberado

07:00 – Sorteio de motores das categorias: OK, Cadete e Codasur

13:00 – Sorteio de motores das categorias F-4, Codasur Júnior e Mirim

08:00 às 08:17 – 3º treino da categoria Júnior Menor

08:20 às 08:37 – 3º treino da OK

08:40 às 08:57 – 3º treino da Cadete

09:00 às 09:17 – 3º treino da Júnior

09:20 às 09:37 – 3º treino da Super Sênior

09:40 às 09h57 – 3º treino da Codasur

10:00 – Início das tomadas de tempos. Pela ordem, Júnior Menor, OK, Cadete, Novatos, Super Sênior e Codasur

13:00 – Primeira bateria da Júnior Menor, OK, Cadete, Novatos, Super Sênior e Codasur

15:00 às 15:17 – 3º treino da Sênior B

15:20 às 15h37 – 3º treino da Sênior A

15:40 às 15:57 – 3º treino da F_4

16:00 às 16:17 – 3º treino da Codasur Júnior

16:20 às 16:37 – 3º treino da Novatos

16:40 às 16:57 – 3º Treino da Mirim

17:00 às 17:17 – 3º treino a KZ

17:20 às 17:37 – 3º treino da Graduados

17:40 – Inicio da tomada de tempos. Pela ordem, Sênior A, Sênior A, F-4, Codasur Júnior, Novatos, Mirim, KZ e Graduados

19:20 – Primeira bateria, pela ordem, das categorias Sênior A, Sênior A, F-4, Codasur Júnior, Novatos, Mirim, KZ e Graduados

 

22:30 – Encerramento das atividades do dia

 

Sábado – 29 de junho

06:30 – Abertura dos portões

07:00 – Abastecimento liberado

08:00 às 08:07 – Warm-up da Júnior Menor

08:10 às 08:17 – Warm-up da OK

08:20 às 08:27 – Warm-up da Cadete

08:30 às 08:37 – Warm-up da Júnior

08:40 às 08:47 – Warm-up da Super Sênior

08:50 às 08:57 – Warm-up da Codasur

09:00 – Segunda bateria, pela ordem, das categorias Júnior Menor, OK, Cadete, Júnior, Super Sênior e Codasur

10:30 – Terceira bateria das categorias Júnior Menor, OK, Cadete, Júnior, Super Sênior e Codasur

12:30 Pódio das categorias Júnior Menor, OK, Cadete, Júnior, Super Sênior e Codasur

13:00 às 13h07 – Warm-up: da Sênior B

13:10 às 13:17 – Warm-up das Sênior

13:20 às 13:27 – Warm-up da F-4

13:30 às 13:37 – Warm-up da Codasur Júnior

13:40 às 13:47 – Warm-up da Novatos

13:50 às 13:57 – Warm-up da Mirim

14:00 às 14:07 – Warm-up da KZ

14:10 às 14:17 – Warm-up: da Graduados

14:20 – Segunda bateria, pela ordem, das categorias Sênior B, Sênior A,  F-4, Codasur Júnior, Novatos, Mirim, KZ e Graduados

17:00 – Terceira bateria das categorias Sênior B, Sênior A,  F-4, Codasur Júnior, Novatos, Mirim, KZ e Graduados

19:30 – Pódio das categorias Sênior B, Sênior A,  F-4, Codasur Júnior, Novatos, Mirim, KZ e Graduados

As categorias Marcas e Turismo formam grid único (Foto: Divulgação)

As categorias Marcas e Turismo formam grid único (Foto: Divulgação)

O Autódromo de São José dos Pinhais recebe sábado e domingo a 2ª etapa Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra, com organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos. A segunda etapa terá o patrocínio de Militec-1, Pelikano e Toyota Barigui, o apoio da Monster Energy, Gasoline, Alvo Plotagens, CSM Comércio e Só Carrão, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

As inscrições antecipadas se encerraram ontem, mas as inscrições ainda podem ser feitas no sábado, antes dos treinos livres, na secretaria da prova. A 2ª etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais será realizada nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.600 “I” e “C”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Fusca Velocidade “A” e Light, Super Chevy “A” e “B”, Auto Cross “A” e “B”, com duas baterias de cada categoria, sendo uma no sábado e outra no domingo, no Autódromo de São José dos Pinhais. Os ingressos para o público custarão R$ 10,00 no sábado e R$ 20,00 no domingo, e quem levar um agasalho para doar, concorre a uma volta rápida em um carro de corrida, são três no total.

Programação

As atividades no Autódromo de São José dos Pinhais no sábado (22/6), acontecem das 8 às 18 horas. A finalização das inscrições será a partir das 8 horas. Os treinos livres de todas as categorias iniciam às 9h30. Na sequência, serão realizados o 1.° e 2.° treinos oficiais, na seguinte ordem: Super Chevy B, Auto Cross A e B, Fusca Velocidade A e Light, Turismo C 1600 e Novatos I, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Marcas A e B, e, Super Chevy A. Em seguida acontece o Briefing com os pilotos. Os treinos classificatórios vêm a seguir, na mesma ordem dos treinos oficiais. Depois vem as primeiras baterias de sábado das categorias Super Chevy B, Auto Cross A e B, Fusca Velocidade A e Light, Turismo C 1600 e Novatos I, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Marcas A e B, e, Super Chevy A. Após as 20 horas de sábado, fica proibida a entrada e saída de pessoas no Autódromo de São José dos Pinhais.

No domingo, o evento acontece das 8 às 18 horas, iniciando com os treinos livres para todas as categorias às 9h30. Na sequencia, o terceiro treino oficial (com warm up), na seguinte ordem: Super Chevy A, Auto Cross A e B, Fusca Velocidade A e Light, Turismo C 1600 e Novatos I, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Marcas A e B, e, Super Chevy B. Espaço promocional, com visitação aos boxes, distribuição de brindes, apresentação de carros e pilotos. Na sequencia, as segundas baterias da Super Chevy A, Auto Cross A e B, Fusca Velocidade A e Light, Turismo C 1600 e Novatos I, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Marcas A e B, e, Super Chevy B. Espaço promocional para as voltas rápidas dos pilotos com o público, patrocinadores e convidados. Encerrando com a festa do pódio para premiação com troféus do 1.° ao 5.° em todas as categorias.

Essa programação poderá ser alterada de acordo com as condições do tempo e pista.

As paranaenses Aline Morelatto (F-4 Sênior) e Ana Morelatto Zanelatto (Cadete), mãe e filha no Brasileiro de Kart (Foto: Mario Ferreira)

As paranaenses Aline Morelatto (F-4 Sênior) e Ana Morelatto Zanelatto (Cadete), mãe e filha no Brasileiro de Kart (Foto: Mario Ferreira)

CURITIBA (PR) – Cascavel já vive o clima do Campeonato Brasileiro de Kart. Na próxima semana, de quinta-feira a sábado, realiza o Open do Brasileiro e está com tudo pronto no Kartódromo Delci Damian para o Brasileiro, que será disputado de 15 a 27 do próximo mês.

De acordo com a lista de inscritos antecipados, divulgada pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), já são 355 inscritos. A expectativa é da participação de mais de 500 pilotos.

São Paulo tem a maior delegação de inscritos antecipados, com 107 pilotos. O Paraná ocupa a segunda colocação, com 80; e Santa Catarina aparece em terceiro lugar, com 41 inscritos. As boas surpresas são Maranhão, com 15 inscritos e Rio Grande do Norte, com 11.

 

Inscritos antecipados por estados para o Brasileiro de Kart

1º) São Paulo, com 107 inscritos

2º) Paraná, 80

3º) Santa Catarina, 41

4º) Distrito Federal, 21

5º) Maranhão, 15

Minas Gerais, 15

7º) Rio Grande do Norte, 11

Goiás, 11

9º) Rio de Janeiro, 10

10º) Rio Grande do Sul, 9

11º) Pernambuco, 8

12º) Mato Grosso, 6

13º) Mato Grosso do Sul, 5

14º) Sergipe, 4

Espírito Santo, 4

16º) Bahia, 3

17º) Paraíba, 2

Ceará, 2

19º) Tocantins, com 1 inscrito

Carlos Saderi conquistou a vitória na categoria Super Sênior (Foto: Mario Ferreira)

Carlos Saderi conquistou a vitória na categoria Super Sênior (Foto: Mario Ferreira)

LONDRINA (PR) – A 2ª etapa do Campeonato Paranaense Light de Kart, disputada sábado, no Kartódromo Luigi Borghesi, em Londrina, mostrou que a temporada deste ano será equilibrada. A promoção e organização da prova foram da Associação dos Kartistas da Região de Londrina (AKRL), com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

As provas da 2ª etapa foram disputadas e das sete categorias disputadas, somente na Sênior B, Lucas Garcia Cid repetiu a vitória da primeira etapa. Nas demais, os vencedores ganharam pela primeira vez e equilibram a classificação. Os vencedores foram Luiz Fernando Berbel na categoria Sprinter; Sérgio Hayash, na F-4 Super Sênior; Gabriel Sgarioni, F-4 Graduados; Enzo Brustello Ranieri, na Cadete; Carlos Saderi, na Super Sênior; Carlos E. Souza “SG”, na Sênior A; e Lucas Garcia Cid na categoria Sênior B.

A 3ª etapa do Metropolitano Light de Kart está marcada para os dias 30 e 31 de agosto, novamente em Londrina.

 

Resultados da 2ª etapa do Paranaense Light de Kart

Categoria Sprinter

1º) Luiz Fernando Berbel, com 39 pontos

2º) Samuel Cruz, 37

3º) Raphael Futsuki, 32

4º) Sabely Cruz, com 30 pontos

 

Categoria F-4 Super Sênior

1º) Sergio Hayash, com 39 pontos

2º) Olívio Carlos Perin, 31

3º) Emílio Vicente Júnior, 31

4º) Fernando Setogute, 30

5º) Gustavo Eduardo Vitorino, 29

6º) João S. Yokoyama, 27

7º) Ênio de Freitas Menezes, 27

8º) Luiz Sato, 24

9º) Orival B. de Oliveira, com 6 pontos

 

Categoria F-4 Graduados

1º) Gabriel Sgarioni, com 41 pontos

2º) Rodrigo Baldibia, 33

3º) Jaime Silva Junkes, 30

4º) Eduardo Ribas Giglio, 22

5º) Luiz Carlos Lucatto Filho, 19

6º) Antonio D. V. Orthunho, 17

7º) Lisandro Curti Chenso, 16

8º) João Grabriel Pimpão, com 11 pontos

 

Categoria Cadete

1º) Enzo Brustello Ranieri, com 38

2º) Akyu Myasava, 37

3º) Danilo G. Machado, 31

4º) Lucas Bauab Vasconcelos, 29

5º) Gabriel Moreira, 27

6º) Davi Fleming de Alkmin, 13

7º) Bruno Henrique Pulqueri, sem pontos

 

Categoria Super Sênior

1º) Carlos Saderi, com 41 pontos

2º) Doglas Pierosan, 33

3º) Amilcar Mugnani, 30

4º) Antonio Oliveira Júnior, 29

5º) Fernando Scotti, 27

6º) Marcelo Carani, 26

7º) Manoel Queiroz, 22

8º) Jedson Vicente, sem pontos

 

Categoria Sênior A

1º) Carlos E. Souza “SG”, com 41

2º) Júlio Conte, 32

3º) Nathan Brito, 32

4º) João Luís Pocay, 22

5º) José R. Pontalti Júnior, 11

6º) Mauro Carvalho Júnior, sem pontos

 

Categoria Sênior B

1º) Lucas Garcia Cid, com 41 pontos

2º) Marcelo Owada, 34

3º) Marcelo Carani, 31

4º) Gustavo Vacelli, 13

5º) Thiago Tobias Lopes, sem pontos

Eduardo Ribas Giglio lidera a categoria F-4 Graduados (Foto: Mario Ferreira)

Eduardo Ribas Giglio lidera a categoria F-4 Graduados (Foto: Mario Ferreira)

LONDRINA (PR) – O Campeonato Paranaense Light de Kart terá prosseguimento neste sábado, no Kartódromo Luigi Borghesi, em Londrina. Toda a programação, incluindo treinos livres, treinos classificatórios e provas serão neste sábado. A competição será válida também pela 2ª etapa do Campeonato Metropolitano de Londrina. A promoção e organização são da Associação dos Kartistas da Região de Londrina (AKRL), com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Com uma etapa disputadas, os lideres são Davi Fleming Alkmin, na categoria Cadete; Samuel Cruz, na Sprinter; Pedro Saderi, na Máster; Eduardo Ribas Giglio, na F-4 Graduados; e Fernando Setogute, na F-4 Sênior.

 

Classificação do Campeonato Paranaense Light após a 1ª etapa

Categoria Cadete

1º) Davi Fleming Alkmin, com 39

2º) Enzo Brustello Ranieri, 38

3º) Lucas Bauab Vasconcelos, 31

3º) Gabriel Moreira, 31

4º) Luiz Felipe Mendes, 21

5º) Bruno Pulqueri, com 2 pontos

 

Categoria Sprinter

1º) Samuel Cruz, com 41 pontos

2º) Luiz Fernando Berbel, 36

3º) Raphael Futsuki, 34

4º) Nicolas Men, com 31 pontos

 

Categoria Máster

1º) Pedro Saderi, com 39

2º) Júlio Conte, 37

3º) Carlos Eduardo de Souza, 33

4º) Mauro Carvalho Júnior, 30

5º) Carlos Saderi, 28

6º) Antonio Oliveira Júnior, 25

7º) Victor Hugo Brochado, 23

8º) Doglas Pierosan, 21

9º)Amilcar Mugnani, 20

10º) João Luís Pocay, 19

10º) Lucas Garcia Cid, 19

11º) Thiago Tobias Lopes, 16

11º) Marcelo Carani, 16

12º) Valdeno Brito, 11

13º) Fernando Debieux, 10

14º) Jedson Vicente, 9

15º) Marcelo Owada, 1

15º) José Roberto Pontalti Junior, com 1 ponto

 

Categoria F-4 Graduados

1º) Eduardo Ribas Giglio, com 39

2º) Gabriel Sgarioni, 34

3º) Gustavo Henrique Garcia Berti, 33

3º) João Fernando Rapcham, 33

4º) Marcos Trancozo, 31

15º) Lucas Silva Trancozo, 25

5º) Jeferson Adriano Tierling, 25

6º) Lisandro Curto Chenso, 23

7º) Renato Gomes Cavalcante, 21

8º) Jaime Silva Junkes, 20

9º) Luiz Carlos Lucatto Filho, com 19 pontos

 

Categoria F-4 Sênior

1º) Fernando Setogute, com 42 pontos

2º) Sérgio Hayashi, 33

3º) Newton do Valle, 31

3º) Olívio Carlos Perin, 31

4º) Gustavo Eduardo Vitorino, 28

5º) Luiz Sato, 25

6º) Orival B. de Oliveira, 24

6º) Enio de Freitas Menezes, 24

7º) Emílio Vicente Júnior, 23

8º) João Yokoyama, com 20 pontos

A categoria Turismo mostrou muita competitividade no autódromo de Curitiba (Foto: Divulgação)

A categoria Turismo mostrou muita competitividade no autódromo de Curitiba (Foto: Divulgação)

O domingo foi frio e com garoa em Pinhais, durante as provas da 2ª etapa do Campeonato Curitibano de Velocidade no Asfalto e do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2019, com bons “pegas” no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC). A etapa foi disputada por 78 carros, nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo “A”, “B” e “C”, e Clássicos (Força Livre e Turismo Light), com organização e promoção de Luciano Fracaro, da M&L Produções, patrocínio da Sudaseg Seguradora e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante os Treinos Classificatórios que definiram os grids de largada, realizado no sábado, os cinco primeiros por categoria foram: MARCAS “A” – 1º) Rômulo Molinari/Alexandre Frankenberger (PR/SC), 1m40s613; 2º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR), 1m40s622; 3º) Stive Tokarski/Edson Site (PR), 1m40s669; 4º) Rafael Barranco (PR), 1m40s749; e 5º) Gustavo Magnabosco/Wanderlei Berlanda (SC), 1m41s184. MARCAS “B” – 1º) Gefferson de Lima (PR), 1m41s679; 2º) Antonio Carvalho (PR), 1m42s147; 3º) Sextilio Hans Jr (PR), 1m43s170; 4º) Edson Grochoski/Rodrigo Kostin (PR), 1m43s767; e 5º) Lúcio Seidel (SC), 1m43s879. TURISMO “A” – 1º) Eduardo Berlanda/Dirceu Rausis (SC), 1m41s695; 2º) Leonardo Kovalski (PR), 1m41s727; 3º) Alexandre/Ike Bastos (PR), 1m42s541; 4º) Amauri Lisboa Jr (PR), 1m42s729; e 5º) Guilherme Ragnini (SC), 1m42s789. TURISMO “B” – 1º) Carlos Schilipack (PR), 1m42s875; 2º) Marcelo Cancelli/Edson Dall Asta (PR), 1m42s881; 1º) Rafael Balestrin (PR), 1m43s795; 4º) Naor Petry (PR), 1m44s051; e 5º) Marcelo Cordeiro (PR), 1m44s202. TURISMO “C” – 1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 1m43s246; 2º) Diego Lino (PR), 1m44s997; 3º) Maycon de Oliveira (PR), 1m45s003; 4º) James Schwerdtner (PR), 1m45s234; e 5º) José Luiz Cavasssim (PR), 1m45s498. CLÁSSICOS FORÇA LIVRE – 1º) Armin Kliewer (PR), 1m36s420; 2º) Maurício Gaudêncio (PR), 1m39s915; 3º) Anderson Andrade (PR), 1m41s498; e 4º) Rafael Schuhli (SC), 1m54s980. CLÁSSICOS TURISMO LIGHT – 1º) Luís Granato/Patrick Macedo (PR), 1m51s596; e 2º) Carlos Nodari (PR), 1m57s985.

Clássicos

A primeira prova das categorias Clássicos (Força Livre e Turismo Light), foi às 17h05 do sábado, com 6 participantes realizando uma corrida muito disputada. Na largada, Armin Kliewer manteve a liderança na primeira volta, seguido de perto por Maurício Gaudêncio, Rafael Schuhli e Carlos Nodari. O carro de Anderson Andrade teve problemas técnicos e nem completou uma volta. O mesmo aconteceu com o pole Armin Kliewer, que abandonou na sétima volta com problemas. Ao fim de 14 voltas, vitória de Maurício Gaudêncio, na Geral e na Força Livre, com tempo total de 23m51s313, seguido de Rafael Schuhli, a uma volta. E na Turismo Light venceu Carlos Nodari, com 12 voltas no tempo de 23m56s134, tendo Luís Granato em segundo, a 25s138.

Na segunda prova dos Clássicos largou as 12h40 de domingo, com oito carros e Maurício Gaudêncio largando na pole position, mantendo a liderança na primeira volta, seguido de perto por Rafael Schuhli, Armin Kliewer e Anderson Andrade. Armin Kliewer assumiu a liderança na segunda volta e passou a travar bom “pega” com Anderson Andrade pelo primeiro lugar, até a 13ª volta, quando Armin Kliewer abandonou a corrida. Após 16 voltas, a vitória foi de Anderson Andrade na Geral e na Força Livre, com o tempo total de 28m47s481, tendo Alex Sandre Morais em segundo, a 57s276, Wanderlei Berlanda em terceiro, a 1m21s946, Maurício Gaudêncio em quarto, a 1m25s691, Rafael Schuhli em quinto, a duas voltas, e, Armin Kliewer em sexto, a três voltas. E na Turismo Light, nova vitória de Carlos Nodari, com 13 voltas no tempo de 29m44s397, e, Patrick Macedo em segundo, a uma volta. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Armin Kliewer, na 3ª passagem primeira corrida, com o tempo de 1m39s759, à média de 133,341 km/h. Somados os pontos das duas provas, a classificação final das categorias Clássicos na 2ª etapa por pontos foi a seguinte: TERRA FORÇA LIVRE – 1º) Maurício Gaudêncio, 30 pontos; 2º) Rafael Schuhli, 23; 3º) Anderson Andrade, 20; 4º) Alex Morais/Francisco Fiorese, 15; 5º) Wanderlei Berlanda, 12; e, 6º) Armin Kliewer, 6. TURISMO LIGHT – 1º) Carlos Nodari, 40; e 2º) Luís Granato/Patrick Macedo, 30.

Marcas

As categorias Marcas “A” e “B”, foram para a primeira corrida com 13 participantes, largando às 9h40 no domingo, realizando uma prova muito disputada nas duas categorias. O pole position Alexandre Frankenberger perdeu a liderança para Wanderlei Berlanda Jr na primeira volta, caindo para a sexta posição. Da terceira posição em diante vinham Ruslan Carta Filho, Rafael Barranco, Guto Baldo e Gefferson de Lima. Na terceira volta, o carro de Ruslan Carta Filho passou reto no fim da Reta Oposta, caindo para a penúltima posição. Lúcio Seidel e Geison Tureck abandonaram a prova. Depois de 18 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Wanderlei Berlanda Jr, com tempo total de 34m46s654, seguido de Stive Tokarski; a 32s809, Alexandre Frankenberger, a 32s875; Rafael Barranco, a 46s239; e, Ruslan Carta Filho, a 48s205. Na Marcas “B” venceu Rodrigo Kostin, com tempo total de 35m55s446, vindo a seguir Sextilho Hans Jr, a 19s970; Antonio Carvalho, a 20s152; e, Gefferson de Lima, a três voltas.

Na segunda prova das categorias Marcas “A” e “B”, que aconteceu às 13h50 também muito disputada, com os pilotos dando show na “briga” na pista. Na largada, Gustavo Magnabosco largou na pole position e manteve a ponta da prova, seguido de Stive Tokarski, Rafael Barranco, Andrei Carta, Paulo Bento, Gefferson de Lima e Guto Baldo. Rafael Barranco teve problemas e quebrou na 2.ª volta abandonou a prova, Lúcio Seidel nem largou. Antonio Carvalho e Geison Tureck abandonaram com 18 voltas. Após 20 voltas, a vitória foi de Gustavo Magnabosco na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 34m07s933; com Stive Tokarski em segundo, a 7s737; Andrei Carta em terceiro, a 27s348; Paulo Bento em quarto, a 38s352; e, Guto Baldo em quinto, a 44s919. Na Marcas “B” venceu Gefferson de Lima com tempo total de 34m47s363, seguido de Emerson Grochoski, a 1m02s485; Sextilho Hans Jr, a 1min21s474; Antonio Carvalho, a duas voltas, e, Geison Tureck, a duas voltas. A volta mais rápida das duas provas realizadas foi de Gustavo Magnabosco, na 17ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1m41s388, à média de 131.199 km/h. A classificação final da etapa por categoria foi a seguinte: MARCAS “A” – 1º) Gustavo Magnabosco/Wanderlei Berlanda Jr, 40 pontos; 2º) Stive Tokarski, 30; 3º) Rômulo Molinari/Alexandre Frankenberger, 22; 4º) Ruslan Filho/Andrei Carta, 20; e 5º) Rafael Barranco, 10. MARCAS “B” – 1º) Emerson Grochoski/Rodrigo Kostin, 35; 2º) Gefferson de Lima, 32; 3º) Antonio Carvalho, 27; e 4º) Geison Tureck, 10.

Turismo “A” e “B

Reunindo as categorias Terra Turismo “A” e Turismo “B”, a primeira prova da Terra aconteceu às 10h40 de domingo, com 46 participantes, para 30 minutos mais duas voltas. Dirceu Rausis que largou na pole position manteve a liderança na largada, mas teve problemas e abandonou a corrida no início da segunda volta. Com isso, Leonardo Kovalski assumiu a liderança e passou a travar bom “duelo” com Juca Lisboa pelo primeiro lugar. Gedson Gonçalves e Rui Júnior nem completaram uma volta. Artur Bailo Neto, Dirceu Rausis, Hadart Furtado, Karl Rauscher, Emerson Szwed, Marlon Rodrigues, João Godoy Sérgio Bucco Jr Paulo Barbosa e Octavio de Oliveira abandonaram no decorrer da prova. O Safety Car foi acionado três vezes para a retirada de carros acidentados. Depois de 17 voltas, vitória de Juca Lisboa na Geral e na Turismo “A”, com tempo total de 33m35s653, vindo a seguir Leonardo Kovalski, a 0s441; Guilherme Ragnini, a 4s770; Jorge Marques, a 8s343; e, Alexandre Bastos, a 8s943. Na Turismo “B” venceu Marcelo Cancelli com tempo 33m39s039, tendo Naor Petry em segundo, a 2s211, Henrique Basso em terceiro, a 2s485, Rafael Balestrin em quarto, a 3s119, e, Carlos Schilipack em quinto, a 4s059.

Na segunda prova das categorias Terra também foi muito movimentada, indo à pista às 14h55, com boas disputas do início ao fim da corrida. Juca Lisboa largou na pole, onde se manteve até a quinta volta, quando numa disputa saiu da pista e abandonou a corrida. Os carros de Airton Santos, Rui Júnior, José Kavilhuka e Hadart Furtado nem completaram a primeira volta. Gedson Gonçalves, Ezequiel Vieira, Thiago Brandt, Juca Lisboa, e Marcelo Cordeiro abandonaram no decorrer da corrida. O Safety Car entrou novamente por três vezes para a retirada de carros acidentados. Por segurança dos pilotos, a prova foi encerrada antes do tempo. Ao fim de 14 voltas, nova vitória de Henrique Basso na Geral e na Turismo “B”, com tempo total de 29min13s221, vindo a seguir Carlos Schilipack, a 7s187, Rafael Balestrin, a 7s671, Elton de Oliveira, a 7s780, e, Emerson Szwed, a 12s370. Na Turismo “A” venceu Jorge Marques, com tempo de 29m13s222, tendo Eduardo Berlanda em segundo, a 3s194; Ike Bastos em terceiro, a 4s148; Leonardo Kovalski em quarto, a 6s602; e, Guilherme Ragnini em quinto, a 6s873. Leonardo Kovalski marcou a volta mais rápida das provas disputadas, na 17ª passagem da primeira corrida, com tempo de 1m42s254, à média de 130,088 km/h. Somados os pontos das provas disputadas, a classificação final foi a seguinte: TURISMO “A” – 1º) Jorge Marques, 30 pontos; 2º) Leonardo Kovalski, 25; 3º) Juca Lisboa, Guilherme Ragnini e Afonso Bastos/Alexandre Bastos, 20; 4º) Eduardo Berlanda/Dirceu Rausis, 15; e 5º) Luís Cláudio Chyla/Bernardo Chyla, 6. TURISMO “B” – 1º) Henrique Basso, 32; 2º) Carlos Schilipack, 23; 3º) Rafael Balestrin, 22; 4º) Marcelo Cancelli/Ezequiel Vieira, 20; e 5º) Elton de Oliveira, 18.

Turismo “C”

O fim de semana foi de domínio total da dupla Roberto Bonato/Evandro Maldonado, que marcou a pole position e venceu as duas corridas da Turismo “C”. Na primeira prova, que aconteceu às 11h50 de domingo, com 12 participantes, Roberto Bonato largou na frente e manteve a liderança, seguido de perto por Diego Lino e Maycon de Oliveira. Diego Lino quebrou com três voltas, Thiago Parizotto abandonou com 10 voltas e Maycon de Oliveira foi desclassificado ao fim da prova. Ao fim de 16 voltas, a vitória foi de Roberto Bonato, com tempo de 35m40s844, seguido de José Cavassin, a 1s292; James Schwerdtner, a 4s143; Jean Lima, a 12s961; e, Rafael Hilgemberg/José Carlos Seabra, a uma volta.

Encerrando as atividades de pista, a segunda corrida da Turismo “C” teve a largada às 16 horas, com Evandro Maldonado mantendo a liderança, seguido de perto por José Cavassin e James Schwerdtner. Luiz Brambila abandonou a corrida com quatro voltas, Diego Lino saiu da prova com seis voltas e Maycon de Oliveira foi desclassificado ao fim da prova. Depois de 19 voltas, a vitória foi de Evandro Maldonado, com tempo de 33m54s447, tendo James Schwerdtner em segundo, a 4s611, Helison Pampuch em terceiro, a 13s183, Jean Lima em quarto, a 34s915, e, César de Lima em quinto, a 1m05s234. James Schwerdtner marcou a volta mais rápida das duas provas, na 16ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1m45s761, à média de 125,774 km/h. Somados os pontos das provas disputadas, a classificação final da etapa foi: 1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado, 40 pontos; 2º) James Schwerdtner, 27; 3º) Jean Carlo de Lima, 20; 4º) José Cavassin, 17; e 5º) Helinson Pampuch/Christian Pampuch, 16.

A 3ª etapa do Campeonato Curitibano de Velocidade 2019 está marcada para os dias 25 e 26 de maio, no AIC, válida também pela segunda etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2019. O promotor do Curitibano de Velocidade, piloto e empresário Luciano Fracaro avisa os pilotos que a M&L Produções tem três datas reservadas para treinos coletivos no AIC: 6 de julho, 16 de novembro e 20 de dezembro. Os interessados devem entrar em contato pelo telefone: 99987-2466 e falar com o Luciano Fracaro.

Rafael Paiva, piloto e vice-presidente do Kart Clube de Cascavel (Foto: Mario Ferreira)

Rafael Paiva, piloto e vice-presidente do Kart Clube de Cascavel (Foto: Mario Ferreira)

CASCAVEL (PR) – Quem desejar disputar o Open do Campeonato Brasileiro de Kart pagando menos pela inscrição tem até sexta-feira para se inscrever. A competição será disputada de 27 a 29 deste mês, no Kartódromo Delci Damian, em Cascavel, no Paraná. Já o Campeonato Brasileiro está marcado para de 15 a 27 de julho.

A primeira fase das inscrições, com maior desconto, vai até sexta-feira, dia 7, com a taxa de R$ 480 para as categorias Mirim e Cadete; e de R$ 1.280 para as categorias Júnior Menor, Júnior, Graduados, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, F-4, Codasur, Codasur Júnior, Internacional OK e KZ.

De 8 a 17 de Junho, a taxa será de R$ 600,00 para as categorias Mirim e Cadete; e de R$ 1.620 para as categorias Júnior Menor, Júnior, Graduados, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, F-4, Codasur, Codasur Júnior, Internacional OK e KZ.

Após 17 de Junho e na secretaria da prova, a taxa será de 900,00 para as categorias Mirim e Cadete; e de R$ 1.920,00 para as categorias Júnior Menor, Júnior, Graduados, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, F-4, Codasur, Codasur Júnior, Internacional OK e KZ.

Para a categoria F-4, a locação do motor está inclusa no valor da inscrição.

As inscrições antecipadas poderão ser feitas pelo site www.kartclubecascavel.org.br ou pelo e-mail cleo_lunardi@hotmail.com. Cada competidor deverá enviar a ficha de inscrição preenchida (disponível no site: www.kartclubecascavel.org.br) juntamente

com comprovante de pagamento.

Rafael Paiva, piloto e vice-presidente do Kart Clube de Cascavel, convida kartistas de todo o Brasil a participar do Open e destaca a importância das inscrições antecipadas. “A inscrição antecipada é uma oportunidade do piloto pagar menos pela inscrição, mas também é importante para o clube porque nos permitir nos prepararmos melhor para atender a todos. O Open será o último evento teste para o Brasileiro, quando a CBA fará algumas avaliações do funcionamento do cronograma, resultados das obras efetuadas, principalmente no tocante a segurança”, explana Rafael Paiva, que irá disputar a categoria Sênior A no Open e no Brasileiro.

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

julho 2019
S T Q Q S S D
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!