Get Adobe Flash player

Sem categoria

O Autódromo Ayrton Senna, em Londrina (PR), recebe no fim de semana (8, 9 e 10/7) a quinta etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2016. O evento do Metropolitano de Curitiba será disputado em duas baterias nas categorias Turismo “A” e “B”, Marcas “A” e “B”, Turismo 5000 e Fórmula Premium, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), válida também a 2.ª etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2016 e quarta etapa do Metropolitano de Londrina.

Prova da Turismo 5000

Nas categorias Marcas, para carros injetados, divididos em dois grupos: “A” e “B”, conforme graduação do piloto junto à FPrA, a temporada 2016 está muito disputada entre paranaenses e catarinenses, com grandes “pegas” e boas ultrapassagens, reunindo em média 20 participantes. Nas oito provas disputadas, tivemos quatro vencedores diferentes e a classificação está “embolada”. Os líderes são Richard Heidrich e Ruslan Carta Filho (112 pontos) na “A” e Gustavo Dal Pizzol (115), seguido de Stive Tokarski (114) na “B”. As categorias Turismo 1.6 “A” e “B”, para carros carburados, contaram com 21 participantes na quarta etapa somando a categoria Terra, vêm realizando baterias muito disputadas nas duas categorias, onde certamente também terá um ano de muita rivalidade entre as equipes, e que prometem bons “pegas” para este fim de semana. Willians Peres venceu todas e lidera com 176 pontos, seguido de Carlos Vaz/Marcelo Cordeiro que tem 101 pontos na “A”. Roberto Bonato/Evandro Maldonado tem 136 pontos e 27 de vantagem para Rafael Barranco (109) na “B”. Na categoria Turismo 5000, disputada com Omegas (antigos Stock Car), sendo os carros mais rápidos do Metropolitano, prometem duas provas muito disputadas em Londrina, com bons “pegas” entre paranaenses e catarinenses. A liderança é de Armin Kliewer, com quatro vitórias e 148 pontos, seguido de Richard Heidrich (duas vitórias e 121 pontos) e Marco Antonio Garcia (uma vitória e 119 pontos). E na Fórmula Premium, a liderança é de Marco Aurélio Dias, com três vitórias e 77 pontos, seguido de Airton Almeida Santos, 73 e Lucas Eremith Silva, com 65 pontos.

Largada categorias Marcas

Na sexta-feira (8/7), serão realizados quatro treinos livres das categorias Marcas, Turismo 1.6, Marcas “L” e Speed Fusca, um treino livre da Fórmula Premium e da Turismo 5000 e o Briefing de todas as categorias às 17h20. No sábado (9/7), serão realizados treinos livres das 8 às 10h55 para todas as categorias. Das 11 às 11h15, treino classificatório das categorias Marcas. Das 11h20 às 11h35 treino classificatório das categorias Turismo 1.6, Marcas “L” e Speed Fusca. Das 11h40 às 11h55 treino classificatório da Turismo 5000. E das 12 às 12h15, treino classificatório da Fórmula Premium. E na sequencia, serão realizadas as primeiras provas de todas as categorias. Às 13h50 largam as categorias Marcas, para 30 minutos, mais duas voltas de prova. Às 14h50 largam as categorias Turismo 1.6, Marcas “L” e Speed Fusca, para 30 minutos, mais duas voltas de prova. Às 15h50 larga a Turismo 5000, para 20 minutos, mais duas voltas de prova. E às 16h40, larga a Fórmula Premium, para 20 minutos, mais duas voltas de prova. E no domingo (10/7), o evento acontece das 8h30 às 14h30, com o warm up para todas as categorias das 8h30 às 9h40. Às 10h20 larga a segunda prova das categorias Marcas (30 minutos + duas voltas), seguida da Turismo 1.6, Marcas “L” e Speed Fusca às 11h20 (30 minutos + duas voltas). Das 12 às 12h40 serão realizados os pódios das categorias Marcas, Turismo 1.6, Marcas “L” e Speed Fusca, e o intervalo para o almoço. As atividades recomeçam às 13h10 com a segunda prova da Turismo 5000 (20 minutos + duas voltas), seguida da Fórmula Premium, às 14 horas (20 minutos + duas voltas). Às 14h30 acontecem os pódios das categorias Turismo 5000 e Fórmula Premium, encerrando os trabalhos da quinta etapa do Metropolitano de Curitiba e segunda do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2016.

Prova categorias Turismo 1.6

– Classificação –

Com quatro etapas realizadas e oito provas disputadas, os cinco primeiros do Metropolitano de Velocidade no Asfalto 2016, por categoria são: Marcas “A”: 1.º) Richard Heidrich (SC), 112 pontos; 2.º) Ruslan Carta Filho (PR), 112; 3.º) Davi Dal Pizzol (SC), 100; 4.º) Gustavo Magnabosco (SC), 78; 5.º) Algacir Sermann Filho (PR), 60. Marcas “B”: 1.º) Gustavo Dal Pizzol (SC) 115; 2.º) Stive Tokarski (PR), 114; 3.º) Eduardo Pavelski (PR), 105; 4.º) Samir Guimarães (SC), 87; 5.º) Edson Bueno (PR), 78.. Turismo 1.6 “A”: 1º) Willians Peres (PR), 176; 2.º) Carlos Vaz/Marcelo Cordeiro (PR), 101; 3.º) Elberto Max Alves (SC), 97; 4.º) Rodrigo Kostin/Beto Baú (PR), 91; 5.º) Rodrigo Tassi (PR), 78. Turismo 1.6 “B”: 1.º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 136; 2.º) Rafael Barranco (PR), 109; 3.º) Daniel Imbriani/Bruno Muhlstdet (SC), 75; 4.º) José Pederneiras (PR), 68; 5.º) James Schwerdtner (SC), 64. Turismo 5000: 1.º) Armin Kliewer (PR), 148; 2.º) Richard Heidrich (SC), 121; 3.º) Marco Antonio Garcia (PR), 119; 4.º) Rubens Kliewer (PR), 90; e 5.º) Anderson de Andrade (PR), 55. E na Fórmula Premium: 1.º) Marco Aurélio Dias (PR), 77; 2.º) Airton Almeida Santos (PR), 73; 3.º) Lucas Eremith Silva (PR), 65; 4.º) Luiz Zimermann (PR), 63; e 5.º) Lucas Gandolfi Vida (PR), 59.

Volta de apresentação da Fórmula Premium

 

MRT – Marketing Racing Team

(41) 9957-2908 – bisponeto@terra.com.br

Fotos: Bispo Neto/Rogenes Santana/Pista Livre

O Autódromo Internacional de Curitiba (AIC) recebe no fim de semana (18 e 19/6) a quarta etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade no Asfalto 2016. O evento do Metropolitano de Curitiba disputado em duas baterias nas categorias Turismo “A” e “B”, Marcas “A” e “B”, Turismo 5000 e Fórmula Premium, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), nesta etapa será realizada também a 2.ª edição da Prova Festiva da Velocidade na Terra no AIC, correndo juntas com as categorias Marcas e Turismo 1600, só pontuando separadamente. Junto ao evento acontecem ainda duas provas da Sprint Race.

Prova das categorias Turismo 1.6

Nas categorias Marcas, para carros injetados, divididos em dois grupos: “A” e “B”, conforme graduação do piloto junto à FPrA, a temporada 2016 iniciou muito disputada entre paranaenses e catarinenses, com grandes “pegas” e boas ultrapassagens, reunindo em média 20 participantes. Nas seis provas já disputadas, tivemos quatro vencedores diferentes e a classificação está “embolada”. Os líderes são Richard Heidrich e Ruslan Carta Filho na “A” e Stive Tokarski e Gustavo Dal Pizzol na “B”. As categorias Turismo 1.6 “A” e “B”, para carros carburados, contaram com 15 participantes na terceira etapa, que vêm realizando baterias muito disputadas nas duas categorias, mostrando que também terá um ano de muita rivalidade entre as equipes, e que prometem bons “pegas” para este fim de semana. Willians Peres venceu todas e lidera com folga na “A” e Roberto Bonato/Evandro Maldonado tem nove pontos de vantagem para Rafael Barranco na “B”. Na categoria Turismo 5000, disputada com Omegas (antigos Stock Car), sendo os carros mais rápidos da etapa, prometem duas provas de “arrepiar” no AIC, com boas disputas entre paranaenses e catarinenses, a liderança é de Armin Kliewer, com quatro vitórias, seguido de Marco Antonio Garcia (uma vitória) e Richard Heidrich (uma vitória).

Prova das categorias Marcas

No sábado (18/6), serão realizados treinos livres das 8 às 15h25 para todas as categorias, vistoria dos carros e Briefing com todos os pilotos, separados por categoria e almoço das 11h25 às 12h25. De tarde, das 15h30 às 15h45, treino classificatório da Turismo 5000. Das 15h50 às 16h05 treino classificatório da categoria Fórmula. Das 16h10 às 16h25 treino classificatório das categorias Marcas. Das 16h30 às 16h55, treinos classificatórios das categorias Turismo 1.6. E na sequencia, dois treinos classificatórios da Sprint Race, das 16h50 às 17h20. E no domingo (19/6), o evento acontece das 8 às 17 horas, com o warm up para todas as categorias das 8h13 às 9h02. Às 9h05 larga a primeira prova da Sprint Race, para 23 minutos + uma volta. Seguida das primeiras provas da Marcas, às 9h50 (30 minutos + duas voltas), Turismo 1.6, às 10h45 (30 minutos + duas voltas), Turismo 5000, às 11h40 (20 minutos + duas voltas) e Fórmula Premium, às 12h25 (20 minutos + duas voltas). As segundas provas serão realizadas com o mesmo tempo, seguidas de pódio. Às 13 horas larga a Sprint Race, às 13h55 largam as categorias Marcas, seguida da Turismo 1.6 às 14h55, Turismo 5000 às 15h50 e Fórmula Premium às 16h35.

Prova das categorias Turismo 5000

– Classificação –

Com três etapas realizadas e seis provas disputadas, os três primeiros do Metropolitano de Velocidade no Asfalto 2016, por categoria são: Marcas “A”: 1.º) Richard Heidrich (SC), 93 pontos; 2.º) Ruslan Carta Filho (PR), 83; 3.º) Davi Dal Pizzol (SC), 77. Marcas “B”: 1.º) Stive Tokarski (PR), 92; 2.º) Gustavo Dal Pizzol (SC) 82; 3.º) Edson Bueno (PR), 78. Turismo 1.6 “A”: 1º) Willians Peres (PR), 132; 2.º) Carlos Vaz/Marcelo Cordeiro (PR), 88; 3.º) Beto Baú/Rodrigo Kostin (PR), 70. Turismo 1.6 “B”: 1.º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 97; 2.º) Rafael Barranco (PR), 88; 3.º) Daniel Imbriani/Bruno Muhlstdet (SC), 70. Turismo 5000: 1.º) Armin Kliewer (PR), 121; 2.º) Marco Antonio Garcia (PR), 95; 3.º) Richard Heidrich (SC), 92. Fórmula Premium: 1.º) Lucas Eremith Silva (PR), 54; 2.º) Airton Almeida Santos (PR), 47; 3.º) Marco Aurélio Dias (PR), 44. E na Fórmula Renault: 1.º) Edson da Silva (PR), 38; 2.º) Fabiano Sabadin (PR), 24; e 3.º) Alex Ortega Morais (PR), 3.

Grid de largada da categoria Fórmula Premium

 

MRT – Marketing Racing Team

(41) 9957-2908 – bisponeto@terra.com.br

O Autódromo Internacional de Curitiba (AIC) recebe neste fim de semana (28 e 29/5) a terceira etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade no Asfalto 2016. O evento do Metropolitano de Curitiba disputado em duas baterias nas categorias Turismo “A” e “B”, Marcas “A” e “B”, Turismo 5000 e Fórmula Premium, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), com ingresso gratuito ao público. Junto ao evento acontecem ainda duas provas da Sprint Race.

Prova categorias Marcas

As categorias Turismo 1.6 “A” e “B”, para carros carburados, contaram com 17 participantes na segunda etapa, realizada em duas baterias muito disputadas, mostrando a evolução de pilotos e equipes, que prometem para este fim de semana bons “pegas” e mais carros. Willians Peres lidera na “A” e Roberto Bonato/Evandro Maldonado na “B”. Nas categorias Marcas, para carros injetados, divididos em dois grupos: “A” e “B”, conforme graduação do piloto junto à FPrA, a temporada 2016 também iniciou com muitas disputas entre paranaenses e catarinenses, com grandes ultrapassagens e boas provas de recuperação, reunindo 22 participantes na etapa passada. Os líderes são Ruslan carta Filho na “A” e Edson Bueno na “B”. Na categoria Turismo 5000, disputada com Omegas (antigos Stock Car), sendo os carros mais rápidos da etapa, prometem duas provas de “arrepiar” no AIC, com boas disputas entre paranaenses e catarinenses, a liderança é de Armin Kliewer, seguido de Richard Heidrich e Marco Antonio Garcia.

No sábado (28/5), serão realizados treinos livres das 8 às 15h25 para todas as categorias, vistoria dos carros e Briefing com todos os pilotos, separados por categoria e almoço das 11h25 às 12h25. De tarde, das 15h30 às 15h45, treino classificatório da Turismo 5000. Das 15h50 às 16h05 treino classificatório da categoria Fórmula. Das 16h10 às 16h25 treino classificatório das categorias Marcas. Das 16h30 às 16h55, treinos classificatórios das categorias Turismo 1.6. E na sequencia, dois treinos classificatórios da Sprint Race, das 16h50 às 17h20. E no domingo (29/5), o evento acontece das 8 às 17 horas, com o warm up para todas as categorias das 8h13 às 9h02. Às 9h05 larga a primeira prova da Sprint Race, para 23 minutos + uma volta. Seguida das primeiras provas da Marcas, às 9h50 (30 minutos + duas voltas), Turismo 1.6, às 10h45 (30 minutos + duas voltas), Turismo 5000, às 11h40 (20 minutos + duas voltas) e Fórmula Premium, às 12h25 (20 minutos + duas voltas). As segundas provas serão realizadas com o mesmo tempo, seguidas de pódio. Às 13 horas larga a Sprint Race, às 13h55 largam as categorias Marcas, seguida da Turismo 1.6 às 14h55, Turismo 5000 às 15h50 e Fórmula Premium às 16h35.

Prova categorias Turismo 1.6

– Classificação –

Com duas etapas realizadas e quatro provas disputadas, os três primeiros do Metropolitano de Velocidade no Asfalto 2016, por categoria são: Marcas “A”: 1.º) Ruslan Carta Filho (PR), 65 pontos; 2.º) Davi Dal Pizzol (SC), 57; 3.º) Richard Heidrich (SC), 55. Marcas “B”: 1.º) Edson Bueno (PR), 60; 2.º) Gustavo Dal Pizzol (SC) 52; 3.º) Stive Tokarski (PR), 48. Turismo 1.6 “A”: 1º) Willians Peres (PR), 88; 2.º) Carlos Vaz/Marcelo Cordeiro (PR), 63; 3.º) Beto Baú/Rodrigo Kostin (PR), 40. Turismo 1.6 “B”: 1.º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 59; 2.º) Rafael Barranco (PR), 54; 3.º) Daniel Imbriani/Bruno Muhlstdet (SC), 52. Turismo 5000: 1.º) Armin Kliewer (PR), 82; 2.º) Richard Heidrich (SC), 69; 3.º) Marco Antonio Garcia (PR), 57. Fórmula Premium: 1.º) Lucas Gandolfi Vida (PR), 43; 2.º) Lucas Eremith Silva (PR), 33; 3.º) Daniel Gaidex Jr (PR), 25. E na Fórmula Renault: 1.º) Edson da Silva (PR), 38; 2.º) Fabiano Sabadin (PR), 24; e 3.º) Alex Ortega Morais (PR), 3.

Prova categorias Turismo 5000

 

MRT – Marketing Racing Team

(41) 9957-2908 – bisponeto@terra.com.br

 

 

………………………………………………………………………………………………………….

Ao vencer a primeira etapa, Willians Peres lidera o campeonato com 14 pontos de vantagem para a dupla Carlos Alexandre Vaz/Marcelo Cordeiro

………………………………………………………………………………………………………….

 

CURITIBA (PR) – O início de temporada não poderia ser melhor para Willians Peres. Domingo ele venceu a etapa de abertura do Campeonato Paranaense de Turismo 1.600, disputada no Autódromo Internacional de Curitiba.

Willians largou na pole position e ganhou as duas baterias. Com a vitória, os três pontos de bonificação por participação e mais o ponto extra pela pole position, ele lidera o campeonato, com 44 pontos, 14 a mais do que a dupla formada por Carlos Alexandre Vaz e Marcelo Cordeiro, que foi a segunda colocada na prova.

A dupla Roberto Baú/Rodrigo Kostin conquistou o terceiro lugar, classificando-se à frente de Alexandre Frankenberger, André Conti, Daniel Imbraini/Bruno Nascimento, Roberto Bonato/Evandro Maldonado, Elberto Alves e Rafael Geronazzo/Rodrigo Druszcz, que pela ordem, fecharam as 10 primeiras colocações da prova.

Classificação

Com uma etapa disputada (duas baterias), a classificação do Campeonato Paranaense de Turismo 1.600 é a seguinte: 1º) Willians Peres, com 44 pontos; 2º) Carlos Alexandre Vaz/Marcelo Cordeiro, 30; 3º) Roberto Baú/Rodrigo Kostin, 25; 4º) Alexandre Frankenberger, 18; 5º) André Conti, 17; 6º) Daniel Imbraini/Bruno Nascimento, 17; 7º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado, 11; 8º) Elberto Alves, 9; 10º) Rafael Geronazzo/Rodrigo Druszcz, 7; 11º) Adriano/Caio Botelho, 6; 12º) James Schwerdtner, 5; 13º) Rodrigo Tasso, 5; 14º) Octávio Oliveira/Thiago Brandt, 5; 15º) Rafael Barranco, 3; 16º) José Cavassin, 3; e 17º) André Andretta/Rafael Lupatini, com 3 pontos.

A 2ª etapa do Campeonato Paranaense de Turismo 1.6000 será disputada nos dias 9 e 10 de julho, em Londrina, ao passo que a 3ª e última etapa está marcada para os dias 3 e 4 de setembro, em Cascavel.

Willians Peres vai para a 2ª etapa, em Londrina, com boa vantagem na classificação do campeonato

Willians Peres vai para a 2ª etapa, em Londrina, com boa vantagem na classificação do campeonato

………………………………………………………………………………………………………….

Credito da foto: Victor Lara/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

            O domingo (24/4) também foi de sol em Curitiba, durante as provas da segunda etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2016, com bons “pegas” no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), válida ainda pela etapa de abertura do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2016. A etapa foi disputada nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.6 “A” e “B” e Turismo 5000, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

– Grids de largada –

Durante os treinos classificatórios que definiram os grids de largada, os três primeiros por categoria foram: Marcas “A”: 1.º) Ruslan Carta Filho (PR), 1min40s572; 2.º) Rafael Bastos/Gustavo Magnabosco (SC), 1min40s831; e 3.º) Edoli Caus Jr (PR), 1min41s082. Marcas “B”: 1.º) Stive Tokarski (PR), 1min41s468; 2.º) Edson Bueno (PR), 1min41s861; e 3.º) Odair dos Santos (PR), 1min42s150. Turismo 1.6 “A”: 1.º) Wilians Peres (PR), 1min42s934; 2.º) Alexandre Frankenberger (SC), 1min43s455; e 3.º) Roberto Baú/Rodrigo Kostin (PR), 1min43s577. Turismo 1.6 “B”: 1.º) Rafael Barranco (PR), 1min43s301; 2.º) D. Ebrahini/B. Nascimento (PR), 1min44s057; e 3.º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 1min44s111. Turismo 5000: 1.º) Richard Heidrich (SC), 1min35s285; 2.º) Armin Kliewer (PR), 1min35s643; e 3.º) Marco Antonio Garcia (PR), 1min35s643. E na Fórmula Premium: 1.º) Fabiano Sabadin (PR), 1min31s088; 2.º) Edson da Silva (PR), 1min34s051; e 3.º) Alex Morais (PR), 1min37s129.

– Marcas –

            A primeira prova das categorias Marcas, com 22 participantes, aconteceu às 9h25, numa prova muito disputada nas duas categorias. Na largada, Ruslan Carta Filho manteve a liderança na primeira volta, seguido de perto por Gustavo Magnabosco, Richard Heidrich, Davi Dal Pizzol, Edoli Caus Jr e Odair dos Santos. Na terceira volta, Davi Dal Pizzol ultrapassou Richard Heidrich assumindo a terceira posição. Na volta seguinte, Heidrich superou Edoli Caus Jr e voltou a ser o quarto colocado. O Safety Car ficou na pista nas quatro últimas voltas, para a retirada de carros acidentados. Depois de 15 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Ruslan Carta Filho com tempo total de 29min06s515, seguido de Gustavo Magnabosco, a 0s500, Davi Dal Pizzol, a 0s694, Richard Heidrich, a 0s922, Edoli Caus Jr, a 2s131, e em sexto lugar, Jair Bana, a 3s691. E na Marcas “B” venceu Edson Bueno, com tempo total de 29min09s093, vindo a seguir Eduardo Pavelski, a 0s186, Gustavo Dal Pizzol, a 3s085, Marcelo Beux, a 3s435, Diego Pardo, a 3s959, e, Samir Guimarães, a 5s856.

            Na segunda prova das categorias Marcas “A” e “B”, que aconteceu às 13h25, também foi muito disputada, com os pilotos dando show de ultrapassagens na “briga” por melhores posições na pista. Na largada Ruslan Carta Filho perdeu a primeira posição depois de um toque no fim da reta com o carro de Rafael Bastos. Richard Heidrich assumiu a liderança na primeira volta, seguido de Eduardo Pavelski, Duda Bana, Edoli Caus Jr, Rafael Bastos e Ruslan Carta Filho. Na sexta volta o carro de Richard Heidrich teve problemas e foi para os boxes. Pavelski assumiu a ponta da prova, seguido de perto por Ruslan Filho que o ultrapassou na nona volta e assumiu a liderança. Após 18 voltas, vitória de Ruslan Carta Filho na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 34min04s052, com Rafael Bastos em segundo, a 8s856, Duda Bana em terceiro, a 10s355, Paulo Bento em quarto, a 13s547, Algacir Sermann Filho em quinto, a 38s589, e, Thiago Klein em sexto, a uma volta. E na Marcas “B” venceu Eduardo Pavelski com tempo total de 34min12s623, seguido de Gastão Weigert, a 7s161, Diego Pardo, a 25s319, Gustavo Dal Pizzol, a 28s465, Karl Rauscher, a 35s696, e, Marcelo Beux, a 35s745. Richard Heidrich marcou a volta mais rápida das duas provas, na 3.ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 1min41s129, à média de 131,535 km/h.
Prova categorias Marcas

– Turismo 1.6 –

            Com 17 carros no grid, as categorias Turismo 1.6 “A” e “B” foram para a primeira corrida às 10h20, muito disputada e proporcionando momentos de muita emoção. Wilians Peres largou na frente e manteve a liderança seguido por Alexandre Frankenberger, Bruno Nascimento, Roberto Baú, Roberto Bonato e André Conti. Destaque para a tocada de Caio Botelho, que largou na 13.ª posição e ganhou cinco posições durante a prova. Ao fim de 20 voltas, vitória de Wilians Peres na Geral e na Turismo 1.6 “A”, com tempo total de 34min50s028, seguido de Alexandre Frankenberger, a 0s749, Carlos Vaz, a 7s030, Roberto Baú, a 7s465, Caio Botelho, a 42s860, e em sexto lugar, Rodrigo Tassi, a 56s487. E na Turismo 1.6 “B”, vitória de Roberto Bonato, com tempo de 35min12s680, com Bruno Nascimento em segundo, a 0s342, André Conti em terceiro, a 1s563, Otacílio Oliveira em quarto, a 30s435, James Schwerdtner, a 37s074, e, José Cavassin em sexto, a 47s427.

            As categorias Turismo 1.6 “A” e “B” foram para a segunda corrida às 14h35, em mais uma prova muito movimentada. O pole position Wilians Peres manteve a liderança na largada seguido de Marcelo Cordeiro, Rodrigo Kostin, André Conti, Evandro Maldonado e Daniel Imbraini. Na largada, o carro de Alexandre Frankenberger levou uma batida forte no fim da reta perdendo várias posições, depois de largar na segunda posição. Após 20 voltas, vitória de Wilians Peres na Geral e na Turismo 1.6 “A”, com tempo total de 35min00s506, seguido de Marcelo Cordeiro, a 8s089, Rodrigo Kostin, a 12s027, Elberto Alves, a 22s067, Rodrigo Tassi, a 38s754, e, Alexandre Frankenberger, a uma volta. E na Turismo 1.6 “B”, vitória de André Conti, com tempo de 35min14s928, tendo Daniel Ibraini em segundo, a 7s031, Daniel Bastos em terceiro, a 7s855, Rodrigo Geronazzo em quarto, a 19s659, James Schwerdtner em quinto, a 20s186, e, Rafael Barranco em sexto, a 36s792. A volta mais rápida das provas disputadas, foi de Wilians Peres, na 19.ª passagem da primeira corrida, com tempo de 1min43s774, à média de 128,182 km/h.

Prova categorias Turismo 1.6

– Turismo 5000 –

            A primeira prova da categoria Turismo 5000 foi para a pista com 7 participantes, às 11h15, que realizaram uma corrida muito disputada. Na largada, Richard Heidrich manteve a liderança na primeira volta, seguido de perto por Armin Kliewer, Marco Antonio Garcia, Rubens Kliewer, Odair Costa Jr e Felipe Brillinger. Na sétima volta, Richard Heidrich foi ultrapassado por Armin Kliewer e as primeiras posições não se alteraram mais. Ao fim de 14 voltas, vitória de Armin Kliewer, com tempo total de 22min37s314, seguido de Richard Heidrich, a 0s504, Marco Antonio Garcia, a 4s912, Rubens Kliewer, a 17s332, Felipe Brillinger, a 52s363, Wanderlei Berlanda, a 1min07s663, e, Odair Costa Jr, a uma volta.

            Largando com grid invertido como está no regulamento da categoria, a segunda prova da Turismo 5000, largou às 15h40, com Odair Costa Jr largou na pole position, seguido de Wanderlei Berlanda, Felipe Brillinger, Rubens Kliewer, Marco Antonio Garcia, Richard heidrich e Armin Kliewer. Com os carros mais rápidos vindo de trás, a prova ganhou em emoção e volta a volta os ponteiros foram mudando. Na frente, o pega foi entre Armin Kliewer, Richard Heidrich e Marco Antonio Garcia pela liderança. Após 15 voltas, vitória de Richard Heidrich, com tempo total de 24min11s981, tendo Armin Kliewer em segundo, a 1s044, Marco Antonio Garcia em terceiro, a 9s086, Rubens Kliewer em quarto, a 22s835, Odair Costa Jr em quinto, a 26s146, Felipe Brillinger em sexto, a 57s290, e, Wanderlei Berlanda em sétimo, a 1min28s937. Richard Heidrich Marcou a volta mais rápida das provas disputadas, na 9.ª passagem primeira corrida, com o tempo de 1min35s606, à média de 139,134 km/h.

Prova categorias Turismo 5000

– Fórmula Premium –

A primeira corrida da Fórmula Premium aconteceu as 12h05, com 7 participantes sendo três Fórmula Renault e quatro Fórmula Premium, com bons “pegas” no início da prova. Fabiano Sabadin largou na frente e foi abrindo vantagem com seu Fórmula Renault, seguido de Edson da Silva, Lucas Vida, Airton dos Santos, Lucas Eremith e Daniel Gaidex Jr. Depois de 15 voltas, vitória de Fabiano Sabadin, com tempo total de 23min14s822, seguido de Edson da Silva, a uma volta, Lucas Vida, a duas voltas, Lucas Eremith, a duas voltas, Daniel Gaidex Jr, a quatro voltas, e, Airton dos Santos, a seis voltas.

Na segunda corrida, com problemas o carro de Fabiano Sabadin nem largou, e a grande expectativa dos participantes era para ver quem venceria. Lucas Vida largou da terceira posição e superou pilotos mais experientes a assumir a liderança e vencer. Após 14 voltas, a vitória na Geral foi de Lucas Vida, com tempo de 24min48s239, tendo Lucas Eremith em segundo, a 10s352, Danniel Gaidex Jr em terceiro, a 10s640, Edson da Silva em quarto, a 11s622, e, Airton dos Santos em quinto, a uma volta. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Fabiano Sabadin, na 8.ª passagem da primeira corrida, com tempo de 1min30s262, à média de 147,371 km/h.

A terceira etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2016 está marcada para os dias 28 e 29 de maio, no AIC.

MRT – Assessoria e Comunicação

(41) 9957-2908 – bisponeto@terra.com.br

O Autódromo Internacional de Curitiba (AIC) recebe neste fim de semana (23 e 24/4) a segunda etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade no Asfalto 2016. O evento do Metropolitano de Curitiba será válido também pela etapa de abertura do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2016 e disputado em duas baterias nas categorias Turismo “A” e “B”, Marcas “A” e “B”, Turismo 5000 e Fórmula Premium, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), com ingresso gratuito ao público.

As categorias Turismo 1.6 “A” e “B”, para carros carburados, contaram com 18 participantes na primeira etapa, realizada em duas baterias muito disputadas, mostrando a evolução de pilotos e equipes, que prometem para este fim de semana bons “pegas” e mais carros. Willians Peres lidera na “A” e Rafael Barranco na “B”. Nas categorias Marcas, para carros injetados, divididos em três grupos: “A” e “B”, conforme graduação do piloto junto à FPrA, a temporada 2016 também iniciou com muitas disputas entre paranaenses e catarinenses, com grandes ultrapassagens e boas provas de recuperação, reunindo 16 participantes. Os líderes são Davi Dal Pizzol na “A” e Stive Tokarski na “B”. Na categoria Turismo 5000, disputada com Omegas (antigos Stock Car), sendo os carros mais rápidos da etapa, prometem duas provas de “arrepiar” no AIC, com boas disputas entre paranaenses e catarinenses, a liderança é de Armin Kliewer.

No sábado (23/4), serão realizados treinos livres das 8h10 às 15h30 para todas as categorias, vistoria dos carros e Briefing com todos os pilotos, separados por categoria e almoço das 11h25 às 12h25. De tarde, das 15h55 às 16h10, treino classificatório da Turismo 5000. Das 16h15 às 16h30 treino classificatório da categoria Fórmula. Das 16h35 às 16h50 treino classificatório das categorias Marcas. E na sequência, das 16h55 às 17h10, treinos classificatórios das categorias Turismo 1.6. E no domingo (24/4), o evento acontece das 8 horas às 16h55, com o warm up para todas as categorias das 8 às 8h55. Às 9h25 larga a primeira prova das categorias Marcas “A” e “B”, para 30 minutos mais duas voltas. Seguida das primeiras provas da Turismo 1.6, às 10h20 (30 minutos mais duas voltas), Turismo 5000, às 11h15 (20 minutos mais duas voltas) e Fórmula Premium, às 12h05 (20 minutos mais duas voltas). As segundas provas serão realizadas com o mesmo tempo, seguidas de pódio. Às 13h25 largam as categorias Marcas, seguidas da Turismo 1.6 às 14h35, Turismo 5000 às 15h40 e Fórmula Premium às 16h30.

– Classificação –

Com uma etapa realizada e duas baterias disputadas, os três primeiros do Metropolitano de Velocidade no Asfalto 2016, por categoria são: Marcas “A”: 1.º) Davi Dal Pizzol (SC), 39 pontos; 2.º) Richard Heidrich (SC), 38; 3.º) Thiago Klein (SC), 25. Marcas “B”: 1.º) Stive Tokarski (PR), 44; 2.º) Edson Bueno (PR), 33; 3.º) Gustavo Dal Pizzol (SC) 27. Turismo 1.6 “A”: 1º) Willians Peres (PR), 44; 2.º) Carlos Vaz/Marcelo Cordeiro (PR), 33; 3.º) Elberto Alves (SC), 25. Turismo 1.6 “B”: 1.º) Rafael Barranco (PR), 44; 2.º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 33; 3.º) José Pederneira (PR) e Daniel Bastos (SC), 23. E na Turismo 5000: 1.º) Armin Kliewer (PR), 44; 2.º) Marco Antonio Garcia (PR) e Richard Heidrich (SC), 30; 3.º) Anderson Andrade (PR) e Rubens Kliewer (PR), 21.

 

MRT – Marketing Racing Team

(41) 9957-2908 – bisponeto@terra.com.br

Fotos: Bispo Neto

Corrida da Turismo 5000 Largada 1.ª corrida da Marcas2 Prova das categorias Turismo 1.6

 

 

O domingo (20/3) foi de sol em Curitiba, durante as provas da primeira etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2016, com bons “pegas” no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC). A etapa foi disputada nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.6 “A” e “B” e Turismo 5000, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

– Grids de largada –

Durante os treinos classificatórios que definiram os grids de largada, realizada no sábado (19/3), os três primeiros por categoria foram: Marcas “A”: 1.º) Davi Dal Pizzol (SC), 1min48s842; 2.º) Andrei Carta/Ruslan Carta Filho (PR), 1min40s850; e 3.º) Richard Heidrich (SC), 1min40s999. Marcas “B”: 1.º) Stive Tokarski (PR), 1min41s482; 2.º) Edson Bueno (PR), 1min42s037; e 3.º) Eduardo Pavelski (PR), 1min42s787. Turismo 1.6 “A”: 1.º) Wilians Peres (PR), 1min43s552; 2.º) Roberto Baú/Rodrigo Kostin (PR), 1min44s468; e 3.º) Carlos Vaz/Marcelo Cordeiro (PR), 1min44s706. Turismo 1.6 “B”: 1.º) Rafael Barranco (PR), 1min43s552; 2.º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 1min44s794; e 3.º) Daniel Bastos (SC), 1min45s510. E na Turismo 5000: 1.º) Armin Kliewer (PR), 1min35s824; 2.º) Richard Heidrich (SC), 1min36s106; e 3.º) Marco Antonio Garcia (PR), 1min36s124.

– Marcas –

A primeira prova das categorias Marcas, com 16 participantes, foi realizada no sábado (19/3), numa prova muito disputada nas duas categorias. Na largada, Davi Dal Pizzol manteve a liderança na primeira volta, seguido de perto por Ruslan Carta Filho, Richard Heidrich, Stive Tokarski, Gustavo Magnabosco e Thiago Klein. Na quarta volta, o carro de Ruslan Filho levou um toque na traseira, do carro do catarinense Richard Heidrich. O toque resultou na quebra de uma marcha, o que acabou prejudicando o desempenho do carro do paranaense, que abandonou a corrida na 19.ª volta. Richard Heidrich levou uma bandeira de advertência por atitude anti-desportiva. Depois de 20 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Davi Dal Pizzol com tempo total de 34min02s588, seguido de Richard Heidrich, a 1s379, Thiago Klein, a 12s808, Algacir Sermann Filho, a 46s840, Roberto Moreno, a 51s387, e em sexto lugar, Ruslan Carta Filho, a uma volta. E na Marcas “B” venceu Stive Tokarski, com tempo total de 34min09s116, vindo a seguir Edson Bueno, a 10s519, Gustavo Dal Pizzol, a 12s000, Odair dos Santos, a 41s510, Samir Guimarães, a 59s896, e, Eduardo Pavelski, a 1min25s958.

Na segunda prova das categorias Marcas “A” e “B”, que aconteceu às 11h45 de domingo (20/3), também muito disputada, com os 16 carros dando show de pilotagem por melhores posições na pista. Na largada Davi Dal Pizzol perdeu a primeira posição para Richard Heidrich seguidos de Stive Tokarski, Thiago Klein, Ruslan Carta Filho e Gustavo Dal Pizzol. Ruslan Filho fez duas ultrapassagens e assumiu a terceira posição na terceira volta. Daí em diante, passou a fazer bom “pega” com Davi Dal Pizzol e Richard Heidrich pelas primeiras posições até a bandeirada final. Após 20 voltas, vitória de Richard Heidrich na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 33min53s177, com Davi Dal Pizzol em segundo, a 3s520, Ruslan Carta Filho em terceiro, a 3s855, Thiago Klein em quarto, a 5s015, Jair Bana em quinto, a 23s931, e, Algacir Sermann Filho, a 1min30s545. E na Marcas “B” venceu Stive Tokarski com tempo total de 34min03s298, seguido de Edson Bueno, a 13s086, Gustavo Dal Pizzol, a 20s146, Braz Neto, a 58s752, Odair dos Santos, a sete voltas, e, Eduardo Pavelski, também a sete voltas. Ruslan Carta Filho marcou a volta mais rápida das duas provas, na 6.ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1min40s324, à média de 132,590 km/h.

– Turismo 1.6 –

Com o maior grid da etapa, as categorias Turismo 1.6 “A” e “B” reuniram 18 carros, que foram para a primeira corrida às 10h35, muito disputada e proporcionando momentos de muita emoção. Rafael Barranco largou na frente e manteve a liderança seguido por Marcelo Cordeiro, Rodrigo Kostin, Roberto Bonato, Wilians Peres e Daniel Bastos. Wilians Peres não fez uma boa largada, caindo da segunda para a quinta posição, mas se recuperou durante a prova. Destaque para a tocada de Rafael Barranco, que largou na frente e passou a abrir vantagem na liderança, vencendo de ponta a ponta. Ao fim de 20 voltas, vitória de Rafael Barranco na Geral e na Turismo 1.6 “B”, com tempo total de 34min44s544, seguido de Roberto Bonato, a 30s011, Bruno Nascimento, a 35s297, José Pederneiras, a 41s669, Daniel Bastos, a 42s413, e em sexto lugar, James Schwerdtner, a 43s592. E na Turismo 1.6 “A”, vitória de Wilians Peres, com tempo de 34min46s916, com Marcelo Cordeiro em segundo, a 13s497, Rodrigo Kostin em terceiro, a 30s875, Elberto Alves em quarto, a 34s307, e em quinto, Rodrigo Tassi, a quatro voltas.

As categorias Turismo 1.6 “A” e “B” foram para a segunda corrida às 15h25, em mais uma prova muito movimentada. O pole position Rafael Barranco perdeu a liderança na largada para Wilians Peres na largada, seguidos de Carlos Vaz, Beto Baú, Evandro Maldonado e Elberto Alves. Na sétima volta Rafael Barranco recuperou a liderança para não mais perdê-la, seguido de perto por Wilians Peres e Carlos Vaz. Após 20 voltas, vitória de Rafael Barranco na Geral e na Turismo 1.6 “B”, com tempo total de 34min38s911, seguido de Evandro Maldonado, a 46s046, Daniel Bastos, a 47s770, José Pederneiras, a 52s716, James Schwerdtner, a 58s414, e, Silvano de Brito, a 1min02s923. E na Turismo 1.6 “A”, vitória de Wilians Peres, com tempo de 34min41s113, tendo Carlos Vaz em segundo, a 19s795, Elberto Alves em terceiro, a 40s813, Rodrigo Tassi em quarto, a 1min28s718, e, Milton Borges em quinto, a Uma volta. A volta mais rápida das provas disputadas, foi de Wilians Peres, na 19.ª passagem da primeira corrida, com tempo de 1min42s951, à média de 129,207 km/h.

– Turismo 5000 –

A primeira prova da categoria Turismo 5000 foi a primeira a entrar na pista, com 7 participantes, que realizaram uma corrida muito disputada. Na largada, Armin Kliewer perdeu a liderança na primeira volta para Richard Heidrich, seguidos de perto por Rubens Kliewer, Marco Antonio Garcia, Anderson Andrade e Wanderlei Berlanda. Na quarta volta, Richard Heidrich foi ultrapassado por Armin Kliewer e Marco Antonio Garcia e as primeiras posições não se alteraram mais. Ao fim de 14 voltas, vitória de Armin Kliewer, com tempo total de 23min30s107, seguido de Marco Antonio Garcia, a 0s973, Richard Heidrich, a 4s456, Rubens Kliewer, a 13s927, Anderson Andrade, a 14s022, Wanderlei Berlanda, a 28s964, e, Frederico Jagger Neto, a uma volta.

Largando com grid invertido como está no regulamento da categoria, a segunda prova da Turismo 5000 e Frederico Jagger Neto largou na pole position, seguido de Wanderlei Berlanda, Anderson Andrade, Rubens Kliewer, Richard Heidrich, Marco Antonio Garcia e Armin Kliewer. Com os carros mais rápidos vindo de trás, a prova ganhou em emoção com e volta a volta os ponteiros foram mudando. Na frente, o pega foi entre Armin Kliewer e Richard Heidrich pela liderança. Após 15 voltas, vitória de Armin Kliewer, com tempo total de 24min21s440, tendo Richard Heidrich em segundo, a 0s605, Marco Antonio Garcia em terceiro, a 1s055, Anderson Andrade em quarto, a 1s820, Rubens Kliewer em quinto, a 15s246, Frederico Jagger Neto em sexto, a 1min06s125, e, Wanderlei Berlanda em sétimo, a cinco voltas. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Armin Kliewer, na 13.ª passagem primeira corrida, com o tempo de 1min35s084, à média de 139,897 km/h.

A segunda etapa do Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2016 está marcada para os dias 23 e 24 de abril, no AIC.

Corrida da Turismo 5000

Corrida da Turismo 5000

Prova categorias Marcas

Prova categorias Marcas

Prova das categorias Turismo 1.6

Prova das categorias Turismo 1.6

 

 

 

 

 

MRT – Assessoria e Comunicação

(41) 9957-2908 – bisponeto@terra.com.br

O Autódromo Internacional de Curitiba (AIC) recebe neste fim de semana (18 a 20/3) a primeira etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2016. O evento de abertura do Metropolitano de Curitiba será disputado em duas baterias nas categorias Turismo “A” e “B”, Marcas “A”, “B” e “Sênior”, Turismo 5000, Classic (SP) e Sprint Race, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

As categorias Turismo 1.6 “A” e “B”, são disputadas por carros carburados, com pilotos mais experientes na “A” e novatos na “B”, que mais uma vez promete grid cheio com aproximadamente 30 carros na pista do AIC. As categorias Marcas, para carros injetados, os pilotos serão divididos em três grupos: “A”, “B” e “Sênior”, conforme sua graduação junto à FPrA e também tem estimativa de 28 carros em seu grid e a Turismo5000, com os antigos Omega de Stock Car, com 15 participantes aproximadamente.

Na sexta-feira (18/3), serão realizados três treinos livres e briefing das categorias Marcas, Turismo e Classic (SP). No sábado (19/3), o ingresso é gratuito e o público vai poder acompanhar os treinos livres e classificatórios do Metropolitano de Curitiba, nas categorias Marcas, Turismo 1.6, Turismo 5000, Classic (SP) e Sprint Race. Acontecerão ainda as primeiras provas da Marcas e Classic (SP), a partir das 15h05. Na sequência, dois treinos classificatórios da Sprint Race. E no domingo (20/3), o evento acontece das 8h05 às 16h40, com as demais corridas do Metropolitano de Curitiba, nas categorias Marcas, Turismo 1.6, Turismo 5000, Classic (SP) e Sprint Race, com pódio previsto para as 16 horas.

Os três primeiros do Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2015 foram: Marcas “A”: 1.º) Davi Dal Pizzol (SC), 264 pontos (Campeão); 2.º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR), 190; e 3.º) Rafael Bastos (SC), 188. Marcas “B”: 1.º) Richard heidrich (SC), 244 (Campeão); 2.º) Jones Salvaro/Stive Tokarski (PR), 214; e 3.º) Lúcio Seidel (SC), 141. Marcas Sênior: 1.º) Celso Mancia (PR), 240 (Campeão); 2.º) Toninho Espolador/Jair Bana (PR), 239; e 3.º) Elberto Alves (SC), 179. Turismo 1.6 A1.º) Rafael Lupatini (PR), 248 (Campeão); 2.º) Alexandre Frankemberger (SC), 242; e 3.º) Rodrigo Kostin (PR), 219. Turismo 1.6 B1.º) Edson Bueno (PR), 246 (Campeão); 2.º) Wilians Peres (PR), 228; e 3.º) Roberto Bonato (PR), 223. Turismo 5000: 1.º) Maurício Reuter (SC), 246 (Campeão); 2.º) Márcio Reuter (SC), 161; e 3.º) Armin Kliewer (PR), 160. E na Fórmula Renault: 1.º) Luiz Henrique Zornig (PR), 164 (Campeão); 2.º) Edson Ferreira da Silva (PR), 126; e 3.º) Luiz Carlos Abbade (PR), 83.

– Calendário 2016 –

O Campeonato Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2016, será realizado em oito etapas, com quatro delas acontecendo no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), uma em Londrina, outra em Cascavel e duas a serem definidas, nas seguintes datas: 1.ª etapa – 19 e 20 de março (Curitiba); 2.ª etapa – 23 e 24 de abril (Curitiba); 3.ª etapa – 28 e 29 de maio (Curitiba); 4.ª etapa – 18 e 19 de junho (Curitiba); 5.ª etapa – 9 e 10 de julho (Londrina); 6.ª etapa – 6 e 7 de agosto (Cascavel); 7.ª etapa – A definir; e 8.ª etapa – A definir. As etapas de Londrina, Cascavel e a terceira etapa do Metropolitano de Curitiba, serão válidas pelo Paranaense de Marcas 2016.

Categoria Turismo 5000 Categoria Turismo Categorias Marcas2

Amigos da Velocidade.
Segue anexo, informativo do nosso recesso, natal e final de ano.
Quero agradecer pelo ano de 2015 e espero todos em 2016.

 

CARTAO NATAL – 2015

 

Feliz Natal

O Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), situado em Pinhais (PR), recebe no fim de semana (10 e 11/10) a sétima etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2015. O evento será disputado em duas baterias nas categorias Turismo 1.6 “A” e “B”, Marcas “A”, “B” e “Sênior”, Turismo 5000 e Fórmula Premium, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), válida também pela 3.ª etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2015. Junto ao evento acontecem ainda duas provas da categoria Fórmula 1600 (SP).

Marcas A - B e Sênior

As categorias Turismo 1.6 “A” e “B”, disputada por carros carburados, contam em média com 17 participantes nas seis etapas disputadas. Rafael Lupatini e Alexandre Frankemberger assumiram a liderança na etapa passada na “A”, com 210 pontos e Edson Bueno lidera na “B”, com 208. Nas categorias Marcas, para carros injetados, divididos em três grupos: “A”, “B” e “Sênior”, conforme graduação do piloto junto à FPrA, a temporada 2015 começou disputada entre paranaenses e catarinenses, com grandes ultrapassagens e boas provas de recuperação, reunindo 25 carros em média. Os líderes são Davi Dal Pizzol na “A” (220), Richard Heidrich na “B” (201), e Celso Mancia na Sênior (193). A categoria Turismo 5000 é liderada pelo catarinense Maurício Reuter, com 145 pontos. E nas categorias Fórmula, que é dividida em três categorias, Renault, Premium e Premium Light, a expectativa é de mais carros neste fim de semana. Os líderes são Ike Zornig (Renault – 114), Alex Morais (Premium – 87) e Marco Dias (Premium Light – 125), respectivamente.

No sábado (10/10), serão realizados quatro treinos livres das 8 às 15h15. E das 15h20 às 16h50 serão realizadas as tomadas de tempos das categorias Fórmula 1600 (SP), Turismo 5000, Marcas, Turismo 1.6 e Fórmula. Às 16h10 larga a primeira corrida da Fórmula 1600, seguida de pódio. E no domingo (11/10), o evento começa às 8 horas, com o warm up de todas as categorias. Às 9h30 larga a segunda corrida da Fórmula 1600, seguida de pódio, e na sequencia as primeiras provas das categorias Marcas “A”, “B” e “S”, Turismo 5000, Turismo 1.6 “A” e “B” e Fórmula. A partir das 13h50 acontecem as segundas provas das categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, Turismo 5000, Turismo 1.6 “A” e “B” e Fórmula, com pódio previsto para as 17 horas.

– Classificação –Lupatini e Frankenberger2

Com seis etapas realizadas e doze baterias disputadas, os três primeiros do Metropolitano de Velocidade 2015, por categoria são: Marcas “A”: 1.º) Davi Dal Pizzol (SC), 220 pontos; 2.º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR), 140; 3.º) Rafael Bastos (SC), 137. Marcas “B”: 1.º) Richard Heidrich (SC), 201; 2.º) Luiz Seidel (PR), 141; 3.º) Jones Salvaro/Stive Tokarski (PR), 127. Marcas Sênior: 1.º) Celso Mancia (PR), 193; 2.º) Toninho Espolador/Jair Bana (PR), 170; 3.º) Elberto Alves (SC), 138. Turismo 1.6 “A”: 1.º) Alexandre Frankemberger/Rafael Lupatini (SC/PR), 210; 2.º) Rodrigo Kostin (PR), 206; 3º) Beto Baú (PR), 180. Turismo 1.6 “B”: 1.º) Edson Bueno (PR), 208; 2.º) Willians Peres (PR), 165; 3.º) Roberto Nonato (PR), 145. Turismo 5000: 1.º) Maurício Reuter (SC), 145; 2.º) Armin Kliewer (PR), 127; 3.º) Márcio Reuter (SC), 98. E nas categorias Fórmula: Fórmula Premium Light: 1.º) Marco Aurélio Dias (PR), 125; 2.º) Luiz Zimermann (PR), 68; 3.º) Mauro Brisola Vieira (PR), 64. Fórmula Premium: 1.º) Alex Morais (PR), 87; 2.º) Roberto Dal Pont (PR), 4; 3.º) Willian da Silva (PR), 3. Fórmula Renault: 1.º) Ike Zorning (PR), 114; 2.º) Edson da Silva (PR), 66; e 3.º) Renan Pietrowski (PR), 51.

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!