Get Adobe Flash player

Velocidade na Terra

A Copa Paraná de Velocidade na Terra será uma das seletivas do Brasileiro no Paraná (Foto: Victor Lara)

A Copa Paraná de Velocidade na Terra será uma das seletivas do Brasileiro no Paraná (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – O Paraná começa a escolher seus representantes para o Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra, que será disputado Em Cordeirópolis, interior de São Paulo, de 14 a 16 de junho. As seis vagas do estado (três para a categoria Marcas A e três para a categoria Marcas B) serão distribuídas em três seletivas.

A primeira seletiva será neste domingo, quando será disputada a etapa de abertura do Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba. Os vencedores das categorias Marcas Terra A e Marcas Terra B estarão classificados para a competição nacional. A segunda seletiva será na 1ª etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade, que será disputada nos dias 13 e 14 de abril em Cascavel. Novamente os vencedores das categorias Terra Marcas A e Terra Marcas B conquistam o direito de representar o Estado no Brasileiro de Velocidade na Terra. Os dois últimos classificados sairão da Copa Paraná de Velocidade na Terra, marcada para os dais 27 e 28 de abril, em São José dos Pinhais.

Rubens Gatti, presidente da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), diz que a distribuição das seis vagas em três competições, fará maior oportunidade a todos os pilotos das competições de terra do Estado.

A categoria Super Fórmula será uma das que serão disputadas no Metropolitano de São José dos Pinhais (foto: Divulgação)

A categoria Super Fórmula será uma das que serão disputadas no Metropolitano de São José dos Pinhais (foto: Divulgação)

Depois de dois anos, o Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais volta a ser disputado nesta temporada. O calendário de 2019 acaba de ser definido pela Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) e pela RS Motorsport, que irá promover e organizar a competição.

O calendário da temporada 2019 do Metropolitano de Velocidade na Terra foi organizado em conjunto ao calendário do Metropolitano de Velocidade no Asfalto, alternando os meses das etapas, para que equipes e pilotos que queiram participar das duas competições não sejam prejudicados. Para que isso aconteça, o veículo e o regulamento serão os mesmos para as categorias Terra da Velocidade no Asfalto.

 

Calendário do Metropolitano de Velocidade na Terra 2019

1.ª etapa – 27 e 28 de abril

2.ª etapa – 22 e 23 de junho

3.ª etapa – 27 e 28 de julho

4.ª etapa – 21 e 22 de setembro

5.ª etapa – 09 e 10 de novembro

Juca Lisboa/Stive Tokarski largaram na pole e venceram o 1º Festival Endurance de Arrancada na Terra (Foto: Divulgação)

Juca Lisboa/Stive Tokarski largaram na pole e venceram o 1º Festival Endurance de Arrancada na Terra (Foto: Divulgação)

O 1° Festival Endurance de Velocidade na Terra foi realizado com sucesso no Autódromo de São José dos Pinhais, com organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsports. A vitória no Festival Endurance foi da dupla Juca Lisboa/Stive Tokarski na Geral e Marcas, e, Seabra Nicolas/Cristiano na Turismo. Nas categorias Velocidade na Terra, Brendon Zonta Gabardo na Chevette “A”, Edson Pilatti na Chevette “B”, José Carlos Franzoi na Turismo 5000, Nikolas Cavalli na Fusca, Alisson Marçal na Super Fórmula, Edson Luiz Pedro na Mini Fórmula “A”, e Carlos Sestem na Mini Fórmula “B”. O evento contou com o patrocínio da Militec-1, Monster Energy e Toyota Barigui, o apoio da Piteko Park, Alvo Sinalização, Alvo Plotagens e Resgate 27 Racing, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Confira os três primeiros por categoria nos Treinos Classificatórios: CHEVETTE “A” – 1º) Vinícius Kavilhuka, 1m05s795; 2º) Hamilton Morseh, 1m06s081; 3º) Celso Gabardo, 1m08s339. CHEVETTE “B” – 1º) Edson Pilatti, 1m10s132; 2º) Roberto Minatoza, 1m13s209; 3º) Gabriel Ferreira, 1m13s647. TURISMO 5000 – 1º) José Carlos Franzoi, 1m00s609; 2º) Bernardo Kava, 1m03s781; 3º) Flávio Mendes, 1m05s517. MARCAS E TURISMO (ENDURANCE) – 1º) Juca Lisboa/Stive Tokarski, 1m01s868; 2º) Helison/Hemerson Pampuch, 1m02s192; 3º) Antonio Carvalho/Alexandre Frankenberger, 1m03s337. MINIFÓRMULA – 1º) Edson Luiz Pedro, 1m02s871; 2º) Carlos Sestrem, 1m05s973; 3º) Leandro Nogueira, 1m06s142.

Chevette

A primeira prova das categorias Chevette aconteceu às 15h30, reunindo 18 participantes. Na largada, o pole position Vinícius Kavilhuka, com o Chevette nº 75 manteve a liderança, seguido de perto por Hamilton Morseh, que foram abrindo vantagem dos demais, em uma disputa que seguiu até a 13ª volta, quando um retardatário atrapalhou Kavilhuka na reta, Hamilton tentou ultrapassá-lo pela esquerda e os carros se tocaram, o Chevette nº 75 bateu de frente no barranco e abandonou a prova. Hamilton foi desclassificado por atitude antidesportiva. Ao fim de 15 voltas, a vitória foi de Celso Gabardo na Geral e na Chevette “A”, com tempo total de 18m08s488, com Brendon Gabardo em segundo, a 18s892; Robson Moura em terceiro, a 56s907; Jackson Araújo em quarto, a uma volta; e, Vinícius Kavilhuka em quinto, a duas voltas. Na Chevette “B” venceu Edson Pilatti, com tempo total de 19m02s120, seguido de Gabriel Ferreira, a uma volta, Guilherme Wunderlich, a duas voltas, Alisson Moraes, a quatro voltas, e, Maurício Cavali, a nove voltas.

Na segunda prova das categorias Chevette, a primeira fila do grid era de pai e filho, com Celso Gabardo na pole e Brendon Zonta Gabardo na segunda posição. Celso Gabardo manteve a liderança no início, mas com cinco voltas foi ultrapassado por Hamilton Morseh, que largou da última posição e numa tocada espetacular venceu a segunda prova. Celso teve ainda um pneu furado e perdeu várias posições. Depois de 13 voltas, vitória de Hamilton Morseh na Geral e na Chevette “A”, com tempo de 15m20s405, vindo a seguir Flávio Mendes, a 21s933; Brendon Gabardo, a 25s196; Jackson Araújo, a 1m13s661, e, Saulen Salza, a duas voltas. Na Chevette “B” venceu Edson Pilatti, com tempo de 15m54s976, com Gabriel Ferreira em segundo, a 40s950, Roberto Minatoza em terceiro, a uma volta, Alisson Moraes em quarto, a uma volta, e, Maurício Cavali em quinto, a uma volta. Vinícius Kavilhuka marcou a volta mais rápida das provas disputadas, na 10ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 1m04s982, à média de 91,410 km/h.

Turismo 5000

A categoria Turismo 5000 foi realizada em prova única, às 16 horas de sábado, com quatro participantes. Na largada, o pole position José Franzoi manteve a liderança e aos poucos foi abrindo vantagem para os demais adversários. Bernardo Kava se manteve na segunda posição, seguindo de perto o líder e a “briga” pela terceira posição foi entre Flávio Mendes e José Adir, até a nona volta, quando o carro de José Adir “Caverna” quebrou. Depois de 16 voltas, a vitória foi de José Carlos Franzoi, com tempo de 17m24s702, tendo Bernardo Kava em segundo, a 0s442; Flávio Mendes em terceiro, a 35s328; e, José Adir “Caverna” em quarto, a sete voltas. A volta mais rápida da prova foi de José Carlos Franzoi, na 12ª passagem, com o tempo de 1m03s230, à média de 93,943 km/h.

Fusca e Super Fórmula

As categorias Fusca Velocidade e Super Fórmula correram juntas, em bateria única e com seis participantes. No início os Fórmulas de Alisson Marçal e Luiz Camargo comandaram a prova, mas com problemas, aos poucos foram sendo superados pelos Fuscas, que deram show no Autódromo de São José dos Pinhais. Após 15 voltas, a vitória na Geral e na Fusca Velocidade foi de Nikolas Cavalli Lima, com tempo de 17min26s931, seguido de Alexandre Marzolla, a 48s976, e, Nicolas Seabra, a uma volta. Na Super Fórmula a vitória foi de Alisson Marçal, com tempo de 17m56s787, e, Luiz Camargo em segundo, a uma volta. Alisson Marçal marcou a volta mais rápida da prova, na 11ª passagem, com tempo de 1m01s638, à média de 96,369 km/h.

Mini Fórmula

Com nove carros em seu grid, a categoria Mini Fórmula teve duas provas muito disputadas do início ao fim. Na primeira prova, Edson Luiz Pedro largou na pole e dominou de ponta a ponta, sem dar chances a seus adversários. Fabiano Bonkoski teve problemas na largada e nem completou uma volta. Carlos Sestrem e Bruno Bonkoski abandonaram na primeira volta. Depois de 12 voltas, vitória de Edson Luiz Pedro, com tempo de 13m11s477, com Amaro Lenfers em segundo, a 17s268; Leandro Nogueira em terceiro, a 23s366; Maiko Gregório em quarto, a 38s385; e, Sidemar Bonkoski em quinto, a 52s958.

Na segunda prova da categoria Mini Fórmula, Edson Luiz Pedro largou na pole e mais uma vez liderou de ponta a ponta, mas a corrida foi mais disputada que a primeira. Fabiano Bonkoski mais uma vez não chegou a completar uma volta e Sidemar Bonkoski deu apenas duas voltas e abandonou a corrida com problemas no seu Fórmula. Após nove voltas percorridas, a vitória foi de Edson Luiz Pedro, com tempo de 12m29s752, seguido de Amaro Lenfers, a 6s624, Leandro Nogueira, a 7s085, Maiko Gregório, a 12s001; e, Alisson Marçal da Silva, a 16s768. A volta mais rápida das duas provas foi de Edson Luiz Pedro, na terceira passagem da segunda bateria, com tempo de 1min03s289, à média de 93,855 km/h.

Festival Endurance

A Prova de Endurance para as categorias Marcas e Turismo foi muito disputada e um show à parte, com as três paradas para a troca de pilotos e reabastecimento, com os nove carros participantes. O domínio foi da experiente dupla Juca Lisboa/Stive Tokarski que liderou de ponta a ponta. Destaque para as participações das cinco duplas que concluíram a prova na pista, mas todas as equipes que participaram do evento estão de parabéns. Na parcial de 1h22m26s217, com 61 voltas completadas, os cinco primeiros eram: 1º) Juca Lisboa/Stive Tokarski; 2º) Antonio Carvalho/Alexandre Frankenberger; 3º) Helison/Hemerson Pampuch; 4º) Francesco Esposito/Juca Classe; e 5º) Seabra Nicola/Cristiano.

Foram realizadas mais 26 voltas, onde aconteceu um capotamento do Gol 303 e o piloto Francesco Esposito foi levado para o hospital, para exames complementares e passa bem. A prova terminou com safety car. A vitória na Geral e na categoria Marcas foi da dupla Juca Lisboa/Stive Tokarski, com 87 voltas em 1h57min58s866, seguido de Antonio Carvalho/Alexandre Frankenberger, a uma volta, Helison Pampuch/Hermerson Pampuch, três voltas, e, Francesco Esposito/Juca Classe, a 19 voltas. Na Turismo a vitória foi de Seabra Nicolas/Cristiano, com Wellington Martins/Pedro em segundo, e, Leandro Stadler em terceiro. Os pilotos elogiaram o evento e acreditam que em 2019 o evento será melhor ainda.

A categoria Fusca Velocidade será uma das atrações do Festival de Endurance (Foto: Divulgação)

A categoria Fusca Velocidade será uma das atrações do Festival de Endurance (Foto: Divulgação)

O Autódromo de São José dos Pinhais vai receber nos dias 24 e 25 de novembro, o 1° Festival Endurance e Velocidade na Terra, com organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsports. O evento terá o patrocínio de Militec-1, Monster Energy e Toyota Barigui, o apoio da Piteko Park, Alvo Sinalização, Alvo Plotagens e Resgate 27 Racing, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

As inscrições antecipadas já estão abertas e as 15 primeiras receberão um brinde exclusivo. A prova de Endurance de Marcas e Turismo terá duas horas de duração, podendo ter até três pilotos. As categorias das provas Velocidade na Terra, Turismo 5000 (Opala, Omega e Dodge), Chevette, Fusca Velocidade e Super Fórmula serão disputadas em duas baterias, uma no sábado e outra no domingo. E a categoria Mini Fórmula será realizada em duas baterias no domingo.

Já estão abertas as reservas de boxes e camarotes, que podem ser acertadas com o Manoel Rodriguez (41) 99991-1495 e Leandro Stadler (41) 99141-0050. Os valores das credenciais dos camarotes são: Camarote duplo R$ 120,00; Camarote simples R$ 70,00; e os Camarotes abertos R$ 50,00. Na estrutura do Autódromo de São José dos Pinhais existem 30 boxes, para dois carros cada, oito camarotes simples, três camarotes duplos, três camarotes abertos, com estacionamento para equipes e público. Os ingressos para o público custarão R$ 10,00 no sábado e R$ 20,00 no domingo, sendo que 20% da arrecadação será doada para o Espaço Auto Estima, entidade que ressalta a preocupação com o tratamento e prevenção de todos os tipos de câncer.

Programação

As atividades no Autódromo de São José dos Pinhais no sábado (24/11), acontecem das 8 às 18 horas. A finalização das inscrições será às 8h30. Os treinos livres de todas as categorias iniciam às 9 horas. Na sequência, serão realizados o 1° e 2° treinos oficiais, na seguinte ordem: Fusca Velocidade, Chevette, Turismo 5000, Marcas e Turismo (Endurance), Super Fórmulas (Auto Fórmulas), e Mini Fórmula (Auto Cross). Os treinos classificatórios vêm a seguir, na mesma ordem dos trenos oficiais. Depois vem os warm ups das provas de sábado das categorias Fusca Velocidade, Chevette, Turismo 5000 e Super Fórmula, seguidos da primeira prova, na mesma ordem dos warm ups.

No domingo (25/11), o evento acontece das 8 às 18 horas, iniciando com o terceiro treino oficial, às 9 horas na seguinte ordem: Mini Fórmula, Fusca Velocidade, Super Fórmula, Marcas e Turismo (Endurance), Chevette e Turismo 5000. Seguido do warm up da Mini Fórmula e Marcas/Turismo (Endurance). Ainda na parte da manhã serão realizadas a primeira prova da Mini Fórmula e a segunda prova da Fusca Velocidade e Super Fórmula. Às 13 horas larga a Prova de Endurance, para duas horas, ou 100 Milhas. Na sequência, acontecem as segundas provas da Chevette, Turismo 5000 e Mini Fórmula. Encerrando com a festa do pódio para premiação com troféus do 1.° ao 5.° em todas as categorias.

Essa programação poderá ser alterada de acordo com as inscrições e condições da pista.

Rubens Gatti trabalha para impedir que provas piratas coloquem em risco a vida de pilotos, organizadores e de torcedores (Foto: Mario Ferreira)

Rubens Gatti trabalha para impedir que provas piratas coloquem em risco a vida de pilotos, organizadores e de torcedores (Foto: Mario Ferreira)

CURITIBA (PR) – Atendendo solicitação da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), o Ministério Público canelou uma corrida pirata de kart que seria disputada neste fim de semana nas ruas de Ubiratã, na região Oeste do Paraná. Também foram comunicados da irregularidade a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

Rubens Gatti, presidente da FPrA, explica que qualquer prova automobilística a serem realizadas no Paraná precisa estar de acordo com as normas técnicas, esportivas e de segurança. Todos os órgãos precisam estar cientes e aprovarem as normas de segurança que evolvam participantes, promotores e público.

Gatti também explica que o alvará para as competições só é expedido pela FPrA quando o promotor do evento cumpre com todos os encargos exigidos. Ele deve ser solicitado 30 dias antes da data prevista para o evento. Os técnicos da entidade estabelecem as condições de segurança, sempre buscando preservar a integridade física de participantes, do público e de terceiros. Estas exigências vão desde o equipamento do participantes a normas de evacuação do local caso venha a ocorrer algum imprevisto. Em caso de acidente, como será feito o atendimento a participante ou ao público. “Em um evento automobilístico, há diversos itens que começam a ser analisado muito tempo antes da data prevista. Vai de condições da praça esportiva, de capacidade de público, como as pessoas vão chegar ao local e retornar a seus lares. Em caso de um acidente, quais condições e como será feito o atendimento, quantos profissionais estarão à disposição, quais as condições dos equipamentos, em caso atendimento médico mais aprimorado, como será feito este atendimento e de que forma a ou as ambulâncias deixaram o local. Para os participantes, as análises vão das normais desportivas (regulamentos) e condições do equipamento, se as condições da prova desportiva oferecem a segurança necessária”, acentua Gatti.

CURITIBA (PR) – Em cerimônia realizada no Camarote VIP do Autódromo Internacional de Curitiba, foi realizada sábado à noite a premiação do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra de 2015 e do ano passado. Rubens Gatti, presidente da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) comandou a solenidade, prestigiada também por pilotos da Velocidade do Asfalto, uma vez que no fim de semana foi disputada a 5ª etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba.

Os premiados os três primeiros colocados de cada categoria e também os clubes organizadores.

 

Pilotos premiados da Velocidade na Terra de 2016

Categoria Marcas A

1º) Gedson Gonçalves

2º) Nilton da Silva Filho

3º) Amauri Lisboa Junior

 

Categoria Marcas B

1º) Jean Carlo Gans

2º) Wilson Kavilhuka

3º) Aleksander Versalli Pereira

 

Categoria Turismo 1.600 – Carburado

1º) Pietro Weghecher

2º) Marcelo Zen Venancio

2º) Marcos Daniel Tokarski

3º) Edson Figueiredo

 

Categoria Turismo 1.600 – Injetado

1º) Ricardo Felipe P. Pamplona

2º) Aleksander Versalli Pereira

3º) Jorgemar Elizeu Lorentz

 

Categoria Fusca Velocidade A

1º) Júlio César França Bueno

2º) Marcelo Cordeiro

3º) Luis Fernando Tatsch

 

Categoria Fusca Velocidade B

1º) Carlos Alberto Bracovcsz

2º) Fabiano Ferreira dos Anjos

3º) Adriano Correa da Silva

 

Categoria Super Fórmula

1º) Gian Roberto Pasquali

2º) Alisson Marçal da Silva

3º) Rogério Polati Schuhli

3º) Rafael Bregenski Schuhli

 

Categoria: Super Chev A

1º) Fábio Mansani Stelle

2º) Hamilton Morsch

3º) Francisco Marlos Bobato

 

Categoria Super Chev B

1º) Carlos Eduardo Schilipack

2º) Vinicius Kavilhuka Metzger

3º) Willian dos Passos

 

Categoria Mini Fórmula A

1º) Leandro Francisco Nogueira

2º) Amaro Lenfers

3º) Djonatan Eduardo Leitzke

 

Categoria Mini Fórmula B

1º) Maiko Reis de Gregorio

2º) Marcel Moreira Machado

3º) Adriano Correia de Oliveira

 

Categoria Homenagem

Auto Esporte Clube Afonso Pena

Ponta Grossa Motor Clube

 

 

Pilotos premiados da Velocidade na Terra 2015

Categoria Marcas A

1º) Gedson Gonçalves

2º) Amauri Lisboa Júnior

3º) Nilton da Silva Filho

 

Categoria Marcas B

1º) Wilson Kavilhuka

2º) Rodrigo Carlos Zarur Silva

3º) Arlei Tucholski

 

Categoria Turismo 1600 – Carburado

1º) Jean Carlo Gans

2º) Iwan Mykytczuk Junior

3º) Alessandro Pampuch

 

Categoria Turismo 1600 – Injetado

1º) Leandro Pérola

2º) Aleksander Versalli Pereira

3º) Agnaldo da Silva

 

Categoria Fusca Velocidade

1º) Júlio César França Bueno

2º) Carlos Alberto Bracovcsz

3º) Juliano Ferreira dos Anjos

 

Categoria Fórmula Tubular

1º) Luiz Santos Camargo

2º) Amauri de Jesus Soares

3º) Alisson Marçal da Silva

 

Categoria Super Chev A

1º) Fábio Mansani Stelle

2º) Hamilton Morsch

3º) Vanderlei dos Santos

 

Categoria Super Chev B

1º) Vinicius Kavilhuka Metzger

2º) Silvana Dall Agnol da Silva

3º) Willian dos Passos

 

Categoria Homenagem

Auto Esporte Clube Afonso Pena

Automóvel Clube de Telêmaco Borba

Ponta Grossa Motor Clube

………………………………………………………………………………………………………….

Nilton Silva (vice-campeão), Gedson Gonçalves (campeão) e Juca Lisboa (3º) exigem seus prêmios da categoria Marcas A de 2016

Nilton Silva (vice-campeão), Gedson Gonçalves (campeão) e Juca Lisboa (3º) exigem seus prêmios da categoria Marcas A de 2016

Wilson Kavilhuka (vice-campeão), Jean Gans (campeão) e Aleksandro Versalli (3º), as feras da categoria Marcas B em 2016

Wilson Kavilhuka (vice-campeão), Jean Gans (campeão) e Aleksandro Versalli (3º), as feras da categoria Marcas B em 2016

Willian Passos (3º), Carlos Eduardo (campeão) e Vinicius Kavilhuka (vice-campeão) da Super Chev B em 2016

Willian Passos (3º), Carlos Eduardo (campeão) e Vinicius Kavilhuka (vice-campeão) da Super Chev B em 2016

Crédito das fotos: Victor Lara/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

CURITIBA (PR) – A Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) premia os campeões de duas temporadas de Velocidade na Terra. Sábado os três primeiros colocados de todas as categorias dos campeonatos de 2015 e do ano passado receberão a premiação a que fizeram jus. A cerimônia será a partir das 19 horas, no Camarote VIP do Autódromo Internacional de Curitiba.

A solenidade de premiação da Velocidade na Terra faz parte da programação da 5ª etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba, que será disputada sábado e domingo. Serão disputadas provas nas categorias Marcas A e B, Turismo C e I, Terra Marcas A, Terra Marcas B, Terra Turismo C e Turismo 5000. A promoção e organização serão da FPrA, com apoio da Pirelli, Bana Pneus, Rodas Scorro e Hotel Slaviero Executive Pinhais. Também neste fim de semana serão realizadas duas provas da Sprint Race.

 

Pilotos a serem premiados da Velocidade na Terra de 2016

Categoria Marcas A

1º) Gedson Gonçalves

2º) Nilton da Silva Filho

3º) Amauri Lisboa Junior

 

Categoria Marcas B

1º) Jean Carlo Gans

2º) Wilson Kavilhuka

3º) Aleksander Versalli Pereira

 

Categoria Turismo 1.600 – Carburado

1º) Pietro Weghecher

2º) Marcelo Zen Venancio

2º) Marcos Daniel Tokarski

3º) Edson Figueiredo

 

Categoria Turismo 1.600 – Injetado

1º) Ricardo Felipe P. Pamplona

2º) Aleksander Versalli Pereira

3º) Jorgemar Elizeu Lorentz

 

Categoria Fusca Velocidade A

1º) Júlio César França Bueno

2º) Marcelo Cordeiro

3º) Luis Fernando Tatsch

 

Categoria Fusca Velocidade B

1º) Carlos Alberto Bracovcsz

2º) Fabiano Ferreira dos Anjos

3º) Adriano Correa da Silva

 

Categoria Super Fórmula

1º) Gian Roberto Pasquali

2º) Alisson Marçal da Silva

3º) Rogério Polati Schuhli

3º) Rafael Bregenski Schuhli

 

Categoria: Super Chev A

1º) Fábio Mansani Stelle

2º) Hamilton Morsch

3º) Francisco Marlos Bobato

 

Categoria Super Chev B

1º) Carlos Eduardo Schilipack

2º) Vinicius Kavilhuka Metzger

3º) Willian dos Passos

 

Categoria Mini Fórmula A

1º) Leandro Francisco Nogueira

2º) Amaro Lenfers

3º) Djonatan Eduardo Leitzke

 

Categoria Mini Fórmula B

1º) Maiko Reis de Gregorio

2º) Marcel Moreira Machado

3º) Adriano Correia de Oliveira

 

Categoria Homenagem

Auto Esporte Clube Afonso Pena

Ponta Grossa Motor Clube

 

 

Pilotos a serem premiados da Velocidade na Terra 2015

Categoria Marcas A

1º) Gedson Gonçalves

2º) Amauri Lisboa Júnior

3º) Nilton da Silva Filho

 

Categoria Marcas B

1º) Wilson Kavilhuka

2º) Rodrigo Carlos Zarur Silva

3º) Arlei Tucholski

 

Categoria Turismo 1600 – Carburado

1º) Jean Carlo Gans

2º) Iwan Mykytczuk Junior

3º) Alessandro Pampuch

 

Categoria Turismo 1600 – Injetado

1º) Leandro Pérola

2º) Aleksander Versalli Pereira

3º) Agnaldo da Silva

 

Categoria Fusca Velocidade

1º) Júlio César França Bueno

2º) Carlos Alberto Bracovcsz

3º) Juliano Ferreira dos Anjos

 

Categoria Fórmula Tubular

1º) Luiz Santos Camargo

2º) Amauri de Jesus Soares

3º) Alisson Marçal da Silva

 

Categoria Super Chev A

1º) Fábio Mansani Stelle

2º) Hamilton Morsch

3º) Vanderlei dos Santos

 

Categoria Super Chev B

1º) Vinicius Kavilhuka Metzger

2º) Silvana Dall Agnol da Silva

3º) Willian dos Passos

 

Categoria Homenagem

Auto Esporte Clube Afonso Pena

Automóvel Clube de Telêmaco Borba

Ponta Grossa Motor Clube

………………………………………………………………………………………………………….

Maiko Reis de Gregório sagrou-se campeão da categoria Mini Fórmula B no ano passado

Maiko Reis de Gregório sagrou-se campeão da categoria Mini Fórmula B no ano passado

Pietro Weghecher levará o troféu de campeão da categoria Turismo 1.600 Carburado do ano passado

Pietro Weghecher levará o troféu de campeão da categoria Turismo 1.600 Carburado do ano passado

Gedson Gonçalves é bicampeão da categoria Marcas A

Gedson Gonçalves é bicampeão da categoria Marcas A

Jean Carlo Gans conquistou o título da Turismo 1.600 Carburado em 2015 e o da Marcas B no ano passado

Jean Carlo Gans conquistou o título da Turismo 1.600 Carburado em 2015 e o da Marcas B no ano passado

Crédito das fotos: Victor Lara/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

CURITIBA (PR) – Em função dos altos custos para os promotores e para as equipes/pilotos, a Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) estuda a realização do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra de forma mais compacta. Se a opção for aceita por clubes e pilotos, a competição ficará para o segundo semestre, com a realização de três etapas em São José dos Pinhais e Ponta Grossa.

Segundo Rubens Gatti, presidente da FPrA, os altos custos estão inviabilizando a competição em oito etapas, como tradicionalmente era realizada. Na terra, a pista tem que ser preparada a cada etapa, com o uso de muitas máquinas. “Estamos conversando com todas as partes e se o consenso for pela diminuição de etapas, realizaremos o campeonato no segundo semestre”, informa Gatti.

Gatti também destaca que para que os pilotos não fiquem parados e os preparadores não fiquem sem trabalho, a FPrA também estuda a possibilidade de abrir a categoria VNT no Campeonato Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto. Assim aqueles que desejarem se manter em atividade no primeiro semestre terão esta opção. A abertura do Metropolitano de Curitiba está marcada para o dia 12 de março.

………………………………………………………………………………………………………….

Os custos com a preparação da pista é um dos itens do alto custo da Velocidade na Terra

Os custos com a preparação da pista é um dos itens do alto custo da Velocidade na Terra

Crédito da foto: Victor Lara/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

SÃO JOSÉ DOS PINHAIS (PR) – A temporada de Velocidade na Terra do Paraná chega ao fim neste fim de semana, em São José dos Pinhais. Amanhã (sábado) e domingo será disputada a 8ª e última etapa do Campeonato Paranaense, com promoção e organização são da AGV Promotora de Eventos e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

A expectativa é de um grande espetáculo com a definição dos campeões das categorias Marcas A, Marcas B, Turismo 1.600 – Injetado, Turismo 1.600 – Carburado, Fusca Velocidade A, Fusca Velocidade B, Super Chev A, Super Chev B, Minifórmula A, Minifórmula B, Superfórmula, Turismo 5000 A, Turismo 5000 B.

 

Classificação do Paranaense de Velocidade na Terra após sete etapas

Categoria Marcas A

1º) Gedson Gonçalves, com 176 pontos

2º) Nilton da Silva Filho, 143

3º) Leonardo Kovalski, 128

4º) Amauri Lisboa Júnior, 118

5º) Stive Augusto Tokarski, 91

6º) Gefferson Luis de Lima, 89

7º) Alexandre Nogueira Pederneiras, 54

8º) Hemerson Pampuch, 29

9º) Helinson Pampuch, 11

10º) Bernard Favero Chyla, 9

11º) Jorge Augusto M. P. Silva, com 3 pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Jean Carlo Gans, com 186 pontos

2º) Wilson Kavilhuka, 151

3º) Cláudio Tucholski, 53

4º) Arlei Tucholski, 51

5º) Gilmar Dela Coleta, 44

6º) Emerson Szwed, 34

7º) Aleksander Versalli Pereira, 30

8º) Leandro Perola, 27

9º) João Ademir Stabach, 26

10º) Andrew Kruger, 20

11º)  Joelso João Gans, 19

12º) Edson Figueiredo, com 10 pontos

 

Categoria Turismo 1.600 – Injetado

1º) Ricardo Felipe P. Pamplona, com 183 pontos

2º) Aleksander Versalli Pereira, 169

3º) Jorgemar Elizeu Lorentz, 160

4º) Denizário R. dos Santos, 138

5º) Carlos Eduardo Kavilhuka, 126

6º) Artur Bailo Neto, 106

7º) Norival Kavilhuka, 88

8º) Emerson Szwed, 57

9º) Humberto Kos Erbano, 53

10º) Henrique Ferreira Marques, 51

11º) José Renato Rocha Moraes, 32

12º) Evandro Szwed, 30

13º) Wilson Kavilhuka, 24

14º) Franccesco Espósito, 13

15º) Alex Sandro B. Potrich, 3

15º) Edson Liandro dos Reis, com 3 pontos

 

Categoria Turismo 1.600 – Carburado

1º) Pietro Weghecher, com 219 pontos

2º) Marcelo Zen Venâncio/2º) Marcos Daniel Tokarski, 180

3º) Andrew J. P. Leonardi, 111

4º) Marcos Aurélio Rodrigues de Melo, 98

5º) Edson Figueiredo, 89

6º) Johnis Toniolo, 67

7º) Edson Arantes Ozório, 56

8º) Carlos Alberto Ramos da Silva, 42

9º) Jorge Luiz Dill Malheiros, 32

10º) Alberto Bandeira Neto, 28

11º) Diego Lino, 27

12º) Iwan Mykytczuk Junior, 15

13º) Amaury Silveira de Siqueira, com 6 pontos

 

Categoria Fusca Velocidade – A

1º) Júlio César França Bueno, com 207 pontos

2º) Luís Fernando Tatsch, 180

3º) Marcelo Cordeiro, 147

4º) Juliano Ferreira dos Anjos, 99

5º) Luciano Laroca Rosa, 75

6º) Vilfrido Assis França Júnior, 35

7º) Eduardo Pietrovski, com 3 pontos

 

Categoria Fusca Velocidade – B

1º) Carlos Alberto Bracovcsz, com 199 pontos

2º) Fabiano Ferreira dos Anjos, 176

3º) Ailson das G. Penteado Júnior, 137

4º) Adriano Correa da Silva, 130

5º) José Carlos R. Seabra Santos, 115

6º) João Manoel Teixeira Godoy, 82

7º) Peterson Calixto de Andrade, 68

8º) Carlos Renato V. Juglair Júnior, 64

9º) Marcelo Rodrigo Tatsch, 61

10º) Ricardo Alexandre C. dos Santos, 48

11º) Jefferson Leopoldo de Pontes, 28

12º) Nickolas Cavalli Lima, 25

13º) Vitor de Arruda Moura Pietrowski, 3

Eduardo Pietrovski, com 3 pontos

 

Categoria Super Chev – A

1º) Fabio Mansani Stelle, com 145 pontos

2º) Hamilton Morsch, 143

3º) Francisco Marlos Bobato, 91

4º) Arthur Coletti Filho, 77

5º) Brayan Johnny Zonta Gabardo, 54

6º) Robson William Weber, 52

7º) Flávio de Alvejaneda Mendes, 43

8º) Brendon Julyan Zonta Gabardo, 29

9º) Marcos Sommer, 24

10º) Vanderlei dos Santos, 20

10º) Rafael F. Wielevski, 20

11º) Paulo Sergio Balabuch, com 10 pontos

 

Categoria Super Chev – B

1º) Carlos Eduardo Schilipack, com 173 pontos

2º) Vinicius Kavilhuka Metzger, 151

3º) Willian dos Passos, 109

4º) Cleverson David Petrich, 71

5º) José Celso Ribas, 64

6º) Pedro Everaldo dos Santos, 62

7º) Jaisson Ricardo Orso, 53

8º) Edson Pilatti, 40

9º) João Joelcio Pampu, 23

10º) Eduardo Luiz Comandulli, 20

11º) Dario Antonio Ribeiro, 19

12º) Silvana Dall Agnol da Silva, 14

13º) Lucas Machado, 11

Maikon J. da Silva Abilski, 11

15º) Roberto Sadao Minatoya, com 3 pontos

 

Categoria Mini Fórmula – A

1º) Leandro Francisco Nogueira, com 152 pontos

2º) Amaro Lenfers, 146

3º) Djonatan Eduardo Leitzke, 112

4º) Alef Cristi Andreatta, 96

5º) Edson Luiz Pedro, 66

6º) Carlos Alberto Lemes,

7º) Gabriel Januário dos Anjos, 34

8º) Adriano Correa da Silva,

Nei José Nogueira 32

10º) Henrique Correa da Silva, 32

11º) Celso Rodrigues França, 20

12º) Sidemar Boskoski, com 17 pontos

 

Categoria Mini Fórmula – B

1º) Maiko Reis de Gregório, com 178 pontos

2º) Marcel Moreira Machado, 139

3º) Adriano Correia de Oliveira, 108

4º) Geraldo de Lara Campos, 92

5º) Sidemar Bonkoski, 77

6º) Luiz Henrique Camargo, 71

7º) Marlon Américo da Silva, 42

8º) Adriano Correa da Silva, 31

Fabiano Bonkoski, 31

10º) Carlos Emir Sestrem, 28

11º) Alessandro Zachia, 23

12º) Luís Henrique Balansin Padilha, 19

Vagner Chiquito Delgado, 19

Juliano Ferreira dos Anjos, 19

15º) Celso Rodrigues França, com 3 pontos

 

Categoria Superfórmula

1º) Gian Roberto Pasquali, com 95 pontos

2º) Rogério Polati Schuhli/Rafael Bregenski Schuhli, 75

3º) Alisson Marçal da Silva, 74

4º) Genivaldo Cavalcante Senna, 68

5º) Celso Silveira Mello Filho, 55

6º) Wellington Camara Antunes, 50

7º) Adroaldo José Weisheimer, 47

8º) Valter Valentin Ferreira, 40

9º) Luiz Santos Camargo, 39

10º) Arthur Coletti, 29

11º) Walter Hugo F. de Souza, 21

12º) André A. Paiva Golubkowicz, 20

13º) José Junqueira de Carvalho, 15

14º) Guilherme Mussi, 14

15º) Ricardo Fragnani, com 7 pontos

 

Categoria Turismo 5000 – A

1º) Fabiano dos Santos, com 16 pontos

 

Categoria Turismo 5000 – B

1º) João Rodrigo Chemin, com 16 pontos

2º) Fabio Baldan, 13

3º) Dan Davi Rodrigues Oliveira, com 8

4º) Rafael Padilha, 3

Marcio Aurélio Chimentão, com 3 pontos

………………………………………………………………………………………………………….

A categoria Fusca Velocidade chama a atenção do público pela competitividade

A categoria Fusca Velocidade chama a atenção do público pela competitividade

Crédito da foto: Vitor Lara/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

PONTA GROSSA (PR) – Novembro é o mês de decisão na Velocidade na Terra do Paraná. A 7ª e penúltima etapa do Campeonato Paranaense será disputada neste sábado e domingo, no Autódromo André de Geus, em Ponta Grossa, com promoção e organização do Automóvel clube de Ponta Grossa, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), A última etapa está marcada para os dias 19 e 20 deste mês, em São José dos Pinhais.

A etapa de Ponta Grossa promete ser empolgante com disputas acirradas pela liderança em todas as categorias. Estarão defendendo a liderança Gedson Gonçalves, na categoria Marcas A; Jean Carlo Gans, na Marcas B; Ricardo Felipe P. Pamplona, na Turismo 1.600 – Injetado; Pietro Weghecher, na Turismo 1.600 – Carburado; Júlio César França Bueno, na Fusca Velocidade A; Carlos Alberto Bracovcsz, na Fusca Velocidade B; Fábio Mansani Stelle, na Super Chev A; Carlos Eduardo Schilipack, na Super Chev B; Leandro Francisco Nogueira, na Mini Fórmula A; Maiko Reis de Gregório, na Mini Fórmula B; Gian Roberto Pasquali, na Superfórmula; Fabiano dos Santos, na Turismo 5000 A; e João Rodrigo Chemin, na categoria Turismo 5000 B.

 

Classificação do Paranaense de Velocidade na Terra após seis etapas

Categoria Marcas A

1º) Gedson Gonçalves, com 144 pontos

2º) Leonardo Kovalski, 128

3º) Nilton da Silva Filho, 111

4º) Gefferson Luis de Lima, 89

5º) Amauri Lisboa Júnior, 80

6º) Stive Augusto Tokarski, 53

7º) Alexandre Nogueira Pederneiras, 37

8º) Hemerson Pampuch, 29

9º) Helinson Pampuch, 11

10º) Bernard Favero Chyla, 9

11º) Jorge Augusto M. P. Silva, com 3 pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Jean Carlo Gans, com 154 pontos

2º) Wilson Kavilhuka, 116

3º) Cláudio Tucholski, 53

4º) Gilmar Dela Coleta, 41

5º) Emerson Szwed, 34

6º) Leandro Perola, 27

7º) João Ademir Stabach, 26

8º) Andrew Kruger, 20

9º) Joelso João Gans, 19

10º) Arlei Tucholski, 16

11º) Edson Figueiredo, com 10 pontos

 

Categoria Turismo 1.600 – Injetado

1º) Ricardo Felipe P. Pamplona, com 147 pontos

2º) Aleksander Versalli Pereira, 143

3º) Jorgemar Elizeu Lorentz, 133

4º) Denizário R. dos Santos, 122

5º) Carlos Eduardo Kavilhuka, 95

6º) Norival Kavilhuka, 74

7º) Artur Bailo Neto, 70

8º) Emerson Szwed, 57

9º) Humberto Kos Erbano, 53

10º) Henrique Ferreira Marques, 51

11º) José Renato Rocha Moraes, 32

12º) Evandro Szwed, 30

13º) Wilson Kavilhuka, 24

14º) Franccesco Espósito, 13

15º) Alex Sandro B. Potrich, 3

15º) Edson Liandro dos Reis, com 3 pontos

 

Categoria Turismo 1.600 – Carburado

1º) Pietro Weghecher, com 182 pontos

2º) Marcelo Zen Venâncio/2º) Marcos Daniel Tokarski, 145

3º) Andrew J. P. Leonardi, 111

4º) Edson Figueiredo, 89

5º) Marcos Aurélio Rodrigues de Melo, 69

6º) Carlos Alberto Ramos da Silva, 42

7º) Edson Arantes Ozório, 39

8º) Johnis Toniolo, 38

9º) Jorge Luiz Dill Malheiros, 32

10º) Alberto Bandeira Neto, 28

11º) Diego Lino, 27

12º) Iwan Mykytczuk Junior, 15

13º) Amaury Silveira de Siqueira, com 6 pontos

 

Categoria Fusca Velocidade – A

1º) Júlio César França Bueno, com 174 pontos

2º) Luís Fernando Tatsch, 142

3º) Marcelo Cordeiro, 115

4º) Juliano Ferreira dos Anjos, 99

5º) Luciano Laroca Rosa, 75

6º) Vilfrido Assis França Júnior, 35

7º) Eduardo Pietrovski, com 3 pontos

 

Categoria Fusca Velocidade – B

1º) Carlos Alberto Bracovcsz, com 165 pontos

2º) Fabiano Ferreira dos Anjos, 142

3º) Adriano Correa da Silva, 112

4º) Ailson das G. Penteado Júnior, 105

5º) José Carlos R. Seabra Santos, 88

6º) João Manoel Teixeira Godoy, 82

7º) Carlos Renato V. Juglair Júnior, 64

8º) Peterson Calixto de Andrade, 54

9º) Ricardo Alexandre C. dos Santos, 48

10º) Marcelo Rodrigo Tatsch, 33

11º) Jefferson Leopoldo de Pontes, 28

12º) Nickolas Cavalli Lima, 25

13º) Vitor de Arruda Moura Pietrowski, 3

Eduardo Pietrovski, com 3 pontos

 

Categoria Super Chev – A

1º) Fabio Mansani Stelle, com 145 pontos

2º) Hamilton Morsch, 143

3º) Francisco Marlos Bobato, 91

4º) Arthur Coletti Filho, 77

5º) Brayan Johnny Zonta Gabardo, 54

6º) Robson William Weber, 52

7º) Flávio de Alvejaneda Mendes, 43

8º) Brendon Julyan Zonta Gabardo, 29

9º) Marcos Sommer, 24

10º) Vanderlei dos Santos, 20

10º) Rafael F. Wielevski, 20

11º) Paulo Sergio Balabuch, com 10 pontos

 

Categoria Super Chev – B

1º) Carlos Eduardo Schilipack, com 173 pontos

2º) Vinicius Kavilhuka Metzger, 151

3º) Willian dos Passos, 109

4º) Cleverson David Petrich, 71

5º) José Celso Ribas, 64

6º) Pedro Everaldo dos Santos, 62

7º) Jaisson Ricardo Orso, 53

8º) Edson Pilatti, 40

9º) João Joelcio Pampu, 23

10º) Eduardo Luiz Comandulli, 20

11º) Dario Antonio Ribeiro, 19

12º) Silvana Dall Agnol da Silva, 14

13º) Lucas Machado, 11

Maikon J. da Silva Abilski, 11

15º) Roberto Sadao Minatoya, com 3 pontos

 

Categoria Mini Fórmula – A

1º) Leandro Francisco Nogueira, com 120 pontos

2º) Amaro Lenfers, 107

3º) Djonatan Eduardo Leitzke, 97

4º) Alef Cristi Andreatta, 96

5º) Edson Luiz Pedro, 66

6º) Gabriel Januário dos Anjos, 34

7º) Henrique Correa da Silva, 27

8º) Carlos Alberto Lemes, 24

9º) Celso Rodrigues França, 20

10º) Sidemar Boskoski, 17

11º) Adriano Correa da Silva, com 16 pontos

 

Categoria Mini Fórmula – B

1º) Maiko Reis de Gregório, com 139 pontos

2º) Adriano Correia de Oliveira, 108

Marcel Moreira Machado, 108

4º) Luiz Henrique Camargo, 71

5º) Geraldo de Lara Campos, 61

6º) Sidemar Bonkoski, 46

7º) Marlon Américo da Silva, 42

8º) Adriano Correa da Silva, 31

9º) Carlos Emir Sestrem, 28

10º) Alessandro Zachia, 23

11º) Luís Henrique Balansin Padilha, 19

Vagner Chiquito Delgado, 19

Juliano Ferreira dos Anjos, 19

14º) Celso Rodrigues França, com 3 pontos

 

Categoria Superfórmula

1º) Gian Roberto Pasquali, com 95 pontos

2º) Rogério Polati Schuhli/Rafael Bregenski Schuhli, 75

3º) Alisson Marçal da Silva, 74

4º) Genivaldo Cavalcante Senna, 68

5º) Celso Silveira Mello Filho, 55

6º) Wellington Camara Antunes, 50

7º) Adroaldo José Weisheimer, 47

8º) Valter Valentin Ferreira, 40

9º) Luiz Santos Camargo, 39

10º) Arthur Coletti, 29

11º) Walter Hugo F. de Souza, 21

12º) André A. Paiva Golubkowicz, 20

13º) José Junqueira de Carvalho, 15

14º) Guilherme Mussi, 14

15º) Ricardo Fragnani, com 7 pontos

 

Categoria Turismo 5000 – A

1º) Fabiano dos Santos, com 16 pontos

 

Categoria Turismo 5000 – B

1º) João Rodrigo Chemin, com 16 pontos

2º) Fabio Baldan, 13

3º) Dan Davi Rodrigues Oliveira, com 8

4º) Rafael Padilha, 3

Marcio Aurélio Chimentão, com 3 pontos

………………………………………………………………………………………………………….

Fábio Stelle vai à pista ponta-grossense com o objetivo de trunfar mais uma vez na Super Chev A

Fábio Stelle vai à pista ponta-grossense com o objetivo de trunfar mais uma vez na Super Chev A

Gedson Gonçalves pilotará com a “faca nos dentes” para defender a liderança da categoria Marcas A

Gedson Gonçalves pilotará com a “faca nos dentes” para defender a liderança da categoria Marcas A

Gian Pasquali defenderá a liderança da categoria Superfórmula

Gian Pasquali defenderá a liderança da categoria Superfórmula

A dupla Marcelo Venâncio/Marcos Tokarski parte para o ataque em busca da liderança da categoria Turismo 1.600 – Carburado

A dupla Marcelo Venâncio/Marcos Tokarski parte para o ataque em busca da liderança da categoria Turismo 1.600 – Carburado

Juliano dos Anjos, da categoria Fusca Velocidade A, correrá em casa

Juliano dos Anjos, da categoria Fusca Velocidade A, correrá em casa

Júlio César França Bueno, líder da categoria Fusca Velocidade A, corre pensando no título

Júlio César França Bueno, líder da categoria Fusca Velocidade A, corre pensando no título

Créditos das fotos: Vitor Lara/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

março 2019
S T Q Q S S D
« fev    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!