Get Adobe Flash player

Velocidade na Terra

O Campeonato Paranaense de Arrancada na Terra deste ano será disputado em nove etapas (Foto: Divulgação)

O Campeonato Paranaense de Arrancada na Terra deste ano será disputado em nove etapas (Foto: Divulgação)

O Ponta Grossa Motorclube (PGM) realiza no próximo fim de semana (19 e 20/02), a primeira etapa do Campeonato Paranaense de Arrancada na Terra 2022. A etapa será disputada nas categorias Standard, Dianteira Turbo C, Street Tração Traseira, Turbo Traseira, Desafio 9.5, Dianteira Turbo B, Desafio 10.5, Dianteira Original, Estruturada, Desafio 8.9, Força Livre Dianteira, Força Livre Traseira, Dianteira Super, Desafio Força Livre, Traseira Super e Penélope. A organização será de Carlos Alberto Soares e sua equipe do PGM, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante o evento da etapa de abertura do Paranaense de Arrancada 2022, o Ponta Grossa Motoclube estará premiando os campeões e vice-campeões da Temporada 2021, de todas as categorias com troféus e certificados, homologados pela FPrA. “Será mais um fim de semana de muita velocidade em Ponta Grossa, com os pilotos do Paranaense de Arrancada na Terra acelerando fundo em busca de novos recordes e da vitória. A grande novidade será a premiação de R$ 5.000,00, para o primeiro piloto que andar na casa dos seis segundos. Vale a pena conferir”, declarou Carlos Alberto Soares, presidente do Ponta Grossa Motoclube. Os patrocinadores do evento são: Cia do Chopp, Euro Auto Peças – Nacionais e Importadas, Unity – Tim Empresas, Oxigênesis – Gases Atmosféricos e Sapatinho Embalagens.

A programação do evento para os dois dias de prova serão o mesmo: Abertura dos portões do Autódromo de Ponta Grossa às 8 horas. Os Treinos Livres serão realizados das 9 às 11 horas e em seguida as baterias classificatórias válidas e finais. As credenciais para acompanhantes nos boxes serão vendidas a R$ 50,00, para os dois dias. E o evento também estará aberto ao público, com o ingresso a R$ 30,00 por pessoa, para os dois dias. As normas sanitárias da Secretaria de Saúde da cidade estarão sendo cumpridas à risca, com o distanciamento entre as pessoas, sem aglomerações e obrigatório o uso das máscaras individuais, com número controlado de pessoas. Estará proibido o uso de Narguilé e som alto no autódromo.

Calendário

A Temporada 2022 do Paranaense de Arrancada na Terra será realizada em nove etapas, nas seguintes datas e locais: 19 e 20 de fevereiro, em Ponta Grossa; 12 e 13 de março, em São Mateus do Sul; 23 e 24 de abril, em Ponta Grossa; 4 e 5 de junho, em Ponta Grossa; 9 e 10 de julho, em São Mateus do Sul; 6 e 7 de agosto, em Ponta Grossa; 10 e 11 de setembro, em São Mateus do Sul; 19 e 20 de novembro, em Ponta Grossa; e 10 e 11 de dezembro, em São Mateus do Sul.

A categoria Old Fusca Velocidade promete fortes emoções na decisão do campeonato do ano passado (Foto: Victor Lara)

A categoria Old Fusca Velocidade promete fortes emoções na decisão do campeonato do ano passado (Foto: Victor Lara)

PONTA GROSSA (PR) – Ponta Grossa abre a temporada de Velocidade na Terra de 2022 nos dias 26 e 27 de março. A prova será válida também pela decisão do campeonato do ano passado, tendo a promoção de Carlos Alberto Soares, organização do Ponta Grossa Motor Clube e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

O Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra deste ano será disputado em sete etapas, todas no Autódromo de Ponta Grossa. As provas serão nos dias 26 e 27 de março. 14 e 15 de maio, 9 e 10 de julho, 10 e 11 de setembro, 8 e 9 de outubro, 5 e 6 de novembro e 3 e 4 de dezembro.

Para a etapa de abertura da temporada, estão programadas disputas nas categorias Marcas, Novatos-Injetados, Turismo Carburado, Turismo Clássicos, Old Chev A, Old Chev B, Old Fusca Velocidade A, Old Fusca Velocidade B, Kartcross Original e Kartcross Força Livre. As duas categorias de Kartcross disputam também a Copa Vila Velha.

 

Classificação do Paranaense de Velocidade na Terra de 2021

Categoria Marcas

1º) João Ademir Stabach, com 60 pontos

2º) Amauri Lisboa Júnior, 46

Leonardo Kovalski, 46

4º) Antonio Jorge A. Carvalho, 33

5º) Wilson Kavilhuka, com 15 pontos

 

Categoria Novatos-Injetados

1º) Eduardo Antunes de Paula, com 87 pontos

2º) Renan de G. M. Pietrowski, 38

2º) César Augusto de Paula, 38

3º) Marcelo Stall, 36

4º) Reni Humberto Paul, 30

5º) Gabriel Januário dos Anjos, 26

6º) Thiago Baum, 25

7º) Jéferson Deconto, 21

8º) Jocemar Chiquetti, 15

9º) Marciano de Paula, com 13 pontos

 

Categoria Turismo Carburado

1º) Sandro Stenzowski, com 81 pontos

2º) Douglas Guilherme Bleich, 44

3º) Jarbas Jose Schutt, com 33 pontos

 

Categoria Turismo Clássicos

1º) Artur Leonel de Pontes, com 45 pontos

2º) Carlos Eduardo Kavilhuka, 44

3º) Fábio Aramis Claudino, 43

4º) Alefer Rafael Maia da Costa, 30

Juliano Tozetto, 30

6º) Norival Kavilhuka, 23

7º) Alison das Graças Penteado Júnior, 23

8º) Douglas Torres, 22

9º) Maurício Cavali, 19

10º) Rafael M. da Costa, 16

11º) Wilson Kavilhuka, 15

José Henrique Kavilhuka, 15

13º) Mauricio Crazin, 12

Rafael Antunes de Paula, 12

15º) Marcelo R. Tatsch, 10

Gabriel B. Ferreira, 10

17º) Marcelo Stall, 7

18º) Vinicius Kavilhuka, 5

19º) Rogerson Pereyma da Silva, 4

20º) Rodolfo Richter, 3

21º) Júlio César França Bueno, com 3 pontos

 

Categoria Old Chev A

1º) Douglas Torres, com 68 pontos

2º) Fábio Aramis Claudino, 59

3º) Alefer Rafael Maia da Costa, 54

4º) Carlos Roberto R. Caillot, 52

5º) Maurício Cavali, 38

6º) Magno Di Domenico Bittencourt, 24

7º) Fábio Mansani Stelle, com 22 pontos

 

Categoria Old Chev B

1º) Paulo Ricardo Moleta, com 91 pontos

2º) Fagner Ismael Ienkot, 53

3º) Fabrício Ismair Ienkot, 52

4º) Marcos Eloir Moro, 34

5º) Rafael Wieliwski, 33

6º) Leonardo S. Valentin, 29

7º) Vinicius Kavilhuka Metzger, 25

8º) Cleudiney Vicente de Paula, 23

9º) Dorival do Valle/Daniel do Valle, 7

Gabriel Beuting Ferreira, 7

11º Tiago Jarczenka, 6

12º) Edimar Garcia de Almeida, 4

13º) Pedro Alexandre Schueda, 3

João Joelcio Pampu, com 3 pontos

 

Categoria Old Fusca Velocidade A

1º) Luís Fernando Tatsch, com 82 pontos

2º) Júlio César França Bueno, 71

3º) Emanuel Pauzer, 51

4º) Juliano Tozetto, 27

5º) Anderson Rodrigo de Souza, 21

6º) Carlos Eduardo Brocovesz, 18

7º) Nickolas Cavalli Lima, 11

8º) Rogerson Pereyma da Silva, 9

9º) Victor Mahle, com 3 pontos

 

Categoria Old Fusca Velocidade B

1º) Artur Leonel de Pontes, com 65 pontos

2º) Alexandre José Marzolla, 54

3º) Bruno R. Soares, 45

4º) Alison das Graças Penteado Júnior, 33

5º) Rodolfo Richter, 31

6º) Marlon Holetz, 13

7º) Maurício Cozini Messias, 11

8º) Bruno Hozelski, 0

Rafael Helgensberg, com 0 ponto

 

Categoria Kartcross Original

1º) Marcel Machado Moreira, com 86 pontos

2º) Douglas Luís Rodrigues, 72

3º) Luiz Henrique Camargo, 46

4º) Luiz Santos Camargo, 31

5º) Carlos Emir Sestrem, 28

6º) Jedson Abner Martins Arruda, 25

7º) Mayiko R. Gregório, 21

8º) Paulo Roberto de Souza Filho, 19

9º) Geraldo de Lara, 18

10º) Ricardo Rosalem, 17

11º) Kelvin Kouon de Souza, 13

12º) Marcos Francisco de Araujo, 7

13º) Maycon Piter Gaibos, 6

Euler Ruffato, com 6 pontos

 

Categoria Kartcross Força Livre

1º) Leandro Colonhese Delalibera, com 73 pontos

2º) Leandro Francisco Nogueira, 68

3º) Dair Neves Abati, 49

4º) Natan Jean de Souza, 44

5º) Rodrigo Fernando Meirelles, 35

6º) Marcos E. de Araújo, 27

7º) Diego Oliveira de Siqueira, com 3 pontos

Wagner Hirts e Lucas Marques conquistaram a vitória nas 100 Milhas de Kartcross, fazendo a festa em casa (Foto: Divulgação)

Wagner Hirts e Lucas Marques conquistaram a vitória nas 100 Milhas de Kartcross, fazendo a festa em casa (Foto: Divulgação)

APUCARANA (PR) – A 2ª edição das 100 Milhas de Kartcross de Apucarana superou todas as expectativas. A competição foi disputada no último sábado, fazendo parte das comemorações dos 78 anos do município. A promoção e organização foram da Apukart (Associação Apucaranense de Kartcross), com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), e apoio da Prefeitura de Apucarana, Transapucarana e Bravya Fertilizantes.

A prova levou 25 karts à pista do Autódromo de Velocidade na Terra de Apucarana, com pilotos representando os estados do Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. As disputas foram intensas, com várias alternâncias da liderança. No final, quem levou a melhor foi a dupla da casa formada por Wagner Hirts e Lucas Marques, de Apucarana. Em segundo se classificou o quarteto David Santin/Felipe Nadai/Rodrigo Silva/Thiago Nadai, de São Paulo.

Final do Paranaense

As emoções do kartcross prosseguem em Apucarana no dia 20 deste mês, quando a Apukart organizará a prova de encerramento do Campeonato Paranaense de 2021. A competição não pode ser realizada no fim do ano passado em função da pandemia do coronavírus.

 

Resultado da 2ª Prova 100 Milhas de Kartcross

1º) Wagner Hirts/Lucas Marques (Apucarana)

2º) David Santin/Felipe Nadai/Rodrigo Silva/Thiago Nadai (São Paulo-SP)

3º) Márcio Lima/Carlos Henrique (Apucarana)

4º) Cesinha Bonilha/Marcelo di Tripa (Toledo)

5º) Jonas Radetzki/Leandro (Maripá)

6º) Thiago Ferrari/Ébano/Eduardo Ferrari (Toledo)

7º) José Otávio/Felipe Manduca (Itatinga-SP)

8º) João Lucas/Fabrício Mattar (Itatinga-SP)

9º) Gustavo Pisani/Márcio Grando/Roberto Vargas (Primavera do Leste-MT)

10º) Bruno Manarin/Gabriel Pohl/Jaime Pohl (Toledo)

11º) Leandro Delalibera/Fernando Welter (Jandaia do Sul)

12º) Euler Rufatto/Alysson Vieira/Camilo Lalin (Apucarana)

13º) Michel Grings/Maycon Kimi (Toledo)

14º)Edemilson/Edemilson Filho/Erick (São Paulo-SP)

15º) Edaurdo Basílio/Rafael Bertasso (Apucarana)

16º) Carlos Antônio/James (Novo Itacolomi)

17º) Marcos Seguros/Edaurdo seguros (Jandaia do Sul)

18º) Elias Soares/Allison Abreu (Apucarana)

19º) Thiago Machel/Alexandre (Maripá)

20º) Paulo Santos/Ademar Kuhs (Toledo)

21º) Vado/Kayque (Novo Itacolomi)

22º) Jefferson Paiva/Gabriel Araújo (Novo Itacolomi)

23º) Ângelo Oliveira/Jairo Maciel/Moisés Ostemann (Taquara-RS)

24º) Sidnei Koiti/Fred Augusto (Arapongas)

25º) Jaime Júnior/Fernando Maciel/Renan Buc (Taquara-RS)

Bom número de karts na pista e belas disputas, kartcross de Apucarana tem um bom início de temporada (Foto: Divulgação)

Bom número de karts na pista e belas disputas, kartcross de Apucarana tem um bom início de temporada (Foto: Divulgação)

A Arrancada na Terra já tem pódio 100% feminino no Paraná (Foto: Victor Lara)

A Arrancada na Terra já tem pódio 100% feminino no Paraná (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – No balanço de 2021, uma boa notícia. Cresceu a participação feminina no automobilismo do Paraná. Ao longo do ano 37 mulheres paranaenses estiveram nas pistas, sendo a mais conhecida Débora Rodrigues, que disputa a Copa Truck. Foram 17 na arrancada, cinco no kart, sete no Track Day e três na Velocidade (competições de Velocidade no Asfalto).

E a onda positiva não pára por aí. A expectativa é de que este número dobre neste ano. A Escolinha do Kart Clube de Cascavel formou 15 mulheres no fim de 2021 e eles disputaram a categoria Baton no encerramento do Campeonato Metropolitano. Mais cinco estão na fase final do curso e se formarão até abril. Elas passarão e ter uma categoria exclusiva no Metropolitano deste ano. Além disso, é crescente o interesse das mulheres pelas competições de arrancada e participação em Track Days.

Rubens Gatti, presidente da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), explica que a presença feminina nas competições do Estado e paranaenses em provas nacionais deve aumentar muito nesta e nas próximas temporadas. “Estamos incentivando as mulheres e ingressarem no automobilismo e os clubes têm sido fundamentais neste trabalho. O Kart Clube de Cascavel conseguiu excelentes resultados e queremos levar esta experiência a outras regiões do Estado”, acentua Rubens Gatti.

 

Mulheres que atuaram no automobilismo paranaense em 2021

Arrancada

Adriana Riba Nogueira Pinto

Ana Paula Bihl Oliveira

Camila Cristiane Carvalho Savelli

Carine Correia

Caroline Gritten

Elieze Aparecida de Souza Favaro

Elisangela Aparecida Marques Carneiro

Emily Laiza Storki Bodziak

Fabíola Aparecida Dal Bo dos Santos

Isolete Paim Dutra

Juliana Ribeiro Cordeiro Gavasso

Laura Dalaqua de Paula

Maria Eduarda Santos Witrowski

Pietra Janovich

Sintia Talita Biscaia

Solange Aparecida Soares Pimpão

 

A Escolinha do Kart Clube de Cascavel já formou 15 mulheres e outras cinco concluirão o curso até abril (Foto: Divulgação)

A Escolinha do Kart Clube de Cascavel já formou 15 mulheres e outras cinco concluirão o curso até abril (Foto: Divulgação)

Kart

Aline Fátima Morelatto

Amanda Joseph Lecheta

Ana Beatriz Morelatto Zanella

Délia Maria Pires

Thalione Mariana Zanella Chicoski

 

Rali

Adriana Michelli

Anna Vitória Dacoregio Miketer Borazo

Fabiana Gonçalves Marques

Gabriela Lis Weirich

Luciani de Lourdes Tesseroli Maronezi

 

Track Day

Adriana Riba Nogueira Pinto

Aletha Caroline de Oliveira Tasca Lins

Andréia Candido de Lara

Géssica Elias Gonçalves

Melissa Rogalski Machado

Rhuana Nascimento

Gisele Marques de Oliveira

 

Velocidade

Débora Cristina de Moura Rodrigues

Kattylyn Marry Magno

Thaline Mariana Zanella Chicoski

A categoria Old Fusca Velocidade teve belas disputas na segunda etapa da temporada (Foto: Divulgação)

A categoria Old Fusca Velocidade teve belas disputas na segunda etapa da temporada (Foto: Divulgação)

A segunda etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra 2021, foi marcada por belas disputas, sábado e domingo, no Autódromo de Ponta Grossa. O evento foi disputado nas categorias Fusca Velocidade A e B, Old Chev A e B, Kart Cross Força Livre e PRO, Marcas, Novatos Injetado, Turismo Carburado e Turismo Clássico Paranaense (TCP), com promoção de Carlos Alberto Soares, organização do Ponta Grossa Motor Clube (PGMC) e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

O evento do Paranaense de Terra teve patrocínio de Euro Auto Peças, Unity – Tim Empresas, Rede Pelikano de Postos, ARM – Manutenção Industrial e Predial, Stall Supermercados, Mandimed, PG Motor Chopp, Oxigênesis – Gases Atmosféricos, Retibam – Retífica de Motores, Jateamento Paraná – Pintura Eletroestática a Pó e Leo Car Auto Center.

As emoções da primeira etapa do Paranaense de Terra começaram no sábado (04), com os Treinos Livres, Classificatório e as primeiras corridas. Confira os três primeiros dos grids de largada: OLD FUSCA VELOCIDADE A – 1º) Luiz Tatsch, 1m09s176; 2º) Julinho Bueno, 1m09s781; e 3º) Emanuel Pauzer, 1m11s149. OLD FUSCA VELOCIDADE B – 1º) Artur Pontes, 1m11s502; 2º) Ailson Júnior, 1m15s068; e 3º) Rodolfo Richter, 1m16s991. OLD CHEV A – 1º) Fábio Claudino, 1m11s070; 2º) Alefer Costa, 1m11s206; e 3º) Roberto Caillot, 1m11s549. OLD CHEV B – 1º) Paulo Ricardo Moleta, 1m13s379; 2º) Fabrício Ienkot, 1m13s655; e 3º) Fagner Ienkot, 1m14s858. KART CROSS FORÇA LIVRE – 1º) Leandro Delalibera, 1m12s992; 2º) Leandro Nogueira, 1m13s210; e 3º) Dair Nabati, 1m20s276. KARTCROSS PRO – 1º) Marcel Moreira, 1m14s241; 2º) Luiz Camargo, 1m15s092; e 3º) Douglas Rodrigues, 1m15s213. MARCAS – 1º) Leo Kowalski, 1m07s276; 2º) Antonio Carvalho, 1m08s057; e 3º) João Stabach, 1m08s132. NOVATOS “I” – 1º) Eduardo de Paula, 1m08s930; 2º) Gabriel dos Anjos, 1m11s190; e 3º) Rene Paul, 1min11s968. NOVATOS “C” – 1º) Sandro Stenzawski, 1m10s243; 2º) Douglas Bleich, 1m13s107. TURISMO CLÁSSICO – 1º) Rogerson da Silva, 1m10s534; 2º) Alefer da Costa, 1m10s775; e 3º) Fábio Claudino, 1m10s964.

Old Fusca Velocidade

Na categoria Old Fusca Velocidade A, que nessa etapa teve 13 participantes, a vitória na primeira prova foi de Luís Fernando Tatsch, completando as 14 voltas de prova no tempo de 16m36s595, seguido de Julinho Bueno, a 14s791, e, Juliano Tozetto, a 31s721. A segunda prova foi vencida por Julinho Bueno, com 15 voltas em 17m10s949, tendo Luis Tatsch em segundo, a 11s369; e, Juliano Tozetto em terceiro, a 54s800. Na Old Fusca Velocidade B, Artur Pontes venceu a primeira prova, com 14 voltas em 17m39s142, com Ailson Júnior em segundo a uma volta, e Alexandre Marzello em terceiro a uma volta. Artur Pontes venceu também a segunda prova, completando 15 voltas em 18m16s238, seguido de Ailson Júnior; a uma volta, e Alexandre Marzola, a uma volta.

Old Chev

Douglas Torres venceu a primeira prova da Old Chev A, completando as 14 voltas em 17m08s970, tendo Alefer da Costa em segundo, a 0s568, e, Roberto Caillot em terceiro, a 2s550. Na segunda prova vitória de Roberto Caillot, completando as 14 voltas em 16m30s072, seguido de Douglas Torres, a 28s250, e Alefer da Costa, a 47s701. Na Old Chev B, Paulo Ricardo Moleta venceu primeira prova, com 13 voltas em 16m20s477, com Fagner Ienkot em segundo, a 2s096, e Fabrício Ienkot em terceiro, a 40s387. Na segunda prova, nova vitória de Paulo Ricardo Moleto, concluindo 13 voltas no tempo de 17m20s749, seguido de Fagner Ienkot, a 12s858, e, Fabrício Ienkot, a 21s481.

Kartcross

Mais uma vez tendo o maior grid da etapa, com 17 participantes, a primeira prova da Kartcross Força Livre foi vencida por Leandro Nogueira, que fez 14 voltas em 16m59s203, tendo Leandro Delalibera em segundo, a 6s952, e, Marcos de Araújo em terceiro, a 10s358. Na segunda prova, nova vitória foi de Leandro Nogueira, completando 14 voltas em 17min06s949, seguido de Leandro Delalibera, a 10s119, e, Marcos de Araújo, a 17s890. Na Kartcross PRO, Marcel Moreira venceu a primeira corrida, fazendo 14 voltas em 17m08s487, com Douglas Rodrigues em segundo, a 18s709, e, Jedson Anudo em terceiro, a 27s186. A vitória na segunda prova também foi de Marcel Moreira, com 14 voltas em 17m25s273, seguido de Douglas Rodrigues, a 7s791, e, Luiz H. Camargo, a 16s570.

Marcas

Na segunda etapa a categoria Marcas foi dominada pelo piloto Leonardo Kowalski (Leo), que marcou a pole position e venceu as duas corridas. Na primeira prova, Leo Kowalski venceu, completando as 10 voltas da corrida no tempo de 11m17s741, seguido de Antonio Carvalho, a 12s744; e, João Stabach, a 7 voltas. Na segunda corrida, nova vitória de Leo Kowalski, que completou as 14 voltas da prova no tempo de 16m31s778, com Antonio Carvalho em segundo, a 13s237, e, João Stabach em terceiro, a 16s504.

Novatos

A primeira corrida da categoria Novatos Injetado foi vencida por Eduardo de Paula, que completou as 13 voltas no tempo de 16m10s832, com Gabriel dos Anjos em segundo, a 2s834, e, Reni Paul em terceiro, a 23s152. Na segunda prova, mais uma bela vitória de Eduardo de Paula, que depois de 14 voltas, recebeu a bandeira quadriculada em primeiro, com tempo de 16m21s357, seguido de Reni Paul, a 22s252 e Thaigo Baum, a 35s752. Na categoria Novatos Carburados, Douglas Bleich venceu as duas corridas disputadas, com boa vantagem para o líder do campeonato Sandro Stenzowski, que ficou em segundo nas duas provas.

TCC

E na categoria Turismo Clássico, a primeira corrida foi vencida por Artur Pontes, que largou da quarta posição e completou as 12 voltas da prova no tempo de 14m06s532, tendo Alefer da Costa em segundo, a 6s683, Juliano Tozetto em terceiro, a 27s376, Ailson Júnior em quarto, a 28s555, e, Maurício Cavali em quinto lugar, a 30s729. Na segunda corrida, nova vitória de Artur Pontes, completando as 14 voltas de prova no tempo de 16m17s685, seguido de Juliano Tozetto, a 10s360, Alefer da Costa, a 15s944, Ailson Júnior, a 42s919, e, Maurício Cavali, a 46s022.

Classificação final

Somados os pontos das duas provas realizadas, a classificação final da segunda etapa do Paranaense de Velocidade na Terra 2021, por categoria é a seguinte:

MARCAS – 1º) Leonardo Kovalski, com 43 pontos; 2º) Antonio Carvalho, 30; e 3º) João Ademir Stabach, com 24 pontos.

NOVATOS INJETADOS – 1º) Eduardo de Paula, com 43 pontos; 2º) Reni Paul, 27; 3º) Gabriel dos Anjos, 23; 4º) Thiago Baum, 22; 5º) César de Paula, 12; e 6º) Marcelo Stall e Marciano de Paula, com 10 pontos.

TURISMO CARBURADO – 1º) Douglas Bleich, com 41 pontos; e 2º) Sandro Stenzowski, com 32 pontos.

TURISMO CLÁSSICO PARANAENSE – 1º) Artur Pontos, com 42 pontos; 2º) Alefer da Costa e Juliano Tozetto27; 3º) Ailson Júnior, 20; 4º) Maurício Cavali/Francesco Gasoline, 16; 5º) Rafael de Paula e Maurício Crazin, 9; e 6º) Fábio Claudino, com 6 pontos.

OLD CHEV “A” – 1º) Douglas Torres, com 35 pontos; 2º) Roberto Caillot, 33; 3º) Alefer Rafael da Costa, 27; 4º) Fábio Stelle e Maurício Cavali/Francesco Gasoline, 16; e 5º) Fábio Claudino, com 12 pontos.

ONLD CHEV “B” – 1º) Ricardo Moleta, com 42 pontos; 2º) Fagner Ienkot, 31; 3º) Fabrício Ienkot, 24; 4º) Marcos Eloir Moro, Leandro Valentin e Claudinei Vicente, com 16 pontos.

OLD FUSCA VELOCIDADE “A” – 1º) Luiz Fernando Tatsch, com 38 pontos; 2º) Julinho Bueno, 35; 3º) Juliano Tozetto, 24; 4º) Emanuel Pauzer e Anderson Souza, 18; 5º) Rogerson da Silva, 6; e 6º) Carlos Eduardo, com 0 ponto.

OLD FUSCA VELOCIDADE “B” – 1º) Artur Pontes, com 43 pontos; 2º) Ailson Júnior, 30; 3º) Alexandre Marzella, 24; 4º) Marlon Holetz, 10; 5º) Maurício Krazin, 8; e 6º) Rodolfo Richter, com 0 ponto.

 

KARTCROSS PRO – 1º) Marcel Machado Moreira, com 43 pontos; 2º) Douglas Luis Rodrigues, 30; 3º) Jedson Anudo, 22; 4º) Luiz Henrique Camargo, 20; 5º) Maiko Gregório, 18; e 6º) Luiz Santos Camargo, com 12 pontos.

KARTCROSS FORÇA LIVRE – 1º) Leandro Nogueira, com 41 pontos; 2º) Leandro Dalalibera, 32; 3º) Marcos de Araújo, 24; 4º) Dair Nabati e Natan de Souza, com 18 pontos ganhos.

A terceira e última etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra 2021 está marcada para os dias 15 e 16 de janeiro de 2022, no Ponta Grossa Motor Clube.

A categoria Turismo Clássico começou a temporada surpreendendo pelo equilíbrio (Foto: Divulgação)

A categoria Turismo Clássico começou a temporada surpreendendo pelo equilíbrio (Foto: Divulgação)

A 2ª etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra 2021 será realizada no próximo fim de semana (4 e 5/12), no Autódromo de Ponta Grossa. O evento será disputado nas categorias Fusca Velocidade A e B, Old Chev A e B, Kart Cross Força Livre e CBA, Marcas, Estreantes Injetado, Turismo Carburado, Turismo Clássico Paranaense (TCP) e Turismo 5000, com promoção de Carlos Alberto Soares, organização do Automóvel Clube de Ponta Grossa (ACPG) e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

A segunda etapa do Paranaense de Terra conta com o patrocínio de: Euro Auto Peças, Unity – Tim Empresas, Rede Pelikano de Postos, ARM – Manutenção Industrial e Predial, Stall Supermercados, Mandimed, PG Motor Chopp, Oxigênesis – Gases Atmosféricos, Retibam – Retífica de Motores, Jateamento Paraná – Pintura Eletroestática a Pó e Leo Car Auto Center.

Mais uma vez o evento contará com a participação do público, liberada para até 2.500 pessoas, mas seguindo todas as normas sanitárias estabelecidas pela prefeitura de Ponta Grossa, com máscaras, distanciamento e muito álcool gel. Para assistir ao evento no sábado e domingo, o ingresso estará disponível na portaria do autódromo, ao preço de R$ 30,00 por pessoa, válido para os dois dias. A grande novidade dessa etapa é a participação da categoria Turismo 5000, com oito carros e entre eles, Opalas, Omegas e Dodges. Vale a pena conferir esses “pegas” em altíssima velocidade no Autódromo de Ponta Grossa.

Programação

A categoria Old Chev A tem um dos melhores grids do campeonato (Foto: Divulgação)

A categoria Old Chev A tem um dos melhores grids do campeonato (Foto: Divulgação)

A programação da 2ª etapa do Paranaense de Terra 2021 começa no sábado (4), com treinos livres das 8h30 às 11 horas, com duração de 15 minutos cada. Em seguida, serão realizados os treinos classificatórios para as definições dos grids de largada. Às 11h15, treino classificatório das categorias Fusca Velocidade A e Light; às 11h30, Old Chev A; às 11h45, Old Chev B; às 12 horas, Kart Cross; às 12h15, Marcas; às 12h30, categoria Estreantes Injetado e Carburado; às 12h50, categoria TCC; e às 13h10 Turismo 5000.

As primeiras baterias de todas as categorias está prevista para à tarde de sábado. Às 14 horas, largada da Fusca Velocidade A e Light; ás 14h25, Old Chev A; às 14h50, Old Chev B; às 15h20, Marcas; às 15h50, categoria Estreante Injetado e Carburado; às 16h20 largada da categoria TCC; e às 17 horas larga a Turismo 5000.

No domingo (5), está previsto na programação mais um treino para todas as categorias, das 8h30 às 10 horas. Às 10h30, largada da 1ª bateria da categoria Kart Cross; às 11h20, 2ª bateria da Old Chev B; às 11h55, 2ª bateria da Old Chev B; às 12h20, 2ª bateria de Marcas; às 14 horas, 2ª bateria da Fusca Velocidade A e Light; às 14h30, 2ª bateria de Kart Cross; às 14h55, 2ª bateria de Estreantes Injetado e Carburado; às 15h30, largada da 2ª bateria da categoria TCC; e às 16 horas larga a 2.ª bateria da Turismo 5000.

A solenidade de premiação aos vencedores está prevista para às 16h40, com troféus do primeiro ao quinto colocado de todas as categorias.

Classificação

Com uma etapa realizada e duas provas disputadas, a classificação do Paranaense de Velocidade na Terra 2021, por categoria, é a seguinte:

MARCAS – 1º) Amauri Lisboa “Juca” Júnior, com 46 pontos; 2º) João Ademir Stabach, 33; 3º) Wilson Kavilhuka, com 14 pontos.

NOVATOS INJETADOS – 1º) Eduardo de Paula, com 41 pontos; 2º) Renan Pietrowski, 38; 3º) Marcelo Stall e César Augusto de Paula, 23; 4º) Jocemar Chiquetti, 15; e 5º) Jeferson Deconto, com 9 pontos.

TURISMO CARBURADO – 1º) Sandro Stenzowski, com 46 pontos; e 2º) Jarbas José Schult, com 33 pontos.

TURISMO CLÁSSICO – 1º) Carlos Eduardo Kavilhuka, com 44 pontos; 2º) Fábio Claudino, 44; 3º) Norival Kavilhuka, 23; 4º) Douglas Torres, 19; 5º) Rafael da Costa, 16; e 6º) Wilson Kavilhuka e José Henrique Kavilhuka, com 15 pontos.

OLD CHEV “A” – 1º) Fábio Aramis Claudino, com 44 pontos; 2º) Douglas Torres, 30; 3º) Magno Di Domenico Bittencourt e Alefer Rafael da Costa, 24; 4º) Maurício Cavali, 19; 5º) Roberto Cailot, 16; e 6º) Fábio Mansani Stelli, com 3 pontos.

ONLD CHEV “B” – 1º) Paulo Ricardo Moleto, com 39 pontos; 2º) Rafael Wielivski, 38; 3º) Vinícius Kavilhuka e Fabrício Lenkot, 25; 4º) Fagner Lenkot, 19; 5º) Marcos Eloir Moro, 15; e 6º) Leandro Valentin, com 10 pontos.

OLD FUSCA VELOCIDADE “A” – 1º) Luiz Fernando Tatsch, com 41 pontos; 2º) Júlio Cesar França Bueno, 33; 3º) Emanuel Pauser, 30; 4º) Carlos Eduardo Brocovesz, 15; 5º) Nickolas Cavali Lima, 11; 6º) Victor Mahle, com 3 pontos.

OLD FUSCA VELOCIDADE “B” – 1º) Bruno Soares, com 45 pontos; 2º) Rodolfo Richter, 28; 3º) Alexandre Marzello, 27; 4º) Artur de Pontes, 19; e 5º) Bruno Roselski e Rafael Hilgenberg, com 0 ponto.

KART CROSS ORIGINAL CBA – 1º) Marcel Machado Moreira, com 40 pontos; 2º) Douglas Luis Rodrigues, 39; 3º) Carlos Emir Sestrem, 25; 4º) Luiz Henrique Camargo, 23; 5º) Ricardo Rosalem, 17; e 6º) Luiz Santos Camargo, com 16 pontos.

KART CROSS FORÇA LIVRE – 1º) Leandro Dalalibera, com 38 pontos; 2º) Rodrigo Meirelles, 35; 3º) Dair Neves Abati, 28; 4º) Leandro Nogueira, 24; 5º) Natan de Souza, 23; e 6º) Diego Oliveira de Siqueira, com 3 pontos ganhos.

A categoria Kartcross foi a de maior grid na abertura da temporada e proporcionou um belo espetáculo (Foto: Roger Santana/Divulgação)

A categoria Kartcross foi a de maior grid na abertura da temporada e proporcionou um belo espetáculo (Foto: Roger Santana/Divulgação)

O Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra começa com 70 carros. A etapa de abertura da temporada de 2021 foi disputada sábado e domingo em Ponta Grossa, com organização de Carlos Alberto Soares, o Carlinhos do Ponta Grossa Motor Clube, e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

As emoções da primeira começaram no sábado (13), com os treinos livres, classificatório e as primeiras corridas. Confira os três primeiros dos grids de largada: OLD FUSCA VELOCIDADE A – 1º) Luiz Tatsch, 1m07s737; 2º) Emanuel Pauzer, 1m09s206; 3º) Carlos Eduardo, 1m09s370. OLD FUSCA VELOCIDADE B – 1º) Artur Pontes, 1m10s317; 3º) Alexandre Marzello, 1m14s966. OLD CHEV A – 1º) Fábio Claudino, 1m10s276; 2º) Fábio Grelle, 1m10s385; 3º) Roberto Caillot, 1m11s587. OLD CHEV B – 1º) Paulo Moleto, 1m12s917; 2º) Rafael Wieliwski, 1m13s446; 3º) Vinícius Kavilhuka, 1m13s700. KART CROSS FORÇA LIVRE – 1º) Rodrigo Fernando, 1m12s757; 2º) Leandro Delalibera, 1m13s358; 3º) Leandro Nogueira, 1m13s943. KART CROSS PRO – 1º) Douglas Moreira, 1m13s535; 2º) Marcel Moreira, 1m13s812; 3º) Carlos Sestrem, 1m15s008. MARCAS – 1º) Juca Lisboa, 1m06s545; 2º) João Stabach, 1m07s806; 3º) Wilson Kavilhuka, 1m10s649. NOVATOS “I” – 1º) Eduardo de Paula, 1m08s278; 2º) Renan Pietrowski, 1m08s789; 3º) Marcelo Stal, 1m12s538. NOVATOS “C” – 1º) Sandro Stenzawski, 1m09s251; 2º) Jarbas José, 1m11s230. TURISMO CLÁSSICO – 1º) Fábio Claudino, 1m09s845; 2º) Carlos Kavilhuka, 1m10s747; 3º) Norival Kavilhuka, 1m12s049.

Old Fusca Velocidade

Os Fuscas são sempre atração nas pistas do Paraná (Foto: Roger Santana/Divulgação)

Os Fuscas são sempre atração nas pistas do Paraná (Foto: Roger Santana/Divulgação)

Na categoria Old Fusca Velocidade A, que contou com 10 carros, a vitória na primeira prova foi de Luís Fernando Tatsch, completando as 13 voltas de prova no tempo de 17m13s643, seguido de Emanuel Pauzer, a 4s022; Carlos Eduardo, a 10s147; e Julinho Bueno, a 27s373. A segunda prova foi vencida por Julinho Bueno, com 10 voltas em 12m29s232, tendo Luis Tatsch em segundo, a 0s266; e, Emanuel Pauzer em terceiro, a 1m06s108. Na Old Fusca Velocidade B, Bruno Soares venceu a primeira prova, com 17m32s230, com Artur Pontes em segundo, Alexandre Marzello em terceiro e Rodolfo Richter em quarto lugar. Bruno Soares venceu também a segunda prova, seguido de Rodolfo Richter e Alexandre Marzola. RESULTADO FINAL – OLD FUSCA “A” – 1º) Luis Tatsch, com 38 pontos; 2º) Julinho Bueno, 30; e 3º) Emanuel Pauzer, com 27 pontos. OLD FUSCA “B” – 1º) Bruno Soares, com 42 pontos; 2º) Rodolfo Richter, 25; e 3º) Alexandre Marzello, com 24 pontos.

Old Chev

Fábio Claudino venceu a primeira prova da Old Chev A, completando as 14 voltas em 17m03s844, tendo Magno Bittencout em segundo, a 10s824; e, Douglas Torres em terceiro, a 13s065. Nova vitória de Fábio Claudino na segunda prova, com 14 voltas em 17m04s659, seguido de Douglas Torres, a 20s405; e Roberto Caillot, a 26s827. Na Old Chev B, Paulo Ricardo Moleto venceu primeira prova, com tempo de 17m22s857, com Rafael Wieliwski em segundo, a 8s576; e Vinícius Kavilhuka em terceiro, a 16s034. Na segunda prova, nova vitória de Paulo Ricardo Moleto, com oito voltas no tempo de 10m02s459, seguido de Rafael Wieliwski, a 7s571; e, Fabrício Ienkot, a 12s428. RESULTADO FINAL: OLD CHEV A – 1º) Fábio Claudino, com 41 pontos; 2º) Douglas Torres, 27; e 3º) Magno Bittencourt, com 21 pontos. OLD CHEV B – 1º) Paulo Ricardo Moleto, com 43 pontos; 2º) Rafael Wieliwski, 30; e 3º) Vinícius Kavilhuka, com 22 pontos.

Kartcross

Com o maior grid da etapa, com 16 participantes, a primeira prova da Kartcross Força Livre foi vencida por Rodrigo Fernando, que fez 14 voltas em 17m03s893, tendo Leandro Delalibera em segundo, a 6s813; e, Leandro Nogueira em terceiro, a 22s122. Na segunda prova a vitória foi de Leandro Delalibera, completando 10 voltas em 12m18s683, seguido de Dair Nabati, a uma volta; e, Natan de Souza, a uma volta. Na Kartcross PRO, Douglas Rodrigues venceu a primeira corrida, fazendo 14 voltas em 17m28s601, com Marcel Moreira em segundo, a 6s903; e, Luiz Camargo em terceiro, a 35s968. A vitória na segunda prova foi de Marcel Moreira, com 10 voltas em 12m33s138, seguido de Douglas Rodrigues, a 6s914; e, Carlos Sestrem, a 21s036. RESULTADO FINAL: FORÇA LIVRE – 1º) Leandro Delalibera, com 35 pontos; 2º) Rodrigo Fernando, 32; e 3º) Dair Nabati, com 25 pontos. PRO – 1º) Marcel Moreira, com 37 pontos; 2º) Douglas Rodrigues, 36; e 3º) Carlos Sestrem, com 22 pontos.

Marcas

Nessa primeira etapa a categoria Marcas foi dominada pelo piloto Amauri Lisboa Júnior (Juca), que marcou a pole position e venceu as duas corridas. Na primeira prova, Juca Lisboa venceu, completando as 15 voltas no tempo de 16m39s993, seguido de João Stabach, a 18s642; e, Wilson Kavilhuka, a uma volta. Na segunda corrida, nova vitória de Juca Lisboa, que copletou as 10 voltas da prova no tempo de 13m05s230, com João Stabach em segundo, a 16s888. RESULTADO FINAL – 1º) Juca Lisboa, com 43 pontos; 2º) João Stabach, 30; e 3º) Wilson Kavilhuka, com 12 pontos.

Novatos

A categoria Novatos atraiu bom número de competidores (Foto: Roger Santana/Divulgação)

A categoria Novatos atraiu bom número de competidores (Foto: Roger Santana/Divulgação)

A primeira corrida da categoria Novatos Injetado foi vencida por Renan Pietrowski, que completou as 12 voltas no tempo de 16m45s521, com Eduardo de Paula em segundo, a 2s171; e, Jocemar Chiquetti em terceiro, a 30s141, com boa disputa entre Renan e Eduardo pela primeira posição. Na segunda prova, em mais uma bela disputa entre Eduardo e Renan, após 11 voltas, a vitória foi de Eduardo de Paula, com tempo de 12m53s844, seguido de Renan Pietrowski, a 0s246;e César de Paula, a duas voltas. Na categoria Novatos Carburados, Sandro Stenzawski venceu as duas corridas disputadas, com boa vantagem para Jarbas José, que ficou em segundo nas duas provas. RESULTADO FINAL: INJETADO – 1º) Eduardo de Paula, com 38 pontos; 2º) Renan Pietrowski, 35; e 3º) Marcelo Stal, com 20 pontos. CARBURADO – 1º) Sandro Stenzawski, com 43 pontos; 2º) Jarbas José, com 30 pontos.

TCC

Na categoria Turismo Clássico, a primeira corrida foi vencida por Carlos Kavilhuka, que completou as 14 voltas da prova no tempo de 17m07s730, tendo Fábio Claudino em segundo, a 14s644, Wilson Kavilhuka em terceiro, a 17s649; Norival Kavilhuka em quarto, a 36s818; e, Douglas Torres em quinto lugar, a 54s517. Na segunda corrida, nova vitória de Carlos Kavilhuka, completando as seis voltas de prova no tempo de 7m19s627; seguido de Fábio Claudino, a 0s305; Rafael da Costa, a 6s280; Norival Kavilhuka, a 12s202; e, Douglas Torres, a 16s272. RESULTADO FINAL – 1º) Carlos Kavilhuka, com 41 pontos; 2º) Fábio Claudino, 31; e 3º) Norival Kavilhuka, 20; 4º) Douglas Torres, 16; e 5º) Rafael da Costa, com 13 pontos.

A segunda etapa do Paranaense de Velocidade na Terra 2021 está marcada para os dias 4 e 5 de dezembro, no Autódromo de Ponta Grossa.

O Kartcross será uma das categorias em disputa no Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra que começa neste fim de semana (Foto: Victor Lara)

O Kartcross será uma das categorias em disputa no Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra que começa neste fim de semana (Foto: Victor Lara)

PONTA GROSSA (PR) – O ano está chegando ao fim, mas o automobilismo do Paraná está iniciando campeonato neste fim de semana. O Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra de 2021 da Velocidade na Terra terá início neste fim de semana, em Ponta Grossa.

A prova a ser disputada no Autódromo de Ponta Grossa terá promoção de Carlos Alberto Soares, organização do Ponta Grossa Motor Clube e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). Seguidos as normas sanitárias, o evento poderá receber um público de até 2.500 pessoas.

O Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra deste ano será disputado em três etapas, todas em Ponta Grossa. Além da abertura da temporada, a segunda etapa está marcada para os dias 4 e 5 de dezembro. Já a terceira e decisiva etapa ficará para a segunda quinzena de janeiro ou a primeira de fevereiro de 2022.

Programação

A programação começa neste sábado com treinos livres das 8h30 às 11 horas. Os treinos classificatórios para a definição do grid de largada serão no fim da manhã. Às 11h15, treino classificatório das categorias Fusca Velocidade e Light; às 11h30, Chevette A; às 11h454, Chevette B; às 12 horas, Kartcross; às 12h15, Marcas; às 12h30, categoria Estreantes Injetado e Carburado; e às 12h50, categoria TCC.

A rodada de primeira bateria de todas as categorias está prevista para à tarde de sábado. Às 14 horas, largada da Fusca Velocidade A e Light; ás 14h25, Chevette A; às 14h50, Chevette B; às 15h20, Marcas; às 15h50, categoria Estreante Injetado e Carburado; e às 16h20m largada da categoria TCC.

No domingo, a programação prevê treinos das 8h30 às 10 horas. Às 10h30, largada da 1ª bateria da categoria Kartcross; às 11h20, 2ª bateria da Chevette B; às 11h55, 2ª bateria da Chevette B; às 12h20, 2ª bateria de Marcas; às 14 horas, 2ª bateria da Fusca Velocidade A e Light; às 14h30, 2ª bateria de Kartcross; às 14h55, 2ª bateria de Estreantes Injetado e Carburado; e às 15h30, largada da 2ª bateria da categoria TCC.

A solenidade de premiação de todas as categorias está prevista para às 16 horas.

A categoria Old Chev terá mais uma temporada de equilíbrio (Foto: Victor Lara)

A categoria Old Chev terá mais uma temporada de equilíbrio (Foto: Victor Lara)

O Autódromo de Ponta Grossa recebe no próximo fim de semana (sábado e domingo), a 1ª etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra de 2021. A Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) oficializou o calendário com três etapas, tendo como promotor Carlos Alberto Soares e organização do Ponta Grossa Motor Clube. A etapa será disputada nas categorias em disputas serão Old Chev, Marcas, Turismo 5000, Old Fusca Velocidade, Turismo Clássico, Kartcross e Autocross, com a participação de mais de 90 carros e a possibilidade de receber público, com até 2.500 pessoas.

A etapa de abertura da temporada estava marcada para os dias 16 e 17 de outubro, mas por causa das chuvas nesta data foi adiada. Então a etapa de abertura está marcada para a semana que vem, e a segunda etapa está programada para os dias 4 e 5 de dezembro, devendo acontecer a terceira e decisiva etapa do campeonato somente em 2022.

Pelo que aconteceu na final da Temporada 2020 em Ponta Grossa, os organizadores esperam novo recorde de carros e pilotos participantes, mas quem já está contando os minutos é o público que costuma sem muito bom naquele autódromo. Quem já oficializou a presença foi a Galera da Curva, principal torcida organizada de Provas de Velocidade na Terra no Paraná, que segundo o Maninho, um dos coordenadores das participações nos eventos disse: “Vamos fazer a maior festa em Ponta Grossa, na torcida pelos pilotos parceiros, mas também porque nós gostamos muito das corridas em pista de terra, que sempre leva emoção para quem assiste”.

Os trabalhos para a etapa de abertura do Paranaense de Terra 2021 já estão a todo vapor, já com novidades em relação à corrida de encerramento do campeonato de 2020. “Mais uma vez não estamos medindo esforços para garantir que tudo corra dentro das determinações de segurança da FPrA. Aprendemos a cada evento realizado e queremos nos firmar entre os melhores da organização de Provas na Terra. Pilotos e equipes já estão se mobilizando para essa etapa há mais de uma semana. É uma das principais atrações automobilísticas de Ponta Grossa que certamente levará um bom público ao autódromo”, concluiu Carlos Alberto Soares, do Ponta Grossa Motor Clube.

A Old Fuscas velocidade é uma das sete categorias disputadas no Paranaense de Velocidade na Terra (Foto: Victor Lara)

A Old Fuscas velocidade é uma das sete categorias disputadas no Paranaense de Velocidade na Terra (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – A previsão de chuva para sábado e domingo fez com que fosse adiada a etapa de abertura do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra, que estava marcada para o Autódromo de Ponta Grossa. Agora, a primeira etapa será nos dias 13 e 14 de novembro. A segunda será nos dias 4 e 5 de dezembro e a terceira e última etapa será em janeiro, em data ainda  a ser definida

Carlos Alberto Soares, promotor do campeonato, explica que com as chuvas que já caíram na região de Ponta Grossa e com a previsão de mais chuva para o fim de semana, é impossível realizar a competição. Não há como preparar a pista.

O Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra deste ano será disputado em três etapas, todas realizadas no Autódromo de Ponta Grossa, com promoção de Carlos Alberto Soares, organização do Ponta Grossa Motor Clube e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).  As categorias em disputas serão Old Chev, Marcas, Turismo 5000, Old Fusca Velocidade, Turismo Clássico, Kartcross e Autocross.

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

junho 2022
S T Q Q S S D
« maio    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!