Get Adobe Flash player

Velocidade no Asfalto

As emoções dos 500 Km de Curitiba começam amanhã (sexta-feira) com a realização dos treinos livres e classificatórios. A prova será amanhã, com largada às 13 horas e festa do pódio prevista para às 17 horas. Também faz parte da programação a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo 1.600.

A expectativa é da participação de mais de 40 carros, de diferentes estrados do Brasil. A promoção e organização são de Daniel Procópio Motorsport,
Força Livre Motorsport e Associação de Pilotos de Endurance (APE), com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) e Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

 

Ingressos arquibancada custam R$ 10,00. Levando 1 kg de alimento ou uma peça de roupa de inverno você ganha o ingresso arquibancada. A arrecadação será destinada a Provopar. O ingresso camarote custa R$ 30,00, ambos estarão à venda na portaria do autódromo.

 

Programação dos 500 Km de Curitiba

Amanhã – Sexta-feira

08:30h às S 10:00h – 1º treino livre dos 500 Km de Curitiba

10:05h às 11:05h – 1º treino livre do Brasileiro de Turismo 1.600

11:10h às 12:10h – 2º treino livre dos 500 Km de Curitiba

12:10h às 13:00h – Intervalo

13:00h às 13:30h – 2º treino livre do Brasileiro de Turismo 1.600

13:35h às 14:35h – 3º treino livre dos 500 Km de Curitiba

14:40h às 15:10h – 3º treino livre do Brasileiro de Turismo 1.600

15:15h às 16:15h – Vistoria técnica do Brasileiro de Turismo 1.600

15:15h às 16:15h – 3º treino livre dos 500 Km de Curitiba

16:20h às 17:10h – Treino classificatório do Brasileiro de Turismo 1.600

 

Programação de sábado

08:30h às 09:00h – 4º treino livre dos 500 Km de Curitiba

Às 09:40h – 1ª prova do Brasileiro de Turismo 1.6500 – 30 minutos+ 1 volta

10:20h às 10:35h – Treino classificatório dos 500 Km Categorias GT1 / GT2 / TS / T

10:40h às 10:55h – Treino classificatório dos 500 Km – Categorias P2 / P3

11:00h às 11:15h – Treino classificatório dos 500 Km – Categoria GP1

Ás 11:50h – 2ª prova do Brasileiro de Turismo 1.600

Ás 12:10h – Pódio do Brasileiro de Turismo

Ás 13:00h – Largada dos 500 Km de Curitiba

Ás 17:00h – Pódio dos 500 Km de Curitiba

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Crédito da foto: Divulgação

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Os melhores carros de endurance do Brasil estarão amanhã e sábado em Curitiba para os 500 Km

Os melhores carros de endurance do Brasil estarão amanhã e sábado em Curitiba para os 500 Km

LONDRINA (PR) – O Campeonato Metropolitano de Velocidade de Londrina prosseguiu no último domingo, com a realização da 3ª etapa no Autódromo Internacional Ayrton Senna. Foram disputadas provas nas categorias Marcas A, Marcas L e Turismo. Os favoritos confirmaram a boa fase e venceram.

Na categoria Marcas A, vitória da dupla Márcio Ymagawa/Lucas Inoue, com um primeiro lugar na primeira bateria e um segundo na segunda, depois de largar na pole position. Adriano Barbosa conquistou o segundo lugar, seguido de João Paulo Naumes/Alisson Nurnenber, Gilmar Gobetti (ganhador da segunda bateria), André Jacob/César Bonilha e Eduardo Pavelski/Stive Tokarski, que pela ordem ocuparam as seis primeiras colocações da prova.

Na categoria Marcas L, Gabriel Ymagawa confirmou seu favoritismo e venceu a prova. Sem segundo se classificou Rafael Colombari, com Paulo Costa em terceiro e Rômulo Húngaro em quarto.

Já na categoria Turismo, a dupla Márcio Ymagawa/Lucas Inoue largou na pole e garantiu a vitória ao ganhar as duas baterias. A dupla Edson Campana Sita/Samurai Sam obteve o segundo lugar, classificando-se à frente de Adriano Botelho/Caio Botelho, Bruno Tang/Werner Foncati, Geison Turick e Marcelo Cordeiro/Julio Bueno, que pela ordem, fecharam as seis primeiras colocações da corrida.

A próxima etapa do Metropolitano de Londrina será disputada no dia 2 de julho. Nesta mesma data o Autódromo Internacional Ayrton Senna sediará a 2ª etapa do Campeonato Paranaense.

 

Classificação do Metropolitano de Londrina após duas etapas

Categoria Marcas A

1º) Lucas Inoue/Márcio Ymagawa, com 110 pontos

2º) Adriano Barbosa, 90

3º) André Luiz Jacob, 72

4º) César Bonilha, 58

5º) Gilmar Gobetti de Souza, 52

6º) José Guilherme Munhoz, 25

7º) João Paulo Naumes/Alisson Nurnnberg, 23

8º) Mário César Bonilha, 13

9º) Eduardo Pavelski/Stive Tokarski, 11

10º) Luiz Henrique Mendes, com 9 pontos

 

Categoria Marcas L

1º) Gabriel Santos Ymagawa, com 126 pontos

2º) Paulo Henrique Costa, 62

3º) Rafael Fernando Colombari, 56

4º) Rômulo Braga Húngaro, 44

5º) Mario Garibaldi Filho, 33

6º) Dario Daniel Bernal, 15

7º) Fábio Massaiti Tokunaga, 3

Bruno Morelli Filho, 3

Federico Luis Wirsch, com 3 pontos

 

Categoria Turismo

1º) Márcio Ymagawa/Lucas Garbulha Inoue, com 91 pontos

2º) Werner Foncatti Berveglieri, 69

Adriano Boetelho/Caio Botelho, 69

4º) Marcos Roberto Romera, 63

5º) Edson Campana Sita/Samurai Sam, 27

6º) Anderson Rodrigo Garcia, 23

7º) Bruno Tanq, 18

8º) Geison Turick, 13

9º) Marcelo Cordeiro/Julio Bueno, com 3 pontos

………………………………………………………………………………………………………….

Créditos das fotos

A dupla Márcio Ymagawa/Lucas Inoue venceu as categorias Marcas A e Turismo

A dupla Márcio Ymagawa/Lucas Inoue venceu as categorias Marcas A e Turismo

Gabriel Ymagawa ganhou a categoria Marcas L

Gabriel Ymagawa ganhou a categoria Marcas L

: Victor Lara/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

CASCAVEL (PR) – A chuva deu uma trégua e a 3ª etapa do Campeonato Metropolitano de Marcas de Cascavel pode ser disputada com pista seca no domingo, no Autódromo Zilmar Beux. A promoção e organização foram do Automóvel Clube de Cascavel, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Mais uma vez o domínio foi de Edoli Caus na categoria Marcas A. Foi sua terceira vitória consecutiva na competição, depois de largar na pole pósitron e liderar as duas baterias de ponta a ponta. Felipe Carvalho conquistou sua primeira vitória na categoria Marcas B, ao passo que Gabriel Formentão também ganhou pela terceira vez na categoria Turismo 1.600 Injetado. Já na Turismo Carburado, Eduardo Weirich, de Marechal Cândido Rondon, ganhou pela primeira vez.

A próxima etapa será disputada no dia 2 de julho, em Londrina, junto com a 2ª etapa do Campeonato Paranaense.

 

Resultado da 3ª etapa do Metropolitano de Marcas de Cascavel

Categoria Marcas A

1º) Edoli Caus Júnior (Cascavel), Celta, com 41 pontos

2º) Paulo Bento (Cascavel), Celta, 27

3º) Thiago Klein (Cascavel), Gol, 25

4º) Marcel Sedano (Porto União-SC), com 22 pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Felipe Carvalho (Cascavel), Classic, com 32 pontos

2º) Edson Massaro (Cascavel), Gol, 23

3º) Luciano Monteiro/Paulo Pizzoni (Cascavel), 21

4º) Marcelo Beux (Cascavel), Gol, 18

5º) Felipe Braz/Rony Ribeiro (Cascavel), Gol, 15

6º) Lorenzo Massaro (Cascavel), Gol, 13

7º) Odair dos Santos (Ciudad Del Este/Par), Gol, 12

8º) Caio Carvalho (Cascavel), Celta, 10

9º) Vilmar Malagi (Cascavel), Fiesta, 2

10º) Cléber Fonseca (Cascavel), Gol, sem pontos

 

Categoria Turismo Carburado

1º) Eduardo Weirich (Marechal C. Rondon), Gol, com 32 pontos

2º) Ronaldo César da Silva (Palotina), Gol, 30

3º) Luciano Cortina/Sidnei Prestes Júnior (Cascavel), 20

4º) Jefferson Fonseca (Cascavel), Gol, com 1 ponto

 

Categoria Marcas Injetado

1º) Gabriel Formentão (Cascavel), Gol, com 41 pontos

2º) José Newton Ficagna (São Miguel do Iguaçu), Escort 27

3º) Marcos Cortina/Mauricio Gracioli (Cascavel), Gol, com 15 pontos

………………………………………………………………………………………………………….

Em mais um final de semana perfeito, Edoli Caus Júnior venceu a 3ª etapa do Metropolitano de Cascavel de Ponta a ponta

Em mais um final de semana perfeito, Edoli Caus Júnior venceu a 3ª etapa do Metropolitano de Cascavel de Ponta a ponta

Felipe Carvalho conquista sua primeira vitória na categoria Marcas B

Felipe Carvalho conquista sua primeira vitória na categoria Marcas B

Gabriel Formentão segue dominando a categoria Turismo 1.600 Injetado

Gabriel Formentão segue dominando a categoria Turismo 1.600 Injetado

Eduardo Weirich é o vitorioso da categoria Turismo 1.600 Carburado

Eduardo Weirich é o vitorioso da categoria Turismo 1.600 Carburado

Crédito das fotos: Cleocinei Zonta/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

CASCAVEL (PR) – O Campeonato Metropolitano de Marcas de Cascavel chega a 3ª de oito etapas e já está em clima de decisão. A prova será disputada neste domingo, no Autódromo Zilmar Beux, com a disputa das categorias Marcas A, Marcas B e Turismo 1.600 (que é dividida em Injetados e Carburados). A promoção e organização são do Automóvel Clube de Cascavel, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Mesmo com apenas duas etapas disputas, pilotos e equipes já fazem contas e o clima de decisão toma conta de todos. Na categoria Marcas A, todos pensam em derrotar Edoli Caus Júnior, que com um início perfeito de temporada, venceu as duas primeiras etapas e no último domingo ganhou também a etapa de abertura do Brasileiro de Turismo 1.600, também no autódromo cascavelense. Ele lidera com 93 pontos, contra 62 de Paulo Bento. Na categoria Marcas B, Caio Carvalho é o líder, com 73 pontos, perseguido de perto por seu irão Felipe Carvalho, que soma 54. Na Turismo 1.600, Gabriel Formentão é líder disputado da Injetado, com 94 pontos, ao passo que seu pai Cleves Formentão é o vice-líder, com 44. Na Carburado, Ronaldo César da Silva é o líder, com 42 pontos, ao passo que o vice-líder é Eduardo Weirich, com 28.

Programação

A programação, que inclui também a realização de Track Day, terá início amanhã (sábado), às 8h30. Os treinos livres vão até às 15h40. O treino classificatório será das  16h55 às 17h10 para as categorias Marcas A, Marcas B e Turismo 1.600. O Superpole, que definirá os pole positions de todas as categorias será das 17h20 às 17h40.

No domingo, está previsto para das 8 às 8h30, Track Day; das 8h40 às 8h55, warm up do Metropolitano de Marcas; das 9 às 10h20, Track Day; às 10h40, largada da 1ª prova do Metropolitano (categorias Marcas A, Marcas B e Turismo 16.00); das 11h20 às 11h50, Track Day; das 13h10 às 14h20, Track Day; às 14h50, largada da 2ª prova do metropolitano; às 15h30, pódio do Metropolitano; e das 16 às 17 horas, Track Day.

 

Classificação do Metropolitano de Marcas de Cascavel após 2 etapas

Categoria Marcas A

1º) Edoli Caus Júnior, com 93 pontos

2º) Paulo Bento, 62

3º) Marcel Sedano, 49

4º) Thiago Klein, 47

5º) André Bragantini Júnior, 28

6º) Daniel Kaefer, 24

7º) Natan Sperafico, 15

8º) Leônidas Fagundes Júnior/Guilherme Sirtoli, 7

9º) Leandro Zandoná, com 3 pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Caio Cezar Carvalho, com 73 pontos

2º) Felipe Carvalho Júnior, 54

3º) Felipe Braz/Roney Mendes, 50

4º) Luciano Diniz Monteiro, 38

5º) Odair dos Santos, 34

6º) Marcelo Beux, 32

7º) Anderson Portes, 29

8º) Lorenzo Massaro, 13

9º) Edson Massaro, com 11 pontos

 

Categoria Turismo 1.600 Injetado

1º) Gabriel Fermentão, com 94 pontos

2º) Cleves Fermentão, 44

3º) Flamarion Zacchi, 7

4º) Rodrigo Larralde, com 3 pontos

 

Categoria Turismo 1.600 Carburado

1º) Ronaldo Cesar da Silva, com 42 pontos

2º) Eduardo Darci Weirich, 28

3º) Cleber Fonseca/Jefferson Fonseca, com 22 pontos

………………………………………………………………………………………………………….

Edoli Caus Júnior é o piloto que todos querem derrotar neste domingo, em Cascavel

Edoli Caus Júnior é o piloto que todos querem derrotar neste domingo, em Cascavel

Credito da foto: Cleocinei Zonta/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

LONDRINA (PR) – O Campeonato Metropolitano de Velocidade de Londrina prossegue neste fim de semana no Autódromo Internacional Ayrton Senna, com a realização da 3ª etapa. Serão disputadas as categorias Marcas A, Marcas L, Turismo e Speed Fusca. A promoção e organização serão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Junto com o Metropolitano, será disputada a etapa de abertura do Campeonato Paranaense de Endurance, com disputas nas categorias A, B, C, D e E.

A programação começa nesta sexta-feira. Das 13 às 13h50, 1º treino livre das categorias Marcas A, Marcas L, Turismo 1 Speed Fusca; das 13h55 às 14h45, 1º treino livre da Endurance; das 14h50 às 15h40, 2º treino livre de Marcas A, Marcas L, Turismo e Speed; das 15h45 às 16h35, 2º treino livre da Endurance; das 14h40 às 17 horas, 3º treino livre de Marcas A, Marcas L, Turismo e Speed; das 17h05 às 17h25, 3º treino livre de Endurance.

No sábado, a programação prevê das 8h10 às 8h55, 1º treino oficial de Marcas A, Marcas L, Turismo e Speed; das 9 às 9h45, 1º treino livre de Endurance; das 9h50 às 10h35, 2º treino oficial de Marcas A, Marcas L, Turismo e Speed; das 10h40 às 11h25, 2º treino livre de Endurance; às 11h30, briefing das categorias Marcas A, Marcas L, Turismo e Speed; das 13h30 às 13h45, treino classificatório da categoria Marcas A; das 13h50 às 14h05, treino classificatório das categorias Marcas L, Turismo e Speed; das 14h10 às 14h20, treino classificatório da Endurance; e às 15h50, largada da 1ª prova das categorias Marcas A, Marcas L, Turismo e Speed, com duração de 30 minutos, mais duas voltas

Já no domingo, as atividades se iniciam com o warm up da Endurance, das 8 às 8h10; às 8h35, largada da 2ª prova das categorias Marcas A, Marcas L, Turismo e Speed; às 9h35, largada do Paranaense de Endurance, com duração três horas, mais uma volta; às 12h40, pódio de todas as categorias; e a partir das 13 horas, Track Day.

                   Status de Open

A 3ª etapa do Metropolitano de Londrina terá status de Open do da 2ª etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade, que será disputada no dia 2 de julho, em Londrina. Também fará parte da programação os metropolitanos de Cascavel e Curitiba.

 

 

Classificação do Metropolitano de Londrina após duas etapas

Categoria Marcas A

1º) Lucas Inoue/Márcio Ymagava, com

2º) Adriano Barbosa, 63

3º) André Luiz Jacob, 59

4º) César Bonilha, 58

5º) Gilmar Gobetti de Souza, 34

6º) José Guilherme Munhoz, 25

7º) Luiz Henrique Mendes, com 9 pontos

 

Categoria Marcas L

1º) Gabriel Santos Ymagava, com 83 pontos

2º) Mario Garibaldi Filho, 33

3º) Paulo Henrique Costa, 32

4º) Rafael Fernando Colombari, 25

5º) Romulo Braga Húngaro, 21

6º) Dario Daniel Bernal, 15

7º) Fábio Massaiti Tokunaga, 3

Bruno Morelli Filho, 3

Federico Luis Wirsch, com 3 pontos

 

Categoria Turismo

1º) Marcos Roberto Romera, com 63 pontos

2º) Werner Foncatti Berveglieri, 51

Adriano Boetelho/Caio Botelho, 51

4º) Marcio Ymagava/Lucas Inoue, 47

5º) Anderson Rodrigo Garcia, com 23 pontos

 

Categoria Speed

1º) Márcio Augusto Garcia/Neno Oliveira, com 43 pontos

2º) Jailton Fatel/Bruno Heirich, 33

3º) Luiz Felipe Preto, 4

4º) Erico Sávio/4º) Robson Ranieri, com 3 pontos

………………………………………………………………………………………………………….

A dupla Lucas Inoue/Márcio Ymagava defenderá a liderança da categoria Marcas A

A dupla Lucas Inoue/Márcio Ymagava defenderá a liderança da categoria Marcas A

Crédito da foto: Victor Lara/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

Sábado a cidade de Cambira recebeu pela primeira vez o Rali Paraná, rali de regularidade válido pelo Campeonato Paranaense de Rali 4×4. Mais uma vez, os competidores enfrentaram lama, trechos lisos, cascalho e áreas de plantação de cana-de-açúcar. A segunda etapa da quinta edição contou com trajeto inédito e estiveram presentes 40 veículos de diversas cidades paranaenses e o destaque na etapa foi uma boa participação de inscritos de outros Estados do Sul do país.

O grid teve largada às 10 horas, na Praça da Igreja Matriz no centro de Cambira, para as quatro categorias Master, Graduados, Turismo e Light que partiram para uma prova de 120 quilômetros, levantada em estradas vicinais da região e passou nos limítrofes das cidades Jandaia do Sul e Marumbi. A cerimônia de premiação e recepção aos pilotos aconteceu no Rancho Figueira com um almoço preparado pela APAE de Cambira, que foi beneficiada com a renda.

O certame contará pontos para o Campeonato Paranaense de Rali 4×4 de Regularidade, nas categorias Master (principal da competição), Graduados, Turismo e Light.

“Prova foi fantástica, com inúmeros desafios, onde pilotos e navegadores tiveram bastante trabalho. Uma prova rápida e que exigiu concentração”, avaliou Vanderlei Hirt, diretor-geral e organizador do Rali Paraná.

A etapa em Cambira está confirmada para o calendário em 2018. “É importante incentivar todos os tipos de esporte, receber pessoas de fora que contribuem com o comércio local e divulgam o município”, afirmou o prefeito Emerson Toledo.

A 5ª edição do Rally Paraná tem patrocínio de Trilha EuroCar, Zenz Bonés, Dispauto, Mamute Off-Road, SFIchips, Barracão do Jeep, Fábrica das Cópias. Patrocínios e apoios locais da Prefeitura Municipal de Cambira, através da Secretaria de Esportes, e Câmara de Vereadores de Cambira. A supervisão é da Federação Paranaense de Automobilismo e apuração da Totem.

A 3ª etapa do Rali Paraná está marcada para o dia 1º de julho, em Telêmaco Borba, com a realização do Rali do Boné.

 

Confira o resultado da segunda etapa do Rali Paraná – Cambira:

Categoria Master

1º) 2 Flavio Roberto Kath/Rafain Walendowsky (Brusque-SC), 60 pontos

2º) 3 Sandy Roncaglio/Robson Schuinka (Curitiba/Cascavel-PR), 49

3º) 4 Leandro Pereira Moor/Ivo Mayer (Apucarana-PR), 45

4º) 1 Roberto Ardigo Formigão/Jhonatan Ardigo (Apucarana-PR), 39

5º) 6 Marcelo Felipe Rorig/Henrique Glir (Palotina-PR), 33

6º) 5 Marcelo Sapateiro/Rafael Pinto (Curitiba-PR), 32

7º) 7 Victor Pudel / Claudemir Hubner (Toledo-PR), 9

 

Categoria Graduados

1º) 103 Robson Batista/Wilson Batista (Curitiba-PR), 57 pontos

2º) 106 Agnaldo Reis Magal/André Reis Dezinho (Apucarana-PR), 43

3º) 101 Marcos Fernando Evangelista/Vinicius Gunha (Curitiba-PR), 39

4º) 107 João da Ranger/Bryan Hirt Marques (Apucarana-PR), 38

5º) 104 Dirceu Salla/David Rahd (Curitiba-PR), 36

6º) 102 Leonardo Borges Menarim/Adriana Micheli (Castro-PR), 35

7º) 105 Eraldo Franzoi/Antenor Neto de Oliveira (Curitiba/Cascavel-PR), 35

8º) 108 Daniel Muassab Castanho/João Henrique Kfury (Londrina-PR), 26

 

Categoria Turismo

1º) 204 Deonilson Salla/Leonardo Farias (Curitiba-PR), 51 pontos

2º) 203 Emerson Coleti/Arthur Scotton (Curitiba-PR), 48

3º) 202 Marcão Latorama/André Latorama (Umuarama-PR), 47

4º) 201 Adilson Melo/Ivan R. Laidens (Curitiba-PR), 43

5º) 205 Alexander A. Mittelstedt/Artur Petter Mittelstedt (Castro-PR), 39

6º) 211 Igor Quirrembach Carvalho/Luana Buscarolli (Castro-PR), 28

7º) 207 Rafael Labhardt/Liderci Lopes (Curitiba-PR), 27

8º) 208 Osmar Milani/Osmar Milani Junior (Arapongas-PR), 25

8º) 209 Alexandre Oberg/Mauricio William Pedroso (Curitiba-PR), 20

9º) 206 Carlos Souza/Cinthya Bueno (Curitiba-PR), 14

 

Categoria Light

1º) 301 Caroline Tesser/Luis Scarati Júnior (Ponta Grossa-PR), 1079pp

2º) 304 Wanderlei Marafon/Juliano Sapatini (Cambira-PR), 1932

3º) 303 Rafael Chamorro/Lucas Chamorro (Apucarana-PR), NC

4º) 302 Elias kauan (Londrina-PR), NC

O Rali de Cambira textou ao máximo a habilidade dos pilotos

O Rali de Cambira textou ao máximo a habilidade dos pilotos

O domingo teve sol de manhã e um pouco de garoa à tarde em Curitiba, durante as provas da 3ª etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017, com bons “pegas” no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), que conta com o apoio da Bana Pneus, Pirelli, Rodas Scorro, Grupo Taborda e Hotel Slaviero Executive Pinhais. Ao longo do dia foram sete corridas disputadas nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.6 “C” “I”, Terra Marcas “A”, Marcas “B” e Turismo “C”, e Turismo 5000, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

GRIDS DE LARGADA – Durante os Treinos Classificatórios do Mertropolitano de Curitiba que definiram os grids de largada, os três primeiros por categoria foram: Marcas “A”: 1º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR), 1m39s915; 2º) Gustavo Magnabosco (SC), 1m39s923; e 3º) Richard Heidrich (SC), 1m40s045. MARCAS “B” – 1º) Wilians Peres (PR), 1m40s246; 2º) Rafael Barranco (PR), 1m40s461; e 3º) Eduardo Pavelski (PR), 1m41s058. TURISMO 1.6 “I” – 1º) Elberto Alves (SC), 1m42s274; 2º) Rafael Lupatini/Alexandre Frankenberger (PR/SC), 1m42s355; e 3º) Roger Franke/André Conti (SC), 1m42s386. TURISMO 1.6 “C” – 1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 1m42s967; 2º) Beto Baú/Rodrigo Kostin (PR), 1m43s170; e 3º) Rodrigo Tassi/Luiz Ferreira (PR), 1m43s174. TERRA MARCAS “A” – 1º) Leonardo Kovalski (PR), 1m41s989; 2º) Juca Lisboa (PR), 1m42s518; e 3º) Aleksander Perreira/Bernard Chyla (PR), 1m44s068. TERRA MARCAS “B” – 1º) Thiago Brandt/Marco Mildenberg (PR), 1m44s108; 2º) Rodrigo Vieira (PR), 1m45s940; 3º) Carlos Schilipack/Artur Bailo Neto (PR), 1m46s151. TERRA TURISMO “C” – 1º) Marcelo Zen/Marcos Tokarski (PR), 1m45s170; 2º) Nilton Silva/César Fior (PR), 1m45s420; 3º) C. Tokaski/A. Tucholski (PR), 1m46s981. TURISMO 5000 (Oval) – 1º) Richard Heidrich (SC), 58s631; 2º) Anderson Andrade (PR), 58s860; 3º) Marco Garcia (PR), 59s505.

 

MARCAS – A primeira prova das categorias Marcas, com 17 participantes, teve largada às 9h35 de domingo, numa corrida muito disputada nas duas categorias. Na largada, o pole position Ruslan Carta Filho perdeu a liderança para Gustavo Magnabosco na primeira volta, seguidos de perto por Richard Heidrich, Marcel Sedano, Gustavo Dal Pizzol e Rafael Barranco. A “briga” estava boa pela liderança da prova entre Ruslan e Gustavo, na Geral e Marcas “A” até que na 12ª volta Ruslan assumiu ultrapassou Gustavo ficando em primeiro lugar. Os dois abriram um pouco dos demais, mas com problemas de freios, o carro de Ruslan não tinha o mesmo desempenho e na 15ª volta Gustavo Magnabosco reassumiu a liderança da prova. Na Marcas “B”, o grande “pega” foi entre Rafael Barranco, Wilians Peres e Eduardo Pavelski pela primeira posição. Depois de 20 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Gustavo Magnabosco com tempo total de 33min37s241, seguido de Ruslan Carta Filho, a 2s388, Richard Heidrich, a 7s465, Gustavo Dal Pizzol, a 9s066, Valmor Emílio, a 20s264, e em sexto lugar, Jair Bana, a 28s302. E na Marcas “B” venceu Rafael Barranco, com tempo total de 33min49s175, vindo a seguir Wilians Peres, a 2s341, Eduardo Pavelski, a 8s442, Alisson Nurnberg, a 34s040, Samir Guimarães, a 45s545, e, Bruno Pardo, a uma volta.

Na segunda prova das categorias Marcas “A” e “B”, que aconteceu às 14h20 também muito disputada, com os 17 “brigando” pelas melhores posições na pista. Na largada Gustavo Magnabosco manteve a liderança na primeira volta, seguido de Andrei Carta, Richard Heidrich, Gustavo Dal Pizzol, Wilians Peres e Rafael Barranco. Na terceira volta, depois de boa disputa com Magnabosco pela liderança, quebrou o cabo do acelerador do carro de Andrei Carta, que o obrigou a entrar nos boxes para o reparo, perdendo muitas posições. O grande “pega” da prova ficou por conta de Gustavo Dal Pizzol e Richard Heidrich pela segunda posição. Na Marcas “B” a disputa foi boa pela liderança, entre Wilians Peres, Rafael Barranco e Eduardo Pavelski. Após 20 voltas, nova vitória de Gustavo Magnabosco na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 33min40s465, com Richard Heidrich em segundo, a 11s245, Gustavo Dal Pizzol em terceiro, a 19s394, Marcel Sedano em quarto, a 20s140, Davi Dal Pizzol em quinto, a 20s461, e, Algacir Sermann Filho em sexto, a 8s608. E na Marcas “B” nova vitória de Rafael Barranco com tempo total de 34min01s284, seguido de Eduardo Pavelski, a 2s645, Gefferson de Lima, a 24s561, João Naumes, a 24s698, e, Wilians Peres, a uma volta. Ruslan Carta Filho marcou a volta mais rápida das duas provas, na 3.ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1min39s903, à média de 133,149 km/h. A classificação final da etapa por categoria foi a seguinte: MARCAS “A”: 1º) Gustavo Magnabosco, 40 pontos; 2º) Richard Heidrich, 27; 3º) Gustavo Dal Pizzol, 22; 4º) Ruslan Filho/Andrei Carta, 18; e 5º) Marcel Sedano, 10. MARCAS “B” – 1º) Rafael Barranco, 40; 2º) Eduardo Pavelski, 27; 3º) Wilians Peres, 23; 4º) Alisson Nurnberg/João Naumes, 20; e 5º) Gefferson de Lima, 12.

 

TURISMO 1.6 – As categorias Turismo 1.6 “I” e “C” reuniram 16 carros, que foram para a primeira prova às 10h30, muito disputada e proporcionando momentos de pura emoção. O pole position Elberto Alves largou bem e manteve a liderança, seguido por Roberto Bonato, Rafael Lupatini, Beto Baú, Edson Sita e Luiz Ferreira. Na terceira volta, Roberto Bonato ultrapassou Elberto Alves e assumiu o a liderança da corrida. Rafael Lupatini perdeu a terceira posição para Beto Baú na 11ª volta, mas recuperou na volta seguinte. Ao fim de 20 voltas, vitória de Roberto Bonato na Geral e na Turismo 1.6 “C”, com tempo total de 34m24s629, seguido de Roberto Baú, a 12s646, Luiz Ferreira, a 20s125, Geovane Ciesielski, a 27s081, Edson Sita, a 27s466, e, José Pederneiras, a 32s540. Na Turismo 1.6 “I”, vitória de Elberto Alves, com tempo de 34min26s377, com Rafael Lupatini em segundo, a 3s868, Jones Sálvaro em terceiro, a 51s283, Marcelo Cordeiro em quarto, a 1min02s941, K. Kredens, a 1m05s371 e em sexto, Maurício Gaudêncio, a 1mi05s815.

Na segunda prova das categorias Turismo 1.6 “I” e “C” que aconteceu às 15h20, foi mais uma corrida muito movimentada. O pole position Evandro Maldonado perdeu a liderança na primeira volta para Alexandre Frankenberger, caindo para o terceiro lugar. Na primeira volta a ordem era Alexandre Frankenberger, Elberto Alves, Evandro Maldonado, Rodrigo Kostin, Rodrigo Tassi e Geovane Ciesielski. Na segunda volta Rodrigo Kostin  assumiu o terceiro lugar e Rodrigo Tassi estava em quarto. Após 20 voltas, vitória de Alexandre Frankenberger na Geral e na Turismo 1.6 “I”, com tempo total de 34min30s103, seguido de Elberto Alves, a 9s997, Roger Franke, a 24s882, Jones Sálvaro, a 1min00s121, e, O. Oliveira, a uma volta. Na Turismo 1.6 “C”, vitória de Rodrigo Kostin, com tempo de 34m48s843, tendo Rodrigo Tassi em segundo, a 5s048, Evandro Maldonado em terceiro, a 12s832, Geovane Ciesielski em quarto, a 16s829, Samurai San em quinto, a 41s674, e, Daniel Santos em sexto, a 42s992. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Rafael Lupatini, na 8.ª passagem da primeira corrida, com tempo de 1m42s249, à média de 130,094 km/h. A classificação final da etapa por categoria foi a seguinte: Turismo 1.6 “C”: 1º) Beto Baú/Rodrigo Kostin, 35 pontos; 2º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado, 32; 3º) Rodrigo Tassi/Luiz Ferreira, 27; 4º) Geovane Ciesielski, 20; e 5º) Edson Sita/Samurai San, 16. Turismo 1.6 “I”: 1º) Rafael Lupatini/Alexandre Frankenberger, 35; 2º) Elberto Alves, 35; 3º) Jones Sanvaro, 22; 4º) Roger Franke/André Conti, 16; e 5º) K. Kredens/O. Oliveira, 16.

 

TERRA – Reunindo as categorias Marcas “A”, Marcas “B” e Turismo “C”, a primeira prova da Terra aconteceu às 11h25, com 19 participantes, para 20 minutos mais duas voltas. Leonardo Kovalski que largou na pole position perdeu a liderança na primeira volta para Juca Lisboa, seguidos de Bernard Chyla, Thiago Brandt, Marcelo Zen e Luiz Kavilhuka. Juca, Leonardo e Bernard se mantiveram nas três primeiras posições até a bandeirada final. Depois de 14 voltas, vitória de Juca Lisboa na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 24m04s499, vindo a seguir Leonardo Kovalski, a 6s486, Bernard Chyla, a 22s754, Luiz Kavilhuka, a 49s064, e, Willian Zavaski, a uma volta. Na Marcas “B” venceu Thiago Brandt com tempo 24m40s615, tendo Rodrigo Vieira em segundo, a 11s630, Thiri Lorentz em terceiro, a 30s541, Wilson Kavilhuka em quarto, a 1m03s106, Wilson Kavilhuka em quinto, a 1m05s908, e, Norival Kavilhuka em sexto, a uma volta. E na Turismo “C”, vitória de Marcelo Zen, com tempo de 24m53s836, seguido de Nilton Silva, a 10s855, A. Tucholski, a 18s130, e, A. Cardoso, a 4 voltas.

A segunda prova das categorias Terra também foi muito movimentada, com boas disputas do início ao fim da corrida. Juca Lisboa largou na pole e manteve a posição durante a primeira volta, seguido de Leonardo Kovalski, Aleksander Pereira, Marco Mildenberg, Luiz Kavilhuka e Rodrigo Vieira. Na segunda volta Leonardo Kovalski ultrapassou Juca Lisboa e assumiu a liderança, onde se manteve até a sexta volta, quando seu carro quebrou e o piloto abandonou a corrida. Com isso, a liderança voltou para Juca Lisboa que só administrou até abandeirada final. Ao fim de 13 voltas, nova vitória de Juca Lisboa na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 24m22s517, vindo a seguir Aleksander Pereira, a 20s676, e, Willan Zavaski, a 1m37s488. Na Marcas “B” venceu Rodrigo Vieira, com tempo de 24min42s188, tendo Carlos Schilipack em segundo, a 3s452, Marco Mildenberg em terceiro, a 10s170, Emerson Szwed em quarto, a 20s161, Thiri Lorentz em quinto, a 20s828, e, Wilson Kavilhuka em sexto, a 26s078. Leonardo Kovalski marcou a volta mais rápida das duas provas disputadas, na 6ª passagem da segunda corrida, com tempo de 1min42s179, à média de 130,183 km/h. Somados os pontos das provas disputadas, a classificação final foi a seguinte: TERRA MARCAS “A” – 1º) Juca Lisboa, 40 pontos; 2º) Aleksander Pereira/Bernard Chyla, 27; 3º) Willan Zavaski, 20; 4º) Leonardo Kovalski, 15; e 5º) Luiz Kavilhuka, 10. TERRA MARCAS “B” – 1º) Rodrigo Vieira, 35; 2º) Thiago Brandt/Marco Mildenberg, 32; 3º) Thiri Lorestz, 20; 4º) Wilson Kavilhuka, 16; e 5º) Carlos Schilipack/Artur Bailo Neto, 15. TERRA TURISMO “C” – 1º) C. Tokaski/A. Tucholski, 32; 2º) Marcelo Zen/Marco Tokarski, 32; 3º) Nilton Silva/César Fior, 30; e 4º) A. Cardoso/A. Siqueira, 20.

 

TURISMO 5000 – A categoria Turismo 5000 foi a única que realizou prova na tarde de sábado, com a primeira corrida iniciando às 16h40, no anel externo do AIC. Nesta etapa com mais participantes, reunindo onze pilotos, a prova foi muito disputada, com Richard Heidrich largando na pole position e travando bom “duelo” com Marco Garcia e Anderson Andrade no início da prova. Anderson assumiu a liderança na sexta volta, seguido de Marco Garcia, Rubens Kliewer e Armin Kliewer. Richard Heidrich teve problemas na primeira volta e Marco Garcia abandonou por quebra na 14.ª volta, deixando a “briga” pela segunda posição entre pai e filho da família Kliewer. Após 22 voltas, vitória de Anderson Andrade, com tempo total de 21m59s424, seguido de Rubens Kliewer, a 1s610, Armin Kliewer, a 2s466, Márcio Reuter, a 16s321, José Franzoi, a 16s451, e, Wanderlei Berlanda em sexto, a uma volta. A volta mais rápida da prova foi de Richard Heidrich, na 11ª passagem, com o tempo de 58s639, à média de 139,774 km/h.

Largando com grid invertido entre os oito primeiros, como está no regulamento da categoria, a segunda prova da Turismo 5000 largou as 12h10 no domingo, novamente no anel externo do AIC, com Richard Heidrich largando na pole position, seguido de Wanderlei Berlanda, Fabiano dos Santos, José Franzoi, Márcio Reuter, Rubens Kliewer, Armin Kliewer e Anderson Andrade. Com os carros mais rápidos vindo de trás, a prova ganha emoção e volta a volta os ponteiros foram mudando. Richard Heidrich se manteve a liderança até a 15ª volta. Mas, Anderson Andrade, Marco Garcia e Rubens Kliewer vinham ganhando posições e a prova mais emoção. Anderson liderou da 16.ª à 18.ª volta, Marco Garcia foi o líder na 19ª e 20ª voltas e Rubens Kliewer assumiu a ponta na última volta. Marco Garcia bateu forte na entrada da reta do AIC na última volta, mas foi apenas um susto com danos materiais. Ao fim de 22 voltas, vitória de Rubens Kliewer, com tempo total de 22min52s809, tendo Anderson Andrade em segundo, a 1s359, Márcio Reuter em terceiro, a 5s533, Armin Kliewer em quarto, a 6s593, Fabiano dos Santos em quinto, a 13s994, e, José Franzoi em sexto, a 22s481. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Anderson Andrade, na 6ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 58s905, à média de 225,821 km/h. A classificação final da etapa da Turismo 5000 por pontos foi a seguinte: 1º) Rubens Kliewer, 35 pontos; 2º) Anderson Andrade, 35; 3º) Márcio Reuter, 22; 4º) Armin Kliewer, 22; 5º) José Franzoi, 14; e 6º) Fabiano dos Santos, 12.

A quarta etapa do Metropolitano de Curitiba e segunda etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2017 está marcada para os dias 1º e 2 de julho, no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, no Norte do Paraná.

Gustavo Magnabosco ganhou as duas provas da categoria Marcas

Gustavo Magnabosco ganhou as duas provas da categoria Marcas

Aa categoria Terra, que reúne pilotos oriundos da Velocidade na Terra, apresentou bom espetáculo

Aa categoria Terra, que reúne pilotos oriundos da Velocidade na Terra, apresentou bom espetáculo

Aa categoria Turismo teve bons pegas

A categoria Turismo teve bons pegas

A 3ª etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba será disputada amanhã (domingo), no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC). Serão disputadas as categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.6 “I” e “C”, Terra e Turismo 5000, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) e com apoio da Pirelli, Bana Pneus, Scorro, Grupo Taborda e Slaviero Executive Hotel. Junto à etapa do Metropolitano, também serão realizadas provas da Motovelocidade.

Os treinos classificatórios, realizados na tarde de hoje foram disputadíssimos. A pole position da categoria Marcas A foi definida por uma diferença de apenas oito milésimos de segundos a favor da dupla paranaense Ruslan Carta Filho/Andrei Carta. Eles firam o tempo de 1m39s915, ao passo que o catarinense Gustavo Magnabosco fez 1m39s923. Em terceiro larga Richard Heidrich (SC), 1m40s045.

Nas demais categorias, o grid de largada será: MARCAS “B” – 1º) Wilians Peres (PR), 1m40s246; 2º) Rafael Barranco (PR), 1m40s461; e 3º) Eduardo Pavelski (PR), 1m41s058. TURISMO 1.6 “I” – 1º) Elberto Alves (SC), 1m42s274; 2º) Rafael Lupatini/Alexandre Frankenberger (PR/SC), 1m42s355; e 3º) Roger Franke/André Conti (SC), 1m42s386. TURISMO 1.6 “C” – 1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 1m42s967; 2º) Beto Baú/Rodrigo Kostin (PR), 1m43s170; e 3º) Rodrigo Tassi/Luiz Ferreira (PR), 1m43s174. TERRA MARCAS “A” – 1º) Leonardo Kovalski (PR), 1m41s989; 2º) Juca Lisboa (PR), 1m42s518; e 3º) Aleksander Perreira/Bernard Chyla (PR), 1m44s068. TURISMO TERRA “B” – 1º) Thiago Brandt/Marco Mildenberg (PR), 1m44s108; 2º) Rodrigo Vieira (PR), 1m45s940; e 3º) Carlos Schilipack/Artur Bailo Neto (PR), 1m46s151. TURISMO TERRA “C” – 1º) Marcelo Zen/Marcos Tokarski (PR), 1m45s170; 2º) Nilton Silva/César Fior (PR), 1m45s420; e 3º) C. Tokaski/A. Tucholski (PR), 1m46s981. TURISMO 5000 (OVAL) – 1º) Richard Heidrich (SC), 58s631; 2º) Anderson Andrade (PR), 58s860; e 3º) Marco Garcia (PR), 59s505. PARANAENSE DE MOTOVELOCIDADE: PRO – 1º) Danilo Lewis, 1m22s790; 2º) Sharbel El Hajjar, 1m23s871; e 3º) Felipe Comerlato, 1m24s309. LIGHT – 1º) Thiago Alberti, 1m23s526; 2º) Cleber Pires, 1m24s579; e 3º) Mauriti Júnior, 1m26s612. LIGHT M – 1º) Guilherme Neto, 1m26s451; 2º) Rene Pereira, 1m26s533. SSP PRO – 1º) Alexis Hay, 1m28s583; 2º) Rafael Fiorese Jr, 1m26s869; e 3º) Gustavo Silveira, 1m28s332. SBK TD – 1º) Rafael Caetano, 1m27s411; 2º) Diogo da Silva, 1m29s317; e 3º) Luciano Silva, 1m31s357.

 

TURISMO 5000 – A categoria Turismo 5000 foi a única que realizou prova na tarde deste sábado, com a primeira corrida iniciando às 16h40, no anel externo do AIC. Nesta etapa com mais participantes, reunindo onze pilotos, a prova foi muito disputada, com Richard Heidrich largando na pole position e travando bom “duelo” com Marco Garcia e Anderson Andrade no início da prova. Anderson assumiu a liderança na sexta volta, seguido de Marco Garcia, Rubens Kliewer e Armin Kliewer. Richard Heidrich teve problemas na primeira volta e Marco Garcia abandonou por quebra na 14ª volta, deixando a “briga” pela segunda posição entre pai e filho da família Kliewer. Após 22 voltas, vitória de Anderson Andrade, com tempo total de 21m59s424, seguido de Rubens Kliewer, a 1s610, Armin Kliewer, a 2s466, Márcio Reuter, a 16s321, José Franzoi, a 16s451, e, Wanderlei Berlanda em sexto, a uma volta. A volta mais rápida da prova foi de Richard Heidrich, na 11ª passagem, com o tempo de 58s639, à média de 139,774 km/h.

As atividades no domingo iniciam às 8 horas com os warm ups de todas as categorias até as 9h15. Às 9h35 largam as categorias Marcas, para a primeira prova (30 minutos de prova + 2 voltas). Às 10h30 larga a primeira prova das categorias Turismo 1.6 (30 minutos + 2 voltas). Às 11h25 larga a primeira prova das categorias Terra (20 minutos + 2 voltas). Às 12h10 larga a segunda corrida da Turismo 5000 (20 minutos + 2 voltas), seguida de pódio. Às 12h53 larga a prova da Moto SSP PRO/SBK PRO/SBK Light, para 15 voltas, e, às 13h31 prova da Moto SSP Trackday/SBK Trackday, para 12 voltas, seguida de pódio. A segunda prova das categorias Marcas “A” e “B” será às 14h20, na sequencia, segunda prova das categorias Turismo 1.6, às 15h20, e a segunda prova das categorias Terra, às 16h20. O pódio das categorias Marcas, Turismo 1.6 e Terra acontecerá às 16h45, encerrando as atividades no AIC.

Disputada no circuito Oval, a categoria Turismo 5000 teve uma prova com bons pegas na tarde de hoje

Disputada no circuito Oval, a categoria Turismo 5000 teve uma prova com bons pegas na tarde de hoje

CURITIBA (PR) – Numa espécie de avant-premier do Campeonato Brasileiro de Turismo 1.600, que terá sua abertura no próximo dia 29, em Cascavel, o Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba terá prosseguimento com a realização da 3ª etapa neste fim de semana. Amanhã e domingo muitos dos pilotos que estarão na primeira etapa do mais novo campeonato nacional estarão na prova das categorias Marcas A e B do Metropolitano de Curitiba.

Serão disputadas as categorias Marcas “A” e “B”, Turismo “C”, “I” e “T” e Turismo 5000. A promoção e organização são da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), com apoio da Pirelli, Bana Pneus, Scorro e Grupo Taborda. Junto à etapa do Metropolitano, também serão realizadas provas da Motovelocidade.

A programação prevê treinos livres e classificatórios para amanhã. Também amanhã será disputada a 1ª prova da categoria Turismo 5000, com largada às 16h30.

No domingo a programação começa às 8 horas, com os treinos de aquecimento, seguido das provas. A programação termina às 16h45, com a cerimônia de pódio.

Classificação

Com duas etapas realizadas, a classificação do Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba tem esta classificação. Categoria Marcas A – 1º) Gustavo Magnabosco (SC), com 87 pontos; 2º) 4.º) Ruslan Filho/Andrei Carta (PR), 52; 3º) Gustavo Dal Pizzol (SC), 51; 4º) Richard Heidrich (SC), 50; e 5º) Davi Dal Pizzol (SC), com 30 pontos. Categoria Marcas B – 1º) Gefferson de Lima (PR), com 62 pontos; 2º) Wilians Peres (PR) 56; 3º) Rafael Barranco (PR), 55; 4º) Lúcio Seidel (SC), 42; e 5º) Eduardo Pavelski (PR) e André Pardo/Diego Pardo (PR), com 35 pontos. Categoria Turismo 1.6 C – 1º) Rodrigo Kostin/Beto Baú (PR), com 81 pontos; 2º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 55; 3º) José Pederneiras (PR), 52; 4º) Rodrigo Tassi/Luiz Ferreira (PR), 32; e 5º) Edson Luiz Sita (PR), com 26 pontos. Categoria Turismo 1.6 “I” – 1º) Roger Franke/André Conti (PR), com 86 pontos; 2º) Karl Rauscher/Maurício Gaudêncio (PR), 60; 3º) Elberto Alves (SC), 35; e 4º) Jones Salvaro (PR), com 21 pontos. Categoria Terra Marcas A – 1º) Leonardo Kovalski (PR), com 39 pontos; 2º) Aleksander Pereira/Bernard Chyla (PR), com 38 pontos. Categoria Terra Marcas B – 1º) Marco Mildemberg/Thiago Brandt (PR), com 36 pontos; 2º) Emerson Szwed (PR), 33; 3º) Denizard dos Santos (PR), 25; 4º) Josemar Lorentz/Fabrício da Silva (PR), 23; e 5º) Wilson Kavilhuka (PR), com 21 pontos. Categoria Terra Turismo “C” – 1º) Marco Adami Filho (PR), 43; 2º) Pablo Falquete (PR), 30; 3º) Marcos Tokarski/Marcelo Venâncio (PR), 18; 4º) Nilton Silva/César Queiroz Fior (PR), 4; e 5º) Alberto Bandeira Neto (PR), com 3 pontos. Categoria Turismo 5000 – 1º) Anderson Andrade (PR), com 77 pontos; 2º) Marco Antonio Garcia (PR), 66; 3º) Armin Kliewer (PR), 63; 3º) Rubens Kliewer (PR), 24; 4º) Richard Heidrich (SC), 34 e 5º) Márcio Reuter (SC) e Wanderlei Berlanda (SC), com 26 pontos cada um.

………………………………………………………………………………………………………….

A categoria Marcas vai à pista curitibana com a expectativa de belas disputas

A categoria Marcas vai à pista curitibana com a expectativa de belas disputas

Crédito da foto: Victor Lara/Divulgação

………………………………………………………………………………………………………….

O Automobilismo do Paraná esta de luto com a morte do piloto Gilberto Borges Filho. Ele foi encontrado morte na cama na manhã de ontem (terça-feira) e foi cremado no fim da tarde de hoje, em Curitiba. Gilberto era separado e deixa três filhas.

Atualmente disputava o Campeonato Metropolitano de Curitiba e o Paranaense de Marcas. Conquistou o sétimo lugar da categoria Marcas B na etapa de abertura do Paranaense, disputada no mês passado, em Curitiba. No Metropolitano de Curitiba, ocupava a nona colocação na classificação do campeonato, com 15 pontos.

Gilberto também teve participação destaca no kart, disputando competições como o Paranaense, Sul-Brasileiro e Brasileiro.

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Crédito da foto: Victor Lara

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Gilberto Borges conquistou o sétimo lugar na categoria Marcas B na abertura do Campeonato Paranaense de Marcas, no mês passado

Gilberto Borges conquistou o sétimo lugar na categoria Marcas B na abertura do Campeonato Paranaense de Marcas, no mês passado

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

junho 2017
S T Q Q S S D
« maio    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!