Get Adobe Flash player

Velocidade

Caio Botelho dominou a etapa de Cascavel ao ganhar as quatro provas da categoria Turismo L (Foto: Tiago Guedes)

Caio Botelho dominou a etapa de Cascavel ao ganhar as quatro provas da categoria Turismo L (Foto: Tiago Guedes)

O domingo também foi de muita velocidade no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, com a 3ª e 4ª baterias do Race Challenge Paranaense de Marcas e Turismo (Super Turismo) e da Copa Toyota Vitz, do Paraguai, Passeio Ciclístico e voltas rápidas do Clube do Mustang, A organização é do Race Challenge, apoio do Automóvel Clube de Cascavel, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

As provas iniciaram às 8h15, com terceira bateria da Copa Toyota Vitz, do Paraguai, com os 13 carros Toyota Ettios. Tico Maume que largou na pole position manteve a liderança nas primeiras voltas, mas passou a ter problemas no seu carro e foi perdendo posições. Quem se aproveitou da situação e foi ganhando espaço na pista foi Lucas Franco, Juan Ybanez, Marcial Acosta, Hugo Villalba e Victor Preto, que travaram bom duela pelas primeiras posições.

Ao fim de 15 voltas a vitória foi de Lucas Franco, com o tempo de 21m22s089, com Juan Ybanez em segundo, a 06s991; Marcial Acosta em terceiro, a 08s229; Hugo Villalba em quarto, a 08s239; Victor Preto em quinto, a 22s658; Antonio Lin em sexto, a 30s861; Pedro Borja em sétimo, a 33s680; Javier Stadecker em oitavo; a 42s060, Anderson Mella em nono, a 46s178; Tico Maune em décimo, a 1 volta; Nestor Acosta em 11°, a 2 voltas; Carlos Villalba em 12°, a 2 voltas; e, Jorge Modesto em 13°, a 4 voltas. Juan Ybanez marcou ainda a volta mais rápida da prova, com o tempo de 1m23s196, à média de 132,324 km/h.

A quarta bateria, que largou às 11 horas, com 13 participantes, com Lucas Franco, largando na frente e travando bons “pegas” no início da prova por melhores posições. Foi novamente uma corrida muito disputada, onde após 12 voltas de prova a vitória foi de Alexandre Mella, com o tempo de 19m27s439, vindo a seguir Sebastian Preto, a 00s638; Jorge Modesto, a 01s208; Hugo Villalba, a 02s230; Odair dos Santos, a 04s172; Wyllian Cezarotto, a 05s097; Juan Ybanez, a 06s263; Carlos Villalba, a 16s089; e, Eduardo Guggiari, a 16s742. Não completaram a prova Tico Maue, 8 voltas, Javier Stadecker, 5 voltas, e, Marcial Acosta e Nestor Acosta não completaram uma volta.

Resultado Final: somados os pontos das quatro baterias disputadas a pontuação final da etapa foi a seguinte: 1°) Hugo Villalba, com 38 pontos; 2°) Vitor Preto/Sebastian Preto, 30; 3°) Lucas Franco/Odair dos Santos, 28; 4°) Pedro Borja, 28; 5°) Tico Maue, 28; 6°) Jorge Modesto, 25; 7.°) Anderson Mella/Alexandre Mella, 20; 8°) Antonio Lin/Eduardo Guggiari, 18; 9°) Juan Ybanez, 16; 10°) Nestor Acosta, 11; 11°) Marcial Acosta, 10; 12°) Javier Stadecker, 5; e 13°) Carlos Villalba, com 3 pontos.

PARANAENSE

A dupla Odair dos Santos/Thiago Klein conquista a segunda vitória consecutiva na categoria Turismo A (Foto: Tiago Guedes)

A dupla Odair dos Santos/Thiago Klein conquista a segunda vitória consecutiva na categoria Turismo A (Foto: Tiago Guedes)

A terceira bateria das categorias Super Turismo largou às 9h44, com o pole position Taylor Pilger mantendo a posição de largada, seguido de perto por Cido Moraes, Gefferson Lima e Caio Botelho. A partir da terceira volta os pilotos das categorias mais rápidas foram abrindo vantagem das demais categorias, que passaram a ter disputas internas por melhores posições.

Após 15 voltas, a vitória na Geral e na Turismo A foi de Gefferson de Lima, com o tempo de 21m53s600, seguido de Taylor Pilger (B), a 01s340; Thiago Klein (A), a03s314; Caio Botelho (L), a 03s915; Rodolfo Ramirez (M), a 09s268; Rafel Salido (L), a 11s814; Jaime Romeira (B), a 13s293; Rodrigo Romeira (B), a 19s093; Wyllian Cezarotto (M), a 2 voltas; e, Ademar Dagostini (A), a 4 voltas. Abandonaram com problemas técnicos os pilotos Cido Moraes, com 8 voltas, Edson Massaro, com 9, e, Rafael Lupatini, que não completou uma volta por quebra da homocinética. A volta mais rápida da prova foi de Wyllian Cezarotto, com o tempo de 1m18s072, à média de 141,008 km/h.

Taylor Pilger conquistou a vitória na etapa de Cascavel ao ganhar três provas (Foto: Tiago Guedes)

Taylor Pilger conquistou a vitória na etapa de Cascavel ao ganhar três provas (Foto: Tiago Guedes)

Encerrando as corridas do domingo em Cascavel, a Super Turismo realizou a quarta bateria às 11h37, disputada com 13 participantes e muitas boas disputas. A vitória dessa vez foi de Odair do Santos (A), que completou as 17 voltas da prova no tempo de 22m29s993, com Gefferson de Lima (A) em segundo, a 05s289; Ruslan Carta Filho (A) em terceiro, a 19s210; Caio Botelho (L) em quarto, a 21s351; Ademar Dagostini (A) em quinto, a 31s014; Ciro Moraes (A) em sexto, a 32s921; Luc Monteiro/Edson Massaro (M) em sétimo, a 41s656; Jaime Romeira (B) em oitavo, a 1m09s329; Rafael Salido (L) em nono, a 1m11s128; Rodrigo Romeira (B) em décimo, a 1m11s409; Rodolfo Ramirez (A) em 11° lugar, a 2 voltas, e, Taylor Pilger (B) em 12° lugar, a 3 voltas. Wyllian Cezarotto/Lorenzo Massaro completaram apenas 7 voltas. A volta mais rápida da prova foi de Odair dos Santos, com o tempo de 1m18s300, à média de 140,598 km/h.

A dupla Wyllian Cezarotto/Lorenzo Massaro é a vitoriosa na categoria Turismo M (Foto: Tiago Guedes)

A dupla Wyllian Cezarotto/Lorenzo Massaro é a vitoriosa na categoria Turismo M (Foto: Tiago Guedes)

Resultado Final: somados os pontos das quatro baterias disputadas a pontuação final da etapa por categoria foi a seguinte: TURISMO A – 1°) Thiago Klein/Odair do Santos, com 75 pontos; 2°) Gefferson de Lima, 59; 3°) Ademar Dagostini, 42; 4°) Rafael Lupatini, 35; e 5°) Cido Moraes, 23 pontos. TURISMO B – 1°) Taylor Pilger, com 72 pontos; 2°) Rodrigo Romeira, 57; e 3°) Jaime Romeira, com 47 pontos. TURISMO L – 1°) Caio Botelho, com 80 pontos; 2°) Rafael Salido, 60; e 3°) Naor Petry, sem pontos. turismo M – 1°) Wyllian Cezarotto/Lorenzo Massaro, com 55 pontos; 2°) Luc Monteiro/Edson Massaro, 50; e 3°) Rodolfo Ramirez, com 35 pontos.

A terceira e próxima etapa do Race Challenge Paranaense de Marcas e Turismo está marcada para os dias 7, 8 e 9 de junho, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina no Norte do Paraná.

Taylor Pilger tem neste sábado um dia histórico no Autódromo Zilmar Beux ao conquistar a primeira vitória de sua carreira (Foto: Tiago Guedes)

Taylor Pilger tem neste sábado um dia histórico no Autódromo Zilmar Beux ao conquistar a primeira vitória de sua carreira (Foto: Tiago Guedes)

O “circo” do Race Challenge, com o Paranaense de Marcas e Turismo (Super Turismo) desembarcou em Cascavel, no Oeste do Paraná, onde acontece a 2ª etapa da Temporada 2024 no Autódromo Zilmar Beux, neste fim de semana. O evento conta ainda com uma etapa da Copa Toyota Vitz, do Paraguai, desfile do Clube Mustang, Speed Run, Passeio Ciclístico e DJ com vasta Play List Musical, Espaço Kids e Lounge para convidados. A organização é do Race Challenge, apoio do Automóvel Clube de Cascavel, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Na sexta-feira (3), debaixo de muita chuva, a movimentação de pista começou com dois Treinos Livres para cada categoria, onde os pilotos do Paraguai puderam conhecer o traçado da pista de Cascavel e os demais fizeram os últimos acertos para as corridas de sábado e domingo. Neste sábado (4), foram realizados mais dois Treinos Livres, os Treinos Classificatórios e duas corridas de cada categoria.

TREINOS CLASSIFICATÓRIOS

COPA VITZ – 1°) Lucas Franco/Odair Santos, 1m23s310; 2°) Tico Maune, 1m23s375; 3°) Pedro Borja,1m23s560; 4°) Marcial Acosta, 1m24s365; 5°) Jorge Modesto, 1m24s893; 6°) Hugo Villalba, 1m25s111; 7°) Nestor Acosta, 1m25s116; 8°) Juan B. Ybanez, 1m26s136; 9°) Anderson Mella/Alexandre, 1m26s635; 10°) Victor Preto/Sebastian Preto, 1m26s721; 11°) Carlos Villalba, 1m27s724; 12°) Antonio Lin/Eduardo Guggiari, 1m28s802; e 13°) Javier Stadecker, 1m29s005.

SUPER TURISMO – 1°) Ruslan Carta Filho/Rafael Lupatini, (A), 1m18s433; 2°) Thiago Klein/Odair Santos (A), 1m18s444; 3°) Gefferson de Lima (A), 1m19s008; 4°) Lorenzo Massaro/ Wyllian Cezarotto (M), 1m19s433; 5°) Cido Moraes (A), 1m19s533; 6°) Ademar Dagostini (A), 1m19s663; 7°) Caio Botelho (L), 1m19s735; 8°) Naor Petry (L), 1m19s920; 9°) Teylor Pilger (B), 1m20s183; 10°) Luc Monteiro/Edson Massaro (M), 1m21s121; 11°) Rafael Salido (L), 1m21s756; 12°) Jaime Romeira (B), 1m22s310; 13°) Rodolfo Ramirez (M), 1m22s358; e 14°) Rodrigo Romeira (B), 1m27s067.

COPA VITZ

As provas começaram no Autódromo Zilmar Beux a partir das 11h15, com primeira bateria da Copa Toyota Vitz, do Paraguai, que reuniu 12 carros Toyota Ettios. Lucas Franco que largou na pole position manteve a liderança até a quarta volta, quando abandonou por quebra. Com problemas técnicos, Juan Ybanez e Marcial Acosta não completaram uma volta.

Depois de 15 voltas a vitória foi de Pedro Borja, com o tempo de 21m01s433, com Tico Maune em segundo, a 05s750; Hugo Villalba em terceiro, a 32s443, Nestor Acosta em quarto, a 35s565; Antonio Lin em quinto, a 1m14s490, Jorge Modesto em sexto, a uma volta; Victor Preto em sétimo, a uma volta; Anderson Mella em oitavo, a duas voltas; Javier Stadecker, a quatro voltas. Luiz Franco completou apenas quatro voltas, Juan Ybanez e Marcial Acosta não completaram uma volta. Pedro Borja marcou ainda a volta mais rápida da prova, com o tempo de 1m22s867, a média de 132,849 km/h.

A segunda bateria, que largou às 14h30, com 11 participantes, tivemos Wyllian Cezarotto correndo em dupla com Pedro Borja, largando na frente e travando bons “pegas” no início da prova por melhores posições. Foi mais uma corrida muito disputada onde após 15 voltas de prova a vitória foi de Tico Maune, com o tempo de 22m34s986, vindo a seguir Hugo Villalba, a 12s388; Jorge Modesto, a 43s286; Sebastian Preto, a 1m03s653, Odair dos Santos, a 1m23s073; Eduardo Guggiarri, a 1 volta; Wyllian Cezaratto, a 2 voltas; e, Nestor Costa, a 3 voltas. Não completaram a prova Javier Stadecker, 11 voltas, Anderson Mella/Alexandre, 9 voltas, e, Marcial Acosta não completou uma volta.

PARANAENSE

Thiago Klein conquistou uma maiúscula vitória na primeira prova da Super Turismo depois de largar na segunda colocação (Foto: Thiago Guedes)

Thiago Klein conquistou uma maiúscula vitória na primeira prova da Super Turismo depois de largar na segunda colocação (Foto: Thiago Guedes)

A primeira bateria das categorias Super Turismo largou às 13 horas, com o pole position Ruslan Carta Filho mantendo a posição de largada, seguido de perto por Thiago Klein, Gefferson Lima e Lorenzo Massaro. A partir da terceira volta os pilotos das categorias mais rápidas foram abrindo vantagem das demais categorias, que passaram a ter disputas internas por melhores posições.

Após 16 voltas, a vitória na Geral e na Turismo A foi de Thiago Klein, com o tempo de 21m11s673, seguido de Ruslan carta Filho (A), a 01s101; Lorenzo Massaro (M), a13s949; Gefferson de Lima (A), a16s996; Taylor Pilger (B), a 26s717; Ademar Dagostini (A), a 32s750; Caio Botelho (L), a 38w794; Luc Monteiro (M), a 42s644; Rafael Salido (L), a uma volta, e, Rodrigo Romeira (B), a uma volta. Com problemas técnicos abandonaram a prova os pilotos Jaime Romeira, com 9 voltas, Naor Petry e CidoMoraes, com 8 voltas completadas. A volta mais rápida da prova foi de Lorenzo Massaro, com o tempo de 1m18s427, à média de 140,370 km/h.

Encerrando as corridas de sábado, a Super Turismo realizou a segunda bateria às 15h24, disputada com 12 participantes e muitos bons “pegas”. A vitória dessa vez foi de Taylor Pilger (B), que completou as 16 voltas da prova no tempo de 21m33s891, com Odair Santos (A) em segundo, a 0s525; Cido Moraes (A) em terceiro, a 03s357; Gefferson de Lima (A) em quarto, a 09s295; Caio Botelho (L) em quinto, a 14s767; Ademar Dagostini (A) em sexto, a 18s233; Rafael Salido (L) em sétimo, a 49s900; Willian Cezarotto (M) em oitavo, a 1 volta; Rodrigo Romeira (B) em nono, a 2 voltas; Jaime Romeira (B) em décimo, a 2 voltas; Rafel Lupatini (A) em 11° lugar, a 4 voltas; e, Edson Massaro (M) em 12° lugar, a 4 voltas.

Cido Morais será um dos representantes de Cascavel na categoria Turismo  A (Foto: Cleocinei Zonta/Divulgação)

Cido Morais será um dos representantes de Cascavel na categoria Turismo A (Foto: Cleocinei Zonta/Divulgação)

CASCAVEL (PR) –  O Race Challenge chega a Cascavel neste fim de semana, com muitas novidades na programação da 2ª etapa da temporada, que começa na sexta-feira (3) e vai até domingo, no Autódromo Zilmar Beux. A promoção e organização serão da Race Challenge, com apoio do Automóvel Clube de Cascavel e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

O Campeonato Paranaense de Turismo/Race Challenge terá competições nas categorias Turismo A, Turismo B e Turismo L, com quatro provas em cada categoria no fim de semana. A programação terá ainda pedestrianismo com corrida de rua, prova de ciclismo, arrancada noturna, track day, encontro de proprietários de Mustang e Sunset Clube (happy hour).

 

Classificação do Campeonato Paranaense de Turismo/Race Challenge

Categoria Turismo A

1º) Odair dos Santos/Thiago Klein, com 78 pontos

2º) Ademar D`Agostini, 54

3º) Aparecido Lima de Morais, 45

4º) Algacir Sermann/Edson Campana Sita, 33

5º) Ruslan Carta Filho/Eduardo Saçaki, 14

6º) Mario César Bonilha, com 3 pontos

 

Categoria Turismo B

1º) Maximilian Mertzig/Adriano Barbosa, com 68 pontos

Taylor Luiz Pilger Giacobbo, 68

3º) Mauricio Garcia Ambrósio, 48

4º) Sandro Stenzowski, 31

5º) Jaime Fernandes Romeira, 25

6º) Rodrigo Fernandes Romeira, com 15 pontos

 

Categoria Turismo L

1º) Naor Vergilio Petry, com 79 pontos

2º) Marlon Watanabe, 57

3º) Caio Henrique Botelho, 48

4º) Jean Carlo Moreno/Vitor Hugo Botelho, com 37 pontos

Pedro Muffato recebe a bandeirada da vitória em Guaporé (Foto: Tiago Soares/Divulgação)

Pedro Muffato recebe a bandeirada da vitória em Guaporé (Foto: Tiago Soares/Divulgação)

GUAPORÉ (RS) – Quem foi ao Autódromo Nelson Barros, em Guaporé, ou acompanhou a transmissão pela Rede TV e pelas redes sociais, pode ver um show dos paranaenses Pedro Muffato e Márcio Rampon na 2ª etapa da temporada da Fórmula Truck, disputada neste domingo (21), no autódromo gaúcho. Muffato, de Cascavel,  largou na pole position e liderou a corrida de ponta, ganhando na classificação geral e na categoria GT Truck, enquanto que Rampon, de Curitiba, largou em 29º e ganhou a categoria F-Truck.

Pedro Muffato largou bem e manteve a ponta, completando as 26 voltas da prova em 47m55s535. Ele chegou 3s397 à frente do gaúcho Rafael Fleck, que chegou a colocar pressão em Muffato no final da prova, mas o veterano piloto de 83 anos reagiu e logo mostrou que seu Scania estava em condições de brigar pela vitória. Os irmãos Túlio e Álvaro Bendo comemoraram o fato de estarem juntos no pódio, ao receberam a bandeirada em terceiro e quarto respectivamente. Jorge “Feio” Ribeiro levou o troféu de quinto colocado para Pelotas, no Rio Grande do Sul.

Após a cerimônia de premiação Muffato frisou que sofreu com o calor dentro de seu caminhão e com a pressão dos adversário, mas seu Scania estava competitivo e reagiu nos momentos certo. “Só tenho a agradecer o apoio do publico de Guaporé, apaixonado pela Fórmula Truck”, disse Muffato.

Vitória suada

Márcio Rampon comanda a festa do pódio da categoria F-Truck com mais uma vitória (Foto: Tiago Soares/Divulgação)

Márcio Rampon comanda a festa do pódio da categoria F-Truck com mais uma vitória (Foto: Tiago Soares/Divulgação)

Márcio Rampon destacou que sua vitória foi suada na categoria F-Truck. Ele largou em 29º, depois de uma desclassificação no treino classificatório por irregularidade técnica e foi buscar a vitória, completando as 26 voltas da prova em 49s24s005. Em segundo se classificou Gilmar Mottin e em terceiro Duda Conci, que tinha largado na pole position.

Duda e Rampon travaram acirrado duelo pela vitória na parte final da prova. Faltando cinco voltas para o final, o motor do Ford Cargo de Duda perdeu rendimento e precisou ir aos boxes, voltou à pista, mas com uma desvantagem de quatro voltas para o vitorioso Márcio Rampon, que compete com um Scania.

“Diante de todos os problemas do fim de semana, temos que comemorar  muito esta vitória. O ditado já diz que corrida só termina na bandeirada. Fui ganhando posições volta a volta até chegar no Duda, pressionei, mas ele estava muito rápido. Mas infelizmente ele teve problemas e assumi a liderança”, acentua Márcio Rampon.

A 3ª etapa da Fórmula Truck será disputada no dia 2 de junho, no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, na região Oeste do Paraná.

A Fórmula Truck 2024 tem promoção e organização da GT Truck Eventos, patrocínio da SpeedMax Pneus e Rodas e Eckisil, e supervisão das federações de automobilismo do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

 

 

Resultado da categoria GT Truck

Pedro Muffato, com uma largada impecável, manteve a primeira colocação para vencer de ponta a ponta (Foto: Tiago Soares/Divulgação)

Pedro Muffato, com uma largada impecável, manteve a primeira colocação para vencer de ponta a ponta (Foto: Tiago Soares/Divulgação)

1º) Pedro Muffato, Scania, 26 voltas em 47m55s535

2º) Rafael Fleck, Scania, a 3s397

3º) Túlio Bendo, Mercedes-Benz, a 44s500

4º) Álvaro Bendo, Mercedes-Benz, a 45s616

5º) Jorginho “Feio” Ribeiro, Scania, a 46s680

6º) Everton Fontanella, Scania, a 56s514

7º) Rodrigo Gomes, Volvo, a 1m13s766

8º) Alisson Nurnberg, Scania, a 1m41s272

9º) Helder Mottin, Volvo, a 1 volta

10º) Ricardo Ançay, Mercedes-Benz, a 1 volta

11º) Alex Peixeiro, Protótipo Ford, a 1 volta

12º) Sandro Pinheiro, Mercedes-Benz, a 2 voltas

13º) Márcio Limestone, Scania, a 2 voltas

14º) Adriano Rocha, Scania, a 4 voltas

15º) Lazaro “Zetti” Donizete, Volkswagen, a 7 voltas

Não completaram 75% da prova – 19 voltas

16º) João Santa Helena, DAF, a 9 voltas

17º) Douglas Torres, Ford Cargo, a 11 voltas

18º) Paulinho Rampon, Scania, a 17 voltas

19º) Robson Portaluppi, Protótipo Mercedes-Benz, a 19 voltas

20º) Edivan Monteiro, Mercedes-Benz, a 22 voltas

21º) Daril Amaral, Scania, a 22 voltas

 

Resultado da categoria F-Truck

1º) Márcio Rampon, Scania, 26 voltas em 49m24s005

2º) Gilmar Mottin, Scania, a 1 volta

3º) Duda Conci, Ford Cargo, a 4 voltas

Não completaram 75% da prova – 19 voltas

4º) Felipe Fraguas, Volvo, a 11 voltas

5º) Márcio Rosa, Scania, a 15 voltas

6º) Fabrício Rossato, Volkswagen, a 18 voltas

7º) Gustavo Mânica, Volkswagen, a 1 voltas

8º) Douglas Collet, Scania, a 22 voltas

9º) Tiago Bellaver, Mercedes-Benz, a 22 voltas

 

Calendário da Fórmula Truck para 2024

Já realizadas

24 de março – Rivera (Uruguai)

21 de abril – Guaporé (RS)

 

Próximas etapas

2 de junho – Cascavel (PR)

30 de junho – São Paulo (SP) – A definir

4 de agosto – Londrina (PR)

15 de setembro – Campo Grande (MS)

15 de outubro – Santa Cruz do Sul (RS)

10 de novembro – Tarumã (RS)

1º de dezembro – Cascavel (PR)

Joãozinho Santa Helena leva a DAF à vitória na estreia da montadora na Fórmula Truck

Joãozinho Santa Helena leva a DAF à vitória na estreia da montadora na Fórmula Truck (Foto: Tiago Soares/Divulgação)

RIVERA (URUGUAI) – Vitória de paranaenses na etapa de anertura da temporada da Fórmula Truck neste domingo (24), no Autódromo Eduardo Cabrera, em Rivera, no Uruguai, divisa seca com Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul. Joãozinho Santa Helena, de Colombo, ganhou na categoria GT Truck, e Márcio Rampon, de Curitiba, foi o vitorioso na F-Truck.

Joãozinho Santa Helena foi um dos nomes da prova. Largou em quarto, assumiu a liderança ainda na primeira volta. No entanto, sofreu uma penalização por queima de largada, pagou a penalização e em uma impecável corrida de recuperação, assumiu a liderança na segunda parte da corrida, levando a montadora DAF à vitória em sua estreia nas competições. Ele completou as 25 voltas em 44m47s745, recebendo a bandeirada da vitória 19s295 à frente do paranaense Pedro Muffato, que conquistou o segundo lugar na estreia de seu novo Scania. Em terceiro se classificou o paranaense Douglas Torres, que chegou à frente de Álvaro Bendo (SC), Jorge “Jorginho Feio” Ribeiro (RS) e Everton Fontanella (SC), que pela ordem, ocuparam as seis primeiras colocações da prova e foram ao pódio.

Túlio Bendo (06) largou na pole position e liderou mais da metade da corrida (Foto: Fabian Ribeiro/Divulgação)

Túlio Bendo (06) largou na pole position e liderou mais da metade da corrida (Foto: Fabian Ribeiro/Divulgação)

Túlio Bendo, que largou na pole position, perdeu a liderança na primeira volta, caindo para terceiro, recuperou a ponta com as penalizações de Joãozinho Santa Helena (queima de largada) e Rafael Fleck (queima de radar). Mas veio a sofrer uma penalização por excesso de fumaça, quando estava na liderança, chegou a ir para os boxes, mas foi excluído da corrida pelas comissários desportivos porque a fumaça permaneceu. Estreando um caminhão Mercedes-Benz, Túlio mostrou que é um dos fortes candidatos ao título nesta temporada.

A categoria F-Truck teve como vencedor o paranaense Márcio Rampon, que completou as 25 voltas da prova em 45m42s728. Ele também foi um dos destaques da prova. Saiu na pole position, perdeu várias posições na largada e quanto fazia ultrapassagens para lugar as primeiras posições, sofreu uma penalização por excesso de fuma. Pagou a penalização e voltou à pista, remando tudo de novo e no final da prova, chegou à liderança ultrapassando o gaúcho Douglas Collet. O paranaense Duda Conci, que liderou boa parte da corrida, sofreu uma penalização por excesso de fumaça quando estava em primeiro e mais tarde teve problemas e deixou a corrida a oito voltas do fim.

Copa Mercosul

Márcio Rampon, bicampeão da categoria F-Truck, abre a temporada com uma expressiva vitória (Foto: Fabian Ribeiro/Divulgação)

Márcio Rampon, bicampeão da categoria F-Truck, abre a temporada com uma expressiva vitória (Foto: Fabian Ribeiro/Divulgação)

A prova de Rivera é extracampeonato, valendo pela Copa Mercosul, que terá duas etapas no Brasil. As etapas brasileiras serão em Campo Grande e Cascavel, no encerramento da temporada.

Assim, Joãozinho Santa Helena larga na frente na classificação da categoria GT Truck, com 105 pontos, seguidos de Pedro Muffato, com 90; e Douglas Torres, com 80 pontos.

Na categoria F-Truck, o líder é Márcio Rampon, com 105, tendo Douglas Collet como vice-líder, com 90; e Thiago Mânica, em terceiro, com 80 pontos.

A próxima etapa da Fórmula Truck está marcada para o dia 21 de abril, em Guaporé, no Rio Grande do Sul.

A Fórmula Truck 2024 tem promoção e organização da GT Truck Eventos, patrocínio da SpeedMax Pneus e Rodas e Eckisil, e supervisão das federações de automobilismo do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

 

 

Resultado da categoria GT Truck em Rivera

1º) João Santa Helena (Colombo-PR), 25 voltas em 44m47s745

2º) Pedro Muffato (Cascavel-PR), a 19s295

3º) Douglas Torres (Curitiba-PR), a 24s334

4º) Álvaro Bendo (Ermo/SC), a 29s254

5º) Jorge “Jorginho Feio” Ribeiro (Pelotas/RS), a 31s003

6º) Everton Fontanella (Lauro Muller/SC), a 54s478

7º) Alex Peixeiro (Santos/SP), a 56s195

8º) João Lemos (Guarujá/SP), a 1m17s787

9º) Edivan Monteiro (Cascavel/PR), a 1m36s882

10º) Paulinho Rampon (Curitiba/PR), a 3 voltas

11º) Rafael Fleck (Porto Alegre/RS), a 4 voltas

Não se classificaram

12º) Robson Trevizol (Xanxerê/SC), a 9 voltas

13º) Rogério “Taio” Agostini (São Miguel do Oeste/SC), a 20 voltas

14º) Valdinei “Baté” dos Santos (Cascavel/PR), a 22 voltas

15º) Leo Barramacher (Santos/SP), a 24 voltas

16º) Lazaro “Zetti” Donizete (São João da Boa Vista/SP), a 25 voltas

17º) Geraldo Galli (São Paulo/SP), a 25 voltas

18º) Túlio Bendo (Ermo/SC), desqualificado

19º) Lizarb Benato (Canoas/RS), desqualificado

 

Resultados da categoria F-Truck em Rivera

1º) Márcio Rampon (Curitiba/PR), 25 voltas em 45m42s728

2º) Douglas Collet (Casca/RS), a 5s475

3º) Thiago Mânica (Curitiba/PR), a 1 volta

4º) Felipe Fraguas (Santos/SP), a 2 voltas

Não se classificaram

5º) Duda Conci (Cafelândia/PR), a 8 voltas

6º) Fabrício Rossatto (Curitiba/PR), a 10 voltas

7º) Cleber Fonseca (Cascavel/PR), a 12 voltas

8º) Tiago Bellaver (Curitiba/PR), a 25 voltas

9º) Gabriel Saccumanno (São Paulo/SP), desqualificado

10º) Gustavo Mânica (Curitiba/PR), desqualificado

 

Classificação da Copa Mercosul

Categoria GT Truck

1º) João Santa Helena (Colombo-PR), com 105 pontos

2º) Pedro Muffato (Cascavel-PR), 90

3º) Douglas Torres (Curitiba-PR), 80

4º) Álvaro Bendo (Ermo/SC), 75

5º) Jorge “Jorginho Feio” Ribeiro (Pelotas/RS), 70

6º) Everton Fontanella (Lauro Muller/SC), 65

7º) Alex Peixeiro (Santos/SP), 60

8º) João Lemos (Guarujá/SP), 55

9º) Edivan Monteiro (Cascavel/PR), 50

10º) Paulinho Rampon (Curitiba/PR), 45

11º) Rafael Fleck (Porto Alegre/RS), com 40 pontos

 

Categoria F-Truck

1º) Márcio Rampon (Curitiba/PR), com 105 pontos

2º) Douglas Collet (Casca/RS), 90

3º) Thiago Mânica (Curitiba/PR), 80

4º) Felipe Fraguas (Santos/SP), com 75 pontos

 

 

Calendário da Fórmula Truck para 2024

Realizada

24 de março – Rivera (Uruguai)

 

Próximas etapas

21 de abril – Guaporé (RS)

2 de junho – Cascavel (PR)

30 de junho – São Paulo (SP) – A definir

4 de agosto – Londrina (PR)

15 de setembro – Campo Grande (MS)

15 de outubro – Santa Cruz do Sul (RS)

10 de novembro – Tarumã (RS)

1º de dezembro – Cascavel (PR)

A dupla Odair dos Santos/Thiago Klein sai na frente e lidera a categoria Turismo A no Paranaense de Marcas e Turismo/Race Challenge (Foto: Pedro Augusto Pinheiro/Divulgação)

A dupla Odair dos Santos/Thiago Klein sai na frente e lidera a categoria Turismo A no Paranaense de Marcas e Turismo/Race Challenge (Foto: Pedro Augusto Pinheiro/Divulgação)

LONDRINA (PR) – Os pilotos que correm em dupla levaram a melhor na etapa de abertura do Campeonato Paranaense de Marcas e Turismo/Race Challenge, disputada no último fim de semana, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina, no Norte do Paraná. A promoção e organização foram da Race Challenge, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

A dupla formada por Odair do Santos e Thiago Klein conquistou a vitória na categoria Turismo A, somando 75 pontos nas quatro provas da etapa londrinense.  Em segundo lugar se classificou Ademar D’Agostini, com 51 pontos. Outra dupla que fez sucesso é a Max Mertzig/Adriano Barbosa, que somaram com 64 e conquistou a vitória na categoria Turismo B. Taylor Pilger garantiu a segunda colocação, com 55 pontos.

Já na categoria Turismo L a vitória foi da Naor Petry, que somou 75 pontos, contra 54 da Marlon Watanabe, o segundo colocado.

A 2ª etapa da temporada está marcada para de 3 a 5 de maio, no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, na região Oeste do Paraná.

 

Classificação final da 1ª etapa do Paranaense de Marcas e Turismo/Race Challenge

Categoria Turismo A

1º) Odair Santos/Thiago Klein, com 75 pontos

2º) Ademar D’Agostini, 51

3º) Cido Moraes, 42

4º) Algacir Sermann/Edson Campana, 30

5º) Ruslan Carta Filho, com 10 pontos

 

Categoria Turismo B

1º) Max Mertzig/Adriano Barbosa, com 64 pontos

2º) Taylor Pilger, 55

3º) Maurício Garcia Ambrósio, 45

4º) Sandro Stenzowski, 20

5º) Rodrigo Romeira, 12

6º) Jaime Romeira, com 10 pontos

 

Categoria Turismo L

1º) Naor Petry, com 75 pontos

2º) Marlon Watanabe, 54

3º) Caio Botelho, 45

4º) Jean Moreno/Vitor Botelho, com 44 pontos

O Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, será palco da etapa de abertura da temporada do Paranaense de Marcas e Turismo Race Challenge (Foto: Cláudio Kolodziej/Divulgação)

O Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, será palco da etapa de abertura da temporada do Paranaense de Marcas e Turismo Race Challenge (Foto: Cláudio Kolodziej/Divulgação)

LONDRINA (PR) – Com a realização dos treinos livres, começa na próxima sexta-feira (23), o Campeonato Paranaense de Turismo Race Challenge. Serão disputadas as categorias Super Turismo, Turismo, Força Livre e Clássicos. A promoção e organização serão da Race Challenge, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

A temporada deste ano terá seis etapas, com três disputadas em Londrina e três em Cascavel. A abertura será neste fim de semana, em Londrina, e termina em Cascavel, com a etapa final programada para de 13 a 15 de dezembro.

Ricardo Santos, diretor da Race Challenge, diz que o campeonato deste ano terá um formato completamente diferente, com shows e eventos paralelos nos autódromos. As categorias em destaque são a Super Turismo (16v e 8v), Marcas e Turismo 1.6, e a Turismo 5000, todas regidas pelo regulamento da Federação Paranaense de Automobilismo. Entre as inovações, destacam-se os box padronizados, visando proporcionar uma experiência única aos participantes e ao público.

Programação

A programação da etapa de abertura da temporada começa sexta-feira, com os treinos livres. Das 9 às 9h25, será disputado o 1º treino da categoria Super Turismo; das 9h30 às 9h55,  1º treino da Turismo; das 10 às 10h25, 1º treino –da Força Livre e Clássicos; das 10h30 às 10h55, 2º treino da Super Turismo; das 11 às 11h25, 2º treino da Turismo; das 11h30 às 11h55, 2º treino da Força Livre e Clássicos; das 13h30 às 13h55, 3º treino da Super Turismo; das 14 às 14h25, 3º treino da Turismo; das 14h30 às 14h55, 3º treino da Força Livre e Clássicos; das 15 às 15h25, 4º treino da Super Turismo; das 15h30 às 15h55, 4º treino da Turismo; das 16 às 16h25, 4º treino da Força Livre e Clássicos.

No sábado, a programação prevê das 6 às 8 horas, Sporting – treino Maratona, com aproximadamente 200 pessoas; às 8 horas, briefing; das 8h30 às 8h40, warm up da Super Turismo; das 8h45 às 8h55, warm up da Turismo; das 9 às 9h10, warm up da Força Livre e Clássicos; das 9h30 às 9h40, treino classificatório da Super Turismo; das 9h45 às 9h55, treino classificatório da Turismo; das 10 às 10h10, treino classificatório da Força Livre e Clássicos; às 11h15, largada da 1ª prova da Super Turismo; às 12 horas, largada da 1ª prova da Turismo; às 14h20, largada da 1ª prova da Força Livre e Clássicos; às 15h15, largada da 1ª prova da Super Turismo; e às 16 horas, largada da 2ª prova da Turismo.

No domingo, das 8h15 às 8h25 acontece o warm up da Super Turismo; das

8h30 às 8h40, Warm up da Turismo; das 8h45 às 8h55, warm up da Força Livre e Clássicos; às 9h45, largada da 3ª prova da Super Turismo; às 10h45, largada da 3ª prova da Turismo; às 11h45, largada da 2ª prova da Força Livre e Clássicos; às 12h30, pódio da Força Livre e Clássicos; às 13h40, largada da 4ª prova da Super Turismo; às 14h30, largada da 4ª prova da Turismo; e às 15 horas, pódio da Super Turismo e Turismo.

 

Calendário do Paranaense de Marcas e Turismo/Race Challenge

23 a 25 de fevereiro – Londrina

3 a 5 de maio – Cascavel

7 a 9 de junho – Londrina

9 a 11 de agosto – Cascavel

4 a 6 de outubro – Londrina

13 a 15 de dezembro – Cascavel

Ariel Barranco, vice-presidente da FPrA, diz que o Race Challenge desperta interesse de pilotos de vários estados (Foto: Victor Lara/Divulgação)

Ariel Barranco, vice-presidente da FPrA, diz que o Race Challenge desperta interesse de pilotos de vários estados (Foto: Victor Lara/Divulgação)

CURITIBA (PR) – Com uma nova proposta, Londrina abre o Campeonato Paranaense de Marcas e Turismo/Race Challenge, que nesta temporada terá promoção e organização da Race Challenge, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). A prova está marcada para de 23 a25 deste mês, no Autódromo Internacional Ayrton Senna.

O campeonato terá seis etapas, com três disputadas em Londrina e três em Cascavel. A abertura será em Londrina de 23 a 25 deste mês e termina em Cascavel, com a etapa final programada para de 13 a 15 de dezembro.

Ricardo Santos, diretor da Race Challenge, diz que o campeonato deste ano terá um formato completamente diferente, com shows e eventos paralelos nos autódromos. As categorias em destaque são a Super Turismo (16v e 8v), Marcas e Turismo 1.6, e a Turismo 5000, todas regidas pelo regulamento da Federação Paranaense de Automobilismo. Entre as inovações, destacam-se os box padronizados, visando proporcionar uma experiência única aos participantes e ao público. “O foco principal do projeto é a valorização e formação de um novo público para o automobilismo, especialmente entre os jovens. Queremos criar um novo público, promovendo eventos e shows que vão muito além das corridas. Queremos mostrar que o lugar de acelerar é na pista e não nas ruas, desencorajando práticas ilegais como rachas”, ressalta Santos.

Parceria

A expectativa para o início a temporada é muito boa. Ariel Barranco, vice-presidente da FPrA, destaca a importância da parceria da Federação com a Race Challenge. “As parcerias são muito importantes no automobilismo porque resultam em benefícios aos pilotos e equipes. Estamos confiantes de que a parceria com a Race Challenge será profícua”, acentua Ariel.

Ariel também destaca que o Paranaense deste ano será um supercampeonato. “O interesse dos pilotos na competição está muito boa e o número de participantes irá crescer a cada etapa”, finaliza Ariel Barranco.

 

Calendário do Paranaense de Marcas e Turismo/Race Challenge

23 a 25 de fevereiro – Londrina

3 a 5 de maio – Cascavel

7 a 9 de junho – Londrina

9 a 11 de agosto – Cascavel

4 a 6 de outubro – Londrina

13 a 15 de dezembro – Cascavel

Pedro Muffato registrou mais um feito histórico em sua carreira aos 83 anos ser campeão  na Fórmula Truck (Foto: Tiago Guedes/Divulgação)

Pedro Muffato registrou mais um feito histórico em sua carreira aos 83 anos ser campeão na Fórmula Truck (Foto: Tiago Guedes/Divulgação)

CURITIBA (PR) – O Paraná teve um ano de ouro em 2023. Foi destaque nacional com a conquista de 19 títulos nacionais. Brilharam pilotos da nova e velha geração, chamando a atenção Pedro Muffato, campeão da Fórmula Truck aos 83 anos, e Pedro Saderi que conquistou três títulos nacionais no kart, sendo um na Copa Brasil e dois no Brasileiro.

Os pilotos paranaenses também colocaram o Estado em evidência ao dominarem a Stock Car e a Fórmula Truck, duas das mais importantes categoria do automobilismo brasileiro. Muffato campeão da categoria GTR Truck e Márcio Rampon ganhou a F-Truck na Fórmula Truck.

Gabriel Casagrande comemora a conquista do bicampeonato na Stock Car Pro (Foto: Marcelo Machado Melo/Divulgação)

Gabriel Casagrande comemora a conquista do bicampeonato na Stock Car Pro (Foto: Marcelo Machado Melo/Divulgação)

Enquanto a velha geração fez a festa, a nova não deixou por menos, mostrando força e garantindo que o Paraná estará na briga por títulos por muitos anos.  A Stock Car também foi 100% Paraná. Gabriel Casagrande conquistou o título da Stock Car Pro, sagrando-se bicampeão da categoria. José Luiz Muggiati confirmou porque é considerado uma promessa desde os tempos do kart e se sagrou-campeão da categoria Stock Series.

Rubens Gatti, presidente da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), diz que o sucesso dos pilotos paranaenses na temporada de 2023 é reflexo de um trabalho de base realizado ao longo dos anos. “O automobilismo paranaense se notabiliza por revelar talentos para as categorias nacionais. Estas conquistas representa o trabalho de cada piloto, das equipes, dos preparadores e dos clubes”, finaliza Rubens Gatti.

Márcio Rampon sagrou-se bicampeão da categoria F-Truck na Fórmula Truck (Foto: Tiago Guedes/Divulgação)

Márcio Rampon sagrou-se bicampeão da categoria F-Truck na Fórmula Truck (Foto: Tiago Guedes/Divulgação)

Paranaenses campeões em categorias nacionais em 2023

José Luiz Muggiati Neto mostra a força da nova geração aos ser campeão da Stock Car Series (Foto: Marcelo Machado Melo/Divulgação)

José Luiz Muggiati Neto mostra a força da nova geração aos ser campeão da Stock Car Series (Foto: Marcelo Machado Melo/Divulgação)

Gabriel Casagrande – Stock Car Pro

José Luiz Muggiati Neto – Stock Car Series

Pedro Muffato – Fórmula Truck (Categoria GT Truck)

Márcio Rampon – Fórmula Truck (Categoria F-Truck)

Carlos Saderi – Brasileiro de Kart – Categoria Super Sênior Máster)

Carlos Saderi – Brasileiro de Kart (Categoria F-4 Super Sênior Máster)

Carlos SG – Brasileiro de Kart (Categoria Shifter Super Sênior)

Júlio Conte – Brasileiro de Kart – Categoria Sênior Pro)

Alessandro Xavier – Brasileiro de Kart (Categoria Super Sênior)

Doglas Pierosan – Copa Brasil de Kart (Categoria F-4 Super Sênior Máster)

Carlos SG – Copa Brasil de Kart (Categoria Shifter Super Sênior)

Carlos Saderi – Copa Brasil de Kart (Categoria Super Sênior Máster)

Arthur Bertoncello – Copa Brasil de Kart (Categoria Novatos)

Gabriel Ymagava – Nascar Brasil (Categoria A)

Júlio Campos/Léo Torres – Nascar Brasil (categoria Pro)

Léo Torres – Nascar Brasil (Categoria Pro Overall)

André Jacob – MBR (categoria Sênior)

Kadu Silva – Gold Turismo (Categoria Máster)

Iwan Mykytczuk Júnior – Gold Turismo (Categoria Light)

Carlos Saderi conquistou três títulos nacionais no kart (Foto: Eni Alves/Divulgação)

Carlos Saderi conquistou três títulos nacionais no kart (Foto: Eni Alves/Divulgação)

Carlos SG é campeão na Copa Brasil e no Brasileiro de Kart (Foto: Eni Alves/Divulgação)

Carlos SG é campeão na Copa Brasil e no Brasileiro de Kart (Foto: Eni Alves/Divulgação)

Júlio Campos e Léo Torres conquistaram o título da categoria Pro na Nascar Brasil (Foto: Luciano Santos/Divulgação)

Júlio Campos e Léo Torres conquistaram o título da categoria Pro na Nascar Brasil (Foto: Luciano Santos/Divulgação)

 

Gabriel Ymagava festeja o título da categoria a no Nascar Brasil (Foto: Luciano Santos/Divulgação)

Gabriel Ymagava festeja o título da categoria a no Nascar Brasil (Foto: Luciano Santos/Divulgação)

André Jacob leva o título da categoria Sênior no primeiro ano do MBR (Marcas Brasil Racing) (Foto: Luciano Santos/Divulgação)

André Jacob leva o título da categoria Sênior no primeiro ano do MBR (Marcas Brasil Racing) (Foto: Luciano Santos/Divulgação)

Kadu Silva é o campeão da categoria Master no Gold Turismo (Foto: Daniel Gomes/Divulgação)

Kadu Silva é o campeão da categoria Master no Gold Turismo (Foto: Daniel Gomes/Divulgação)

Iwan Mykytczuk Júnior é um dos paranaenses campeões em 2023 ao conquistar o título da categoria Light no Gold Turismo (Foto: Daniel Gomes/Divulgação)

Iwan Mykytczuk Júnior é um dos paranaenses campeões em 2023 ao conquistar o título da categoria Light no Gold Turismo (Foto: Daniel Gomes/Divulgação)

Fabiano Santos Donner é o campeão da categoria Marcas A (Foto: Cláudio Kolodziej/Divulgação)

Fabiano Santos Donner é o campeão da categoria Marcas A (Foto: Cláudio Kolodziej/Divulgação)

CURITIBA (PR) – A próxima quinta-feira (25) será dia de festa no automobilismo paranaense. Em evento marcado para a partir das 19h, no Armazém Garagem, em Curitiba, será feita a premiação aos campeões do ano passado e o lançamento da temporada de 2024 do Campeonato Paranaense de Marcas e Turismo-Race Challenge. Serão premiados o campeão, vice-campeão e o terceiro colocado das categorias Marcas A, Marcas B, Turismo A e Turismo B.

A festa será no Armazém Garagem, na rodovia Curitiba-Ponta Grossa, BR 277, 2.630. Santo Inácio, em Curitiba, das 19 às 23h, com show musical da Rocky Balboa Band.

Temporada 2024

Durante o evento da próxima quinta-feira serão apresentado detalhes do Campeonato Paranaense de Marcas e Turismo deste ano, que terá promoção e organização da Race Challenge, apoio dos clubes de Londrina e Cascavel, e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Stive Augusto Tokarski conquistou o título da Turismo A com três vitórias consecutivas (Foto: Dayane Priscila/Divulgação)

Stive Augusto Tokarski conquistou o título da Turismo A com três vitórias consecutivas (Foto: Dayane Priscila/Divulgação)

Ricardo Santos, diretor da Race Challlenge, diz que o campeonato deste ano terá um formato completamente diferente, com shows e eventos paralelos nos autódromos. As categorias em destaque são a Super Turismo (16v e 8v), Marcas e Turismo 1.6, e a Turismo 5000, todas regidas pelo regulamento da Federação Paranaense de Automobilismo. Entre as inovações, destacam-se os box padronizados, visando proporcionar uma experiência única aos participantes e ao público. “O foco principal do projeto é a valorização e formação de um novo público para o automobilismo, especialmente entre os jovens. Queremos criar um novo público, promovendo eventos e shows que vão muito além das corridas. Queremos mostrar que o lugar de acelerar é na pista e não nas ruas, desencorajando práticas ilegais como rachas”, ressalta Santos.

Rubens Gatti, presidente da FPrA, convida os pilotos a comparecerem ao evento da próxima quinta-feira para prestigiar os campeões que serão premiados e conhecerem a diretoria da Race Challenge e detalhes da temporada deste ano, que terá seis etapas, sendo três em Londrina e três em Cascavel. “É importante termos parceiros no automobilismo. A Race Challenge chega para fortalecermos o Paranaense de Marcas e Turismo”, acentua Rubens Gatti.

Fernando Kasmirski Zatta se sagrou campeão da Turismo B com uma vantagem de nove pontos sobre seu irmão Juliano (Foto: Dayane Priscila/Divulgação)

Fernando Kasmirski Zatta se sagrou campeão da Turismo B com uma vantagem de nove pontos sobre seu irmão Juliano (Foto: Dayane Priscila/Divulgação)

SERVIÇO

Lançamento Campeonato de Marcas e Turismo 2024 – Race Challenge

DATA: quinta-feira, 25 de janeiro de 2024

HORÁRIO:19h às 23h

ATRAÇÃO MUSICAL: Rocky Balboa Band

LOCAL: Armazém Garagem – Rodovia Curitiba – Ponta Grossa Br-277, 2630 – Santo Inácio, Curitiba – PR.

 

Pilotos da temporada 2023 a serem premiados

Categoria Marcas A

1º) Fabiano Santos Donner

2º) Antonio J. Amorim Carvalho

3º) Lucio Alan Fischer Seidel

 

Raphael Palermo Futsuki garantiu o título da categoria Marcas B pontuando em todas as etapas (Foto: Dayane Priscila/Divulgação)

Raphael Palermo Futsuki garantiu o título da categoria Marcas B pontuando em todas as etapas (Foto: Dayane Priscila/Divulgação)

Categoria Marcas B

1º) Raphael Palermo Futsuki

2º) Ademar D`Agostini

3º) Matheus Palermo Futsuki

 

Categoria Turismo A

1º) Stive Augusto Tokarski

2º) Emerson Szwed

3º) Adriano Cesar Botelho/Caio Henrique Botelho

 

Categoria Turismo B

1º) Fernando Kasmirski Zatta

2º) Juliano Kasmirski Zatta

3º) Luciano Vinicius Fracaro

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

maio 2024
S T Q Q S S D
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!