Get Adobe Flash player

Velocidade no Asfalto

Gustavo Magnabosco receberá a premiação de campeão da categoria Marcas A no Paranaense e no Metropolitano de Curitiba (Foto: Victor Lara)

Gustavo Magnabosco receberá a premiação de campeão da categoria Marcas A no Paranaense e no Metropolitano de Curitiba (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – A Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) fará na próxima sexta-feira (dia 6/12) a premiação aos campeões dos campeonatos Paranaense e Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto de 2018. A solenidade será a partir das 19h30, na Churrascaria Vallejo, em Pinhais, na região Metropolitana de Curitiba.

Serão premiados os três primeiros colocados de todas as categorias dos dois campeonatos. A noite festiva abre a programação da etapa de encerramento da atual temporada das duas competições. As provas serão no sábado e domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba

 

Premiados do Paranaense de Velocidade de 2018

Categoria Marcas A

1º) Gustavo Magnabosco

2º) Wanderlei Antonio Berlanda Júnior

3º) Fausto de Lucca

 

A dupla Allan Aquino de Alencar/Anderson Portes é a campeã paranaense da categoria Marcas B em 2018 (Foto: Victor Lara)

A dupla Allan Aquino de Alencar/Anderson Portes é a campeã paranaense da categoria Marcas B em 2018 (Foto: Victor Lara)

Categoria Marcas B

1º)Allan Aquino de Alencar/Anderson Lora Portes

2º) João Paulo Lacerda P. Naumes/Alisson Vinicius Nurnberg

3º) Wilians Jeferson Peres

 

Categoria Turismo I

1º) Rômulo Lazzari Molinari

2º) Antonio Jorge Amorim Carvalho

3º) Alexandre Frankenberger

 

Categoria Terra Marcas A

1º) Amauri Lisboa Júnior/Stive Augusto Tokarski

2º) Leonardo Kovalski

3º) Gefferson Luís de Lima

 

Categoria Terra Marcas B

1º) Guilherme Ragnini

2º) Luiz Otavio Brambila Rodrigues

3º) Lui André Fietz

 

Categoria Terra Turismo C

1º) Nilton da Silva Filho

2º) Peterson Calixto de Andrade

3º) James Schwerdtner

 

Categoria Turismo 5000

1º) Armin Kliewer

2º) Anderson José C. de Andrade

3º) Mauricio Pianovski Gaudêncio

Rômulo Lazzari Molinari conquistou o título paranaense da categoria Turismo I em 2018 (Foto: Victor Lara)

Rômulo Lazzari Molinari conquistou o título paranaense da categoria Turismo I em 2018 (Foto: Victor Lara)

 

Premiados do Metropolitano de Velocidade de Curitiba de 2018

Categoria Marcas A

1º) Gustavo Bordin Magnabosco

2º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta

3º) Fausto de Lucca

Categoria Marcas B

1º) João Paulo L. P. Naumes/Alisson Vinicius Nurnberg

2º) Marcelo Jose Andrade

3º) Samir Guimarães Silva

 

Categoria Turismo I

1º) Rômulo Lazzari Molinari

2º) Antonio J. Amorim Carvalho

3º) Roberto Baú

 

Categoria Terra Marcas A

1º) Leonardo Kovalski

2º) Amauri Lisboa Júnior/Stive Augusto Tokarski

3º) Roberto Bonato

 

Categoria Marcas B

1º) Guilherme Ragnini1

2º) Luiz Otavio Brambila Rodrigues

3º) Carlos Eduardo Schilipack

 

Categoria Terra Turismo C

1º)James Schwerdtner

2º) Evandro Maldonado

3º) Nilton da Silva Filho

 

Categoria Turismo 5000 A

1º) Armin Kliewer

2º) Richard Anthony Heidrich

3º) Wanderlei Antonio Berlanda

 

Categoria Turismo 5000 B

1º) Mauricio Pianovski Gaudêncio

2º) Gilberto Carlassara

3º) Luís Fernando Busatto

Rafael e Gustavo Simon posam com o troféu da 28ª edição das 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

Rafael e Gustavo Simon posam com o troféu da 28ª edição das 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

LONDRINA (PR) – Os gaúchos dominaram a 28ª edição as 500 Milhas de Londrina, disputada neste sábado no Autódromo Ayrton Senna. Os irmãos Gustavo e Rafael Simon, de Palmeiras das Missões, largaram na pole position e lideram 234 das 263 voltas disputadas. Eles só não estiveram na ponta da volta 37 a 66. Eles perderam a liderança no primeiro pit stop para os paulistas José Fortes/Emílio Ianez/Henrique José e recuperaram no segundo pit. Só eles ocuparam a primeira colocação.

Em segundo lugar se classificou o trio londrinense formado por Luciano Borghesi, Cláudio Ramos e Beto Borghesi, que receberam a bandeirada a 7 voltas dos vencedores. Na terceira colocação se classificou a dupla Eduardo Pimenta de Souza/Miguel Galli, de Foz do Iguaçu.

Gustavo Simon, que pilotou o Protótipo MRX na parte final da prova destacou a primeira vitória da dupla em uma prova longa. “É algo sensacional. Já tínhamos ganhado e fomos campeões brasileiro de Endurance na nossa categoria, mas na Geral é nossa primeira vitória. Tivemos um bom desempenho, mas a corrida foi muito difícil. A primeira e a segunda parte foi muito forte. Os adversários imprimiram um ritmo que nos forçou a pisar fundo. As entradas do Pace Car também fizeram com que tivemos que pisar tudo no acelerador para recuperarmos a vantagem que tínhamos até a intervenção na prova. Na parte final ficou um pouco tranqüilo. Faltando 20 voltas, pude sentir que a vitória estava perto. Era só preciso manter uma tocada segura e torcer para que o carro não quebrasse. Felizmente tudo correu bem e estamos comemorando a vitória”, salientou Gustavo.

Pódio da 28ª edição das 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

Pódio da 28ª edição das 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

Já Rafael Simon diz que o calor foi um forte adversário. “Somos do Sul e aguentar seis horas de corrida é muito difícil. Viemos a Londrina para testar o motor em uma prova longa, de tradição. Pelo jeito foi aprovado, com pole e vitória. Essa prova é sensacional. Nossa estratégia, com o Gustavo abrindo e fechando a corrida, foi perfeita”, falou Rafael.

Falando pelos vice-campeões, Luciano Borghesi, de 83 anos, disse que a prova foi sensacional, com o segundo lugar na Geral e campões no Grupo I e III. “Foi muito boa, só alegria. Só a ameaça de chuva na largada que complicou um pouco”, destacou Luciano Borghesi.

Pimenta e Galli consideraram o terceiro lugar um grande resultado, principalmente porque tiveram um pneu furado e andaram com pneus mais duros. “Foi uma corrida complicada, mas valeu a pena. Temos que comemorar este terceiro lugar e o segundo lugar nos Grupos I e III”, diz Miguel Galli, enquanto que Eduardo Pimenta saliente que se não você o pneu furado, dava para ter conquistado o segundo lugar na classificação geral.

As 500 Milhas de Londrina teve promoção e organização de Beto Borghesi e Aloysio Moreira, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

 

Resultado final das 500 Milhas de Londrina

1º) 56 – Gustavo Simon/Rafael Simon (B), Protótipo MRX, 263 voltas em 6h25m28s798

2º) 34 –Luciano Borghesi/Cláudio Ramos/Beto Borghesi (C/A), Protótipo H1R, a 7 voltas

3º) 110 – Eduardo Pimenta de Souza/Miguel Galli (C/A), Protótipo Spyder, a 10 voltas

4º) 38- Luiz Bley Júnior/Leonardo Yoshi/Aloysio Moreira (C/A), Protótipo Spyder, a 12 voltas

5º) 40 – Diego Pardo/Admir Pardo/André Pardo (D), Protótipo Aldee, a 23 voltas

6º) 77 – Edras Soares/Juarez Soares/Esdras Soares (A), Protótipo, a 26 voltas

7º) 66 – Alejandro Cignetti/Vander Penques (C), Protótipo, a 27 voltas

8º) 30 – Algacir Sermann/Fábio Tokunaga (F), Gol,  a 35 voltas

9º) 10 – Luiz Ferreira/Rodney Grandizoli (G), Gol, a 43 voltas

10º) 74 – Luiz Abbad/Sérgio Martinez (C/B/A), Protótipo Spyder, a 50 voltas

11º) 23 – Gustavo Moreira/Thiago Scarpetta/D. Prazeres (G), Gol, a 67 voltas

12º) 146 – Franco Dauer/Fernando Fernando Dauer/Rodrigo Bonoro (F), Gol, a 93 voltas

13º) 11 – José Fortes/Emílio Ianez/Henrique José (B), Protótipo H1R, a 97 voltas

14º) 73 – José Neto/Leandro Totti (C), Protótipo
Spyder, a 119 voltas

15º) 83 – Luiz Barcellos/Vitor David/Renato David (F), Alfa Romeo, a 191 voltas

16º) 46 – Roberto Perez/José Córdoba (B), Protótipo, a 201 voltas

17º) 75 – Marcos Romera/Werner Berveglieri/Anderson Garcia/Matheus Souza (G), Gol, a 234 voltas

18º) 107 – João Weiller/José Ademir de Carvalho (E), Puma, a 238 voltas

Pilotos particpantes da 28ª edição das 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

Pilotos particpantes da 28ª edição das 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

Classificação por categoria/Grupos

Grupo I

1º) 34 –Luciano Borghesi/Cláudio Ramos/Beto Borghesi (C/A), Protótipo H1R

2º) 110 – Eduardo Pimenta de Souza/Miguel Galli (C/A), Protótipo Spyder

3º) 38- Luiz Bley Júnior/Leonardo Yoshi/Aloysio Moreira (C/A), Protótipo Spyder

4º) 77 – Edras Soares/Juarez Soares/Esdras Soares (A), Protótipo

5º) 74 – Luiz Abbad/Sérgio Martinez (C/B/A), Protótipo Spyder

Grupo II

1º) 56 – Gustavo Simon/Rafael Simon (B), Protótipo MRX

2º) 74 – Luiz Abbad/Sérgio Martinez (C/B/A), Protótipo Spyder

3º) 11 – José Fortes/Emílio Ianez/Henrique José (B), Protótipo H1R

4º) 46 – Roberto Perez/José Córdoba (B), Protótipo

Grupo III

1º) 34 –Luciano Borghesi/Cláudio Ramos/Beto Borghesi (C/A), Protótipo H1R

2º) 110 – Eduardo Pimenta de Souza/Miguel Galli (C/A), Protótipo Spyder

3º) 38- Luiz Bley Júnior/Leonardo Yoshi/Aloysio Moreira (C/A), Protótipo Spyder

4º) 66 – Alejandro Cignetti/Vander Penques (C), Protótipo

10º) 74 – Luiz Abbad/Sérgio Martinez (C/B/A), Protótipo Spyder

5º) 73 – José Neto/Leandro Totti (C), Protótipo
Spyder

Grupo IV

1º) 40 – Diego Pardo/Admir Pardo/André Pardo (D), Protótipo Aldee

Grupo V

1º) 107 – João Weiller/José Ademir de Carvalho (E), Puma

Grupo VI

1º) 10 – Luiz Ferreira/Rodney Grandizoli (G), Gol

2º) 23 – Gustavo Moreira/Thiago Scarpetta/D. Prazeres (G)

3º) 75 – Marcos Romera/Werner Berveglieri/Anderson Garcia/Matheus Souza (G)

 

Grupo VII

8º) 30 – Algacir Sermann/Fábio Tokunaga (F), Gol

12º) 146 – Franco Dauer/Fernando Fernando Dauer/Rodrigo Bonoro (F), Gol

15º) 83 – Luiz Barcellos/Vitor David/Renato David (F), Alfa Romeo

Oscar Moraes Neto fez a festa na preliminar das 500 Milhas de Londrina e ganhou as duas provas da categoria Fórmula 1.600 (Foto: Cláudio Kolodziej)

Oscar Moraes Neto fez a festa na preliminar das 500 Milhas de Londrina e ganhou as duas provas da categoria Fórmula 1.600 (Foto: Cláudio Kolodziej)

LONDRINA (PR) – A Fórmula 1.600 fez a primeira preliminar das 500 Milhas de Londrina neste sábado, no Autódromo Inernacional Ayrton Senna. Foram duas provas disputadas, ambas vencidas por Oscar Moraes Neto, que largou na terceira colocação.

Na primeira prova, Oscar ganhou com uma vantagem de 0s772 sobre Lélio Assumpção, que tinha largado na pole position. Marcos Andrade Pimentel se classificou em terceiro. Na categoria F-600 Light, a vitória foi de Arthur Scherer, com Iago Garcia em segundo e Rogério Teixeira Pinto em terceiro.

Na corrida 2, Oscar Moraes ganhou com maior vantagem. Ele recebeu a bandeirada 9s902 à frente de Bruno Furlan, o segundo colocado. Igor Costa se classificou em terceiro. Na Light, Iago Garcia conquistou o primeiro lugar. Tendo Arthur Scherer em segundo e Marcelo José Brasil em terceiro.

 

Resultado da Corrida 1

1º) 8 – Oscar Moraes Neto, 15 voltas em 15m21s773

2º) 44 – Lélio Assumpção, a 0s772

3º) 33 – Marcos Andrade Pimentel, a 10s868

4º) 18 – Eduardo Dias, a 12s731

5º) 16 – Arhtur Scherer (L), a 30s067

6º) 88 – Igor Costa, a 30s133

7º) 100 – Alaor Esposito, a 37s216

8º) 111 – Iago Garcia (L), a 40s871

9º) 3 – Rogério Teixeira Pinto (L), a 1n15s025

10º) 14 – Alvaro César Paes (L), a 1m29s976

11º) 32 – José Daniel Ebel, a 1 volta

12º) 29 – Fernanda dos Aniceto (L), a 1 volta

13º) 27 – Marcelo José Brasil (L), a 5 voltas

14º) 78 – Bruno Furlan, a 8 voltas

Melhor volta: Lélio Assumpção, 1m26s349 (média 127,366 km/h), na 12ª volta

A Fórmula 1.600 é uma excelente opção entre o kart e categoria maiores (Foto: Cláudio Kolodziej)

A Fórmula 1.600 é uma excelente opção entre o kart e categoria maiores (Foto: Cláudio Kolodziej)

Resultado da corrida 2

1º) 8 – Oscar Moraes Neto, 15 voltas em 22m09s452

2º) 78 – Bruno Furlan, a 9s902

3º) 88 – Igor Costa, a 20s253

4º) 100 – Alaor Esposito, a 24s189

5º) 111 – Iago Garcia (L), a 24s458

6º) 16 – Arhtur Scherer (L), a 24s551

7º) 27 – Marcelo Jose Brasil (L), a 41s982

8º) 32 – José Daniel Ebel, a 49s423

9º) 14 – Alvaro Cesar Paes (L), a 1m07s749

10º) 29 – Fernanda Dos Aniceto (L), a 1 volta

11º) 44 – Lelio Assumpção, a 3 voltas

12º) 18 – Eduardo Dias, a 3 voltas

13º) 3 – Rogério Teixeira Pinto (L), a 8 voltas

14º) 33 – Marcos Andrade Pimentel, a 12 voltas

Melhor volta: Oscar Moraes Neto (8), 1m27s033 (média 126,365 km/h), na 6ª volta

A Classics e a Speed proporcionaram bons pegas no “Enquanto Você Espera” das 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

A Classics e a Speed proporcionaram bons pegas no “Enquanto Você Espera” das 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

LONDRINA (PR) – Com grid conjunto, as categorias Speed e Hot Classics deram um show em uma das preliminares das 500 Milhas de Londrina, neste sábado, no Autódromo Ayrton Senna. O grid contou com 25 carros.

Na Corrida 1 da Classics, os vencedores foram Nenê Pinotti/Marcelo Fortes na Classe A; Marcos Teodorio/Stanley Wesller na Classe B; e Everton da Costa Wagner/Rodrigo Wagner na Classe C. Já na Speed o ganhador foi Marcelo Tizzot.

Na Corrida 2, Nenê Pinotti/Marcelo Fortes repetiram a vitória na Classe A da Classics na Classe B a vitória ficou com Thiago Perez/Stanley Wessler; ao passo que Everton da Costa Wagner/Rodrigo Wagner ficaram com o primeiro luar da Classe C também na segunda prova da Classics. Na Speed, Renan Procópio dos Santos conquistou a primeira colocação.

Rafael e Gustavo Simon largam na primeira colocação nas 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

Rafael e Gustavo Simon largam na primeira colocação nas 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

LONDRINA (PR) – Depois de liderar o primeiro treino e ser segundo no segundo, a dupla gaúcha formada por Gustavo Simon e Rafael Simon, fez a pole position para as 500 Milhas de Londrina. A prova terá sua largada neste sábado, as 16 horas, com promoção e organização de Beto Borghesi, Aloysio Moreira e Daniel Procópio e com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

No treino classificatório da tarde desta sexta-feira, Gustavo e Rafael fizeram o tempo de 1m14s047, sendo 0s773 mais rápidos do que o trio paulista formado por José Fortes, Emílio Ianez e Henrique José, que fizeram o tempo de 1m14s820.

Em terceiro sairá Roberto Perez/José Cordova (SP/PR), seguido de José Neto/Leandro Totti (PR), Bley Júnior/Leonardo Yoshi/Aloysio Moreira e João Weiller/José Ademir de Carvalho (PR), que pela ordem, fecharam as seis primeiras colocações do grid de largada.

Preliminares

Nas preliminares, Lélio Assumpção será o pole position da Fórmula 1.600. No treino classificatório da tarde de hoje, ele fez o tempo de 1m27s166. Em segundo largará Marcos Andrade Pimentel, com 1m27s322, saindo à frente de Oscar Moraes Neto, 1m27s402; Bruno Furlan, 1m28s373; Eduardo Dias, 1m28s432;  e Arhur Scherer (L), com 1m28s520, que pela ordem, fecham as seis primeiras colocações do grid de largada.

Já na categoria Speed/Hot Classics, a pole position será da dupla Nenê Finotti/Marcelo Fortes (A), com o tempo de 1m30s565. Ao lado deles, na primeira fila estará Maurício Gonçalves/Marcelo Dia (A), com 1m33s396. A segunda fila terá Erico Sávio (S), em terceiro, com 1m33s743; e Marcelo Servidone (A), em quarto, com 1m33s942. A terceira fila terá Marcelo Tizzot Miguel (S), em quinto, com 1m34s004; e Neno de Oliveira (S), em sexto com o tempo de 1m34s525.

                  

Rafael e Gustavo Simon comemoram a pole position nas 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

Rafael e Gustavo Simon comemoram a pole position nas 500 Milhas de Londrina (Foto: Cláudio Kolodziej)

Programação

A programação das 500 Milhas de Londrina deste sábado prevê para às 9h40 largada da primeira corrida de Fórmula 1.600 (25 minutos); às 10h20, largada da primeira prova da Speed/Hot Classic (30 minutos, mais uma volta); às 13h10, largada da segunda prova de F-1.600; às 14h, largada da segunda prova de Speed/Hot Classics; às 15h, abertura dos boxes para às 500 Milhas; às 15h30, entrega do troféu pole position das 500 Milhas; às 15h45, execução do Hino Nacional; e às 16h, largada das 500 Milhas.

 

Grid de largada das 500 Milhas de Londrina

1º) 56 – Gustavo Simon/Rafael Simon (B), 1m14s047

2º) 11 – José Fortes/Emílio Ianez/Henrique José (B), 1m14s.820

3º) 46 – Roberto Perez/José Cordoba (B), 1m16s841

4º) 73 – José Neto/Leandro Totti (C), 1m20s067

5º) 38 – Luiz Bley Júnior/Leonardo Yoshi/Aloysio Moreira (C), 1m18s658

6º) 107 – João Weiller/José Ademir de Carvalho (E), 1m20s047

7º) 34 – Luciano Borghesi/Cláudio Ramos/Beto Borghesi (C), 1m23s459

8º) 110 – Eduardo Pimenta de Souza/Miguel Galli (C), 1m21s908

9º) 40 – Diego Pardo/Admir Pardo/André Pardo (D), 1m24s266

10º) 74 – Luiz Carlos Abbad/Sérgio Martinez (C/B/A), 1m28s289

11º) 66 – Alejandro Cignetti/Vander Penques (C), 1m30s770

12º) 30 – Algacir Sermann Filho (F), 1m31s741

13º) 146 – Franco Dauer/Fernando Dauer/Rodrigo Bonoro (F), 1m33s225

14º) 23 – Gustavo Moreira/ Thiago Scarpetta (F), 1m34s544

15º) 10 – Luiz Ferreira/Rodney Grandizoli (G), 1m34s990

16º) 75 – Marcos Romera/Werner Berveglieri/Anderson Garcia/Matheus Souza (G), 1m37s579

17º) Luiz Barcelos/Vitor David/Renato David (F), 1m58s272

A categoria Turismo 5000 chama a atenção do publico pela potência dos motores (Foto: Rogenes Santana/Divulgação)

A categoria Turismo 5000 chama a atenção do publico pela potência dos motores (Foto: Rogenes Santana/Divulgação)

Em função da previsão de fortes chuvas para este fim de semana na região Metropolitana de Curitiba, a 5ª e última etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais, foi adiada.

A nova data passa a ser 30 deste mês e 1º de dezembro. A promoção e organização são de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos. O campeonato tem patrocínio da Militec-1, Pelikano, Toyota Barigui, Gasoline Car Repairs, West Lake Pneus e Grameira Gabardo, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Manoel Rodriguez disse esperar contar com a compreensão de todos os envolvidos com o evento. “Tomamos as decisões sempre pensando no melhor para todos. Conversamos com a Federação e chegamos a conclusão de que a melhor data para a realização dessa Final será dias 30 de Novembro e 1º de Dezembro. Em nome da RS Motorsport quero agradecer aos patrocinadores, pilotos, e equipes que confiam no nosso trabalho. Estamos tentando fazer o melhor possível para o crescimento da VNT e fortalecer o campeonato para 2020”, afirmou Manoel.

Gabriel Correa e Daniel Kaefer comemoram a conquista da Cascavel de Ouro (Foto: Vanderley Soares)

Gabriel Correa e Daniel Kaefer comemoram a conquista da Cascavel de Ouro (Foto: Vanderley Soares)

A dupla formada pelo goiano Gabriel Correa e o cascavelense Daniel Kaefer venceram a 33ª Cascavel de Ouro, disputada domingo (3), no Autódromo Zilmar Beux. Com um Ford New Fiesta, eles fizeram 111 voltas em 3h00m30s229 e chegaram 1s237 à frente de Fabiano Cardoso/Beto Monteiro (RS/PE), que com um Hyundai HB20, conquistaram o segundo lugar.

Em terceiro se classificou o trio de Toledo, formado por Ricardo Sperafico, Rodrigo Sperafico e Miguel Laste, com um Ford Ka. O quarto lugar chegou Pierre Sabbah/Fábio Lobo (SC), Gol; Ariel Barranco/Rafael Barranco (PR), Gol; Alisson Nurnberg/João Paulo Naumes (PR), Gol; Gustavo Magnabosco/Eduardo Berlanda/Juninho Berlanda (SC), Gol; Wanderson Freitas/Leandro Freitas (MG), Gol; Pablo Alves/Renato Braga/Lamartine Pinote (GO/GO/SP) e Ale Souza/Cristiano Bornemann (PR), Fiesta, que pela ordem, fecharam as 10 primeiras colocações.

Comemoração em família. Ricardo Sperafico, Rodrigo Sperafico e Miguel Laste chegaram em terceiro lugar (Foto: Vanderley Soares)

Comemoração em família. Ricardo Sperafico, Rodrigo Sperafico e Miguel Laste chegaram em terceiro lugar (Foto: Vanderley Soares)

Resultado final da 33ª Cascavel de Ouro

1º) Gabriel Correa/Daniel Kaefer (GO/PR), New Ka, 111 voltas em 3h00m30s229

2º) Fabiano Cardoso/Beto Monteiro (RS/PE), HB20, a 1s237

3º) Rodrigo Sperafico/Ricardo Sperafico/Miguel Laste (PR), Ford Ka, a 29s382

4º) Pierre Sabbah/Fábio Lobo (SC), Gol, a 29s474

5º) Ariel Barranco/Rafael Barranco (PR), Gol, a 29s908

6º) Alisson Nurnberg/João Paulo Naumes (PR), Gol, a 1m19s027

7º) Gustavo Magnabosco/Eduardo Berlanda/Juninho Berlanda (SC), Gol, a 1 volta

8º) Wanderson Freitas/Leandro Freitas (MG), Gol, a 1 volta

9º) Pablo Alves/Renato Braga/Lamartine Pinote (GO/GO/SP), Mobi, a 1 volota

10º) Ale Souza/Cristiano Bornemann (PR), Fiesta, a 1 volta

11º) Alan Aquilo/Natan Sperafico (PY/PR), Ka, a 1 volta

12º) William Gaiewski/Eduardo Fuentes (RS), Onix, a 2 voltas

13º) Marcos Paioli/Peter Gottschalk (SP), Up, a 2 voltas

14º) Caíto Carvalho/Tiago Tambasco (PR/MG), HB30, a 3 voltas

15º) Afonso Bastos/Alexandre Bastos (SC), Gol, a 3 voltas

16º) David Dal Pizzol/Edoli Caus Junior (SC/PR),Gol, a 4 voltas

17º) Gelmar Chimiel Júnior/Gilliard Chimiel (PR), Gol, a 4 voltas

18º) Eduardo Pimenta/Miguel Galli (PR), Gol, a 5 voltas

19º) Rogério dos Santos/Dorivaldo Gondra (PE), Fiesta, a 7 voltas

20º) Felipe Rabelo/João Lemos (RS/POR), Mobi, a 8 voltas

21º) Adriano Rabelo/Luiz Sena Júnior (CE/RS), HB20, a 8 voltas

22º) Cido Morais/Danis Ogliari/Roney Ribeiro (PR), Gol, a 9 voltas

23º) Leonardo Sanchez/Lucas Daleffe/Luc Monteiro (SP/PR/PR), Gol, a 13 voltas

24º) Fernando Júnior/Roger Sandoval (RS), HB20, a 13 voltas

25º) Mauricio Deckmann/Fernando Vaz (RS/UR), New Fiesta, a 15 voltas

26º) Marcelo Beux/Anderson Portes/Juliano Bastos (PR), Celta, a 19 voltas

27º) Lorenzo Massaro/Wellington Cirino (PR), Gol, a 23 voltas

28º) Beto Pontes/Leandro Reis (CE/GO), Mobi, a 28 voltas

29º) Leandro Totti/Lucas Inoue (PR), Gol, a 32 voltas

30º) Gefferson Lima/Naor Petry (PR/SC), Gol, a 39 voltas

31º) Luiz Carlos Ribeiro/Peter Ferter (RS/MS), Ka, a 46 voltas

32º) Marcel Sedano/Edson Bueno (SC/PR), Gol, a 47 voltas

33º) Odair dos Santos/Thiago Klein/Edgar Favarin (PY/PR/PR), HB20, a 54 vooltas

34º) Beto Fonseca/Guilherme Salas (SP), Gol, a 60 voltas

35º) Jorge Martelli/Michel Giusti (SC), Gol, a 64 voltas

36º) Reinaldo Halmenschlager/Ilke Halmenschlager (RS), HB20, a 64 voltas

37º) Dave Sharp (RJ), Gol, a 66 voltas

38º) Rafael Lopes/R. Teixeira (SP), Onix, a 68 voltas

39º) Guto Baldo/Gastão Weigert (PR/SC), Kwid, a 70 voltas

40º) Wilton Pena/Gustavo Favoreto (MG), Gol, a 74 voltas

41º) Paulo Bento/Leandro Zandoná (PR), Onix, a 77 voltas

42º) Carlos Machado (PE), Ford Ka, a 77 voltas

43º) Fábio Tokunaga/Marlon Bastos (PR), Gol, a 82 voltas

44º) Niju Júnior/Henrique Basso (SC), Gol, a 86 voltas

45º) César Fonseca/Thiago Camilo (SP), HB20, a 96 voltas

46º) Diego Barroso/Kleber Eletric (PR/SP), Gol, a 96 voltas

47º) Alexandre Zaiczuk/Ivan Salgado (SP/RJ), HB20, a 100 voltas

48º) Paulo Henrique Costa/Marcos Cortina (PR), Gol, a 104 voltas

49º) Rafael Colombari/Rafael Bonilha (PR), Up, a 105 voltas

50º) Rogério Cruzeiro/Fernando Bergorg/Matias Pinheiro (GO), Ka, a 106 voltas

51º) Luís Filgueira/Rodrigo Moreno (MG/SP), Gol, a 108 voltas

52º) Edson dos Reis/Lucas Bornemann (PR), Celta, a 108 voltas

53º) Evandro Maldonado/Roberto Bonato/Bruno Nascimento (PR), Gol, a 110 voltas

54º) Alexandre Zaiczuk/Ivan Salgado (SP/RJ), HB20, a 110 voltas

55º) Marcelo Pirillo/Vitor Pirillo/Millan Pirillo (GO), Onix, a 110 voltas

Excluído da prova

56º) Fausto de Luca/Eduardo Pavelski (SC), Gol – Saiu do boxe com sinal vermelho

Gabriel Correa e Daniel Kaefer largam na frente na Cascavel de Ouro com o Ford New Fiesta nº 4 (Foto: Vanderley Soares)

Gabriel Correa e Daniel Kaefer largam na frente na Cascavel de Ouro com o Ford New Fiesta nº 4 (Foto: Vanderley Soares)

A pole position da 33ª Cascavel de Ouro é da dupla formada pelo goiano Gabriel Correa e pelo paranaense Daniel Kaefer. No treino classificatório da tarde deste sábado, eles fizeram o tempo de 1m28s592, competindo com Ford New Fiesta. A prova tem largada prevista para às 13 horas deste domingo, com transmissão ao vivo da Fox Sports, com geração de imagens da Master/Catve.

Em segundo larga da dupla Wanderson Freitas/Leandro Freitas (MG), com 1m18s778; seguido de Paulo Bento/Leandro Zandoná (PR), 1m18s957; Rodrigo Sperafico/Ricardo Sperafico/Miguel Laste (PR), 1m19s020; Fabiano Cardoso/Beto Monteiro (RS/PE), 1m19s212; e Marcel Sedano/Edson Bueno (SC/PR), 1m19s228, que pela ordem ocuparão as seis primeiras colocações do grid de largada.

 

Grid de largada da 33ª Cascavel de Ouro

1º) Gabriel Correa/Daniel Kaefer (GO/PR), New Ka, 1m18s592

2º) Wanderson Freitas/Leandro Freitas (MG), Gol, 1m18s778

3º) Paulo Bento/Leandro Zandoná (PR), Onix, 1m18s957

4º) Rodrigo Sperafico/Ricardo Sperafico/Miguel Laste (PR), Ford Ka, 1m19s020

5º) Fabiano Cardoso/Beto Monteiro (RS/PE), HB20, 1m19s212

6º) Marcel Sedano/Edson Bueno (SC/PR), Gol, 1m19s228

7º) Pablo Alves/Renato Braga/Lamartine Pinote (GO/GO/SP), Mobi, 1m19s274

8º) Luís Filgueira/Rodrigo Moreno (MG/SP), Gol, 1m19s289

9º) Alisson Nurnberg/João Paulo Naumes (PR), Gol, 1m19s331

10º) Ale Souza/Cristiano Bornemann (PR), Fiesta, 1m19s352

11º) Jorge Martelli/Michel Giusti (SC), Gol, 1m19s462

12º) César Fonseca/Thiago Camilo (SP), HB20, 1m19s450

13º) Ariel Barranco/Rafael Barranco (PR), Gol, 1m19s501

14º Odair dos Santos/Thiago Klein/Edgar Favarin (PYPRPR), HB20, 1m19s587

15º) Lorenzo Massaro/Wellington Cirino (PR), Gol, 1m19s592

16º) David Dal Pizzol/Edoli Caus Junior (SCPR), Gol, 1m19s617

17º) Beto Fonseca/Guilherme Salas (SP), Gol, 1m19s690

18º) Wilton Pena/Gustavo Favoreto (MG), Gol, 1m19s744

19º) Pierre Sabbah/Fábio Lobo (SC), Gol, 1m19s795

20º) Rafael Colombari/Rafael Bonilha (PR), Up, 1m19s802

21º) Carlos Machado (PE), Ford Ka, 1m19s876

22º) Claitão Salcedo/João Cardoso Júnior (RS), Uno, 1m19s892

23º) Fausto de Luca/Eduardo Pavelski (SC), Gol, 1m19s920

24º) Caíto Carvalho/Tiago Tambasco (PR/MG), 1m20s033

25º) Rogério dos Santos/Dorivaldo Gondra (PE), Fiesta, 1m20s103

26º) Luiz Carlos Ribeiro/Peter Ferter (RS/MS), Ka, 1m20s182

27º) Fernando Júnior/Roger Sandoval (RS), HB20, 1m20184

28º) Afonso Bastos/Alexandre Bastos (SC), Gol, 1m20s228

29º) Niju Júnior/Enrique Basso (SC), Gol, 1m20s229

30º) Marcelo Beux/Anderson Portes/Juliano Bastos (PR), Celta, 1m20s345

31º) Diego Barroso/Kleber Eletric (PR/SP), Gol, 1m20s422

32º) Guto Baldo/Gastão Weigert (PR/SC), Kwid, 1m20s457

33º) Gelmar Chimiel Júnior/Gilliard Chimiel (PR), Gol, 1m20s486

34º) Evandro Maldonado/Roberto Bonato/Bruno Nascimento (PR), Gol, 1m20s496

35º) Gefferson Lima/Naor Petry (PR/SC), Gol, 1m20s592

36º) William Gaiewski/Eduardo Fuentes (RS), Onix, 1m20s627

37º) Edson dos Reis/Lucas Bornemann (PR), Celta, 1m20s638

38º) Beto Pontes/Leandro Reis (CE/GO), Mobi, 1m20s778

39º) Cido Morais/Danis Ogliari/Roney Ribeiro (PR), Gol, 1m20s783

40º) Rogério Cruzeiro/Fernando Bergorg/Matias Pinheiro (GO), Ka, 1m20s821

41º) Marcelo Pirillo/Vitor Pirillo/Millan Pirillo (GO), Onix, 1m20s968

42º) Fábio Tokunaga/Marlon Bastos (PR), Gol, 1m21s361

43º) Leonardo Sanchez/Lucas Daleffe/Luc Monteiro (SP/PR/PR), Gol, 1m21s404

44º) Alan Aquilo/Natan Sperafico (PY/PR), Ka, 1m21s487

45º) Reinaldo Halmenschlager/Ilke Halmenschlager (RS), HB20, 1m21s632

46º) Eduardo Pimenta/Miguel Galli (PR), Gol, 1m21s935

47º) Paulo Henrique Costa/Marcos Cortina (PR), Gol, 1m22s198

48º) Mauricio Deckmann/Fernando Vaz (RS/UR), New Fiesta, 1m22s813

49º) Adriano Rabelo/Luiz Sena Júnior (CE/RS), HB20, 1m23s684

50º) Felipe Rabelo/João Lemos (RS/POR), Gol, 1m23s943

51º) Gustavo Magnabosco/Eduardo Berlanda/Juninho Berlanda (SC), Gol, 1m39s418

52º) Marcos Paioli/Peter Gottschalk (SP), Up, 1m40s750

53º) Alexandre Zaiczuk/Ivan Salgado (SP/RJ), HB20, 1m43s674

 

Fotos: Vanderley Soares

Neto de OmsCom pesar, a Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) comunica o falecimento de Manuel de Oms Neto, ocorrida no fim da tarde deste sábado, em Curitiba.

Neto era CEO da empresa área 41, que administra o Autódromo Internacional de Curitiba e o Kartódromo Raceland Internacional.

 

Foto: Mario Ferreira

Henrique Basso venceu a categoria Turismo B ao ganhar as duas baterias da etapa de Cascavel (Foto: Vanderley Soares)

Henrique Basso venceu a categoria Turismo B ao ganhar as duas baterias da etapa de Cascavel (Foto: Vanderley Soares)

Sob forte calor, foi disputada sábado e domingo no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, a 5ª e penúltima etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade, com promoção e organização do Automóvel Clube de Cascavel e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Sem surpresas, os vencedores em Cascavel foram Gustavo Magnabosco, na categoria Marcas A; Júnior Niju, na Marcas B; Guilherme Ragnini, na Turismo A; Henrique Basso, na Turismo B; e a dupla Rafael Lupatini/Brendon Zonta Gabardo na categoria Turismo C. Com a vitória em Cascavel, a terceira seguida na atual temporada, Gustavo Magnabosco ficou bem próximo de se tornar pentacampeão paranaense. Ele é o campeão da categoria Marcas A em 2013, 2016, 2017 e 2018.

A 6ª e última etapa do Paranaense de Velocidade será disputada nos dias 7 e 8 de dezembro, em Curitiba.

 

Gustavo Magnabosco fica com a mão na taça de pentacampeão paranaense com a vitória em Cascavel (Foto: Vanderley Soares)

Gustavo Magnabosco fica com a mão na taça de pentacampeão paranaense com a vitória em Cascavel (Foto: Vanderley Soares)

Resultados da 5ª etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade

Categoria Marcas A

1º) Gustavo Magnabosco, com 40 pontos

2º) Rafael Barranco, 30

3º) Lorenzo Massaro/Wellington Cirino, 24

4º) Thiago Klein, 18

5º) Ariel Barranco, 14

6º) Paulo Bento, 14

7º) Rômulo Molinari/Alexandre Frankemberg, 6

8º) Alexandre Bastos/Ike Bastos, sem pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Júnior Niju, com 40 pontos

2º) Antonio Carvalho, 30

3º) Aparecido de Moraes, sem pontos

4º) Emerson Luiz Grochoski, sem pontos

 

Categoria Turismo A

1º) Guilherme Ragnini, com 40 pontos

2º) Marcelo Cordeiro/Luiz Tatsch, 24

3º) Leonardo Kowalski, 23

4º) Alexandre Bastos/Ike Bastos, 23

5º) Peterson Calixto/Carlos Alexandre Vez, com 20 pontos

 

Categoria Turismo B

1º) Henrique Basso, com 40 pontos

2º) Carlos Schilioak, 30

3º) Maycon de Oliveira, 20

4º) Brendon Zonta Gabardo/Celso Gabardo, 16

5º) Narciso Verza, 10

6º) Rafael Balestrin, 10

7º) Alcione Eduardo Weiss, 8

8º) Vinicius Kavilhuka Metzger, com 6 pontos

 

Categoria Turismo C

1º) Rafael Lupatini/Brendon Zonta Gabardo, com 40 pontos

2º) Marcelo João Filho, 30

3º) José Seabra/Thiri Lorentz, com 24 pontos

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

junho 2020
S T Q Q S S D
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!