Get Adobe Flash player

Luiz Aparecido

Todas as provas do Paranaense Light serão no Kartódromo Luigi Borghesi, que em outubro sedia a Copa Brasil (Foto: Divulgação)

Todas as provas do Paranaense Light serão no Kartódromo Luigi Borghesi, que em outubro sedia a Copa Brasil (Foto: Divulgação)

Com quatro etapas, marcadas para Londrina entre março e novembro, o Campeonato Paranaense Light volta a ser uma das atrações de mais uma temporada do kartismo paranaense. Além da bela organização e grids cheios, a competição terá outros atrativos em 2020.

Promovido pela AKRL (Associação dos Kartistas da Região de Londrina) e supervisionado pela FPrA (Federação Paranaense de Automobilismo), o Paranaense Light terá suas provas utilizadas também como preparação para a Copa Brasil, marcada para Londrina no mês de outubro. Além disso, em setembro Londrina promoverá o Open da Copa Brasil em evento específico para este fim.

Vão participar as categorias Cadete (para pilotos Mirim e Cadete), 125 Sprinter (Júnior Menor e Júnior), Graduados, 125 Master (Novatos, Sênior A e B e Super Sênior), F4 Graduados, F4 Sênior, Super Sênior e F4 Super Sênior Master.

As inscrições – para pagamento até o próximo dia  – custarão R$ 390,00 (com combustível) para as categorias F-4; R$ 150,00 para Mirim e Cadete (com combustível) e R$ 350,00 (sem combustível) para as categorias 125cc. Após esta data, os valores aumentam R$ 100,00 em cada categoria. O depósito deste valor deverá ser feito no Banco Itaú, agência 1555, conta 36595-4, em nome da AKRL, CNPJ 04.472.915/0001-50.

Os motores serão fornecidos por sorteio pela RBC e terão custo de R$ 250,00 por etapa para a Mirim e Cadete, R$ 450,00 por etapa para as F4 e R$ 720,00 por etapa para as categorias 125cc. Para quem disputar as quatro etapas, a RBC propõe um pacote com desconto no valor de R$ 600,00 (em até 4 vezes no cartão) para a Mirim e Cadete e R$ 1.480,00 para as F4, valor que pode ser pago em até 10 vezes no cartão. Assim, a Mirim e Cadete terão custo por etapa de R$ 150,00 e as F4 um custo unitário de R$ 370,00.

Serão disputadas duas baterias por etapa e o sistema de pontuação será diferenciado entre baterias. Além disso, a 4ª e última etapa oferecerá uma pontuação maior que as três primeiras, fazendo com que o título seja decidido apenas na rodada final.

A RBC, fornecedora dos motores, premiará os vencedores da 1ª, 2ª e 3ª etapa nas categorias Cadete, F4 Graduados e F4 Sênior com a isenção na locação de um motor para as rodadas seguintes, respectivamente. E nas categorias 125cc Sprinter e Master será sorteada entre seus pilotos a isenção na locação de um motor durante a 1ª, 2ª e 3ª etapa, a ser usada sempre na etapa seguinte.

Vagas para o Brasileiro

O Campeonato Paranaense Light oferecerá uma vaga para a disputa do Brasileiro na Codasur Júnior, com subsídio de isenção do custo de pneus e aluguel de motor, ao primeiro colocado na 125 Sprinter – obedecendo o critério de idade – após a disputa de sua 2ª etapa.

Esta premiação se estende ao líder da Sênior A, que ganhará uma vaga subsidiada na Codasur. E ao líder na Graduados, que poderá disputar o Brasileiro na OK, onde pagará R$ 1.300,00 pelo aluguel de motor.

Além disso, o líder de cada uma das categorias F4 ganhará isenção do aluguel de motor para o Brasileiro.

Faça o download do regulamento do Paranaense Light em http://www.kartmotor.com.br/downloads/regulamentos.

Calendário

O Paranaense Light será disputado em quatro etapas nos dias 28 de março, 23 de maio, 15 de agosto e 21 de novembro.

O Kartódromo Delci Damian, sede do Brasileiro do ano passado, terá a primeira competição neste fim de semana (Foto: Mario Ferreira)

O Kartódromo Delci Damian, sede do Brasileiro do ano passado, terá a primeira competição neste fim de semana (Foto: Mario Ferreira)

CASCAVEL (PR) – Depois de ter sido o centro das atenções do kartismo nacional no ano passado, quando sediou o Campeonato Brasileiro de Kart, Cascavel abre a sua temporada sábado e domingo. A etapa de abertura do Campeonato Metropolitano será disputada sábado, no Kartódromo Delci Damian, com promoção e organização do Kart Clube de Cascavel e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

O Campeonato Metropolitano de Cascavel será disputado em seis etapas. Além da etapa deste sábado serão disputadas etapas nos dias 25 e 26 de abril, 6 e 7 de junho, 1 e 2 de agosto, 26 e 27 de setembro e 7 e 8 de novembro. A etapa de 6 e 7 de junto terá programação conjunta com a Copa Paraná, que será disputada em etapa única.

Programação

A programação de sábado prevê para das 8h03 às 8h20, 1º treino livre da Categoria Cadete; das 8h23 às 8h40, 1º treino da F-4 Força Livre; das 8h43 às 9 horas, 1º treino da Mirim; das 9h03 às 9h20, 1º treino da F-4 A e F-4 B (motores comprados); das 9h23 às 9h40, 1º treino da 125 Sprinter; das

9h43 às 10 horas, 2º treino da Cadete; das 10h03 às 10h20, 2º treino da F-4 Força Livre; das 10h23 às 10h40, 2º treino da Mirim; das 10h43 às 11 horas, 2º treino da F-4 A e F-4 B; das 11h03 às 11h20, 2º treino da 125 Sprinter; das 13 horas, entrega dos motores comprados; 14h03 às 14h20, 3º treino da Cadete; das 14h23 às 14h40, 3º treino da F-4 Força Livre; das 14h43 às 15 horas, 3º treino da Mirim; 15h03 às 15h30, 3º treino da F-4 A e F-4 B; das 15h33 às 15h50, 3º treino da 125 Sprinter; das 15h53 às 16h10, 4º treino da Cadete; das 16h13 às 16h30, 4º treino da F-4 Força Livre; das 16h33 às 16h50, 4º treino da Mirim; das 16h53 às 16h20, 4º treino da F-4 A e F-4 B; das 16h23 às 16h40, 4º treino da 125 Sprinter; às 17 horas, recebimento dos motores comprados.

No domingo, a programação começa às 7 horas com o sorteio dos motores das categorias F-4 A e F-4 B; às 7h30, início do abastecimento das categorias F-4 A e F-4 B; das 8h03 às 8h20, 1º treino oficial da categoria Cadete; das 8h23 às 8h40, 1º treino oficial da F-4 Força Livre; das 8h43 às 9 horas, 1º treino oficial da Mirim; das 9h03 às 9h20, 1º treino oficial da F-4 A e F-4 B; das 9h23 às 9h40, 1º treino oficial da 125 Sprinter; das 9h43 às 10 horas, 2º treino oficial da Cadete; das 10h03 às 10h20, 2º treino oficial da F-4 Força Livre; das 10h23 às 10h40, 2º treino oficial da Mirim; das 10h43 às 11 horas, 2º treino oficial da F-4 A e F-4 B; das 11h03 às 11h20, 2º treino oficial das 125 Sprinter; às 11h40, brieffing para todas as categorias; às 13h20, inicio dos treinos classificatórios para definição do grid de largada, indo à pista, pela ordem, as categorias Cadete, F-4 Força Livre; Mirim, F-4 A/F-4 B;  e 125 Sprinter; às 14 horas, início da primeira bateria, indo à pista pela ordem, as categorias Cadete, F-4 Força Livre;  Mirim, F-4 A/F-4 B;  e 125 Sprinter; às 15h45, início da 2ª bateria, na mesma ordem da primeira bateria; e às 17h30, solenidade de pódio.

A categoria Turismo B começa o ano com 29 pilotos no grid (Foto: Bispo Neto)

A categoria Turismo B começa o ano com 29 pilotos no grid (Foto: Bispo Neto)

O Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba teve um bom início de temporada. A primeira etapa de 2020 foi disputada neste fim de semana, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), em Pinhais, região Metropolitana da Capital Paranaense. Com bons pegas, foram disputadas as categorias Marcas “A” e “B”, Turismo “A”, “B” e “C”, e Clássicos (Força Livre), com organização e promoção da M & L Produções Artísticas Ltda, e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante os Treinos Classificatórios que definiram os grids de largada, os três primeiros por categoria foram: MARCAS “A” – 1º) Wanderlei Berlanda Jr (SC), 1m40s495; 2º) Ruslan Carta Filho (PR), 1m40s669; 3º) Duda Bana (PR), 1m41s012. MARCAS “B” – 1º) Nilton Rossoni Filho (PR), 1m41s010; 2º) Rafael Balestrin (PR), 1m41s139; 3º) Alexandre Bastos (SC), 1m41s491. TURISMO “A” – 1º) Andrei Carta/Ruslan Carta Filho (PR), 1m41s704; 2º) Mário Broering (SC), 1m42s022; 3º) José Pederneiras (PR), 1m42s163. TURISMO “B” – 1º) Marcelo Cancelli/Edson Dall Asta (PR), 1m42s693; 2º) Maycon de Oliveira (PR), 1m43s023; 3º) Elton Oliveira (PR), 1m43s192. TURISMO “C” – 1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 1m43s788; 2º) Christian Pampuch (PR), 1m44s526; 3º) Rodrigo Tassi/Rafael Colombari (PR), 1m44s836. CLÁSSICOS FORÇA LIVRE – 1º) Armin Kliewer (PR), 1m35s372; 2º) Richard Heidrich (PR), 1m35s982; 3º) Anderson Andrade (SC), 1m37s149.

Clássicos

A categoria Clássicos começou com vitórias de Armin Kliewer nas duas provas da primeira etapa (Foto: Bispo Neto)

A categoria Clássicos começou com vitórias de Armin Kliewer nas duas provas da primeira etapa (Foto: Bispo Neto)

A Primeira Prova das categorias Clássicos aconteceu às 17h30 do sábado, para 25 minutos, mais duas voltas de prova. O Omega de Richard Heidrich quebrou o motor durante o Treino Classificatório e não participou da primeira prova, mas amanhã vai participar da segunda corrida da categoria. Armin Kliewer largou na pole position e venceu de ponta a ponta a primeira corrida, sofrendo pressão somente nas primeiras voltas. Wanderlei Berlanda ficou as duas primeiras voltas em segundo lugar, depois perdeu a posição para Anderson Andrade, que chegou a liderar na décima volta, mas teve problemas e abandonou a corrida. Ao fim de 17 voltas, a vitória foi de Armin Kliewer, com o tempo total de 28min38s526, seguido de Wanderlei Berlanda, a 0s158, Maurício Gaudêncio, a 13s064, Alex Sandre Morais, a 1m34s487, e em quinto lugar Jorge Lorentz, a uma volta.

A segunda prova dos Clássicos largou às 12 horas do domingo, com Armin Kliewer largando mais uma vez na pole position, mantendo a liderança por duas voltas, quando foi superado por Richard Heidrich, que largou da sétima e última posição, que assumiu a primeira posição e a manteve até a bandeirada final. O carro da dupla Jorge Lorentz/Bailo Neto abandonou a prova com oito voltas completadas. Após 18 voltas, a vitória foi de Richard Heidrich, com o tempo total de 28min52s928, tendo Armin Kliewer em segundo, a 0s429, Anderson Andrade em terceiro, a 38s126, Maurício Gaudêncio em quarto, a 1m19s774, e, Alex Sandre Morais em quinto, a 1m27s492. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Rechard Heidrich, na 4ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1m35s009, à média de 140,008 km/h.

Turismo “B”

A categoria Terra Turismo teve a primeira prova realizada às 9h15, com 29 participantes, para 30 minutos mais duas voltas. Marcelo Cancelli, que largou na pole position, manteve a liderança até a bandeirada final, deixando a briga pela segunda, terceira e quarta posições, entre Maycon de Oliveira, Elton de Oliveira e Sérgio Bucco. Fernando Zatta, Igor Waczyleski e Juliano Zatta abandonaram na quinta volta com problemas técnicos, mesma situação enfrentada por Felipe Baum, que abandonou na sexta volta, e, Evandro Athayde e Eduardo Moratelli abandonaram na sétima volta. Depois de 16 voltas, vitória de Marcelo Cancelli, com tempo total de 33m36s255, vindo a seguir Elton de Oliveira, a 0s609; Sérgio Bucco, a 2s963; Emerson Szwed, a 4s064; e, Marcelo Kroth, a 4s431.

A segunda prova das categorias Terra também foi muito movimentada, indo à pista às 13h40, com boas disputas do início ao fim da corrida. Ezequiel Dall Asta largou na pole, mas foi superado na primeira volta por Elton de Oliveira, seguidos de perto por Emerson Szwed, Sérgio Bucco e Marcelo Kroth. Os carros de Luciano Fracaro, Evandro Athayde e Juliano Zatta se acidentaram na primeira corrida e não participaram da segunda prova. Sérgio Bucco abandonou na terceira volta após grave acidente e Edimarcos Caliari abandonou na oitava volta. Ao fim de 11 voltas, a vitória foi de Elton de Oliveira, com tempo total de 28m56s038, vindo a seguir Ezequiel Dall Asta, a 1s210; Maycon de Oliveira, a 2s110; Gustavo dos Santos, a 2s870; e, Nilton da Silva, a 3s618. Marcelo Cancelli marcou a volta mais rápida das provas disputadas, na 4ª passagem da primeira corrida, com tempo de 1m41s888, à média de 130,555 km/h.

Marcas “A” e “B” –

Mais uma vez as categorias Marcas A e B mostram alto nível e expectativa de uma temporada disputadíssima (Foto: Bispo Neto)

Mais uma vez as categorias Marcas A e B mostram alto nível e expectativa de uma temporada disputadíssima (Foto: Bispo Neto)

A primeira prova das categorias Marcas “A” e “B”, com 21 participantes, teve largada às 10h10 deste domingo, realizando uma corrida muito disputada nas duas categorias. O pole position Wanderlei Berlanda Júnior manteve a liderança na primeira volta, seguido de perto por Ruslan Carta Filho, Rafael Balestrin, Nilton Rossoni Filho, Gustavo Magnabosco e Brendon Gabardo. Karl Rauscher abandonou na primeira volta, Rodrigo Vieira na terceira, Alexandre Bastos na quinta, Gustavo Dal Pizzol na sétima, Duda Bana na oitava, Brendon Gabardo na décima, Gustavo Magnabosco na 12ª e Nilton Rossoni Filho na 14ª volta, todos com problemas técnicos e abandonaram a corrida. Depois de 18 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “B” foi de Rafael Balestrin com tempo total de 35m33s078, seguido de Lúcio Seidel, a 9s308; Ozias da Silveira Jr, a 14s336; Geison Turek, a 20s025; e, Emerson Grochoski, a 20s093. Na Marcas “A” venceu Ruslan Carta Filho, com tempo total de 35m33s528, vindo a seguir Edson Bueno, a 3s116; Pierre Sabbagh, a 3s346; Ricardo Hilgenstieler, a 4s520; e, Rafael Bastos, a 5s985.

Na segunda prova das categorias Marcas “A” e “B”, que aconteceu às 14h40 também muito disputada, com os pilotos dando show na “briga” por melhores posições na pista. Na largada, Rafael Balestrin que largou na pole manteve a liderança na primeira volta, seguido de Ruslan Carta Filho, Eduardo Pavelski, Ricardo Hilgenstieler e Pierre Sabbagh. Boa disputa entre Balestrin, Carta e Berlanda pela primeira posição. Antonio Carvalho e Nilton Rossoni Filho abandonaram na primeira volta, Gustavo Magnabosco na sexta, Eduardo Pavelski na sétima, Rafael Balestrin na 11ª e Alexandre Bastos na 12ª, também abandonaram. Após 20 voltas, a vitória foi de Ruslan Carta Filho na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 34m01s929, com Ricardo Hilgenstieler em segundo, a 7s625; Wanderlei Berlanda Jr em terceiro, a 7s909; Pierre Sabbagh em quarto, a 8s221; e, Rafael Bastos em quinto, a 13s856. Na Marcas “B” venceu Lúcio Seidel com tempo total de 34m33s577, seguido de Karl Rauscher, a 4s605, Ozias da Silveira Jr, a 28s849; Geison Turek, a 42s662; e, Emerson Grochoski, a uma volta. A volta mais rápida das duas provas realizadas foi de Wanderlei Berlanda Jr, na quarta passagem da primeira corrida, com o tempo de 1m39s906, à média de 133.145 km/h.

Turismo “A” e “C”-

As categorias Turismo A e C iniciam a temporada com excelente grid (Foto: Bispo Neto)

As categorias Turismo A e C iniciam a temporada com excelente grid (Foto: Bispo Neto)

Reunindo as categorias Terra Turismo “A” e Turismo “C”, com 20 participantes, a primeira prova aconteceu às 11h05, para 30 minutos mais duas voltas. Andrei Carta que largou na pole position manteve a liderança na primeira volta, seguido de José Pederneiras, Mário Broering, Rafael Lupatini e Jorge Silva. Marcelo Oliveira Filho abandonou na primeira volta com problemas técnicos, mesma situação enfrentada por Rogério Marqueto, que abandonou na terceira volta. Depois de 18 voltas, vitória de Jorge Silva na Geral e na Turismo “A”, com tempo total de 34m03s234, vindo a seguir José Pederneiras, a 0s482; Mário Broering, a 5s246; Andrei Carta, a 13s027; e, Juliano Diener, a 37s506. E na Turismo “C”, vitória de Evandro Maldonado, com tempo de 34m56s820, seguido de Rodrigo Tassi, a 1s135; Arlei Tucholski, a 21s624; Gustavo Simão, a 25s816, e, Christian Pampuch, a 29s107.

A segunda prova das categorias Turismo “A” e “C” também foi muito movimentada, indo à pista às 15h40, com boas disputas do início ao fim da corrida. Jorge Silva largou na pole e manteve a posição durante a primeira volta, seguido de perto por José Pederneiras, Mário Broering e Ruslan Carta Filho. A prova teve três líderes diferentes com Jorge Silva, Mário Broering e José Pederneiras se revezando na ponta. Alexandre Martins e Ruslan Carta Filho com problemas e abandonaram com uma volta. Rafael Lupatini e Cláudio Tucholski com cinco, Roberto Bonato com seis, Christian Pampuch com sete e Marcelo Cordeiro com nove voltas, também abandonaram a corrida. Ao fim de 17 voltas, nova vitória de José Pederneiras na Geral e na Turismo “A”, com tempo total de 34m50s300, vindo a seguir Diener Filho, a 6s277; Mário Broering, a 12s752; Jorge Silva, a 17s489; e, João Fugati, a 53s926. E na Turismo “C” a vitória foi de Rafael Colombari, com tempo de 35m01s761, seguido de Luiz Brambila, Marcelo Oliveira Filho, Gustavo Simão, e, Ralf Berger. Andrei Carta marcou a volta mais rápida das provas disputadas, na 19ª passagem da primeira corrida, com tempo de 1m41s564, à média de 130,972 km/h.

A segunda etapa do Campeonato Curitibano de Velocidade 2020 está marcada para os dias 18 e 19 de abril, no AIC, válida também pela segunda etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2020.

 

 

O Metropolitano de Velocidade de Curitiba de 2020 começa com bom número de carros na pista (Foto: Bispo Neto)

O Metropolitano de Velocidade de Curitiba de 2020 começa com bom número de carros na pista (Foto: Bispo Neto)

Os treinos classificatórios da tarde de hoje definiram o grid de largada de todas as categorias da etapa de abertura do Campeonato Paranaense de Velocidade de Curitiba. A prova será disputada no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), com 75 carros, divididos nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo “A”, “B” e “C”, e Clássicos (Força Livre). A promoção e organização são da M & L Produções Artísticas Ltda, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante os Treinos Classificatórios que definiram os grids de largada, os cinco primeiros por categoria foram: MARCAS “A” – 1º) Wanderlei Berlanda Jr (SC), 1m40s495; 2º) Ruslan Carta Filho (PR), 1m40s669; 3º) Duda Bana (PR), 1m41s012; 4º) Davi/Gustavo Dal Pizzol (SC), 1m41s146; e 5º) Antonio Carvalho/Brendon Zonta Gabardo (PR), 1m41s314. MARCAS “B” – 1º) Nilton Rossoni Filho (PR), 1m41s010; 2º) Rafael Balestrin (PR), 1m41s139; 3º) Alexandre Bastos (SC), 1m41s491; 4º) Lúcio Seidel (SC), 1m42s088; e 5º) Emerson/Leonardo Grochoski (PR), 1m42s215. TURISMO “A” – 1º) Andrei Carta/Ruslan Carta Filho (PR), 1m41s704; 2º) Mário Broering (SC), 1m42s022; 3º) José Pederneiras (PR), 1m42s163; 4º) Jorge Silva (PR), 1m42s785; e 5º) Rafael Lupatini (PR), 1m43s586. TURISMO “B” – 1º) Marcelo Cancelli/Edson Dall Asta (PR), 1m42s693; 2º) Maycon de Oliveira (PR), 1m43s023; 3º) Elton Oliveira (PR), 1m43s192; 4º) Marcelo Kroth (SC), 1m43s197; e 5º) Sérgio Bucco (PR), 1m43s253. TURISMO “C” – 1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 1m43s788; 2º) Christian Pampuch (PR), 1m44s526; 3º) Rodrigo Tassi/Rafael Colombari (PR), 1m44s836; 4º) Marcelo Oliveira Filho (PR), 1m44s857; e 5º) Arlei/Cláudio Tucholski (PR), 1m45s617. CLÁSSICOS FORÇA LIVRE – 1º) Armin Kliewer (PR), 1m35s372; 2º) Richard Heidrich (PR), 1m35s982; 3º) Anderson Andrade (SC), 1m37s149; 4º) Maurício Gaudêncio (PR), 1m38s831; e 5º) Wanderlei Berlanda (SC), 1m40s122.

Clássicos

A Primeira Prova das categorias Clássicos aconteceu às 17h30 deste sábado, para 25 minutos, mais duas voltas de prova. O Omega de Richard Heidrich quebrou o motor durante o Treino Classificatório e não participou da primeira prova, mas amanhã vai participar da segunda corrida da categoria. Armin Kliewer largou na pole position e venceu de ponta a ponta a primeira corrida, sofrendo pressão somente nas primeiras voltas. Wanderlei Berlanda ficou as duas primeiras voltas em segundo lugar, depois perdeu a posição para Anderson Andrade, que chegou a liderar na décima volta, mas teve problemas e abandonou a corrida. Ao fim de 17 voltas, a vitória foi de Armin Kliewer, com o tempo total de 28min38s526, seguido de Wanderlei Berlanda, a 0s158, Maurício Gaudêncio, a 13s064, Alex Sandre Morais, a 1min34s487, e em quinto lugar Jorge Lorentz, a uma volta. A volta mais rápida da prova foi de Armin Kliewer, na 15ª passagem, com o tempo de 1m35s247, à média de 139,658 km/h.

Programação –

As atividades no domingo (8/3) iniciam às 8 horas com os warm ups de todas as categorias até as 8h55. A primeira categoria a ir para a pista do AIC é a Turismo “B”, às 9h15 para a primeira prova (30 minutos de prova + 2 voltas). Às 10h10 larga a primeira prova das categorias Marcas “A” e “B” (30 minutos + 2 voltas). Às 11h05 larga a primeira prova das categorias Turismo “A” e “C” (30 minutos + 2 voltas). E às 12 horas larga a segunda corrida das categorias Clássicos (25 minutos + 2 voltas). Das 12h35 às 13h15, horário do almoço. A segunda prova da categorias Turismo “B” será às 13h40. Na sequencia, segunda prova das categorias Marcas “A” e “B”, às 14h40. E encerrando com as categorias Turismo “A” e “C”, às 15h40. O pódio de todas as categorias do Curitibano de Velocidade no Asfalto 2019 acontece a partir das 16h15.

A categoria Marcas do Metropolitano de Curitiba é uma das mais fortes e competitivas do Brasil (Foto: Divulgação)

A categoria Marcas do Metropolitano de Curitiba é uma das mais fortes e competitivas do Brasil (Foto: Divulgação)

CURITIBA (PR) – Um dos mais importantes campeonatos de Turismo do Brasil, especialmente na categoria Marcas 1.6, o Metropolitano de Velocidade de Curitiba começa neste fim de semana, no Autódromo Internacional de Curitiba, localizado em Pinhais, região Metropolitana da Capital Paranaense. A promoção e organização serão da M & L Produções Artísticas Ltda, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

A programação da etapa de abertura da temporada será desenvolvida sábado e domingo, com provas nas categorias Marcas A/Marcas B, Turismo A e C, Turismo B e Clássicos.

Os campeões do ano passado foram Gustavo Magnabosco (Marcas A), Gefferson Luís de Lima (Marcas B), Leonardo Kovalski (Turismo A), Carlos Eduardo Schilipack (Turismo B), Roberto Bonato/Evandro Maldonado (Turismo C), Armin Kliewer (Clássicos Força Livre) e Jefferson Luís Foitte (Clássicos Turismo Light).

 

Programação de sábado – Dia 07/03/2020

08:30 – 12:00 Pesagem e Lacração de Pneus – Marcas/Turismo/Clássicos

08:00 – 08:25 1º Treino – Turismo B

08:30 – 08:55 1º Treino – Marcas

09:00 – 09:25 1º Treino – Turismo A e C

09:30 – 09:55 1º Treino – Clássicos

10:00 – 10:25 2º Treino – Turismo B

10:30 – 10:55 2º Treino – Marcas

11:00 – 11:25 2º Treino – Turismo A e C

11:30 – 11:55 2º Treino – Clássicos

12:00 – 12:30 Almoço/Briefing

12:35 – 13:00 3º Treino – Turismo B

13:00 – 13:25 3º Treino – Marcas

13:30 – 13:55 3º Treino – Turismo A e C

14:00 – 14:25 3º Treino – Clássicos

14:30 – 14:55 4º Treino – Turismo B

15:00 – 15:25 4º Treino – Marcas

15:30 – 15:55 4º Treino – Turismo A e C

16:00 – 16:25 4º Treino – Clássicos

16:30 – 16:45 Tomada de Tempo – Turismo B

16:50 – 17:05 Tomada de Tempo – Marcas

17:10 – 17:25 Tomada de Tempo – Turismo A e C

17:30 – 17:45 Tomada de Tempo – Clássicos

 

Programação do domingo – Dia 08/03/2020

08:00 – 08:10 Warm Up – Turismo B

08:15 – 08:25 Warm Up – Marcas

08:30 – 08:40 Warm Up – Turismo A e C

08:45 – 08:55 Warm Up – Clássicos

 

1ª Prova – Turismo B

09:00 Box Aberto

09:05 Box Fechado

09:10 Placa de 5 minutos

09:15 Largada (30 minutos + 2 voltas)

 

1ª Prova – Marcas

09:55 Box Aberto

10:00 Box Fechado

10:05 Placa de 5 minutos

10:10 Largada (30 minutos + 2 voltas)

ACIC – Automóvel Clube Internacional de Curitiba

 

1ª Prova – Turismo A e C

10:50 Box Aberto

10:55 Box Fechado

11:00 Placa de 5 minutos

11:05 Largada (30 minutos + 2 voltas)

 

1ª Prova – Clássicos

11:45 Box Aberto

11:50 Box Fechado

11:55 Placa de 5 minutos

12:00 Largada (25 minutos + 2 voltas)

12:35 – 13:15 ALMOÇO

 

2ª Prova – Turismo B

13:20 Box Aberto

13:30 Box Fechado

13:35 Placa de 5 minutos

13:40 Largada (30 minutos + 2 voltas)

 

2ª Prova – Marcas

14:20 Box Aberto

14:30 Box Fechado

14:35 Placa de 5 minutos

14:40 Largada (30 minutos + 2 voltas)

 

2ª Prova – Turismo A e C

15:20 Box Aberto

15:30 Box Fechado

15:35 Placa de 5 minutos

15:40 Largada (30 minutos + 2 voltas)

 

2ª Prova – Clássicos

16:20 Box Aberto

16:30 Box Fechado

16:35 Placa de 5 minutos

16:40 Largada (25 minutos + 2 voltas)

17:20 – PODIUM

Rafael Paiva, Marco Gehring, Alysson Hanel, Bento Tino, Wagner Monteiro, Mailson Araújo e Cleocir Lunardi durante a reunião em Cascavel (Foto: Divulgação)

Rafael Paiva, Marco Gehring, Alysson Hanel, Bento Tino, Wagner Monteiro, Mailson Araújo e Cleocir Lunardi durante a reunião em Cascavel (Foto: Divulgação)

CASCAVEL (PR) – Em reunião realizada sábado nas dependências do Kartódromo Delci Damian, em Cascavel, dirigentes do Kart Clube de Cascavel, Automóvel Clube de Foz do Iguaçu e da Akartcam (Associação dos Kartistas de Campo Mourão) decidiram que a Copa Paraná de Kart será disputada em etapa única, nos dias 6 e 7 de junho, em Cascavel.

A reunião foi coordenada por Bento Tino, vice-presidente da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) e contou com a participação de Wagner Monteiro, Rafael Paiva, Mailson Araújo e Cleocir Lunardi, pelo Kart Clube de Cascavel; Marco Gehring, representou o Automóvel Clube de Foz do Iguaçu; ao passo que Alysson Hanel foi o representante de Campo Mourão.

Os dirigentes entenderam que será melhor realizar a competição em etapa única e em Cascavel, por ficar mais centralizada em relação as três cidades. O certame terá a disputa das categorias Mirim, Cadete, Sprinter 125 cc para competidores com até 16 anos e com peso total do equipamento/piloto em 150 quilos; Máster para pilotos acima de 17 anos e com peso de 170 quilos; F-4 Graduados, F-4 Sênior e F-4 Super Sênior. Todas as categorias serão com motores sorteados e com apenas um jogo de pneus (vermelho) para os cinco treinos oficiais, treino classificatório, warm up e as duas baterias. As inscrições foram fixadas em R$ 300,00 para as categorias Mirim e Cadete; e em R$ 480 para as demais.

Regionais

Também ficaram definidas as datas as competições regionais.

O Campeonato Metropolitano de Kart de Cascavel será disputado em seis etapas nos dias 14 e 15 de março, 25 e 26 de abril, 6 e 7 de junho, 1 e 2 de agosto, 26 e 27 de setembro e 7 e 8 de novembro.

Já o Citadino de Foz do Iguaçu terá cinco etapas, a serem disputadas nos dias 7 de março, 25 de abril, 23 de maio, 8 de agosto e 14 de novembro.

Campo Mourão ainda não tem datas definidas para o seu Metropolitano porque ainda depende de reformas que serão feitas na pista do kartódromo.

O Kartódromo Luigi Borghesi sediará a Copa Brasil de Kart, de 12 a 17 de outubro (Foto: Mario Ferreira)

O Kartódromo Luigi Borghesi sediará a Copa Brasil de Kart, de 12 a 17 de outubro (Foto: Mario Ferreira)

LONDRINA (PR) – Quatro etapas do Campeonato Paranaense Light de Kart e o Open da Copa Brasil serão as cinco provas oficiais que o Kartódromo Luigi Borghesi sediará, em Londrina, até a Copa Brasil, marcada para o período de 12 a 17 de outubro.

A AKRL (Associação dos Kartistas a Região de Londrina) divulgou que o Campeonato Paranaense Light de Kart terá início no dia 28 de março. As demais etapas serão nos dias 23 de maio, 15 e agosto e 21 de novembro. O Open da Copa Brasil será disputado no dia 19 e setembro. As cinco competições terão promoção e organização da AKRL, com supervisão da FPrA (Federação Paranaense de Automobilismo).

Segundo Bruno Sgarioni, presidente da AKRL, tudo está sendo feito para que cada etapa do Paranaense Light e o Open sejam grandes eventos testes para a Copa Brasil. “O Kartódromo Luigi Borghesi já está diferente. Isto poderá ser notado já na abertura do Light em março”, diz Bruno Sgarioni.

O Metropolitano de Velocidade de Curitiba deste ao será disputado em seis etapas (Foto: Victor Lara)

O Metropolitano de Velocidade de Curitiba deste ao será disputado em seis etapas (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – O Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba foi uma das competições destaques do automobilismo paranaense na temporada de 2019.

A temporada de 2020 terá início no próximo mês e uma das novidades será a realização de seis etapas. No ano passado foram apenas quatro. A etapa de abertura está marcada para o dia 8 de março. As demais etapas serão em 19 de abril, 19 de julho, 30 de agosto, 25 de outubro e 13 de dezembro. A promoção e organização serão da M & L Produções Artísticas Ltda, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Das seis etapas, três serão disputadas juntas com o Campeonato Paranaense. Uma etapa será em Cascavel, na região Oeste; e duas em Londrina, na região Norte.

 

Classificação final do Metropolitano de Curitiba de 2019/10 primeiros

Categoria Marcas A

1º) Gustavo Magnabosco, com 116 pontos

2º) Rômulo Molinari/Alexandre Frankemberger, 107

3º) Ruslan Carta Filho, 102

4º) Rafael Barranco, 77

5º) Andrei Carta/Marcelo José Andrade, 58

7º) Stive Augusto Tokarski, 52

8º) Eduardo Marquetto Pavelsk, 44

9º) Wanderlei Berlanda Júnior, 43

10º) Edson Bueno, com 26 pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Gefferson Luís de Lima, com 134 pontos

2º) Emerson Luiz Grochoski, 122

3º0 Antonio Amorim Carvalho, 110

4º) Sextilio Hans Júnior, 60

5º) Rodrigo Kostin, 53

6º) Ernani Rezende Kuhn, 33

7º) Samir Guimarães Silva, 31

8º) Brendon Julian Zonta Gabardo, 30

9º) Geison Eduardo Tureck, 30

10º) Marcelo José Andrade,  com 25 pontos

 

Categoria Turismo A

1º) Leonardo Kovalski, com 141 pontos

2º) Amauri Lisboa Júnior, 110

3º) Guilherme Ragnini, 100

4º) Jorge Augusto Silva, 94

5º) Fausto de Lucca, 74

6º) José Carlos Pederneiras, 67

7º) Luis Favero Chyla/Bernardo Favero Chyla, 33

8º) Bruno Nascimento Muhlstedt, 30

9º) Afonso Maia Bastos/Alexandre Maia Bastos, 30

10º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta, com 27 pontos

 

Categoria Turismo B

1º) Carlos Eduardo Schilipack, com 118 pontos

2º) Mário Diego Broering, 113

3º) Henrique Schmitz Basso, 106

4º) Rafael Balestrin, 99

5º) Marcelo Cancelli/Ezequiel Dall Asta Vieira, 63

6º) Luciano Vinicius Fracaro, 45

7º) Sérgio Francisco Bucco Júnior, 44

8º) Emerson Szwed, 34

9º) Naor Virgílio Petry, 33

10º) Artur Bailo Neto, com 31 pontos

 

Categoria Turismo C

1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado, com 156 pontos

2º) José Luís Cavassin, 73

3º) Helinson Pampuch/Christian Robert Pampuch, 58

4º) Daniel Cavassin, 55

5º) Marcelo João de Oliveira Filho, 54

6º) James Schwerdtner, 52

7º) Luiz Otávio Rodrigues, 50

8º) Maycon Alexandre de Oliveira, 43

9º) Johnis Toniolo, 43

10º) Nilton Joel Novelli Rosseni Filho, com 35 pontos

 

Categoria Clássicos Força Livre

1º) Armin Kliewer, com 138 pontos

2º) Maurício Gaudêncio, 98

3º) Anderson Andrade, 86

4º) Wanderlei Antonio Berlanda, 70

5º) Alex Sandre Ortega Morais, 54

6º) Richard Anthony Heidrich, 49

7º) Richard Heidrich, 45

8º) Rafael Bregenski Schuhli, 36

9º) Admir Pardo/Bruno Gustavo Pardo, 33

10º) Francisco Fiorese, com 31 pontos

 

Categoria Clássicos Turismo Light

1º) Jefferson Luís Foitte, com 108 pontos

2º) Carlos Henrique Nodari, 107

3º) Anderson Rieper, 64

4º) Nelson Eugênio dos Santos/Silvano Ricardo de Brito, 49

5º) Luís Carlos Souza Granato/Patrick Macedo, 34

6º) Hamilton Mrsch, com 7 pontos

O Festival de Arrancada de São Miguel do Iguaçu atrairá muitos competidores do Paraguai e da Argentina (Foto: Divulgação)

O Festival de Arrancada de São Miguel do Iguaçu atrairá muitos competidores do Paraguai e da Argentina (Foto: Divulgação)

Os motores vão roncar domingo em São Miguel do Iguaçu, com o 1º Festival de Arrancada, no Aeroporto da Cacic. As provas serão a partir das 8h30, na pista do aeroporto da Cacic, nas categorias de carros e motos. O ingresso será 2 quilos de alimento não perecível, que serão doados à Secretaria Municipal de Assistência Social de São Miguel do Iguaçu.

A promoção e organização serão do GECEG, com apoio da Costa Oeste FM, Prefeitura Municipal de São Miguel do Iguaçu e Jornal O Autódromo, com supervisão da FPrA (Federação Paranaense de Automobilismo).

Mais informações pelo whats (45) 99977-5837 (Oliveirinha) e (45) 99991-6972 (Mafra).

O Transparaná terá quatro dias de muita poeira ou lama, com com adrenalina

O Transparaná terá quatro dias de muita poeira ou lama, com com adrenalina

Começa nesta quarta-feira a mais tradicional competição off-road do Paraná. A 26ª edição do Transparaná será disputada de quarta-feira a sábado, com a expectativa de fortes emoções aos participantes oriundos de vários estados. Além de Guarapuava, a competição passa por Imbituva, Castro e a chegada será em Curitiba no sábado. A promoção e organização são do Jeep Clube de Curitiba, com supervisão da FPrA (Federação Paranaense de Automobilismo).

A programação começa às 8h desta quarta-feira com a abertura da Secretaria de Prova, em Guarapuava. Às 11h será realizado o briefing com os pilotos e a largada do primeiro carro está marcada para às 13h. A premiação da etapa de Guarapuava será 45 minutos após a entrega dos resultados, no hotel Iapó.

A segunda etapa será quinta-feira de Guarapuava a Imbituva, com largada às 8h. A terceira etapa será na sexta-feira, com largada às 8h em Imbituva e a chegada em Castro. A quarta e última etapa será no sábado, com largada às 8h em Castro e chegada em Curitiba. A premiação da etapa de encerramento será às 17h, ao passo que a premiação do Transparaná será ás 18h, no Barigui Park Hotel.

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

junho 2020
S T Q Q S S D
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!