Get Adobe Flash player

Luiz Aparecido

O Festival de Arrancada de São Miguel do Iguaçu atrairá muitos competidores do Paraguai e da Argentina (Foto: Divulgação)

O Festival de Arrancada de São Miguel do Iguaçu atrairá muitos competidores do Paraguai e da Argentina (Foto: Divulgação)

Os motores vão roncar domingo em São Miguel do Iguaçu, com o 1º Festival de Arrancada, no Aeroporto da Cacic. As provas serão a partir das 8h30, na pista do aeroporto da Cacic, nas categorias de carros e motos. O ingresso será 2 quilos de alimento não perecível, que serão doados à Secretaria Municipal de Assistência Social de São Miguel do Iguaçu.

A promoção e organização serão do GECEG, com apoio da Costa Oeste FM, Prefeitura Municipal de São Miguel do Iguaçu e Jornal O Autódromo, com supervisão da FPrA (Federação Paranaense de Automobilismo).

Mais informações pelo whats (45) 99977-5837 (Oliveirinha) e (45) 99991-6972 (Mafra).

O Transparaná terá quatro dias de muita poeira ou lama, com com adrenalina

O Transparaná terá quatro dias de muita poeira ou lama, com com adrenalina

Começa nesta quarta-feira a mais tradicional competição off-road do Paraná. A 26ª edição do Transparaná será disputada de quarta-feira a sábado, com a expectativa de fortes emoções aos participantes oriundos de vários estados. Além de Guarapuava, a competição passa por Imbituva, Castro e a chegada será em Curitiba no sábado. A promoção e organização são do Jeep Clube de Curitiba, com supervisão da FPrA (Federação Paranaense de Automobilismo).

A programação começa às 8h desta quarta-feira com a abertura da Secretaria de Prova, em Guarapuava. Às 11h será realizado o briefing com os pilotos e a largada do primeiro carro está marcada para às 13h. A premiação da etapa de Guarapuava será 45 minutos após a entrega dos resultados, no hotel Iapó.

A segunda etapa será quinta-feira de Guarapuava a Imbituva, com largada às 8h. A terceira etapa será na sexta-feira, com largada às 8h em Imbituva e a chegada em Castro. A quarta e última etapa será no sábado, com largada às 8h em Castro e chegada em Curitiba. A premiação da etapa de encerramento será às 17h, ao passo que a premiação do Transparaná será ás 18h, no Barigui Park Hotel.

Rubens Gatti, presidente da FPrA, informa que as pistas de Maringá e Campo Mourão ainda precisam executar algumas obras (Foto: Victor Lara)

Rubens Gatti, presidente da FPrA, informa que as pistas de Maringá e Campo Mourão ainda precisam executar algumas obras (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – A arrancada abrirá a temporada de automobilismo de 2020 no Paraná. Nos dias 25 e 26 deste mês, Toledo, na região Oeste irá sediar a etapa de abertura do Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 Metros. A promoção e organização são do Automóvel Clube de Toledo e da Associação dos Pilotos de Arrancada de Toledo, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

A temporada de Arrancada de 201 metros deste ano será em quatro etapas. Além da etapa de Toledo, as outras etapas serão em 16 e 17 de maio, em Maringá (ou Toledo); 11 e 12 e julho, em Campo Mourão (ou Toledo) e nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, em Toledo.

As etapas de Maringá e Campo Mourão só serão confirmadas após a execução das obras relacionadas à segurança solicitadas pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), em vistoria realizada no ano passado. Rubens Gatti, presidente da FPrA, adianta que as obras não forem realizadas a tempo, as provas serão em Toledo, porque a pista está dentro dos padrões exigidos pela CBA.

 

Calendário do Paranaense de Arrancada de 201 Metros

25 e 26 de janeiro – Toledo

16 e 17 de maio – Maringá ou Toledo

11 e 12 de julho – Campo Mourão ou Toledo

31 de outubro e 1º de novembro – Toledo

Tick Saliba, Alessandro Marchini e Vitor Belém, os três primeiros colocados da categoria F-4 (Foto: Divulgação)

Tick Saliba, Alessandro Marchini e Vitor Belém, os três primeiros colocados da categoria F-4 (Foto: Divulgação)

RIO NEGRO (PR) – Disputado em etapa única no último sábado, o Campeonato Metropolitano de Kart de Rio Negro encerrou a temporada 2019 de Kart no Paraná. A competição teve promoção e organização do Kart Clube de Rio Negro, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Ganhando as duas baterias, Leonardo Torres, na 125cc; e Tick Saliba, na F-4, foram os vendedores do campeonato. Na categoria 125cc o resultado foi: 1º) Leonardo Torres, com 20 pontos; 2º) Gustavo Kalinowski, 18; 3º) Léo Nunes, 16; 4º) Andrio Stelmach, 14; 5º) Doglas Pierosan, 11;  e 6º) Vigando Chefe, com 11 pontos. Já na categoria F-4, o resultado é o seguinte: 1º) Tick Saliba, com 28 pontos; 2º) Vitor Belém, 25; 3º) Alessandro Marchini, 24; 4º) Nestor Ferens, 23; 5º) Ricardo Hilgenstiller, 18; 6º) Guilherme Sell, 18; 7º) Fábio Mathoso, 16; 8º) Leonardo Kovalski, 13; 9º) Diego Said, 11; 10º) Júlio Train, 10; 11º) Jandre Nunes, 8; 12º) Eduardo de Castro, 7; 13º) Alfredo Adami, 5; e 14º) Vinicius Stelmach, com 4 pontos.

Pódio da categoria 125cc (Foto: Divulgação)

Pódio da categoria 125cc (Foto: Divulgação)

O Kartódromo Afonso Petschow terá neste sábado a última competição do ano (Foto: Divulgação)

O Kartódromo Afonso Petschow terá neste sábado a última competição do ano (Foto: Divulgação)

RIO NEGRO (PR) – O Campeonato Metropolitano de Kart de Rio Negro, no Paraná, será disputado em etapa única. A competição será neste sábado (14/12), no Kartódromo Afonso Petschow, com disputas nas categorias F-4 (motores sorteados) e 125cc Stock (motores próprios). A promoção e organização serão do Kart Clube de Rio Negro, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

A programação começa às 12 horas, com o sorteio dos motores. Das 13 às 13h25 será realizado treino livre da categoria 125 Stock; das 13h30 às 13h55, treino livre da categoria F-4; às 14 horas, briefing; das 14h15 às 14h22, treino classificatório da categoria 125cc Stock; das 14h30 às 14h37, treino classificatório da categoria F-4; às 15 horas, largada da primeira bateria da categoria 125cc Stock; às 15h30, largada da primeira bateria da categoria F-4; às 16 horas, largada da segunda bateria da categoria 125cc Stock; às 16h30, largada da segunda bateria da categoria F-4 e às 17 horas, pódio das duas categorias. Cada bateria terá a duração de 18 voltas.

Pódio das 4 Horas de Kart de Foz do Iguaçu, festa de quem superou a maratona de fim de ano (Foto: Divulgação)

Pódio das 4 Horas de Kart de Foz do Iguaçu, festa de quem superou a maratona de fim de ano (Foto: Divulgação)

FOZ DO IGUAÇU (PR) – O trio formado por Rafael Smaniotto, Gabriel Smaniotto e Tiaco Cecco venceu as 4 Horas de Kart de Foz do Iguaçu/Copa Mercosul, disputada sábado no Adrena Kart. Eles completaram 83 voltas nas quatro horas de prova.

A prova que encerrou a temporada de kart na Terra das Cataratas teve como segundo colocado o trio formado por Júnior Flores/Auber Miola/Guilherme Zimermann, que receberam a bandeirada a duas voltas dos líderes. Em terceiro se classificou Nicolas Zaparolli/Gabriel Chemin/Aleksander  Doroskevich, a duas voltas; em quarto, Murilo Fiori/Samuel Cruz, a três voltas; e em quinto, Rubson Favaretto/Lucas Balbuena/Rodrigo Dagostini, a quatro voltas.

O Campeonato Paranaense de Velocidade terminou com provas disputadíssimas em Curitiba (Foto: Divulgação)

O Campeonato Paranaense de Velocidade terminou com provas disputadíssimas em Curitiba (Foto: Divulgação)

CURITIBA (PR) – Sem surpresas, o Campeonato Paranaense de Velocidade no Asfalto chegou ao fim domingo, com a realização da 6ª e última etapa no Autódromo Internacional de Curitiba. A Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) divulgou hoje (terça-feira) a classificação final do campeonato, confirmando Guilherme Ragnini como campeão da categoria Turismo A; Henrique Schmitz Basso, da Turismo B; Roberto Bonato/Evandro Maldonado, da Turismo C; Gustavo Magnabosco, da Marcas A; e Sextilio Hans Júnior da categoria Marcas B.

 

Classificação final do Campeonato Paranaense de Velocidade

Categoria Turismo A

1º) Guilherme Ragnini, com 179 pontos

2º) Leonardo Kovalski, 175

3º) Peterson Calixto de Andrade/Carlos Vaz, 80

4º) Afonso Maia Bastos/Alexandre Maia Bastos, 76

5º) José Carlos N. Pederneiras, 66

6º) Amauri Lisboa Júnior, 59

7º) Jorge Augusto Silva, 52

8º) Marcelo Cordeiro, 44

9º) Karl Rauscher, 43

10º) Luiz Fernando Tatsch, 38

11º) Stive Augusto Tokarski, 35

12º) Gabriel Santos Yamagava, 33

13º) Fausto de Lucca, 27

14º) Eduardo Berlanda/Dirceu Luís Rausisse, 19

14º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta, 19

15º) Bruno Nascimento Muhlstedt, 19

16º) Luiz Otavio Brambila Rodrigues, 17

17º) Luís Cláudio Favero Chyla/Bernardo Favero Chyla, 17

18º) Gedson Gonçalves/Rafael Liandro Lupatini, 11

20º) Geovane Ciesielski, 11

21º) Márcio Ymagava, 9

21º) Gefferson Luís de Lima, 9

22º) Juliano Dutra, 7

22º) Maycon de Oliveira Freitas, 7

23º) Eduardo Marquetto Pavelski, 6

23º) Thiago Rubert Brandt, 6

24º) Nilton da Silva Filho, 4

25º) Emerson Alberto Will, com 3 pontos

 

Categoria Turismo B

1º) Henrique Schmitz Basso, com 181 pontos

2º) Carlos Eduardo Schilipack, 159

3º) Rafael Balestrin1, 107

4º) Marcelo Cancelli/Ezequiel Dall Asta Vieira, 93

5º) Naor V. Costanaro Petry, 70

6º) Mário Diego Broering, 69

7º) Sérgio Francisco Bucco Júnior, 66

8º) Emerson Szwed, 56

9º) Marcelo Kroth da Silva, 52

10º) Brendon Julian Zonta Gabardo, 47

11º) Artur Bailo Neto, 40

12º) Alcione Eduardo Weiss, 39

13º) Maycon Alexandre de Oliveira, 38

14º) Luciano Vinicius Fracaro, 38

15º) Alessandro Bordignon Weiss, 28

16º) Vinicius Kavilhuka Metzger, 26

17º) Elton Antunes de Oliveira, 23

18º) Celso Gabardo, 19

19º) Narciso Antonio Verza, 19

20º) Paulo Barboza, 19

21º) Marlon Galikoski Rodrigues, 16

22º) Wilson Kavilhuka, 15

23º) Roberto Barboza, 15

24º) Ivécio de Almeida, 13

25º) Fernando Kasmirski Zatta, 12

26º) Juliano Kasmirski Zatta, 12

27º) Aleksander Versalli Pereira/Nilton da Silva Filho, 11

28º) Carlos Eduardo Kavilhuka, 10

29º) Adriano Cesar Botelho, 9

30º) Thiago Parizotto, 9

31º) Anderson Rodrigo Garcia/Matheus Negreiros de Souza, 8

32º) Luiz Ricardo Kavilhuka, 7

33º) Ricardo Felipe P. Pamplona/Jakson Marques Carvalho, 6

34º) Airton Guilherme A. dos Santos/Airton Lima dos Santos, 6

35º) Hadari Saeson Furtado, 6

36º) Rafael Possenti, 5

37º) Celso Gabardo, 4

38º) Marcelo Bonato, 3

39º) José Henrique Kavilhuka, 3

41º) Silvano Ricardo de Brito/Nelson Eugenio dos Santos, 3

42º) Octavio Augusto de Oliveira1, 3

43º) João Manoel Teixeira Godoy, 3

44º) Rui Batista dos Santos Júnior, 3

45º) Norival Kavilhuka, 3

46º) João Ademir Stabach, 3

47º) Dioclesio Ragnini, 3

48º) Norival Kavilhuka, 3

49º) Otavio Augusto Bucco, 3

50º) Edimarcos Santos Caliari, 3

51º) Josemar Kurowsky, 3

52º) Renan Gregory Pessin Alves, 3

53º) João Manoel Teixeira Godoy, 3

54º) Leonardo Rogério Nascimento, com 3 pontos

 

Categoria Turismo C

1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado, com 132 pontos

2º) José Carlos R. Seabra Santos, 124

3º) César Ribas de Lima, 107

4º) Rafael Hilgemberg, 70

5º) Luiz Otavio Brambila Rodrigues, 60

6º) Marcelo João de Oliveira Filho, 53

7º) James Schwerdtner, 46

8º) Helinson Pampuch/Christian Robert Pampuch, 46

9º) Arlei Tucholski/Cláudio Tucholski, 44

10º) Rafael Liandro Lupatini/Brendon Julian Zonta Gabardo, 43

11º) José Luís Cavassin, 35

12º) Jorgemar Elizeu Lorentz, 27

13º) Johnis Toniolo, 25

14º) Nilton Joel Novelli Rosseni Filho, 24

15º) Jean Carlo Laeffer de Lima, 23

16º) Genilson Moises Colodel/Stive Augusto Tokarski, 18

17º) Anderson Rodrigo Garcia/Matheus Negreiros de Souza, 15

18º) Daniel Cavassin, 15

19º) Ronaldo Cesar da Silva, 13

20º) José Carlos Fuganti, 11

21º) Júlio César França Bueno/Ricardo A. Chesco dos Santos, 8

22º) Ângelo Rogério Marquetto/Júlio César Zeni, 8

23º) Thiago Parizotto, 6

24º) Diego Lino, 3

25º) Airton de Avila Erig, 3

26º) Octávio augusto de Oliveira/Abner Pereira Carrapeiro, 3

27º) Leonardo R. Nascimento, 3

28º) Alberto Bandeira Neto, 3

29º) Maycon Alexandre de Oliveira, com 0 ponto

 

Categoria Marcas A

1º) Gustavo Magnabosco, com 152 pontos

2º) Rafael Barranco, 137

3º) Paulo Bento, 85

4º) Rômulo Lazzari Molinari/Alexandre Frankemberger, 85

5º) Ruslan Carta Filho, 84

6º) Stive Augusto Tokarski, 80

7º) Andrei Carta, 80

8º) Wanderlei A. Berlanda Júnior, 43

9º) Thiago Klein, 40

10º) Edson Henrique Bueno/Marcel Sedano, 28

11º) Lorenzo Massaro/Wellington Cirino, 27

12º) Gefferson Luís de Lima, 21

12º) Marcelo José Andrade, 21

13º) Augusto Baldo Neto, 20

14º) Ariel Barranco, 17

15º) Valmor Emilio Weiss, 15

16º) Marcelo Beuxm 14

17º) Lucas Barbulha Inoue, 11

18º) Edoli Pedro Caus Júnior, 3

19º) Afonso Maia Bastos/Alexandre Maia Bastos, 3

20º) Pierre Sabbagh, 3

21º) Edson Luiz Campana Sita, com 3 pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Sextilio Hans Júnior, com 124 pontos

2º) Antonio J. Amorim Carvalho, 103

3º) Emerson Luiz Grochoski, 79

4º) Gefferson Luís de Lima, 54

5º) Rodrigo Kostin, 38

6º) Gustavo Camilo dos Santos, 33

7º) Marco Cortina/Marcelo Raul Marcellos, 27

8º) Geison Eduardo Tureck, 25

9º) Ernani Rezende Kuhn, 23

10º) Wenes Oliveira de Carvalho, 23

11º) Brendon Julian Zonta Gabardo, 21

12º) Ozias Tavares da Silveira Júnior, 13

13º) Samir Guimarães Silva, 8

14º) Lucio Alan Seidel, 3

14º) Elberto Max B. Alves, 3

14º) Karl Rauscher, 3

15º) Aparecido Lima de Morais, 3

16º) Adriano José Braz Neto, com 3 pontos

O Autódromo de Curitiba receberá mais de uma centena de carros paras as decisões do Paranaense e do Metropolitano de Velocidade (Foto: Victor Lara)

O Autódromo de Curitiba receberá mais de uma centena de carros paras as decisões do Paranaense e do Metropolitano de Velocidade (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – O automobilismo do Paraná encerra dois dos seus mais tradicionais campeonatos neste fim de semana. O Autódromo Internacional de Curitiba sediará neste sábado e domingo as etapas finais do Campeonato Paranaense de Velocidade e o do Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba.

O Campeonato Paranaense de Velocidade chega à última etapa tendo Guilherme Ragnini como líder da categoria Turismo A; Henrique Schmitz Basso, na Turismo B; José Carlos R. Seabra Santos, na Turismo C; Gustavo Magnabosco, na Marcas A; e Sextilio Hans Júnior na categoria Marcas B.

Já no Metropolitano de Curitiba, a dupla Rômulo Lazzari Molinari/Alexandre Frankemberger está na liderança da categoria Marcas A; Gefferson Luís de Lima, na Marcas B; Leonardo Kovalski, na Turismo A; Henrique Schmitz Basso, na Turismo B; Roberto Bonato/Evandro Maldonado, na Turismo C; Armin Kliewer, na Clássicos Força Livre; e

Carlos Henrique Nodari na categoria Clássicos Turismo Light.

Programação

A programação do sábado começa com os treinos livres a partir das 8h e vão até as 16h25. Os treinos classificatórios, que definirão o grid de largada, serão das 16h30 às 16h45, categoria Clássicos; das 16h50 às 17h05, categorias Turismo A e C; das 17h10 às 17h25, categoria Marcas; e das 17h30 às 17h45, categoria Turismo B.

As provas serão todas no domingo. Às 9h15, largada da 1ª prova da categorias Clássicos (25 minutos, mais 2 voltas); às 10h05, largada da 1ª prova das categorias Turismo A e C (30 minutos, mais duas voltas); às 11 horas, largada da 1ª prova da categoria Marcas (30 minutos, mais duas voltas); às 11h55, largada da 1ª prova da categoria Turismo B (30 minutos, mais duas voltas); às 13h35, largada da 2ª prova da categoria Clássicos (25 minutos, mais duas voltas); às 14h30, largada da 2ª prova das categorias Turismo A e C; às 15h30, largada da 2ª prova da categoria Marcas; e às 16h30, largada da 2ª prova da categoria Turismo B.

 

Classificação do Campeonato Paranaense após 5 etapas

Categoria Turismo A

1º) Guilherme Ragnini, com 176 pontos

2º) Leonardo Kovalski, 165

3º) Peterson Calixto de Andrade/Carlos Vaz, 77

4º) Afonso H. Maia Bastos/Alexandre H. Maia Bastos, 76

5º) José Carlos Pederneiras, 57

6º) Karl Rauscher, 43

7º) Marcelo Cordeiro, 39

8º) Stive Augusto Tokarski, 35

9º) Jorge Augusto M. P. Silva, 33

Gabriel Santos Yamagava, 33

Luiz Fernando Tatsch, 33

12º) Amauri Lisboa Junior, 32

13º) Eduardo Berlanda/Dirceu Luis Rausisse, 19

14º) Luiz Otavio Brambila Rodrigues, 17

15º) Luís Claudio Favero Chyla/Bernardo Favero Chyla, 9

Márcio Ymagava, 9

Gefferson Luís de Lima, 9

18º) Geovane Ciesielski, 8

19º) Juliano Dutra, 7

Maycon de Oliveira Freitas, 7

21º) Thiago Rubert Brandt, 3

Gedson Gonçalves, com 3 pontos

 

Categoria Turismo B

1º) Henrique Schmitz Basso, com 170 pontos

2º) Carlos Eduardo Schilipack, 131

3º) Marcelo Cancelli/Ezequiel Dall Asta Vieira, 80

4º) Rafael Balestrin1, 77

5º) Naor V. Costanaro Petry, 70

6º) Sérgio Francisco Bucco Júnior, 55

7º) Emerson Szwed, 49

8º) Brendon Julian Zonta Gabardo, 47

9º) Marcelo Kroth da Silva, 43

10º) Maycon Alexandre de Oliveira, 38

11º) Mário Diego Broering, 31

Artur Bailo Neto, 31

13º) Luciano Vinicius Fracaro, 29

Vinicius Kavilhuka Metzger, 26

16º) Alcione Eduardo Weiss, 20

16º) Elton Antunes de Oliveira, 19

Celso Gabardo, 19

18º) Paulo Barboza, 16

Narciso Antonio Verza, 16

20º) Marlon Galikoski Rodrigues, 13

21º) Wilson Kavilhuka, 12

Roberto Barboza, 12

23º) Aleksander Versalli Pereira/Nilton da Silva Filho, 11

24º) Ivécio de Almeida, 10

25º) Adriano Cesar Botelho, 9

Fernando Kasmirski Zatta, 9

Juliano Kasmirski Zatta, 9

Alessandro Bordignon Weiss, 9

29º) Anderson Rodrigo Garcia/Matheus Negreiros de Souza, 8

30º) Carlos Eduardo Kavilhuka/Luiz Ricardo Kavilhuka, 7

31º) Ricardo Felipe P. Pamplona/Jakson Marques Carvalho, 6

Thiago Parizotto, 6

33º) Marcelo Bonato, 3

Airton Guilherme A. dos Santos, 3

Airton Lima dos Santos, 3

José Henrique Kavilhuka, 3

Silvano Ricardo de Brito/Nelson Eugenio dos Santos, 3

Octávio Augusto de Oliveira, 3

João Manoel Teixeira Godoy, 3

Hadari Saeson Furtado, 3

Rui Batista dos Santos Júnior, 3

Leonardo Rogério Nascimento, com 3 pontos

 

Categoria Turismo C

1º) José Carlos R. Seabra Santos, com 127 pontos

2º) César Ribas de Lima, 101

3º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado, 88

4º) Rafael Hilgemberg, 70

5º) Arlei Tucholski/Cláudio Tucholski, 44

6º) Rafael Liandro Lupatini/Brendon Julian Zonta Gabardo, 43

7º) Luiz Otavio Brambila Rodrigues, 36

8º) Marcelo João de Oliveira Filho, 34

9º) James Schwerdtner, 30

10º) Jorgemar Elizeu Lorentz, 27

11º) Johnis Toniolo, 25

12º) Jean Carlo Laeffer de Lima, 23

13º) José Luis Cavassin, 20

14º) Helinson Pampuch/Christian Robert Pampuch, 19

15º) Anderson Rodrigo Garcia/Matheus Negreiros de Souza, 15

16º) Ronaldo Cesar da Silva, 13

17º) Thiago Parizotto, 6

18º) Diego Lino, 3

19º) Maycon Alexandre de Oliveira, com 0 ponto

 

Categoria Marcas A

1º) Gustavo Magnabosco, com 152 pontos

2º) Rafael Barranco, 110

13º) Paulo Vitor Bento, 89

4º) Stive Augusto Tokarski, 80

5º) Rômulo Lazzari Molinari/Alexandre Frankemberger, 66

6º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta, 59

7º) Wanderlei A. Berlanda Júnior, 43

8º) Thiago Klein, 40

9º) Edson Henrique Bueno/Marcel Sedano, 28

10º) Lorenzo Massaro/Wellington Cirino, 27

11º) Gefferson Luís de Lima, 21

12º) Augusto Baldo Neto, 20

13º) Ariel Barranco, 17

14º) Valmor Emilio Weiss, 15

15º) Marcelo Beux, 14

16º) Lucas Barbulha Inoue, 11

17º) Edoli Pedro Caus Júnior, 3

Edson Luiz Campana Sita, 3

Afonso H. Maia Bastos/Alexandre H. Maia Bastos, com 3 pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Sextilio Hans Júnior, com 121 pontos

2º) Antonio J. Amorim Carvalho, 105

3º) Emerson Luiz Grochoski, 41

4º) Rodrigo Kostin, 38

5º) Gefferson Luis de Lima, 34

6º) Gustavo Camilo dos Santos, 33

7º) Marco Cortina/Marcelo Raul Marcellos, 27

8º) Wenes Oliveira de Carvalho, 23

9º) Geison Eduardo Tureck, 11

10º) Lúcio Alan F. Seidel, 3

Samir Guimarães Silva/Adriano Jose Braz Neto, 3

Aparecido Lima de Morais, com 3 pontos

 

Classificação do Campeonato Metropolitano de Curitiba

Categoria Marcas A

1º) Rômulo Lazzari Molinari/Alexandre Frankemberger, com 89 pontos

2º) Ruslan Carta Filho, 74

3º) Gustavo Magnabosco, 72

4º) Stive Augusto Tokarski, 52

5º) Andrei Carta, 46

6º) Eduardo Marquetto Pavelski, 44

7º) Wanderlei A. Berlanda Júnior, 43

8º) Marcelo José Andrade, 28

9º) Edson Henrique Bueno, 26

9º) Fabrício Lançoni, 26

10º) Richard Heidrich/Richard Antony Heidrich, 25

10º) Rafael Augusto Bastos, 25

11º) Edson Luiz Campana Sita, 16

12º) Rafael Barranco, 13

13º) Davi Gustavo C. Dal Pizzol, 3

Davi Dal Pizzol, 3

Afonso H. Maia Bastos/Alexandre H. Maia Bastos, com 3 pontos

 

Categoria Marcas B

1º) Gefferson Luís de Lima, com 122 pontos

2º) Antonio J. Amorim Carvalho, 91

3º) Emerson Luiz Grochoski, 66

4º) Rodrigo Kostin, 53

5º) Sextilio Hans Júnior, 30

6º) Marcelo José Andrade, 25

6º) Adriano José Braz Neto/Samir Guimarães Silva, 25

7º) Samuel Luís Deucher, 23

8º) Geison Eduardo Tureck, 11

9º) Cezar A. R. da S. Martins, 11

10º) Lúcio Alan F. Seidel, 6

11º) Guilherme Álvares Pitan Plaza, com 3 pontos

 

Categoria Turismo A

1º) Leonardo Kovalski, com 110 pontos

2º) Jorge Augusto M. P. Silva, 84

3º) Amauri Lisboa Júnior, 71

4º) José Carlos N. Pederneiras, 61

5º) Guilherme Ragnini, 52

6º) Fausto de Lucca, 35

7º) Afonso H. Maia Bastos/Alexandre H. Maia Bastos, 30

8º) Luís Cláudio Favero Chyla/Bernardo Favero Chyla, 23

9º) Karl Rauscher, 21

10º) Eduardo Berlanda/Dirceu Luís Rausisse, 19

11º) Stive Augusto Tokarski, 18

12º) Geovane Ciesielski, 15

13º) Aleksander Versalli Pereira, 13

14º) Gedson Gonçalves, 12

15º) Emerson Alberto Will, 9

Rodrigo Carlos Vieira, 9

17º) Juliano Dutra, 7

18º) Thiago Rubert Brandt, 6

Marcelo Cordeiro, 6

20º) Peterson Calixto de Andrade/Carlos Vaz, 5

21º) Bruno Nascimento Mulhespdt, 3

Geison Eduardo Tureck, com 3 pontos

 

Categoria Turismo B

1º) Henrique Schmitz Basso, com 191 pontos

2º) Carlos Eduardo Schilipack, 74

3º) Mário Diego Broering, 57

4º) Rafael Balestrin, 55

5º) Marcelo Cancelli/Ezequiel Dall Asta Vieira, 45

6º) Luciano Vinicius Fracaro, 35

7º) Naor Virgílio Petry, 33

8º) Sérgio Francisco Bucco Júnior, 29

9º) Emerson Szwed, 25

Octavio Augusto de Oliveira, 25

11º) Elton Antunes de Oliveira, 22

12º) Brendon Julian Zonta Gabardo, 21

13º) Artur Bailo Neto, 19

Marcelo Cordeiro, 19

15º) Leonardo R. Nascimento, 18

16º) Narciso Antonio Verza, 17

Ivécio de Almeida, 17

17º) Paulo Barboza, 16

18º) Maycon Alexandre de Oliveira, 13

19º) Jean Eduardo Kovalski/Jorgemar Elizeu Lorentz, 11

20º) Wilson Kavilhuka, 10

21º) Marcelo Bonato, 9

Roberto Barboza, 9

Nilton da Silva Filho, 9

24º) Carlos Eduardo Kavilhuka/Luiz Ricardo Kavilhuka, 7

Vinicius Kavilhuka Metzger, 7

26º) Silvano Ricardo de Brito/Nelson Eugênio dos Santos, 6

Ricardo Felipe P. Pamplona/Jakson Marques Carvalho, 6

Marlon Galikoski Rodrigues, 6

Airton Guilherme dos Santos/Airton Lima dos Santos, 6

Juliano Kasmirski Zatta, 6

Fernando Kasmirski Zatta, 6

32º) Reginaldo Dziedzic Vieira, 4

33º) José Henrique Kavilhuka, 3

Aleksander Versalli Pereira, 3

Igor Mikail Waczlewski, 3

Rui Batista dos Santos Júnior, 3

Hadari Saeson Furtado, 3

João Manoel Teixeira Godoy, 3

Thiago Parizotto, 3

Alesandro Daniel Weiss/Alcione Eduardo Weiss, 3

Jose Renato da R. Moraes, 3

Jean Moraes, 3

Marcelo Kroth da Silva, com 3 pontos

 

Categoria Turismo C

1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado, com 115 pontos

2º) José Luís Cavassin, 54

3º) Maycon Alexandre de Oliveira, 43

3º) Johnis Toniolo, 43

4º) Daniel Cavassin, 34

5º) James Schwerdtner, 30

Jean Carlo Laeffer de Lima, 30

7º) Rodrigo do Bonfim Pinheiro/Gilmar Dela Coleta, 28

8º) Marcelo João de Oliveira Filho, 27

9º) José Carlos R. Seabra Santos/Rafael Hilgemberg, 26

10º) Aleksander Versalli Pereira/Nilton da Silva Filho, 23

11º) Diego Lino, 21

12º) Helinson Pampuch/Christian Robert Pampuch, 19

José Carlos Fuganti/Angelo Rogério Marquetto, 19

14º) César Ribas de Lima, 17

15º) Luiz Otávio B. C. Rodrigues, 15

16º) Guilherme Diegoli Bianchini/Rafael Lupatini, 13

17º) Marcelo Cordeiro/Luís Fernando Tatsch, 8

18º) Thiago Parizotto, 6

Alessander Andres F. Ramirez, 6

Oracildo Gonçalves Olmedo, 6

21º) Jean Carlo Gans/Mateus Correia Prado, 3

Thiago Nagib Fernandes Luiz, 3

Cláudio Tucholski, com 3 pontos

Categoria Clássicos Força Livre

1º) Armin Kliewer, com 98

2º) Anderson Andrade, 86

3º) Maurício Gaudêncio, 75

4º) Wanderlei Antonio Berlanda, 70

5º) Alex Sandre Ortega Morais, 54

6º) Rafael Bregenski Schuhli, 36

7º) Francisco Fiorese, 31

8º) Admir Pardo, 21

9º) Rogério Polatti Schuhli, 10

10º) Thoni Azevedo Leite, 9

Gilberto Carlassara, com 9 pontos

 

Categoria Clássicos Turismo Light

1º) Carlos Henrique Nodari, com 86

2º) Jefferson Luis Foitte, 44

3º) Luis Carlos Souza Granato/Patrick Macedo, 34

4º) Hamilton Mrsch, com 7 pontos

Os pilotos de Foz do Iguaçu encaram as 4 Horas como uma grande festa para encerrar a temporada (Foto: Divulgação)

Os pilotos de Foz do Iguaçu encaram as 4 Horas como uma grande festa para encerrar a temporada (Foto: Divulgação)

FOZ DO IGUAÇU (PR) – O Automóvel Clube de Foz do Iguaçu não irá cobrar inscrições de pilotos forasteiros, que participarem sábado das 4 Horas de Kart de Foz do Iguaçu/Copa Mercosul. Assim se espera a participação de um grande número de competidores de Cascavel, Campo Mourão, Pato Branco e outros pólos do kartismo paranaense.

A prova terá largada às 19 horas no Adrena Kart, com promoção e organização do Automóvel Clube de Foz do Iguaçu e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). Será em categoria única, com motor quatro tempos sorteado.

A taxa de inscrição será de R$ 2.500,00 por equipe. Neste valor está incluído um motor, que será sorteado; um jogo de pneus e o combustível para a tomada de tempo.

O limite máximo de participantes será de 25 equipes e cada uma poderá inscrever o mínimo de dois pilotos e o máximo de três. Um piloto poderá se inscrever no máximo em duas equipes.

A premiação será em troféus, do primeiro ao quinto colocado.

Cadete

A preliminar das 4 Horas de Kart de Foz do Iguaçu será uma prova da categoria Cadete, com duração de 45 minutos, mais uma volta, com uma volta obrigatória de no mínimo cinco minutos, entre a 20ª e a 30ª volta.

A taxa de inscrição será de R$ 400,00

A categoria Super Chev B abriu a programação da última etapa com boas brigas (Foto: Divulgação)

A categoria Super Chev B abriu a programação da última etapa com boas brigas (Foto: Divulgação)

A etapa final do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra foi repleta de belas disputas no Autódromo de São José dos Pinhais, com a realização da 5ª e última etapa, que contou com 75 participantes, com organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos. A etapa foi disputada em duas provas nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.600 “C” e Turismo 1600  “I”, Turismo 5000 (Omega e Opala), Super Chev “A” e “B”, Auto Cross “A” e “B” e Fusca Velocidade “A” e “Light”, e patrocínio da Militec-1, Pelikano, Toyota Barigui, Gasoline Car Repairs, West Lake Pneus e Grameira Gabardo, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante os Treinos Classificatórios, os cinco primeiros por categoria foram: AUTOCROSS – 1º) Alisson Marçal, 57s858; 2º) Rafael Schuhli, 58s517; 3º) Luiz Camargo, 58s622; e 4º) Arthur Coletti, 1m07s625. SUPER CHEV “A” – 1º) Hamilton Morsch, 1m01s567; 2º) Fábio Aramis, 1m02s251; 3º) Pedro dos Santos, 1m02s640; 4º) Rogério Torres, 1m02s734; e 5º) Flávio Mendes, 1m03s466. SUPER CHEV “B” – 1º) Júnior Fagundes, 1m04s350; 2º) Brendon Gabardo, 1m05s136; 3º) Edson Pilatti, 1m05s195; 4º) Vinícius Kavilhuka, 1m06s256; e 5º) Dorival/Daniel do Valle, 1m07s726. MARCAS “A” – 1º) Leonardo Kovalski, 58s150; 2º) Jean Gans, 1m 58s459; 3º) Juca Lisboa, 59s949; 4º) Stive Tokarski, 59s316; e 5º) Nilton Silva, 1m03s413. MARCAS “B” – 1º) João Stabach, 59s634; 2º) Ricardo Pamplona, 59s926. TURISMO 5000 (OMEGA) – 1º) Marcelo Tatsch, 57s782; 2º) José Carlos Franzoi, 58s149; 3º) Fábio dos Santos, 1m00s280; 4º) Francesco Esposito Neto, 1min00s997; e 5º) Flávio Mendes, 1m02s523. TURISMO 5000 (OPALA) – 1º) João Rodrigo Chemin, 58s298; 2º) Brendon Gabardo, 59s511; 3º) Bernardo Kava, 1m01s914; 4º) Márcio Chimentão, 1m04s645; e 5º) Ricardo Smanioto, 1m10s122. TURISMO 1.600 “C” – 1º) Diego Lino, 59s898; 2º) Thiri/Leandro Stadler, 1m04s462; e 3º) Leandro dos Santos, 1m08s547. TURISMO 1600 “I” – 1º) Geovane Ciesielski, 1m00s659; 2º) Antonio de Carvalho, 1m02s853; e 3º) Jackson Carvalho, 1m05s283. FUSCA VELOCIDADE “A” – 1º) Carlos Eduardo, 1m01s861; 2º) Juliano dos Anjos, 1m02s291; 3º) Ailson Júnior, 1m02s942; 4º) Fabiano dos Anjos, 1m03s879; e 5º) Gabriel dos Anjos, 1m04s046. FUSCA VELOCIDADE “LIGHT” – 1º) Alexandre Marzolla, 1m05s717; 2º) Maycon Nishiba, 1m12s886; 3º) Rafael Helgemberg, 1m19s446; e 4º) Thiago Andolhe, sem tempo.

Autocross

A categoria Autocross contou com 5 participantes, realizando apenas uma prova por causa da chuva no domingo. A primeira corrida, Alisson Marçal largou na pole position e mantendo a posição, seguido de perto por Rafael Schuhli, Luiz Camargo, Rogério Schuhli e Arthur Coletti. Ao fim de 10 voltas, a vitória foi de Alisson Marçal, na categoria Auto Cross, com o tempo de 12m28s302, seguido de Luiz Camargo, a 1s172, Rafael Schuhli, a 2s489, e, Arthur Coletti, a uma volta.

RESULTADO FINAL -SUPER FÓRMULA – 1º) Alisson Marçal, COM 41 pontos (campeão); 2º) Luiz Camargo, 30; 3º) Rafael Shuhli, 24; e 4º) Rogério Schuhli, 10; e 5º) Arthur Coletti, com 10 pontos.

Super Chev “A”

Reunindo 14 carros em seu grid, a categoria Super Chev “A” foi para a primeira corrida, com a promessa de bons pegas e muitas ultrapassagens. Mas também só foi realizada uma prova por causa da chuva. O pole position Hamilton Morch manteve a liderança da largada, seguido de perto nas primeiras voltas por Pedro dos Santos, Fábio Aramis, Rogério Torres, Celso Gabardo e Jackson Araújo. A “briga” pela liderança da prova foi muito boa entre Hamilton Morch e Celso Gabardo no fim da prova. Boa corrida de recuperação de Cleverson Petrich, que largou da última posição do grid e chegou em terceiro lugar. Após 12 voltas, a vitória na Super Chev “A” foi de Hamilton Morch, com o tempo total de 14m16s714, com Celso Gabardo em segundo, a 0s980, Cleverson Petrich em terceiro, a 2s355, Dário Ribeiro em quarto, a 4s467, e, Jackson Araújo em quinto, a 5s287.

FINAL: SUPER CHEV “A” – 1º) Hamilton Morch, com 31 pontos (campeão); 2º) Brendon/Celso Gabardo, 23; 3º) Cleverson Petrich, 18; 4º) Dário Ribeiro, 15; e 5º) Jackson Araújo, com 12 pontos.

Super Chev “B”

Contando com 15 carros em seu grid, a categoria Super Chev “B” foi para a primeira corrida com os pilotos prometendo bons pegas pelas primeiras posições. O pole position Júnior Fagundes manteve a liderança da largada e passou a abrir vantagem para os demais, comprovando a sua boa fase na temporada 2019. Mas a “briga” foi boa entre Vinícius Kavilhuka, Brendon Gabardo e Edson Pilatti pela segunda posição. Depois de 13 voltas, a vitória na Super Chev “B” foi de Júnior Fagundes (Chaveirinho), com o tempo total de 13m42s394, tendo Celso Gabardo em segundo, a 12s452, Vinícius Kavilhuka em terceiro, a 13s054, Edson Pilatti em quarto, a 22s083, e, Dorival do Valle em quinto, a uma volta.

Júnior Fagundes (Chaveirinho) largou também na pole position da segunda corrida da Super Chev “B”, e liderou até a quinta volta, quando passou a ter problemas com a caixa de direção e foi superado por Brendon Gabardo. Na disputa pela terceira posição, mais uma vez o “pega” foi bom entre Edson Pilatti, Vinícius Kavilhuka e Roberto Santos até a última volta. Ao fim de 12 voltas, a vitória na Super Chev “B” foi de Brendon Gabardo, com tempo total de 14m19s887, seguido de Júnio Fagundes, a 11s718; Edson Pilatti, a 12s550; Vinícius Kavilhuka, a 13s771; e, Roberto Santos, 15s770. FINAL: SUPER CHEV “B” – 1º) Júnior Fagundes (Chaveirinho), com 54 pontos (campeão); 2º) Celso/Brendon Zonta Gabardo, 53; 3º) Edson Pilatti, 33; 4º) Gabriel Ferreira/Vinícius Kavilhuka, 33; e 5º) Roberto dos Santos, 21.

Marcas “A” e “B”

Os sete participantes das categorias Marcas “A” e “B” foram para a primeira bateria, com a promessa de belas disputas na principal categoria da Velocidade na Terra. O pole position Leonardo Kovalski manteve a liderança na largada e venceu de ponta a ponta, depois de boa disputa com Jean Gans pela primeira posição. Após 14 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Leonardo Kovalski, com tempo de 15m26s840, com Jean Gans em segundo, a 1s621; Juca Lisboa em terceiro a 2s274; e Stive Tokarski em quarto, a 6s607. Na Marcas “B” a vitória foi de Ricardo Pamplona, com tempo de 15m34s913, seguido de João Stabach, a seis voltas.

Na segunda bateria das categorias Marcas, Leonardo Kovalski manteve mais uma vez a liderança na largada e travou mais uma bela disputa com Jean Gans pela vitória até a bandeirada final. Depois de 16 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi novamente de Leonardo Kovalski, com tempo de 15m57s504, tendo Jean Gans em segundo, a 3s898; Stive Tokarski em terceiro, a 11s850; e, Nilton Silva em quarto, a 1m01s441. Na Marcas “B” a vitória foi novamente de Ricardo Pamplona, com o tempo de 16m30s853, seguido de João Stabach, a 2s185. FINAL: MARCAS “A” – 1º) Leonardo Kovalski, com 61 pontos; 2º) Jean Gans, 46; 3º) Stive Tokarski, 33; 4º) Juca Lisboa, 18; e 5º) Nilton Silva, 15. MARCAS “B” – 1º) Ricardo Pamplona, 61; e 2º) João Stabach, com 23 pontos.

Turismo 5000

Mais uma vez as categorias Turismo 5000 deram show na pista, com os Omegas (8) e Opalas (4), os mais rápidos de todas as categorias, fazendo duas belas corridas. A primeira corrida começou com o Omega de Marcelo Tatsch largando na frente, liderando de ponta a ponta, com uma pressão de José Carlos Franzoi no início da prova. O Opala de Bernardo Kava teve problemas e nem completou uma volta, não participando da segunda prova também. Ao fim de 13 voltas, a vitória foi de Marcelo Tatsch, na Geral e na categoria Omega, com o tempo de 15m22s924, seguido de José Carlos Franzoi, a 10s225; Fabiano Santos, a 10s627; Flávio Mendes, a 15s690; e Francesco Esposito Neto, a 22s269. Na categoria Opala a vitória foi de João Rodrigo Chemin, com tempo de 15m29s628, com Brendon Gabardo em segundo, a 3s505; Márcio Chimentão, a 7s910; e, José Meirelles, a duas voltas.

Na segunda corrida da Turismo 5000, Marcelo Tatsch manteve a ponta da largada da prova e liderou mais uma vez de ponta a ponta, sofrendo pressão de José Carlos Franzoi no início. O Omega de José Meirelles abandonou com quatro voltas. Depois de 16 voltas, a vitória foi de Marcelo Tatsch, na Geral e na categoria Omega, com o tempo de 15m49s456, tendo José Carlos Franzoi em segundo, a 3s931; Fabiano Santos em terceiro, a 39s874; Flávio Mendes em quarto, a 58s150, e, Tiago a duas voltas. Na categoria Opala nova vitória de João Rodrigo Chemin, com tempo de 15m42s818, seguido de Brendon Zonta Gabardo, a 46s730; Márcio Chimentão, a uma volta; e, e Ricardo Smanioto, a três voltas. FINAL: OMEGA – 1º) Marcelo Tatsch, com 61 pontos; 2º) José Carlos Franzoi, 46; 3º) Fabiano Santos, 36; 4º) Flávio Mendes, 30; e 5º) Márcio Chimentão, 24. OPALA – 1º) João Rodrigo Chemin, com 61 pontos; 2º) Brendon Zonta Gabardo, 46; 3º) Ricardo Smanioto, 18; e, 4º) Bernardo Kava, 0.

Fusca Velocidade

As categorias Fusca Velocidade “A” e Light reuniram 15 participantes, também realizando duas belas corridas. A primeira corrida, com Carlos Eduardo largando na pole position, mas perdendo a posição na primeira volta para Juliano dos Anjos, seguidos de perto por Ailson Júnior, Fabiano dos Anjos e Gabriel dos Anjos. Nickolas Lima abandonou na quarta volta, Maycon Nishiba e Thiago Andolhe com seis voltas. Ao fim de 13 voltas, a vitória foi de Juliano dos Anjos, na Geral e na categoria Fusca Velocidade “A”, com o tempo de 14m04s536, seguido de Carlos Eduardo, a 1s706; Ailson Júnior, a 9s136; Fabiano dos Anjos, a 9s742; e, Emanuel Pauzer, a 25s130. Na Fusca Velocidade Light vitória foi de Alexandre Marzolla, com tempo de 14m49s200, com Rafael Helgemberg em segundo, a uma volta, e, Marcos de Melo em terceiro, a uma volta.

Na segunda corrida da Fusca Velocidade “A” e Light, Juliano dos Anjos manteve a liderança na largada, mas foi superado por Carlos Eduardo e brigaram até a bandeirada final pela vitória. Depois de 9 voltas, a vitória foi de Carlos Eduardo, na Geral e na Fusca Velocidade “A”, com o tempo de 11m56s067, tendo Juliano dos Anjos em segundo, a 2s168; Emanuel Pauzer em terceiro, a 8s430; Edson Abrão em quarto, a 10s911; e, Juliano Tozetto em quinto, a 11s653. Na categoria Fusca Velocidade Light nova vitória de Alexandre Marzolla, com 9 voltas no tempo de 12m18s810, seguido de Marcos de Melo, a uma volta; e, Rafael Helgemberg, a uma volta. FINAL: FUSCA VELOCIDADE “A” – 1º) Carlos Eduardo, com 54 pontos; 2º) Juliano dos Anjos, 53; 3º) Emanuel Pauzer, 30; 4º) Edinho Abrão, 21; e 5º) Juliano Tozetto, com 21 pontos. FUSCA VELOCIDADE LIGHT – 1º) Alexandre Marzolla, com 61 pontos; 2º) Marcos de Melo, 41; 3º) Rafael Helgemberg, 41; 4º) Maycon Nishiba, 0; e 5º) Thiago Andolhe, 0.

Turismo 1600 “C” e “I”

E a primeira prova das categorias Turismo 1600 “C” e “I”, com sete participantes, também teve apenas uma bateria realizada por causa da chuva na tarde de domingo. O pole position Diego Lino manteve a liderança na largada, seguido de perto por Geovane Ciesielski, que o ultrapassou na terceira volta. A disputa entre Geovane e Diego se estendeu até o início da 11ª volta, quando o carro de Diego teve problemas técnicos e o piloto a abandonar a corrida. Ao fim de 15 voltas, a vitória na Geral e na categoria Turismo 1600 “I” foi de Geovane Ciesielski, com tempo total de 15m20s671, vindo em segundo Antonio de Carvalho, a 16s109, Denizard dos Santos, a 46s769 e, em quarto Jackson de Carvalho, a uma volta. E na Turismo 1600 “C”, a vitória foi de Leandro dos Santos, com o tempo de 16min03s601, com Diego Lino em segundo, a cinco voltas.

FINAL: TURISMO 1600 “C” – 1º) Leandro dos Santos, com 30 pontos; 2º) Diego Lino, 1; e, 3º) Thiri/Leandro Stadler, 0. TURISMO 1600 “I” – 1º) Geovane Ciesielski, 31; 2º) Antonio de Carvalho, 23; 3º) Denizard dos Santos, 18; e, 4º) Jackson de Carvalho, 15.

O próximo evento da RS Motorsport será o 2º Festival de Velocidade na Terra 2020, com data a ser confirmada pelos organizadores Manoel/Leandro e pela FPrA.

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

julho 2020
S T Q Q S S D
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!