Get Adobe Flash player

Arquivo do mês: março 2019

Leonardo Kowalski e Mário Broering já estão com vagas garantiras para o Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra (Foto: Divulgação)

Leonardo Kowalski e Mário Broering já estão com vagas garantiras para o Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra (Foto: Divulgação)

CURITIBA (PR) – O Paraná já tem conhecido dois dos seus seis representantes no Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra, que será disputado em Cordeirópolis, interior de São Paulo, de 14 a 16 de junho. A primeira das três seletivas paranaenses foi realizada domingo, com a etapa de abertura do Campeonato Metropolitano de Curitiba.

Os dois paranaenses já classificados para o Brasileiro de Terra são Leonardo Kowalski, vencedor da categoria Terra Marcas A; e Mário Broering, que venceu a categoria Terra Marcas B.

As outras duas seletivas acontecerão em abril. Os vencedores das categorias Terra Marcas A e Terra Marcas B na etapa de abertura do Campeonato Paranaense de Velocidade garantem passaporte para Cordeirópolis. A prova será disputada nos dias 13 e 14 de abril, em Cascavel. Os dois últimos classificados sairão da Copa Paraná de Velocidade na Terra, marcada para os dais 27 e 28 de abril, em São José dos Pinhais.

A categoria Terra começa teve excelente grid na primeira prova do ano (Foto: Divulgação)

A categoria Terra começa teve excelente grid na primeira prova do ano (Foto: Divulgação)

Com disputas nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo “A”, “B” e “C”, e Clássicos (Força Livre, Gran Turismo Light, Gran Turismo Super, Turismo Light e Turismo Super) começou hoje o Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba.  As provas foram no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), com organização e promoção do Automóvel Clube Internacional de Curitiba e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante os Treinos Classificatórios, que definiram os grids de largada, os três primeiros por categoria foram: MARCAS “A” – 1º) Stive Tokarski/Edson Site (PR), 1m40s488; 2º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR), 1m40s651; 3º) Edson Bueno/Gustavo Magnabosco (SC), 1m40s799. MARCAS “B” – 1º) Gefferson de Lima (PR), 1m41s469; 2º) Samuel Deusche (PR), 1m42s700; 3º) Antonio Carvalho (PR), 1m43s522. TURISMO “A” – 1º) Guilherme Ragnini (PR), 1m41s920; 2º) Leonardo Kovalski (PR), 1m41s928; 3º) Jorge Marques (PR), 1m42s693. TURISMO “B” – 1º) Sérgio Bucco Jr (PR), 1m43s974; 2º) Carlos Schilipack (PR), 1m44s042; 3º) Marcelo Cancelli/Edson Dall Asta (PR), 1m44s076. TURISMO “C” – 1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 1m42s569; 2º) Maycon de Oliveira (PR), 1m44s769; 3º) Anderson Pereira/Nilton da Silva Jr (PR), 1m44s920. CLÁSSICOS FORÇA LIVRE – 1º) Armin Kliewer (PR), 1m34s657; 2º) Anderson Andrade (PR), 1m36s878; 3º) Wanderlei Berlanda (SC), 1m37s293. CLÁSSICOS TURISMO LIGHT – 1º) Jefferson Foitte (PR), 1min51s207.

Marcas

A categoria Marcas teve bons pegas na abertura da temporada (Foto: Divulgação)

A categoria Marcas teve bons pegas na abertura da temporada (Foto: Divulgação)

A primeira prova das categorias Marcas “A” e “B”, com 11 participantes, teve largada às 9h55 deste domingo, realizando numa prova muito disputada nas duas categorias. O pole position Stive Tokarski manteve a liderança na primeira volta, seguido de perto por Ruslan Carta Filho, Gustavo Magnabosco, Rômulo Molinari, Richard Anthony e Fabrício Lançoni. Na quarta volta, o carro de Stive Tokarski, da Marcas “A”, teve problemas e abandonou a corrida. Com 18 voltas de prova, foi o carro de Gustavo Magnabosco que abandonou por problemas técnicos. Depois de 20 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Ruslan Carta Filho com tempo total de 33m52s922, seguido de Fabrício Lançoni, a 2s160; Richard Anthony, a 12s038; Rômulo Molinari, a 44s665; e, Gustavo Magnabosco, a duas voltas. Na Marcas “B” venceu Gefferson de Lima, com tempo total de 34m02s173, vindo a seguir Antonio Carvalho, a 33s775; Samuel Deucher, a 34s716; e, Marcelo Andrade, a 44s383.

Na segunda prova das categorias Marcas “A” e “B”, que aconteceu às 14 horas também muito disputada, com os pilotos dando show na “briga” por melhores posições na pista. Na largada, Andrei Carta que era pole position largou dos boxes, porque seu carro perdeu a correia do alternador na volta de apresentação. Fabrício Lançoni assumiu a liderança seguido de Richard Heidrich, Gefferson de Lima, Alexandre Frankenberger, Edson Bueno e Edson Sita. Andrei Carta, que largou dos boxes, vinha numa excelente prova de recuperação, mas na 13ª volta abandonou a prova, por quebra da junta homocinética, quando já era o quarto colocado. Samuel Deucher abandonou com 17 voltas, Fabrício Lançoni liderou até a 18ª volta, quando rodou e bateu na saída da “Junção” abandonando a corrida e Richard Heidrich também abandonou na 19ª volta. Após 20 voltas, a vitória foi de Gefferson de Lima na Geral e na Marcas “B”, com tempo total de 34m11s937, com Antonio Carvalho em segundo, a 45s044; Marcelo Andrade em terceiro, a 57s124; Emerson Grochoski em quarto, a 1m17s706; e, Samuel Deucher em quinto, a três voltas. Na Marcas “A” venceu Alexandre Frankenbegger com tempo total de 34m14s465, seguido de Edson Bueno, a 8s026; Edson Sita, a 32s316; Richard Heidrich, a uma volta, e, Fabrício Lançoni, a duas voltas. A volta mais rápida das duas provas realizadas foi de Fabrício Lançoni, na segunda passagem da primeira corrida, com o tempo de 1m40s574, à média de 132.261 km/h. A classificação final da etapa por categoria foi a seguinte: MARCAS “A” – 1º) Rômulo Molinari/Alexandre Frenkenberger, 30 pontos; 2º) Edson Bueno/Gustavo Magnabosco, 23; 3º) Fabrício Lançoni, 21; 4º) Ruslan Filho/Andrei Carta e Richard Anthony/Richard Heidrich, 20; e 5º) Stive Tokarski/Edson Sita, 10. MARCAS “B” – 1º) Gefferson de Lima, 40; 2º) Antonio Carvalho, 30; 3º) Marcelo Andrade, 20; 4º) Samuel Deucher, 18; e 5º) Emerson Grochoski, 8.

Turismo

Reunindo as categorias Terra Turismo “A”, Turismo “B” e Turismo “C”, a primeira prova da Terra aconteceu às 11 horas, com 30 participantes, para 30 minutos mais duas voltas. Guilherme Ragnini que largou na pole position perdeu a liderança na primeira volta para Leonardo Kovalski e em terceiro lugar vinha Jorge Marques. Geison Tureck abandonou na primeira volta com problemas técnicos, mesma situação enfrentada por Brendon Gabardo, que abandonou na quarta volta, e, Roberto Barbosa, Sérgio Britto e Marcelo Cancelli abandonaram na nona volta. Depois de 16 voltas, vitória de Leonardo Kovalski na Geral e na Turismo “A”, com tempo total de 31m22s695, vindo a seguir Guilherme Ragnini, a 1s887; Jorge Marques, a 3s269; Amauri Lisboa Jr, a 3s504; e, Karl Rauscher, a 6s729. Na Turismo “B” venceu Henrique Basso com tempo 31m27s449, tendo Mário Broering em segundo, a 6s902; Octavio Oliveira em terceiro, a 14s245; Luciano Fracaro em quarto, a 16s178; e, Narciso Verza em quinto, a 16s501. E na Turismo “C”, vitória de Maycon de Oliveira, com tempo de 31m31s220, seguido de Johnis Toniolo, a 3s975; José Luiz, a 25s478, Aleksander Pereira, a duas voltas; e, Roberto Bonato, a quatro voltas.

A segunda prova das categorias Terra também foi muito movimentada, indo à pista às 15h05, com boas disputas do início ao fim da corrida. Leonardo Kovalski largou na pole e manteve a posição durante a primeira volta, seguido de perto por Guilherme Ragnini e Jorge Marques. Os carros de Carlos Schilipack e Emerson Szwed foram desclassificados no fim da prova. Artur Bailo Neto, Amauti Lisboa Jr e Karl Rauscher nem completaram a primeira volta. Geison Tureck problemas e abandonou com uma volta. Geovane Ciesielski com três, Wilson Kavilhuka com quatro, Nelson dos Santos com seis e Narciso Verza com oito voltas, também abandonaram a corrida. Ao fim de 17 voltas, nova vitória de Leonardo Kovalski na Geral e na Turismo “A”, com tempo total de 34m58s810, vindo a seguir Jorge Marques, a 9s042, José Pederneiras, a 44s495, e, Guilherme Ragnini, a quatro voltas. Na Turismo “B” venceu o catarinense Mário Broering, com tempo de 35m13s394, tendo Henrique Basso em segundo, a 1s537; Sérgio Bucco Jr em terceiro, a 3s741; Edson Dall Asta em quarto, a 4s847; e, Brendon Zonta Gabardo em quinto, a 11s105. E na Turismo “C” a vitória foi de Maycon de Oliveira, com tempo de 35m19s903, seguido de Evandro Maldonado, a 2s787; Johnis Toniolo, a 13s099; Nilton da Silva, a 34s405; e, Daniel Cavassin, a 1min31s382. Leonardo Kovalski marcou a volta mais rápida das provas disputadas, na 7ª passagem da primeira corrida, com tempo de 1m41s474, à média de 131,088 km/h. Somados os pontos das provas disputadas, a classificação final foi a seguinte: TERRA TURISMO “A” – 1º) Leonardo Kovalski, 40 pontos; 2º) Jorge Marques, 27; 3º) Guilherme Ragnini, 25; 4º) José Pederneiras, 18; e 5º) Amauri Lisboa Jr/Aleksnder Peres, 10. TERRA TURISMO “B”: 1º) Mário Broering, 35; 2º) Henrique Basso, 35; 3º) Luciano Fracaro, 18; 4º) Octávio Oliveira/Marcelo Cordeiro, 16; e 5º) Marcelo Cancelli/Edson Dall Asta, 10. E na Terra Turismo “C”: 1º) Maycon de Oliveira, 40; 2º) Johnis Toniolo, 27; 3º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado,23; 4º) José Luiz/Daniel Cavassin, 20; e 5º) Aleksander Pereira/Nilton da Silva, 20.

Clássicos

A categoria Clássicos é uma novidade no Metropolitano de Curitiba (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)

A categoria Clássicos é uma novidade no Metropolitano de Curitiba (Foto: Divulgação)

A primeira prova das categorias Clássicos (Força Livre, Gran Turismo Light, Gran Turismo Super, Turismo Light e Turismo Super), foi às 12 horas, com os 7 participantes realizando uma corrida muito disputada. Na largada, Armin Kliewer manteve a liderança na primeira volta, seguido de perto por Anderson Andrade, Wanderlei Berlanda, Maurício Gaudêncio, Thoni Leite e Jefferson Foitte. Na 11ª volta, o carro de Thoni Leite abandonou com problemas. Na 12ª volta foi a vez do Aldee de Francisco Fiorese abandonar a prova com problemas. Ao fim de 14 voltas, vitória de Armin Kliewer, na Geral e na Força Livre, com tempo total de 22m58s444, seguido de Anderson Andrade, a 0s164; Wanderlei Berlanda, a 22s634, Maurício Gaudêncio, a 26s433; e, Francisco Fiorese, a duas voltas. E na Turismo Light venceu Jefferson Foitte, com tempo de 24m35s572.

A segunda prova dos Clássicos largou as 14h10, com Armin Kliewer largando mais uma vez na pole position, mantendo a liderança, seguido de Anderson Andrade e Alex Sandre Morais. O carro de Thoni Leite abandonou a prova com duas voltas e Maurício Gaudêncio com nove voltas. Após 11 voltas, nova vitória de Armin Kliewer na Geral e na Força Livre, com o tempo total de 18m04s158, tendo Anderson Andrade em segundo, a 30s311; Alex Sandre Morais em terceiro, a 1m11s430; Wanderlei Berlanda em quarto, a 1m39s343; e, Maurício Gaudêncio em quinto, a duas voltas. E na Turismo Light, vitória de Jefferson Foitte, com tempo de 18m56s817. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Armin Kliewer, na 3ª passagem segunda corrida, com o tempo de 1m35s298, à média de 139,583 km/h. A classificação final das categorias Clássicos na 1ª etapa por pontos foi a seguinte: TERRA FORÇA LIVRE – 1º) Armin Kliewer, 40 pontos; 2º) Anderson Andrade, 30; 3º) Wanderlei Berlanda, 22; 4º) Alex Morais/Francisco Fiorese, 18; e 5º) Maurício Gaudêncio, 16. TURISMO LIGHT – 1º) Jefferson Foitte, 40.

A segunda etapa do Campeonato Curitibano de Velocidade 2019 está marcada para os dias 25 e 26 de maio, no AIC, válida também pela segunda etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2019.

A categoria Turismo B tem a perspectiva de ser uma das sensações da temporada (Foto: Divulgação)

A categoria Turismo B tem a perspectiva de ser uma das sensações da temporada (Foto: Divulgação)

A temporada de velocidade no asfalto está começando. Ontem foram realizados os treinos classificatórios da 1ª etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba, que será disputada neste domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC). A etapa está sendo disputada nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo “A”, “B” e “C”, e Clássicos (Força Livre, Gran Turismo Light, Gran Turismo Super, Turismo Light e Turismo Super), com organização e promoção do Automóvel Clube Internacional de Curitiba e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante os Treinos Classificatórios, que definiram os grids de largada, os cinco primeiros por categoria foram: MARCAS “A” – 1º) Stive Tokarski/Edson Site (PR), 1m40s488; 2º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR), 1m40s651; 3º) Edson Bueno/Gustavo Magnabosco (SC), 1m40s799; 4º) Rômulo Molinari/Alexandre Frankenberger (PR/SC), 1m41s140; e 5º) Richard Anthony/Richard Heidrich (SC), 1m41s157. MARCAS “B” – 1º) Gefferson de Lima (PR), 1m41s469; 2º) Samuel Deusche (PR), 1m42s700; 3º) Antonio Carvalho (PR), 1m43s522; e 4º) Marcelo Andrade (PR), 1m44s093. TURISMO “A” – 1º) Guilherme Ragnini (PR), 1m41s920; 2º) Leonardo Kovalski (PR), 1m41s928; 3º) Jorge Marques (PR), 1m42s693; 4º) Amauri Lisboa Jr/Aleksander Peres (PR), 1m42s894; e 5º) Geovane Ciecielski (PR), 1m43s556. TURISMO “B” – 1º) Sérgio Bucco Jr (PR), 1m43s974; 2º) Carlos Schilipack (PR), 1m44s042; 3º) Marcelo Cancelli/Edson Dall Asta (PR), 1m44s076; 4º) Mário Broering (SC), 1m44s173; e 5º) Henrique Basso (PR), 1m44s257. TURISMO “C” – 1º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado (PR), 1m42s569; 2º) Maycon de Oliveira (PR), 1m44s769; 3º) Anderson Pereira/Nilton da Silva Jr (PR), 1m44s920; 4º) José Cavasssim/Daniel Cavassim (PR), 1m46s146; e 5º) Johnis Toniolo (PR), 1m47s342. CLÁSSICOS FORÇA LIVRE – 1º) Armin Kliewer (PR), 1m34s657; 2º) Anderson Andrade (PR), 1m36s878; 3º) Wanderlei Berlanda (SC), 1m37s293; 4º) Maurício Gaudência (PR), 1m38s767; e 5º) Thoni Leite (SC), 1m39s647. CLÁSSICOS TURISMO LIGHT – 1º) Jefferson Foitte (PR), 1m51s207.

Programação

As atividades no domingo iniciam às 8h30 com os warm ups de todas as categorias até as 9h25. As primeiras categorias a irem para a pista do AIC são a Marcas “A” e “B”, às 9h55 para a primeira prova (30 minutos de prova + 2 voltas). Às 11h15 larga a primeira prova das categorias Turismo “A”, “B” e “C” (30 minutos + 2 voltas). E às 12 horas larga a primeira corrida das categorias Clássicos (25 minutos + 2 voltas). Das 12h35 às 13h30, horário do almoço. A segunda prova das categorias Marcas “A” e “B” será às 14 horas. Na sequencia, segunda prova das categorias Turismo “A”, “B” e “C”, às 15h55. E encerrando com as categorias Clássicos, às 16h10. O pódio de todas as categorias do Curitibano de Velocidade no Asfalto 2019 acontece a partir das 16h45.

A Copa Paraná de Velocidade na Terra será uma das seletivas do Brasileiro no Paraná (Foto: Victor Lara)

A Copa Paraná de Velocidade na Terra será uma das seletivas do Brasileiro no Paraná (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – O Paraná começa a escolher seus representantes para o Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra, que será disputado Em Cordeirópolis, interior de São Paulo, de 14 a 16 de junho. As seis vagas do estado (três para a categoria Marcas A e três para a categoria Marcas B) serão distribuídas em três seletivas.

A primeira seletiva será neste domingo, quando será disputada a etapa de abertura do Campeonato Metropolitano de Velocidade de Curitiba. Os vencedores das categorias Marcas Terra A e Marcas Terra B estarão classificados para a competição nacional. A segunda seletiva será na 1ª etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade, que será disputada nos dias 13 e 14 de abril em Cascavel. Novamente os vencedores das categorias Terra Marcas A e Terra Marcas B conquistam o direito de representar o Estado no Brasileiro de Velocidade na Terra. Os dois últimos classificados sairão da Copa Paraná de Velocidade na Terra, marcada para os dais 27 e 28 de abril, em São José dos Pinhais.

Rubens Gatti, presidente da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), diz que a distribuição das seis vagas em três competições, fará maior oportunidade a todos os pilotos das competições de terra do Estado.

A categoria Marcas tem a expectativa de um supercampeonato nesta temporada (Foto: Divulgação)

A categoria Marcas tem a expectativa de um supercampeonato nesta temporada (Foto: Divulgação)

O Autódromo Internacional de Curitiba (AIC) recebe neste fim de semana a 1ª etapa do Campeonato Curitibano de Velocidade no Asfalto 2019. O evento de abertura do Curitibano de Velocidade será disputado em duas baterias nas categorias Turismo, Marcas “A” e “B” Turismo “A”, “B” e “C” (antiga Terra), e Classicos (Força Livre, Gran Turismo Light, Gran Turismo Super, Turismo Light e Turismo Super), com organização e promoção do Automóvel Clube Internacional de Curitiba e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

As categorias Turismo “A”, “B” e “C” são as categorias Terra do ano passado, e mais uma vez promete ter grid cheio com mais de 25 carros na pista do AIC. A disputa promete ser acirrada entre os pilotos Leonardo Kowalski, Amauri Lisboa Jr, Stive Tokarski, Roberto Bonato, Guilherme Ragnini, Luiz Brambila e Carlos Schilipack na categoria “A”. Emerson Szwed, Artur Bailo Neto e Luís Tatsch, Jorgemar Lorentz, James Schwerdtner, Evandro Maldonado, Nilton da Silva Filho e Brendon Zonta Gabardo, serão os protagonistas na categoria “B”. E José Cavassin, Bruno Muhlstdet, Luiz Ferreira, Peterson Calixto e Maycon de Oliveira, vão “lutar” pelo título da categoria “C”.

Nas categorias Marcas, para carros injetados, os pilotos são divididos em dois grupos: “A” e “B”, conforme sua graduação junto à FPrA e também tem estimativa de 20 carros em seu grid, onde os paranaenses Ruslan Carta Filho/Andrei Carta, Rodrigo Tassi/Algacir Sermann, Romulo Molinari/Alexandre Frankenberger, João Paulo Naumes/Alisson Nurnberg, Marcelo Andrade e Gutos Baldo Neto, junto com os catarinenses Richard Heidrich, Davi Dal Pizzol e Gustavo Dal Pizzol querem quebrar a série vitoriosa do catarinense Gustavo Magnabosco, na Marcas “A”. E na Marcas “B”, Wilians Peres, Michael dos Santos, Emerson Grochski, Lúcio Seidel e Ernani Kuln buscam o título de campeão.

A categoria Clássicos fará sua estreia no Campeonato Paranaense de Velocidade no Asfalto 2019, dividida em cinco categorias:  Força Livre, Gran Turismo Light, Gran Turismo Super, Turismo Light e Turismo Super. Por ser uma categoria com carros clássicos e diferenciados, certamente deverá reunir mais de 20 carros nessa etapa, porque haviam muitos pilotos reclamando que não tinha uma categoria para eles participarem e acabavam tendo que correr em São Paulo, onde essa modalidade é muito forte e reúne mais de 30 carros por corrida.

Programação

No sábado serão realizados quatro treinos livres e os treinos classificatórios da 1ª etapa do Curitibano de Velocidade, nas categorias Marcas, Turismo, e Clássicos. E das 12h10 às 12h50 será realizado o briefing com todos os pilotos. E no domingo (24/3), o evento acontece das 8 às 16h45, com as primeiras corridas do Curitibano de Velocidade acontecendo na parte da manhã, das 9h55 às 12h30 nas categorias Marcas, Turismo e Clássicos. Na parte da tarde acontecem as segundas corridas, das 14 horas às 16h45, com pódio previsto para as 16h55.

Classificação de 2018

Após seis etapas, doze prova e três descartas, a classificação final do Metropolitano de Curitiba 2018, por categoria foi a seguinte: MARCAS “A” – 1º) Gustavo Magnabosco (SC) – campeão, 202 pontos; 2º) Ruslan Carta Filho/Andrei Carta (PR), 154; 3º) Fausto de Lucca (SC), 146. MARCAS “B” – 1º) João Paulo Naumes/Alisson Nurnberg (PR) – campeã, 169 pontos; 2°) Marcelo Andrade (PR), 131; 3º) Samir Guimarães (SC), 121. TURISMO 1.6 “I” – 1º) Rômulo Molinari (PR) – campeão, 208 pontos; 2º) Antonio Carvalho (PR), 171; 3º) Roberto Baú (PR), 150. TERRA MARCAS “A” – 1º) Leonardo Kowalski (PR) – campeão, 175 pontos; 2º) Amauri Lisboa Jr/Stive Tokarski (PR), 167; 3º) Roberto Bonato (PR), 158. TERRA MARCAS “B” – 1º) Guilherme Ragnini (PR) – campeão, 194 pontos; 2º) Luiz Brambila Rodriguez (PR), 169; 3º) Carlos Eduardo Schilipack (PR), 112. TERRA TURISMO “C” – 1º) James Schwerdtner (PR) – campeão, 175 pontos; 2º) Evandro Maldonado (PR), 154; 3º) Nilton da Silva Jr (PR), 132. TURISMO 5000 “A” – 1º) Armin Kliewer (PR) – campeão, 172 pontos; 2º) Richerd Heidrich (SC), 142; 3º) Wanderlei Berlanda (SC), 102. TURISMO 5000 “B” – 1º) Maurício Gaudêncio (PR) – campeão, 216 pontos, 2°) Gilberto Carlassara (PR), 93; 3°) Luís Fernando Busatto (PR), com 88 pontos ganhos.

Calendário 2019

O Campeonato Curitibano de Velocidade no Asfalto 2019 será realizado em quatro etapas, todas realizadas no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), nas seguintes datas: 1ª etapa – 23 e 24 de março; 2ª etapa – 25 e 26 de maio; 3ª etapa – 17 e 18 de agosto; e 4ª etapa – 07 e 08 de dezembro.

O Paranaense de Velocidade no Asfalto 2019 será disputado em seis etapas: 1ª etapa – 13 e 14 de abril (Cascavel -PR); 2ª etapa – 25 e 26 de maio (Curitiba-PR); 3ª etapa – 29 e 30 de junho (Londrina-PR); 4ª etapa – 07 e 08 de setembro (Londrina-PR); 5ª etapa – 05 e 06 de outubro (Cascavel-PR); e 6ª etapa – 07 e 08 de dezembro (Curitiba-PR).

As prova de longa duração serão realizadas em novembro: de 01 a 03 a Cascavel de Ouro 2019; e de 21 a 24 as 500 Milhas de Londrina 2019.

O Metropolitano de Curitiba é uma das quatro competições de Velocidade no Asfalto do Paraná (Foto: Victor Lara)

O Metropolitano de Curitiba é uma das quatro competições de Velocidade no Asfalto do Paraná (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – A temporada de Velocidade no Asfalto do Paraná de 2019 terá início neste fim de semana com provas válidas pelos metropolitanos de Londrina e Curitiba. As duas competições terão a supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

O Metropolitano de Londrina terá sua programação desenvolvida já a partir desta sexta-feira no Autódromo Internacional Ayrton Senna. As provas serão no domingo, nas categorias Marcas A e Turismo.

Há o Metropolitano de Londrina terá a programação somente no sábado e domingo no Autódromo Internacional de Curitiba. As categorias em disputas serão Marcas A, Marcas B, Classic, Marcas Terra (Marcas A, Marcas B e Turismo Carburado) e Turismo 5000.

O Campeonato Paranaense terá início nos dias 13 e 14 de abril, em Cascavel, quando também começa o Metropolitano cascavelense.

Gabriel Moura levou a vitória da categoria Cadete para Santa Catarina (Foto: Mario Ferreira)

Gabriel Moura levou a vitória da categoria Cadete para Santa Catarina (Foto: Mario Ferreira)

CASCAVEL (PR) – A chuva prevista para todo o fim de semana veio somente na tarde de sábado. Assim quase todas as categorias da 2ª etapa do Campeonato Metropolitano de Kart de Cascavel foram disputadas com pista seca. A prova teve promoção e organização do Kart Clube de Cascavel, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA),

Os representantes de Cascavel e Curitiba se destacaram na competição. Cada cidade teve três vencedores. Os cascavelenses vitoriosos foram Valdinei Vieira dos Santos, na categoria Sênior B; Edwardo Tanabe, na F-4 Super Sênior; e Rodrigo Baptista Santos, na categoria Super F-4. Já os curitibanos são Augusto Toniolo, na categoria Mirim; Luís Trombini, na Júnior; e José Luiz Muggiati, na categoria Graduados.

O Paraná teve outras quatro vitórias em Cascavel. Osvaldo Drugovich Júnior, de Maringá, ganhou a categoria Super Sênior;  Júlio Conte, de Londrina, venceu a Sênior A; Marcos Trancozo, também de Londrina, foi o vitorioso na categoria F-4 Graduados; e Rafael Vasco, de Francisco Beltrão, conquistou o primeiro lugar na categoria Júnior Menor.

Santa Catarina teve dois ganhadores, com os irmãos Gabriel Moura e Gustavo Moura, de Chapecó. Gabriel foi o ganhador da categoria Cadete e Gustavo venceu a Novatos.

Luciano Garcia, de Campo grande (MS), completa a lista de vitoriosos, como ganhador da categoria F-4 Sênior.

A 3ª etapa da do Campeonato Metropolitano de Kart de Cascavel está marcada para os dias 12 e 13 d abril.

Valdinei Veira dos Santos, de Cascavel, conquistou a vitória na categoria Sênior B (Foto: Mario Ferreira)

Valdinei Veira dos Santos, de Cascavel, conquistou a vitória na categoria Sênior B (Foto: Mario Ferreira)

Resultados da 2ª etapa do Metropolitano de Kart de Cascavel

Categoria Mirim

1º) Augusto Toniolo (Curitiba), com 20 pontos

2º) Artur Bessa Motta (Florianópolis-SC), com 20 pontos

 

Categoria Cadete

1º) Gabriel Moura (Chapecó-SC), com 20 pontos

2º) Akyu Myasava (Cascavel), 17

3º) Romullo Ribas (Curitiba), 16

4º) Alfredinho Ibiapina (Curitiba), 16

5º) Firás Fahs (Foz do Iguaçu), 13

6º) Ana Beatriz Zanella (Dois vizinhos), com 10 pontos

 

Luciano Garcia, de Campo Grande (MS), estreou no Metropolitano de Cascavel com vitória na categoria F-4 Super (Foto: Mario Ferreira)

Luciano Garcia, de Campo Grande (MS), estreou no Metropolitano de Cascavel com vitória na categoria F-4 Super (Foto: Mario Ferreira)

Categoria Júnior

1º) Luís Trombini (Curitiba), com 22 pontos

2º) Enzo Silveira (São Paulo), com 18 pontos

 

Categoria Júnior Menor

1º) Rafael Vasco (Francisco Beltrão), com 22 pontos

 

Categoria Graduados

1º) José Luiz Muggiati (Curitiba), com 22 pontos

2º) Gustavo Myasava (Cascavel), 17

3º) Murilo Fiore (Cascavel), 17

4º) Pedro Ferro (Santos-SP), com 7 pontos

 

Categoria Novatos

1º) Gustavo Moura (Chapecó-SC), com 20 pontos

2º) Júnior Flores (Foz do Iguaçu), 20

3º) José Antonio Neto (Limeira-SP), com 16 pontos

 

Categoria Super Sênior

1º) Osvaldo Drugovich Júnior (Maringá), com 20 pontos

2º) Márcio do Lago (Cascavel), 20

3º) Valdeno Brito (Londrina), 15

4º) Doglas Pierosan (São José dos Pinhais), 13

5º) Antônio de Oliveira Júnior (Londrina), 12

6º) Everson Aquino (Curitiba), 12

7º) Marcelo Arruda (Campinas-SP), com 8 pontos

 

Categoria Sênior A

1º) Júlio Conte (Londrina), com 22 pontos

2º) Márcio do Lago (Cascavel), 17

3º) Marcos Fernandes dos Santos (Cascavel), 14

4º) Mauro Carvalho Júnior (Londrina), 14

5º) Rafael Pastorelo (Araras-SP), 11

6º) Vitor Hugo Brochado (Londrina), 9

7º) Iury Mucelin (Chapecó-SC), com 5 pontos

 

Categoria Sênior B

1º) Valdinei Vieira dos Santos (Cascavel), com 20 pontos

2º) Marcelo Arruda (Campinas-SP), 17

3º) Tiago Schweiger (Cascavel), com 11 pontos

 

Categoria F-4 Super Sênior

1º) Edwardo Tanabe (Cascavel), com 22 pontos

 

Categoria F-4 Sênior

1º) Luciano Garcia (Campo grande-MS), com 22 pontos

2º) Claudecir Guligurski (Cascavel), 17

3º) Jefferson Tierling (Londrina), 17

4º) Aline Fátima Morelatto (Dois Vizinhos), com 14 pontos

 

Categoria F-4 Graduados

1º) Marcos Trancozo (Londrina), com 20 pontos

2º) Lucas da Silva Trancozo (Londrina), com 20 pontos

 

Categoria Super F-4

1º) Rodrigo Baptista Santos (Cascavel), com 22 pontos

2º) Luís César Schroeder (Umuarama), 18

3º) Sandro Frare (Cascavel), 8

4º) Milton dos Santos (Cascavel), 8

5º) Jonathan Ribeiro da Silva (Cascavel), com 7 pontos

Augusto Toniolo01 - Mario ferreira

O curitibano Augusto Toniolo conquistou a vitória na categoria Mirim (Foto: Mario Ferreira)

A 2ª etapa do Campeonato Metropolitano de Cascavel reunirá pilotos de cinco estados (Foto: Mario Ferreira)

A 2ª etapa do Campeonato Metropolitano de Cascavel reunirá pilotos de cinco estados (Foto: Mario Ferreira)

CASCAVEL (PR) – O Campeonato Metropolitano de Kart de Cascavel prossegue sexta-feira e sábado, com a realização da 2ª etapa no Kartódromo Delci Damian. A prova terá promoção e organização do Kart Clube de Cascavel, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

A competição serve de preparação para o Campeonato Brasileiro de Kart, que será disputado em Cascavel, de 15 a 27 de julho. Neste fim de semana o Kart Clube já tem confirmada a participação de kartistas do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

As categorias em disputa serão Mirim, Cadete, Novatos, Júnior Menor, Júnior, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, F-4 (Graduados, Sênior e Super Sênior), Super F-4, Graduados e Shifter.

 

Sexta Feira – Dia 15/03

07h30 – Início dos trabalhos na secretaria

08h00 às 08h20 – 1º treino da Mirim/Cadete

08h23 às 08h43 – 1º treino da Novatos/Júnior Menor

08h46 às 09h06 – 1º treino da Sênior A/Sênior/Super Sênior

09h9 às 09h29 – 1º treino da F4 (todas)/Super F-4

09h32 às 09h52 – 1º treino da Graduados/Júnior/Shifter

09h55 às 10h15 – 2º treino da Mirim/Cadete

10h18 às 10h38 – 2º treino da Novatos/Júnior Menor

10h41 às 11h01 – 2º treino da Sênior A/Sênior B/Super Sênior

11h04 às 11h24 – 2º treino da F4 (todas)/ Super F-4

11h27 às 11h47 – 2º treino da Graduados/Júnior/Shifter

13H10 – Sorteio dos motores das categorias  Mirim, Cadete e F-4

14h00 às 14h20 – 3º treino da Mirim/Cadete

14h23 às 14h43 – 3º treino da Novatos/Júnior Menor

14h46 às 15h06 – 3º treino da Sênior A/Sênior B/Super Sênior

15h09 às 15h29 – 3º treino da F-4 (todas)/Super F-4

15h32 às 15h52 – 3º treino da Graduados/Júnior/Shifter

15h55 às 16h15 – 4º treino da Mirim/Cadete

16h18 às 16h38 – 4º treino da Novatos/Júnior Menor

16h41 às 17h01 – 4º treino da Sênior A/Sênior B/Super Sênior

17h04 às 17h24 – 4º treino da F-4 (todas)/Super F-4

17h27 às 17h47 – 4º treino da Graduados/Júnior/Shifter

 

Sábado – Dia 16/03

07h10 – Abertura dos serviços de secretaria

07h20 – Sorteio de motores das categorias Mirim e Cadete

08h00 às 08h07 – Warm-up da Mirim/Cadete

08h10 às 08h17 – Warm-up da Sênior A/Sênior B

08h20 às 08h27 – Warm-up da Júnior e Graduados

08h30 às 08h37 – Warm-up da Shifter

08h45 às 09h00 – Briefing das categorias da manhã

09h10 às 09h17 Treino classificatória da Mirim/Cadete

09h20 às 09s27 – Treino classificatório da Sênior A/Sênior B

09h30 às 09h37 – Treino classificatório da Júnior/Graduados

09h40 às 09h47 – Treino classificatório da Shifter

10h00 – Início da primeira bateria das categorias da manhã. Vão à pista pela ordem, Mirim/Cadete, Sênior A/Sênior B, Júnior/Graduados e Shifter

11h20 – Início da segunda bateria – Na mesma ordem

12h30 – Pódio das categorias da manhã

13h30 – Ressorteio dos Motores das categorias F-4

14h00 às 14h07 – Warm-up da Júnior Menor/Novatos

14h10 às 14h17 – Warm-up da Super Sênior

14h20 às 14h27 – Warm-up  da F-4

14h30 às 14h37 – Warm-up da Super F-4

14h45 às 15h00 – Briefing

15h10 às 15h17 – Treino classificatório da Júnior Menor e Graduados

15h20 às 15h27 – Treino classificatório da Super Sênior

15h30 às 15h37 – treino classificatório da F-4

15h40 às 15h47 – Treino classificatório da Super F-4

16h00 – Início da primeira bateria das categorias da tarde. Vão à pista, pela ordem, as categorias Júnior Menor/Novatos, Super Sênior, F-4 e Super F-4

17h20 – Início da segunda bateria – Na mesma ordem

18h30 – Pódio das categorias da tarde

A categoria Super Fórmula será uma das que serão disputadas no Metropolitano de São José dos Pinhais (foto: Divulgação)

A categoria Super Fórmula será uma das que serão disputadas no Metropolitano de São José dos Pinhais (foto: Divulgação)

Depois de dois anos, o Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais volta a ser disputado nesta temporada. O calendário de 2019 acaba de ser definido pela Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) e pela RS Motorsport, que irá promover e organizar a competição.

O calendário da temporada 2019 do Metropolitano de Velocidade na Terra foi organizado em conjunto ao calendário do Metropolitano de Velocidade no Asfalto, alternando os meses das etapas, para que equipes e pilotos que queiram participar das duas competições não sejam prejudicados. Para que isso aconteça, o veículo e o regulamento serão os mesmos para as categorias Terra da Velocidade no Asfalto.

 

Calendário do Metropolitano de Velocidade na Terra 2019

1.ª etapa – 27 e 28 de abril

2.ª etapa – 22 e 23 de junho

3.ª etapa – 27 e 28 de julho

4.ª etapa – 21 e 22 de setembro

5.ª etapa – 09 e 10 de novembro

A 3ª etapa do Metropolitano de Cascavel foi antecipada em duas semanas (Foto: Mario Ferriera)

A 3ª etapa do Metropolitano de Cascavel foi antecipada em duas semanas (Foto: Mario Ferriera)

CASCAVEL (PR) – Para fugir da etapa de abertura do Campeonato Sul-Brasileiro de Kart, o Kart Clube de Cascavel irá antecipar a 3ª etapa do Campeonato Metropolitano. A competição, que estava prevista para os dias 26 e 27 de abril, será disputada nos dias 12 e 13 do mesmo mês.

Segundo Wagner Monteiro, presidente do Kart Clube de Cascavel, o Sul-Brasileiro será Open do Sul-Americano. Muitos pilotos entraram em contato solicitando a mudança de dada para que possam participar das duas competições. “Os kartistas de outros estados que estão participando do nosso Metropolitano estão se preparando para o Brasileiro, que será em Cascavel, em julho. Eles querem participar do Sul-Brasileiro não só pela importância do campeonato, mas também porque será Open do Sul-Americano, que será disputado uma semana depois no Velopark, no Rio Grande do Sul. O importante que com a antecipação da nossa etapa, os pilotos poderão participar dos dois campeonatos”, frisa Wagner Monteiro.

Segunda etapa

A 2ª etapa do Campeonato Metropolitano de Cascavel está confirmada para os dias 15 e 16 de março. As inscrições antecipadas já estão abertas e podem ser feitas pelo site do clube: www.kartclubecascavel.org.br, sendo obrigatório enviar o comprovante de inscrição para cleo_lunardi@hotmail.com, identificando o piloto.

Para quem fizer as inscrições até o dia 6 de março, a taxa será de R$ 300,00 para as categorias Mirim e Cadete. Depois desta data e na secretaria da prova, o valor será de R$ 500,00. A categoria F-4 pagará R$ 500 até o dia 6 e depois, R$ 700,00. Já para as categorias Júnior Menor, Júnior, Novatos, Sênior A, Sênior B, Graduados, F-4 Super, Super Sênior e Shifter, o valor será de R$ 600,00 até o dia 6; e R$ 1.000,00 após este período.

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

março 2019
S T Q Q S S D
« fev    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!