Get Adobe Flash player

Arrancada

Roderjan Busato conquistou a vitória na categoria PRO Mod (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

Roderjan Busato conquistou a vitória na categoria PRO Mod (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

TOLEDO (PR) – O ponta-pé inicial do Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 Metros superou todas as expectativas. A etapa de abertura da competição, disputada no último fim de semana, na pista do Autódromo Rafael Sperafico, em Toledo, atrai 90 carros e o destaque foi as grande participação de “maquinas potentes”, como Camaro, Cobalt, Opala, PRO Mold, PRO Stock, entre outros.

A promoção e organização foram do Automóvel Clube de Toledo e da Associação dos Pilotos de Arrancada de Toledo, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). A próxima etapa do Paranaense está prevista para os dias 14 e 15 de agosto, novamente em Toledo.

 

Resultado da 1ª etapa do Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 Metros

Categoria Dianteira Turbo B

1º) James Roberto Gorski

2º) Rogério Bernardi

3º) Giuliano Siqueira

 

Categoria Standard

1º) Thiago Mendes Lemeos

2º) Ricardo Zancanaro

 

Categoria Dianteira Turbo B

1º) Marco Aurélio de Paula,

2º) Antonio Neto

3º) Cadu Moreira

 

Categoria Turbo Traseira A

1º) Gabriel Camargo

2º) Wellington Scalez

3º) Cristiano Júlio

 

Categoria Street Tração Traseira

1º) Vilson Ferreira

2º) Luciano Turra

3º) Márcio Valmor Júlio

 

Categoria Turbo Traseira B

1º) Marcelo Bonato

2º) Leonardo do Valle

3º) Ricardo Borba

 

Categoria Dianteira Turbo A Light

1º) Aldo Hiroshi Inoue Júnior

2º) Jefferson André Hunhoff

3º) Fabíola Aparecida Dal Bo

 

Categoria Dianteira Turbo A

1º) Alessandro Barranco

2º) Maico R. S. Martins

3º) Márcio Souza da Silva

 

Categoria Traseira Street Turbo

1º) Ricardo Zembriani

2º) Marcus Bruel

3º) João Francisco Pial Júnior

 

Categoria Slick

1º) Vanderlei Vesana Witech

2º) Felipe Bras

3º) Yuri Piccini

 

Categoria Traseira Original

1º) Leandro Panzini

 

Edson Mengue Cardoso Menguinho sai de Toledo com o troféu de primeiro lugar na categoria Força Livre Dianteira (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

Edson Mengue Cardoso Menguinho sai de Toledo com o troféu de primeiro lugar na categoria Força Livre Dianteira (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

Categoria Força |Livre Dianteira

1º) Edson Mengue Cardoso Menguinho

2º) Paulo Henrique Fonseca

3º) Fabiano Tambulo

 

Categoria Desafio 7,5 Segundos

1º) Alezandre Riet Jens

2º) Leonardo Bueno

3º) Everton Meywe

 

Categoria desafio 8,5 Segundos

1º) Solette Paim Dutra

 

Categoria PRO Stock

1º) João Eugênio “Nico” Pletsch

2º) Renato Pompeu

 

Categoria Drag Júnior

1º) João Marcelo

 

Categoria Pro Mod

1º) Roderjan Busato

2º) Jevan Dalla Valle

3º) Diego Busato

 

Categoria Força Livre Traseira

1º) Vladmir André Galvin

2º) Ronaldo Rizzo

João Eugênio “Nico” Pletsch ganhou a categoria PRO Stock (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

João Eugênio “Nico” Pletsch ganhou a categoria PRO Stock (Foto: Ricardo Teles/Divulgação)

A pista de arrancada do Autódromo Rafael Sperafico receberá pilotos de vários estrados neste sábado e domingo (Foto: Divulgação)

A pista de arrancada do Autódromo Rafael Sperafico receberá pilotos de vários estrados neste sábado e domingo (Foto: Divulgação)

TOLEDO (PR) – Depois de ter sido adiada em fevereiro, finalmente a arrancada agitada Toledo, no Oeste do Paraná. Será disputada neste fim de semana a etapa de abertura do Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 Metros. A programação na pista do autódromo Rafael Sperafico começa sábado e será complementada no domingo, com promoção e organização do Automóvel Clube de Toledo e da Associação de Pilotos de Arrancada de Toledo, com supervisão da Federação paranaense de Automobilismo (FPrA).

O evento deste fim de semana também será válido pela última etapa do campeonato do ano passado e pelo Ranking Brasileiro. As categorias a serem disputadas serão Standart, Dianteira Turbo C, Dianteira Turbo B, Dianteira Turbo A, Dianteira Turbo A Light, Turbo Traseira A, Turbo Traseira B, Street Tração Traseira, Traseira Street Turbo, ProStock, Drag Light, Slick, Desafio 7,5 Segundos, Desafio 8,0 Segundos, Desafio 8,5 Segundos e Extreme.

As obras da pista de arrancada de Foz do Iguaçu começam na última semana com uma visita técnico do prefeito Chico Brasileiro ao local (Foto: Divulgação)

As obras da pista de arrancada de Foz do Iguaçu começam na última semana com uma visita técnico do prefeito Chico Brasileiro ao local (Foto: Divulgação)

FOZ DO IGUAÇU (PR) – As obras da pista de arrancada de Foz do Iguaçu há estão a todo vapor. A primeira fase começou na última semana, quando o prefeito Chico Brasileiro, acompanhado do vice-prefeito delegado Francisco, do deputado federal Fernando Giacobo, do secretário de Obras Cezar Furla, do secretário de Esporte e Lazer Antônio Sapia, do secretário de Planejamento e Captação de Recursos Leandro Costa, do presidente da Câmara de Vereadores Ney Patrício; da vereadora Anice Gazzaoui, e do vice-presidente da Federação Paranaense de Automobilismo Bento Tino, visitou o local deu o ponta-pé inicial às obras. De lá para cá máquinas e operários trabalham intensamente.

Nesta primeira etapa será feita a terraplanagem do terreno e o fechamento do espaço, com muros de arrimo, alambrados e portões de acesso para máquinas e pessoal. O gasto inicial será de R$ 783 mil. A previsão é que a obra seja concluída em três etapas, tendo um custo aproximado de R$ 3 milhões.

O prefeito Chico Brasileiro destaca o potencial a ser explorado pelo turismo esportivo com o novo empreendimento. “Essa é a consolidação do trabalho de muita gente que se dispôs a ver esse complexo construído. Todas as nossas equipes se empenharam para transformar o projeto em realidade. Este será mais um campo de destaque para o turismo iguaçuense com a promoção de futuros eventos nacionais e até internacionais”, comentou o prefeito.

O deputado federal Fernando Giacobo, através de emenda parlamentar destinou cerca de R$ 1,5 milhão em emendas para a construção da pista – valor que será aplicado integralmente na segunda etapa das obras, previstas para o fim do ano – e também se comprometeu a destinar trabalhar pela aprovação de uma nova emenda para as próximas etapas. “É até difícil pontuar todos os diferenciais que Foz do Iguaçu possui em diversas esferas. Cria-se agora um novo local para eventos, elevando o município a uma nova categoria e tornando Foz do Iguaçu cada vez mais relevante para o Brasil”, relatou Giacobo.

Por proposição do jornalista Erdiley de Oliveira, o Oliveirinha, idealizar da pista de arrancada de Foz, o espaço se chapara Pista Internacional de Arrancada Delegado Recalcantti, homenageando o deputado paranaense falecido no dia 9 deste mês. Oliveirinha adianta que Recalcatti sempre atuou junto com o grupo de desportistas que lutam há anos pelo crescimento da arrancada na Terra das Cataratas e foi um dos primeiros parlamentares a abraçar a ideia da construção da pista.

A pista de arrancada de Foz do Iguaçu ficará em local de linda paisagem, na região do Três Lagos (Foto: Secom/Foz do Iguaçu)

A pista de arrancada de Foz do Iguaçu ficará em local de linda paisagem, na região do Três Lagos (Foto: Secom/Foz do Iguaçu)

FOZ DO IGUAÇU (PR) – Foz do Iguaçu terá uma pista de arrancada. O prefeito Chico Brasileiro assinou hoje (segunda-feira) a ordem de serviço para a primeira etapa das obras do Complexo Esportivo Multiuso da Pista de Arrancada de Foz do Iguaçu, que será construído na Avenida João Riccieri Maran com a Avenida Inácio Reuter Sottomaior, na região de Três Lagoas.

Ao falar aos presentes, o prefeito Chico Brasileiro destacou que a pista de arrancada irá contribuir com o desenvolvimento de Foz do Iguaçu no pós-pandemia. “Foz já é palco de grandes eventos, e sabemos que com esse novo complexo poderemos atrair provas de automobilismo de nível nacional e internacional. O espaço também poderá ser utilizado para grandes shows, feiras e outros eventos”, disse o chefe do executivo iguaçuense.

As obras serão divididas em três etapas e terão investimento aproximado de R$ 3 milhões. Nesta primeira etapa, será feita a terraplanagem e o fechamento do terreno, com muros de arrimo, alambrados e portões de acesso. O valor da construção será de R$ 783 mil.

O prefeito Chico Brasileiro exibe a Ordem de Serviço à autoridades municipais e dirigentes esportivos (Foto: Secom/Foz do Iguaçu)

O prefeito Chico Brasileiro exibe a Ordem de Serviço à autoridades municipais e dirigentes esportivos (Foto: Secom/Foz do Iguaçu)

Na etapa seguinte serão construídos os banheiros, vestiários, alojamentos, ambulatório e quadra de areia, com valor máximo de R$ 2,4 milhões. O processo licitatório deve ser lançado ainda esta semana.

Na fase três, haverá a construção da pista e estacionamento, iluminação, construção dos boxes e arquibancadas, bem como a rede de drenagem, calçadas, paisagismo e outros serviços. Esta etapa está em fase de elaboração de projetos técnicos e planilhamento orçamentário. A Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) fará o acompanhamento da construção para garantir o cumprimento de todas as normas técnicas.

Presenças

Participaram do ato de assinatura o vice-prefeito de Foz do Iguaçu, delegado Francisco Sampaio; o secretário municipal de obras, Cezar Furlan; o presidente da Câmara de Vereadores, Ney Patrício; os vereadores Maninho e Anice Gazzaoui, os desportistas Erdiley de Oliveira, o Oliveirinha; e Roberto Mafra; e o vice-presidente da Federação Paranaense de Automobilismo Bento Tino.

O complexo será multiuso e além de arrancada, sediará grandes shows, feiras e muitos outros eventos (Foto: Secom/Foz do Iguaçu)

O complexo será multiuso e além de arrancada, sediará grandes shows, feiras e muitos outros eventos (Foto: Secom/Foz do Iguaçu)

Ângelo Giombelli, Bento Tino e Renato Pompeu possam logo após a posse dos novos diretores (Fotos: Divulgação)

Ângelo Giombelli, Bento Tino e Renato Pompeu possam logo após a posse dos novos diretores (Fotos: Divulgação)

O Automóvel Clube de Cascavel tem nova diretoria. Em pleito realizado por aclamação na noite desta sexta-feira (26), no Hotel Caiuá, o piloto de arrancada Renato César Pompeu foi eleito presidente. Ele irá suceder Orlei Silva que comandou o clube fundado em 1966 nos últimos quatro anos. O vice-presidente será o ex-piloto Ângelo Giombelli, tricampeão brasileiro da Stock Car.

A posse dos eleitos foi logo em seguida ao ato de aclamação, quando o novo presidente Renato Pompeu dirigiu aos presentes, falando da fase como adolescente ia ao autódromo com seu pai acompanhar as corridas e sobre o futuro frisou que, juntamente com sua diretoria, pretende realizar um trabalho de fortalecimento do automobilismo de Cascavel, buscando parcerias e patrocinadores para os eventos que pretende realizar.

Já Orlei Silva, ao entregar o cargo de presidente, ressaltou as dificuldades que enfrentou, especialmente no último ano de sua gestão, com a pandemia do coronavírus, que dificultaram a realização de eventos e impôs muitos entraves para aqueles que puderam ser realizado. Ele agradeceu seus diretores pele empenho e parceria, várias autoridades e dirigentes, como Rubens Gatti, presidente da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) e ao vice-presidente Bento Tino, que se fez presente e presidiu a assembleia.

A nova diretoria

Renato Pompeu e Ângelo Giombelli vão comandar o Automóvel Clube de Cascavel nos próximos dois anos (Fotos: Divulgação)

Renato Pompeu e Ângelo Giombelli vão comandar o Automóvel Clube de Cascavel nos próximos dois anos (Fotos: Divulgação)

 

 

A nova diretoria do Automóvel Clube de Cascavel é a seguinte: Renato César Pompeu (presidente), Ângelo Luiz Giombelli (vice-presidente), Silvio M. Inomata (1º secretário), Carlos Meneses (2º secretário), Mauri Barbosa (1º tesoureiro), Paulo Fernando Vessaro (2º tesoureiro), Paulo Nazari (1º comissário técnico) e Marcelo K. Ferreira (2º comissário técnico).

O Conselho Fiscal tem como membros efetivos Roberto Wypych, Juraci Massoni e Heverson Bastos, enquanto que os suplentes serão Paulo Prado, Eliseu Del Vecchi e Orlando Rotta Campos.

Nova diretoria do Automóvel Clube de Cascavel para os próximos dois anos (Fotos: Divulgação)

Nova diretoria do Automóvel Clube de Cascavel para os próximos dois anos (Fotos: Divulgação)

 

A pista de arrancada do Autódromo Rafael Sperafico receberá pilotos de vários estrados neste sábado e domingo (Foto: Divulgação)

A pista de arrancada do Autódromo Rafael Sperafico receberá pilotos de vários estrados neste sábado e domingo (Foto: Divulgação)

TOLEDO (PR) – Seguindo todos os protocolos de sanitários estabelecidos pelo decreto do Governo do Paraná e da Prefeitura de Toledo, o Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 Metros terá a decisão sábado e domingo na pista de arrancada do Autódromo Rafael Sperafico, em Toledo, no Oeste do Paraná

A prova também será válida pela etapa de abertura do campeonato de 2021. A promoção e organização são do Automóvel Clube de Toledo e da Associação de Pilotos de Arrancada de Toledo, com supervisão da Federação paranaense de Automobilismo (FPrA).

As categorias a serem disputadas serão Standart, Dianteira Turbo C, Dianteira Turbo B, Dianteira Turbo A, Dianteira Turbo A Light, Turbo Traseira A, Turbo Traseira B, Street Tração Traseira, Traseira Street Turbo, ProStock, Drag Light, Slick, Desafio 7,5 Segundos, Desafio 8,0 Segundos, Desafio 8,5 Segundos e Extreme.

Temporada 2021

O campeonato de 2021 será disputado em quatro etapas, todas previstas para Toledo. Além da primeira etapa, neste fim de semana, as demais serão nos dias 10 e 11 de abril, 14 e 15 de agosto, e 6 e 7 de novembro. Há a possibilidade de uma etapa ser remanejada para Curitiba.

Rubens Gatti desta o profissionalismo, dedicação e empenho dos paranaenses envolvidos no automobilismo (Foto: Victor Lara)

Rubens Gatti destaca o profissionalismo, dedicação e empenho dos paranaenses envolvidos no automobilismo (Foto: Victor Lara)

CURITIBA (PR) – De acordo com dados oficias da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), a Federação de Automobilismo do Paraná (FPrA) tem o maior número de pilotos federados à entidade. Mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus, o Paraná fechou 2020 com 1.302 pilotos, contra 1.138 de São Paulo. Depois vêm Santa Catarina, com 759 pilotos; Rio Grande do Sul, com 701; e Ceará, com 366.

O presidente Rubens Gatti destaca que o prêmio da Federação Paranaense ser atualmente a Federação número 1 em pilotos do Brasil deve ser repartido com todos os paranaenses que fazem automobilismo. Gatti destaca o trabalho de base feito pelos clubes, a dedicação dos pilotos, o profissionalismo dos preparadores, o empenho dos promotores. Gatti acrescenta ainda a participação das autoridades esportivas dos municípios onde estão as praças esportivas e no ano da pandemia, acrescenta-se também as autoridades de saúde, que atuaram junto com a Federação e com rígidos protocolos sanitários, permitiu que o Paraná fosse o primeiro estado a retorna as competições no Pós-Covid, no novo-normal. “Todos os envolvidos com automobilismo no Paraná têm sua parcela de contribuição para sermos a principal Federação do País. O ano foi difícil, mas conseguimos dentro do possível, fazer automobilismo. Os desafios continuam e esperamos manter esta posição também na temporada de 2021”, frisa Gatti.

Gatti também enfatiza que o quadro técnico da Federação é muito bom, permitindo que faça até oito eventos em um mesmo fim de semana, em diversos pontos do Paraná. “Temos todas as modalidades e o kart, que é a base do esporte motor, é muito forte. Temos pólos da modalidade hoje em Curitiba, Londrina, Campo Mourão, Cascavel, Foz do Iguaçu, Pato Branco e Guarapuava. O kart também está crescendo em Francisco Beltrão e Rio Negro. A Velocidade na Terra concentra-se na região Metropolitana de Curitiba e Ponta Grossa, mas Apucarana está voltando de novo ao protagonismo. A arrancada cresce todos os anos”, diz Gatti.

Rubens Gatti (presidente) e Bento Tino (vice-presidente) buscam mais agilidade no atendimento aos pilotos paranaenses (Foto: Mario Ferreira)

Rubens Gatti (presidente) e Bento Tino (vice-presidente) buscam mais agilidade no atendimento aos pilotos paranaenses (Foto: Mario Ferreira)

CURITIBA (PR) – A pandemia do coronavírus continua afetando o automobilismo e não há uma estimativa exata de quando as competições poderão começar nesta temporada. Visando proporcionar conforto e evitar atropelos quando as provas foram confirmadas, a Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) atende os pilotos em cinco cidades do Estado. Neste início de temporada, a maior parte dos atendimentos está relacionado com a documentação e com a renovação ou confecções de Carteiras de Pilotos.

Rubens Gatti, presidente da FPrA, destaca a importância dos pilotos cuidarem da documentação o mais cedo possível porque assim que os protocolos sanitários das secretarias de Saúde do Estado e dos municípios permitirem, os campeonatos das mais diferentes categorias terão início. Para isso está com seis pontos de atendimento em cinco cidades do estado. Em Curitiba, os pilotos podem procurar a sede da federação, que serão atendidos por Salete e Zé Mário. Informações podem ser obtidas pelo Fone (41)  3345-4351; em Londrina e região Norte, com Ana (43) 3255-5313); em Cascavel, com Juliana Damian (45) 3223-6363; e Cleucir Lunardi (45) 9 9968-7176; em Foz do Iguaçu, com Bento Tino (45) 9 8409-4591; e em Pato Branco, com Ademar Assis Silvestre, o Chico, pelo Fone (46) 9 9105-4505.

Miguel Laste, há 20 anos como piloto, ocupa pela primeira vez um cargo de dirigente (Foto: Vanderley Soares)

Miguel Laste, há 20 anos como piloto, ocupa pela primeira vez um cargo de dirigente (Foto: Vanderley Soares)

TOLEDO (PR) – O empresário e piloto Miguel Laste é o novo presidente do Automóvel Clube de Toledo. Laste substitui Victor Ficagna, que dirigiu o clube por três gestões.

O Automóvel Clube de Toledo será comandado por pilotos, uma vez que além do presidente Miguel Laste, piloto da categoria Marcas, o seu vice-presidente será João Eugênio “Nico” Pletch, piloto de arrancada. Ronald Luiz Andrioli ocupará o cargo de Tesoureiro; o preparador Eduardo Ferrari será o Diretor-Técnico, ao passo que Alexandre Rafael Pech será o Diretor de Patrimônio.

Esta será a primeira vez que Miguel Laste, de 56 anos, irá dirigir o Automóvel Clube de Toledo. Piloto há 20 anos, Laste sagrou-se campeão da categoria Marcas B no Campeonato Metropolitano de Marcas de Cascavel de 2016 e no ano passado conquistou o terceiro lugar na Cascavel de Ouro, tendo como parceiros os gêmeos Ricardo e Rodrigo Sperafico.

Segundo Miguel Laste, os próximos dois anos serão de muito trabalho, mas em reunião da nova diretoria, ficou determinando que todos os esforços estarão voltados para movimentar a arrancada, já que a cidade tem uma das melhores pistas de 401 metros da região Sul do Brasil. Outro ponto já definido também pela nova diretoria é a construção de um novo kartódromo em Toledo, agora na área reservada para a construção do Autódromo Rafael Sperafico, onde também já está a pista de arrancada.

A partir de agora, o objetivo é a realização de pelo menos duas reuniões virtuais por mês (Foto: Divulgação)

A partir de agora, o objetivo é a realização de pelo menos duas reuniões virtuais por mês (Foto: Divulgação)

CURITIBA (PR) – Sem competições em função da pandemia do coronavírus, os comissários desportivos e técnicos da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) se reuniram virtualmente terça-feira à noite. O primeiro encontro contou com a participação de 16 técnicos de Curitiba, Londrina, Rolândia, Foz do Iguaçu, Pato Branco e Cascavel. Também participaram da reunião o presidente Rubens Gatti e o vice-presidente Bento Tino.

A primeira reunião serviu para que os técnicos se ambientassem ao clima de reunião virtual. Já a partir da próxima passarão para um debate mais técnico, discutindo situações enfrentadas pelos comissários nas diferentes corridas realizadas no Paraná.

Rubens Gatti informa que a reunião foi muito proveitosa. “Sem competições, fizemos a reunião para unir os comissários e visa discutir situações e interpretações das normas para que as decisões sejam uniformes. Se não temos a prática no momento, vamos usar a tecnologia para quando voltarmos ao normal nossos técnicos estejam bem preparados”, completa Rubens Gatti.

marcaspr

brkart

prterra

rali5

arrancadapr402

maio 2021
S T Q Q S S D
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
2ª Etapa – Turismo 5000 – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017
2ª Etapa – Turismo – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
2ª Etapa – Marcas – 2ª Etapa Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Marcas – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo – Paranaense + Metropolitano Curitiba/Cascavel/Londrina – 2017
1ª Etapa – Turismo 5000 – Paranaense + Metropolitano Curitiba – 2017

 

Mais Vídeos Clique AQUI!